1 – Na reestreia de Luxemburgo, Cruzeiro bate o Flamengo no Mineirão e deixa zona da degola

2 – Com ataque envolvente, Galo passa fácil pelo Avaí na Ressacada e entra no G4 do Brasileirão

Com gol do zagueiro Manoel, Raposa vence pela primeira vez no Brasileirão

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press

Comandante do Cruzeiro no ano mais vitorioso do clube, Vanderlei Luxemburgo inciou sua segunda passagem pela Toca da Raposa com triunfo. Em atuação que se destacou mais pelo empenho do que pela técnica, a equipe celeste derrotou o Flamengo, por 1 a 0, no Mineirão. O gol foi marcado pelo zagueiro Manoel após cobrança de escanteio.

Com a primeira vitória no Brasileirão, o Cruzeiro deixa a zona de rebaixamento. Agora, Luxemburgo tentará manter o embalo da equipe em clássico contra o Atlético. O principal duelo do futebol mineiro será disputado neste sábado, às 18h30, no Independência.
.

Em sua volta ao Cruzeiro depois de 11 anos, Luxemburgo reestreou sem nem sequer ter treinado a equipe. Contratado para substituir Marcelo Oliveira, Luxa chegou a Belo Horizonte na manhã desta quarta-feira, foi apresentado na Toca da Raposa II e comandou a equipe no Mineirão.
.
Luxemburgo manteve a base utilizada por Marcelo Oliveira, e o início não foi animador. Com muitos erros de passe, o Cruzeiro encontrou dificuldades diante do Flamengo. Porém, o Rubro-negro também pouco ameaçou.
.
O rendimento cruzeirense melhorou a partir da metade final do primeiro tempo. Com chutes de fora da área, Willian e Henrique exigiram defesas de Paulo Victor. O goleiro flamenguista foi decisivo, principalmente, quando Marquinhos aproveitou que Samir escorregou na entrada da área. Na tentativa de drible do camisa 30, o arqueiro conseguiu desarmá-lo e ainda defendeu o rebote de Leandro Damião.
.
Aos 11 minutos da etapa final, Willian teve grande chance para o Cruzeiro, enfim, abrir o placar. Com chute de primeira, dentro da área, o atacante “do bigode” bateu rente à trave direita. Já o Flamengo ameaçou com cabeceio de Samir sobre o travessão e com finalização de Paulinho após giro na grande área.
.
A rede foi balançada aos 32 minutos. Alisson, que havia substituído Gabriel Xavier, cobrou escanteio da direita, Manoel subiu mais alto que a defesa do Flamengo e testou com força: 1 a 0.
.
Fábio ainda evitou que o Rubro-negro conseguisse o empate ao fazer grande defesa em cabeceio de Gabriel.
.
Cruzeiro 1 x 0 Flamengo
.
Cruzeiro
Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Manoel e Pará; Charles e Henrique; Marquinhos, Gabriel Xavier (Alisson, aos 14′ do 2ºT) e Willian (Allano, aos 23′ do 2ºT); Leandro Damião (Henrique Dourado, aos 26′ do 2ºT)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
.
Flamengo

Paulo Victor; Pará, Wallace, Samir e Anderson Pico (Luiz Antônio, no intervalo); Jonas, Márcio Araújo e Everton; Marcelo Cirino (Gabriel, aos 22′ do 2ºT), Alecsandro e Paulinho
Técnico: Cristóvão Borges
.
Gol: Manoel, aos 32′ do 2º tempo
.
Motivo: Quinta rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 3 de junho (quarta-feira)
Estádio: Mineirão
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Herman Brunel Vani (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP) 
Cartão amarelo: Alecsandro (Flamengo); Bruno Rodrigo (Cruzeiro)
.
Pagantes: 12.071
Presentes: 13.309
Renda: R$ 453.633,00
.

