Jovem que teve a perna amputada após acidente em BH já faz fisioterapia com prótese

Modelo postou vídeo em seu perfil no Instagram, onde mostra como está a evolução do tratamento

Paola5

A jovem modelo Paola Antonini Costa, de 20 anos, que teve a perna esquerda amputada em dezembro, depois de ser atropelada por um Fiat 500 na Avenida Raja Gabaglia, Região Oeste de Belo Horizonte, já está utilizando uma perna mecânica. Em seu perfil no Instagram, Paola postou um vídeo onde mostra sua rotina de fisioterapia e chama a atenção pela facilidade com que consegue caminhar utilizando a prótese. Ela teve a perna esmagada no fim de 2014, enquanto colocava a mala no bagageiro de seu carro, um Fiat Bravo, pois viajaria para Búzios (RJ) junto com o namorado. A cirurgia para a retirada da perna aconteceu no Hospital João XXIII, mesmo local onde Paola foi socorrida depois do acidente. Na época, os médicos optaram pela amputação transtibial, um pouco abaixo do joelho.

Conforme o Boletim de Ocorrência da PM, a motorista Diandra Lamounier Morais de Melo, de 24 anos, passou pelo teste do bafômetro, que constatou 0,53 miligramas por litro de ar expelido dos pulmões, valor considerado crime de trânsito. Além disso, a condutora foi multada por não portar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que Diandra seguia pela Raja Gabáglia (sentido Bairro/Centro) quando, nas proximidades do Hospital Madre Teresa, perdeu o controle da direção e bateu na traseira do Fiat Bravo, que estava estacionado. Paola colocava malas no bagageiro quando o Fiat 500 bateu e foi prensada. Também consta no boletim da PM informações de que o carro estaria em alta velocidade. Diandra foi levada para a delegacia do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran), onde prestou depoimento. Segundo a Polícia Civil, ela pagou fiança de R$ 1,5 mil e foi liberada.

Na época, o acidente causou comoção pelas redes sociais. Vários amigos, familiares e fãs da jovem manifestaram apoio e solidariedade. Paola Antonini é muito conhecida nas redes sociais desde 2009, quando integrou, durante um ano, a Galera Capricho, grupo de adolescentes que produz conteúdo para a revista homônima. No Twitter, a jovem conta com mais de 24 mil seguidores e no Instagram, ela tem mais de 13 mil.

FONTE: Estado de Minas.