Funcionário é assassinado a tiros dentro de supermercado no Bairro Cidade Nova

O funcionário de um supermercado localizado na Avenida Cristiano Machado, no Bairro Cidade Nova, na Região Nordeste de Belo Horizonte, foi assassinado a tiros no início da tarde desta sexta-feira. Um homem entrou no estabelecimento armado e desferiu vários tiros à queima-roupa. A vítima morreu na hora. A motivação ainda é desconhecida. O criminoso fugiu pela avenida e ainda não foi preso. Imagens das câmeras de segurança do local flagraram o momento do crime. O criminoso entra no supermercado SuperNosso e passa por um dos corredores. Ele olha para os lados como se tivesse procurando o alvo. Quando passa para outra fileira de produto, avista o funcionário e vai em direção a ele. 

Reprodução

O homem saca uma arma de dentro de uma bolsa e atira na cabeça da vítima a poucos metros de distância. Mesmo com o funcionário caído, o criminoso ainda faz outros disparos. Em seguida, sai correndo. 

Viaturas do 16º Batalhão da Polícia Militar (PM) estão na região nas buscas pelo criminoso. Ainda não há informação se outra pessoa dava cobertura a ele. 

Neste momento, a frente do supermercado está isolado para o trabalho da perícia. Um irmão e o pai da vítima estão no local acompanhando a situação.

 

Funcionário é morto dentro de supermercado em BH

Polícia apura as circunstâncias do crime, no bairro Cidade Nova.
Suspeito procurou a vítima e atirou à queima-roupa.

O fiscal Vinícius Linhares de Jesus, de 34 anos, foi assassinado a tiros nesta sexta-feira (26) dentro de um supermercado na Região Nordeste de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), não há informações sobre a motivação, mas, em princípio, a hipótese de assalto ou tentativa não é considerada.

A perícia da Polícia Civil foi acionada, e as circunstâncias do crime serão apuradas. O estabelecimento comercial fica em um complexo de lojas na Avenida Cristiano Machado, 1.794, no bairro Cidade Nova. O crime ocorreu por volta das 11h30.

Funcionário é morto dentro de supermercado de Belo Horizonte (Foto: Reprodução / TV Globo)
Polícia investiga o motivo do assassinato de Vinícius Linhares

“Foi uma execução. [O suspeito] Já veio com o propósito de matar a vítima. O autor falou: ‘é você mesmo desgraçado’, e efetuou os disparos”, disse o sargento da PM Edinei Soares dos Santos. A polícia não considera a hipótese de latrocínio, já que nada foi roubado do supermercado.

A família da vítima disse que Vinícius adorava fazer esportes e nunca se envolveu com drogas. A PM confirmou que o rapaz não tinha passagem pela políca. A principal suspeita é de crime passional.

“A vítima é uma pessoa bem relacionada, não tem envolvimento em nenhum tipo de crime, tráfico, bem querida por todos os funcionários. Então não levantamos outra hipótese que não seja crime passional ou desentendimento dele com alguém”, completou o policial.

A PM disse ainda que o rapaz assassinado era solteiro e que teve um relacionamento recentemente com uma ex-funcionária do supermercado. Informações serão levantadas para verificar se há relação com o crime.

Geraldo de Jesus, pai de Vinícius, disse que estranhou o filho no Natal, que parecia estar preocupado. “Ele é calmo tranquilo, alegre. Um filho maravilhoso. Melhor do mundo. Não tem igual. Se tinha algum segredo morreu com ele”, contou.

Até a publicação desta reportagem, o atirador não havia sido localizado.

O ATIRADOR FOI PRESO, VEJA AQUI!

FONTE: Estado de Minas e G1.