Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

CRUZEIRO – além do rebaixamento, mais prejuízo…

Prejuízo causado por vândalos no Mineirão chega a R$ 300 mil; Cruzeiro terá que pagar

Na manhã desta terça-feira (10), o Mineirão divulgou um balanço do prejuízo causado ao estádio após os atos de vandalismo praticados por torcedores do Cruzeiro durante e depois da partida contra o Palmeiras, que decretou o primeiro rebaixamento da história do clube.

O Gigante da Pampulha informou que os estragos já vêm sendo reparados e o custo total das operações deve ser de aproximadamente R$ 300 mil. Todos os orçamentos e relatórios serão compartilhados com o Cruzeiro, responsável por arcar com o valor.

a

Além de detalhar os danos materiais, que consistem em 24 televisores e 460 cadeiras, por exemplo, o maior palco do futebol mineiro repudiou os atos de violência praticados pelos vândalos. Ainda segundo a nota divulgada, as imagens das câmeras de segurança do Mineirão foram compartilhadas com a Polícia Militar.

Confira a nota na íntegra

“Porque BASTA de violência nos estádios de futebol. O esporte e os torcedores apaixonados – torcedores de verdade – não merecem rótulos tão negativos.

Como resultado das depredações ocorridas na partida entre Cruzeiro e Palmeiras, no último domingo (08/12) até o momento, foram contabilizados danos em 24 televisores, 460 cadeiras totalmente quebradas, 6 câmeras de segurança, 2 totens e cancelas de estacionamento, 30 portas, 2 banheiros inteiros, 8 vidros de guarda corpo, 30 granitos das divisórias dos banheiros, 10 bebedouros e 60 lixeiras.

Importante dizer: todos os reparos já estão em andamento, porque essa engrenagem não pode – e não vai – parar de girar. Em uma vistoria preliminar, a estimativa do prejuízo do ocorrido na partida entre Cruzeiro e Palmeiras é de aproximadamente R$ 300 mil. Serão compartilhados com o clube relatórios e orçamentos detalhados para que a restauração dos nossos espaços seja rapidamente executada – com o custo mais enxuto possível e sempre em linha com os padrões de contratação do Mineirão, que hoje apresenta um dos custos operacionais mais baratos do País.

Ninguém ficou gravemente ferido. Contamos com 504 seguranças privados (um número que vai além do necessário para uma partida com esta estimativa de público) e todo o apoio da Polícia Militar. Em toda a operação, a equipe executou um trabalho digno e de proteção à integridade das pessoas que estavam presentes e, somente por isso, foi possível preservar vidas.

As imagens das câmeras de segurança, somadas a vídeos que circulam em redes sociais, já foram mapeadas e entregues às autoridades competentes (Polícias Civil e Militar). É importante destacar que, absolutamente todos os últimos jogos no Mineirão, com registro de ocorrências, já tiveram pessoas identificadas, que deverão ser punidas de acordo com os termos da lei.

Ontem (09), já sediamos três eventos corporativos em áreas que receberam uma grande mobilização e, até o dia 18 de dezembro, (dia em que o gramado entra em descanso e manutenção para a próxima temporada) receberemos mais 35 eventos, entre eles jogos corporativos, feiras, shows, entre outros.

Acionamos um time interno de colaboradores dedicados à reconstrução total de nossas estruturas. A violência não pode vencer… e não vai. Não em nossas dependências e não no que depender de nós.

Por aqui, “mãos à obra”, pois seguiremos na luta e funcionando, pois nossas portas estarão sempre abertas para todos vocês”.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: