“Trago” X “Trazido”. Entenda a diferença!

Denyse Lage Fonseca

.

Observe:

1. Eu havia trago os livros para os alunos fazerem a pesquisa.

2. Eu havia trazido os livros para os alunos fazerem a pesquisa.

LIVROS

 

E aí? Qual das duas formas foi empregada corretamente? “Trago” ou “Trazido”? Bom, para a indicação do particípio do verbo “trazer”, devemos utilizar a forma regular “trazido”. Portanto: “Eu havia trazido os livros para os alunos fazerem a pesquisa.”. Denomina-se “particípio regular”, a forma verbal terminada em “ado” ou “ido”. No entanto, é importante destacar que há verbos que admitem dois particípios, como por exemplo, o verbo “salvar”:

.

“Eu havia salvo o trabalho no meu computador.”

.

(“salvo” = forma irregular)

.

“Eu havia salvado o trabalho no meu computador.”

.

(“salvado” = forma regular, pois termina em “ado”.)

.

Mas, e o verbo “trago”?

.

“Trago” é a forma do presente do indicativo (modo que exprime uma certeza) dos verbos “trazer” e “tragar”. Veja:

.

“Eu trago o lanche todo dia.”

.

(tempo presente – “trazer”)

.

“Eu trago a fumaça gerada por aquele polo industrial.”

.

(tempo presente – “tragar”)

.

Em suma, temos:

“Trazido” = particípio do verbo “trazer”

“Trago” =   presente do indicativo dos verbos “trazer” e “tragar”.

.

FONTE: Estado de Minas.