iWatch - AFP
O iWatch da Apple chamou a atenção no Mobile World Congress (MWC) 2013

 

WASHINGTON – Em meio às especulações sobre o futuro dos chamados “relógios inteligentes” (ou smartwatches), está nascendo um consenso: o momento de lançá-los é agora.
Nas últimas semanas, diversos relatórios indicam projetos neste sentido em grandes empresas como Apple, Samsung e Google, que podem iniciar a aventura ainda neste ano.
Para Avi Greengart, analista em temas de consumo da empresa “Current Analysis”, 2013 pode ser o momento ideal porque “as peças são suficientemente pequenas e suficientemente baratas”.
A ideia de criar relógios com conexão à internet existe há uma década, e de fato a Microsoft produziu um em 2003 e marcas como Sony, Pebble e a italiana i’m já têm algumas propostas no mercado.
Até o momento, os relógios inteligentes serviram para se conectar sem fio com os telefones e mandar avisos sobre novas mensagens. Mas os analistas apontam que no futuro podem servir para fazer controles de saúde ou de atividades esportivas.
Segundo os analistas, o relógio inteligente pode se situar no mesmo segmento que os óculos inteligentes.
FONTE: Hoje Em Dia.