Saiba quais são os 5 pecados mais cometidos na hora de fazer café

Fraco ou forte? Adoçado ou puro? Filtro de papel ou pano? Todo amante de um bom cafezinho tem um jeito diferente de preparar a bebida. Na casa do brasileiro existe sempre um especialista no assunto. Não é para menos já que, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), o país é o segundo maior consumidor do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Em 2016, cada brasileiro bebeu seis quilos de café. Mas será que você não está cometendo algum erro na hora de passar o café?

Saiba como fazer um café bem feitinho. — Foto: Maria Thereza Casale/Assessoria de imprensa

Saiba como fazer um café bem feitinho.

O barista Leonardo Kuwahata, um dos participantes da Semana Internacional do Café, realizada em Belo Horizonte, listou os cinco pecados mais cometidos na cozinha dos brasileiros.

  1. Não escaldar o filtro de papel – “Colocar água quente no filtro elimina algum resíduo que pode acabar contaminando a bebida”, disse o barista.
  2. Usar água da toneira – “O cloro pode modificar o gosto final. A água filtrada deixa a bebida mais ‘limpa’, mais pura”.
  3. Encher a garrafa térmica para ir tomando ao longo do dia – “Café é um produto alimentício, perecível. Deve ser consumido dentro de 40 minutos, uma hora”.
  4. Usar água muito quente ou morna – “Quando a água ferver, tire do fogão e espere dois minutos. A temperatura deverá ficar entre 93°C, 94°C”
  5. Jamais requente o café! – “Requentar o café acaba alterando as propriedades. Adicionar mais calor, acaba prejudicando o sabor”

Kuwahata disse ainda que vale investir em um moedor de café. “Grãos oxidam, assim como a maçã. Quando ele passa pela moagem, perde propriedades também. E café moado na hora é muito prazeroso, né?”, falou.

FONTE: G1.