baixar

A Esposa de hum Paciente Que Morreu APOS Esperar cinco dias Por uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Hospital Estadual de Bauru Sera indenizada, determinou a 8ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo. Um mil Fazenda do Estado desen Pagar R $ 30 a título de Danos morais.

De according COM OS autos, o homem deu entrada no dia 8 de junho de 2013 Sem Pronto Socorro Municipal Central de Bauru, com “Insuficiência Respiratória – pneumonia lombar maciça laterais”. Documentos EO Testemunho dos Médicos Que realizaram o atendimento mostraram que no MESMO dia foi realizada Tentativa de Transferir o Paciente Para uma UTI do Hospital Estadual da Cidade. O PEDIDO foi negado. Novas tentativas were realizadas Nos dias seguintes, mas o Doente faleceu no dia 12 de junho.

Para o desembargador Manoel Ribeiro, relator do recurso, a internação na UTI era “medida imprescindível para á Recuperação de SUA Saúde, na Medida em that o nosocômio municipal Todas Tomou como Diligencias Necessárias Para salvar a vida do paciente”.

“Diante do Exposto e fazer robusto Conteúdo probatório colacionado AOS autos, irrefutável a constatação de that houve negligencia na Conduta relacionada Ao Tratamento dispensado Ao falecido cabelo ente estadual, de MoDo Que, Diante da omissão em disponibilizar uma vaga na UTI reclamada, verificou-se o resultado lesivo “, completou o magistrado.

O Julgamento, unânime, Contou TAMBÉM com a Participação dos desembargadores Cristina Cotrofe e Leonel Costa.

Apelação nº 0027819-39.2013.8.26.0071

TJSP

FONTE: Correio Forense

Anúncios