Pontapé inicial

Dois dias antes de a cerimônia no Maracanã oficializar o início dos Jogos, futebol feminino dá a largada com seis partidas, sendo duas em BH. Mineirão impressionou as seleções

 

Desconstraídas, neozelandesas tiraram fotos no estádio, que passou ontem pelos últimos ajustes (Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Descontraídas, neozelandesas tiraram fotos no estádio, que passou ontem pelos últimos ajustes
A Olimpíada do Rio só terá a cerimônia de abertura na sexta-feira, mas o torneio de futebol começa hoje, com partidas de seleções femininas. No Mineirão, onde jogam EUA x Nova Zelândia, às 19h, e Colômbia x França, às 22h, até ontem à tarde havia funcionários dando os últimos retoques, enquanto jogadoras e integrantes da comissão técnica conheciam o local.
.
Foi possível ver caixas térmicas empilhadas, a montagem das grades para direcionamento do público na entrada e funcionários finalizando a limpeza. Para completar, a maior parte dos bares ainda exibia o leiaute dos jogos e eventos usuais do estádio, sem os símbolos do Comitê Olímpico Internacional (COI) ou da Rio’2016. A adequação estava prevista para ser feita à noite e não havia garantia de que estaria pronta a tempo da primeira rodada.
.
A exceção foi a lanchonete normalmente reservada à imprensa. Lá foi possível ver que os preços estão mais altos, em alguns casos majorados em até 100% em comparação aos praticados no dia a dia, como no caso do sanduíche, que passou de R$ 9 para R$ 18. O tradicional tropeiro, que tanto sucesso faz entre turistas brasileiros e estrangeiros, foi mantido no cardápio. Porém, o preço quase dobrou: subiu de R$ 12 para R$ 20.
.
As seleções gostaram muito do que viram, ainda que o Comitê Organizador não tenha permitido o uso de chuteiras nem que elas batessem bola, mesmo de tênis, com o intuito de preservar o gramado. “O Mineirão é fantástico. Quando soubemos que jogaríamos aqui, fiquei muito feliz. Afinal, é um dos melhores estádios do mundo”, disse o técnico da Nova Zelândia, Tony Readings. Depois dos EUA, a equipe neozelandesa enfrentará a Colômbia no Gigante da Pampulha, no sábado, às 20h.
.
“Fiquei feliz quando soube que jogaríamos aqui, pois o estádio é ótimo. Já o imagino neste primeiro jogo, com muitos torcedores. Esperamos retribuir fazendo uma boa partida”, comentou o treinador colombiano, Felipe Taborda. Philipe Bergeroo, da França, gostou da infraestrutura: “O Mineirão está incrível. Tem bom campo e excelentes vestiários. Oferece todas as condições para se jogar futebol”.
.
FELICIDADE
As jogadoras também parecem ter gostado bastante do Mineirão. Algumas ficaram impressionadas com as dimensões do estádio, enquanto outras aproveitaram a visita para se divertir. “Quando uma visita ao estádio te faz sentir como uma criança de cinco anos em uma loja de doces”, escreveu a atacante norte-americana Alex Morgan ao postar foto com duas companheiras de equipe em sua conta no Twitter.
.
As neozelandesas também se divertiram bastante no gramado – algumas deitaram e rolaram, literalmente. Houve pose para fotos e até acrobacias.
.
Atitude mais discreta tiveram as francesas, que optaram apenas por vistoriar o gramado. Já a Seleção da Colômbia mandou somente o treinador e as jogadoras Natalia Gaitán, Sandra Sepúlveda e Nicole Regnier.

Duelos HOJE (ontem, quarta)
Grupo E – Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro-RJ)
13h    Suécia    x    África do Sul
16h    Brasil    x    China
Grupo F – Arena Corinthians (São Paulo-SP)
15h    Canadá    x    Austrália
18h    Zimbabwe    x    Alemanha
Grupo G –  Mineirão
19h    EUA    x    Nova Zelândia

.

FONTE: Estado de Minas.

Anúncios