Ipês-brancos já encantam em BH

Flores na Praça da Liberdade: espetáculo dura pouco tempo (Leandro Couri/EM/D.A.Press)

Moradores de Belo Horizonte que já andavam encantados com os ipês-rosas e amarelos se deparam agora com a beleza dos ipês-brancos. A exemplo do que ocorreu com os “primos”, a floração dos ipês-brancos se antecipou este ano, permitindo que diferentes espécies sejam vistas ao mesmo tempo nas ruas da capital.
.
O ipê-branco, como a maioria das outras espécies, é uma árvore típica das estações secas. Nessa época, perde folhas e floresce. A bióloga Maria Guadalupe Carvalho Fernandes, da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte, diz que, normalmente, a floração ocorre do final de agosto até outubro. “Este ano, a floração dos ipês-brancos se adiantou”, diz.
.
A árvore, que chega a 15m de altura, tem copa em formato piramidal e é comum em áreas urbanas por se adaptar bem ao ambiente. O clima de Belo Horizonte é propício à floração. “É uma árvore linda. Deixa a cidade mais enfeitada e alegre. Para mim, o amarelo é o mais bonito, mas todos os outros são maravilhosos”, disse a auxiliar de serviços gerais Andrea Oliveira, de 41 anos.
.
Especialistas, porém, fazem um alerta: moradores têm pouco tempo para apreciar a beleza dos ipês-brancos. “A floração é bastante efêmera. Geralmente, as flores de um exemplar acabam em uma semana”, explica a bióloga Maria Guadalupe Fernandes. A operadora de caixa Siranice da Silva Xistro, de 55 anos, lamenta a rapidez com que as flores brancas caem. “É uma árvore muito grande e bonita, queria que durasse mais”, disse.

.

FONTE: Estado de Minas.

Anúncios