Alvinegro aplicou 4 a 1 nos catarinenses pela quinta rodada do campeonato

CRISTIANO ESTRELA/Diario Catarinense

.
A formação ousada de Levir Culpi mais uma vez deu resultado. Com um ataque envolvente, de muita movimentação e troca de passes, o Atlético não teve dificuldades para superar o Avaí na Ressacada, em Florianópolis, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo goleou os catarinenses por 4 a 1, gols de Carlos (2), Antonio Carlos (contra) e Lucas Pratto. André Lima descontou para os donos da casa.
.
O resultado levou o Atlético para o G4 da competição. O time ocupa a terceira colocação, com 10 pontos. Na próxima rodada, o Galo vai receber o arquirrival Cruzeiro no Independência. 
.
O Jogo
.
Sem Dátolo, vetado, o técnico Levir Culpi optou pela entrada de Carlos e manteve a formação com apenas um volante de ofício. O Atlético manteve também a postura agressiva. Frente a uma defesa que ‘bateu-cabeça’ em vários momentos, o Galo construiu uma vitória tranquila na Ressacada.
.
Com a movimentação característica de seu ataque, o Atlético abriu o placar logo aos 12 minutos. Depois do cruzamento de Luan, a bola sobrou para Giovanni Augusto. O meia bateu forte, o goleiro Vagner não segurou e Carlos mandou para as redes: 1 a 0.
.
Onze minutos depois, foi a vez de Thiago Ribeiro participar. Após o escanteio, a bola sobrou para o atacante chutar. Vagner espalmou em cima de Antonio Carlos e foi para o dentro do gol: 2 a 0.
.
O Galo ainda teve duas ótimas oportunidades para ampliar no primeiro tempo. Aos 36 minutos, novo cruzamento de Luan e nova sobra de bola, desta vez, para Giovanni Augusto. De frente para oGOL, o armador concluir por cima do travessão. Quatro minutos depois, Luan lançou Lucas Pratto. O argentino dominou no peito, passou pelo goleiro, mas finalizou na trave.
.
Na etapa final, o ritmo atleticano caiu no começo. O Avaí buscou mais o ataque, porém, pouco ameaçou a meta do goleiro Victor.
.
Já o Galo soube aproveitar a boa jogada criada aos 22 minutos. Depois da troca de passes, Luan achou Patric aberto na direita. O lateral cruzou e Lucas Pratto completou: 3 a 0. O Avaí descontou aos 29 minutos, com André Lima, de cabeça, após escanteio. 
.
Os catarinenses ainda se reorganizavam quando Pratto deixou Patric na cara doGOL. O goleiro Vagner salvou. Na sequência, outra jogada envolvente do ataque alvinegro. Carioca rolou para Maicosuel, que cruzou para o gol de Carlos: 4 a 1.
.
Avaí 1 x 4 Atlético
.
Avaí
Vagner; Nino Paraíba, Jeci, Antonio Carlos e Romário; Eduardo Neto, Renan (André Lima), Pablo e Marquinhos; Anderson Lopes e Hugo (Roberto).
Gilson Kleina
.
Atlético
Victor; Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Luan (Maicosuel), Giovanni Augusto (Dodô), Carlos e Thiago Ribeiro (Leandro Donizete); Lucas Pratto.
Técnico: Levir Culpi
.
Gols: Carlos, 12min 1ºT; Antonio Carlos, 23min 1ºT (contra); Pratto, 22min 2ºT; André Lima, 29min 2ºT; Carlos, 31min 2ºT
.
Motivo: 5ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 03/06/2015
.
Árbitro: Pablo dos Santos Alves – PB (ESP-2)
Assistentes: Pablo dos Santos Alves – PB (ESP-2) e Marcio Freire Lopes – PB (CBF-2)
.
Cartão amarelo: Leonardo Silva, Rafael Carioca (ATL); Renan, Antonio Carlos, Anderson Lopes (AVA)
.
Pagantes:
 7.101
Renda: R$ 102.460,00

.
FONTE: Estado de Minas.