Processos no STJ - STJ/Divulgação
Em todo país, 32.170 processos teriam que ser julgados no ano passado
Minas Gerais foi o estado que mais julgou processos na área criminal em 2012. Foram 2.986 acusados de homicídios, abortos e infanticídios registrados antes de 2008 que receberam a sentença. O Estado cumpriu 61,4% da meta determinada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Em todo país, 32.170 processos teriam que ser julgados no ano passado. Os tribunais conseguiram solucionar 17.384, 57,5% do total. As cidades do Estado com maior número de processos sem julgamento são Belo Horizonte, Vespasiano, Santa Luzia, Ribeirão das Neves, Montes Claros e Uberlândia. Nestes municípios são 624 casos que serão julgados até o final do ano.
Em Belo Horizonte começa no dia 22 de abril um mutirão que pretende julgar 136 processos. Até o final do ano a previsão do Tribunal de Justiça é atingir 202 casos pendentes, zerando os crimes sem solução ocorridos antes de 2008.
O mutirão de Belo Horizonte vai até o dia 22 de maio. As sessões serão nas salas cedidas pela Universidade Fumec, na rua Gonçalves Dias, no Barro Preto. A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) vai fornecer alimentação para todos o servidores e magistrados que vão participar do mutirão.
Em Montes Claros, no Norte de Minas, foram julgados 98 processos na área criminal em 2012 e neste ano a meta é de 100. Em Contagem o mutirão começa no dia 27 de maio e vai até 27 de junho. A intenção do TJMG é julgar 100 processos em um mês.
“Os juízes de todo o Estado são priorizando os processos referentes aos crimes ocorridos antes de 2008 desde o inicio do ano para que seja cumprida a meta do Conselho Nacional de Justiça. Em algumas cidades, como Santa Luzia, o mutirão já está sendo realizado”, disse o coordenador do mutirão em Minas, juiz Luiz Carlos Rezende dos Santos, do projeto Novos Rumos.

 FONTE: Hoje Em Dia.