Parque Natural do Caraça
A imponente torre da igreja N. Sra Mãe dos Homens

Caminhadas ecológicas, banhos de cachoeira, bonitas paisagens, noções de história, lobos… No Santuário do Caraça, você pode fazer tudo isso e muito mais. Esse belo parque ecológico está entre as melhores opções de lazer e descanso do belo-horizontino, que está longe dele 120 quilômetros.

A época ideal para se fazer caminhadas no Caraça é nos meses de outono e inverno, devido ao clima mais frio. Agora, em pleno verão, os passeios mais indicados são às cachoeiras mesmo, devido ao forte calor. Independentemente da época do ano, sempre vale a pena se aventurar pelas trilhas.

A caminhada atrai um número cada vez maior de estudantes em férias, porque permite o contato direto com a natureza, em meio à paz das serras mineiras. Muitos costumam acampar por ali. O Parque Natural do Caraça, numa área de 11 mil hectares, é uma região de grande beleza.

O antigo colégio

Na área, funcionaram o Colégio do Caraça e o Convento, construídos entre 1774 e 1779. Um grande incêndio destruiu a tradicional escola, em 1968. Parte dela foi reconstruída. Mas ainda existem algumas ruínas, recuperadas e misturadas a elementos modernos.

Muito bonita é a capela, com a imponente torre em estilo neogótico, que se ergue na paisagem.
Além das caminhadas, que podem durar a manhã inteira e terminar num banho de rio, ou cachoeiras com águas geladas, os jovens podem conhecer algumas grutas, como a do Centenário, com 400 metros de profundidade e cachoeira subterrânea.

Os lobos

Se, no passado, a reserva e o próprio colégio recebeu visitantes ilustres, como a família real, hoje a figura mais aplaudida por lá é o lobo-guará, animal ameaçado de extinção.

Todas as noites, pelo menos um deles aparece na escadaria da igreja para receber comida. Eles são um deleite aos olhos dos curiosos turistas que, em alguns casos, vão para o Caraça apenas para vê-los.

É um verdadeiro ritual. Basta sentar-se na varanda em frente à igreja, comendo pipoca e bebendo um chá caseiro oferecido pelos padres e esperar, com as máquinas fotográficas a postos.

 

VEJA TAMBÉM: http://wp.me/p2xXNv-7SY

FONTE: Hoje Em Dia.