Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

ear-30
Salários
Bons professores não ganham a décima parte do que merecem. Até os maus, que também existem, vivem com salários de fome

Publicação: 11/08/2013 04:00

Quanto ganha um diretor de nossas estatais federais ou estaduais, tenham ou não ações nas bolsas? Não quero, não preciso e não aceito nomeação, mas tenho o direito contribuinte de perguntar: qual é o salário? A julgar pelos serviços prestados por quase todas as empresas, os diretores ganham pouco, os salários são ridículos. Só isso explica a falta de administradores brilhantes.

Que tal: gostaram do “direito contribuinte”? Achei supimpa. É o direito que tem o contribuinte de ficar sabendo aonde vai parar o dinheiro dos seus impostos e taxas. Em regra, a realidade salarial brasileira é um espanto. Bons professores não ganham a décima parte do que merecem. Até os maus, que também existem, vivem com salários de fome.

E os motoristas de ônibus urbanos? Quanto ganham para encarar nossos engarrafamentos e o mau humor dos passageiros? No Rio, um motorista levou chute na cara de universitário facinoroso, que tinha passagens na polícia por agressões parecidas, o ônibus caiu de um viaduto, matou uma porção de gente e o pobre coitado, que dirigia o coletivo, foi indiciado por homicídio doloso, aquele em que há dolo, deliberação de violar a lei, por ação ou omissão, com pleno conhecimento da criminalidade do que se está fazendo. Onde já se viu dolo num motorista que, agredido, presumivelmente desacordado, cai de um viaduto junto com os seus passageiros?

Quando fui morar em BH, saudoso amigo, afeito à praxe da capital mineira, me disse: “O Fulano já devia ter arranjado alguma coisa para você lá no Tribunal”. Felizmente, o Fulano, outro querido amigo, nunca me arranjou nada. Tenho visto o que pode acontecer com os cavalheiros e as damas cooptados.

Volto às diretorias das companhias estatais. Muitas delas têm ações nas bolsas. Vejo coisas do arco da velha em Roraima. Injunções políticas fizeram que o ilustre governador daquele estado nomeasse um bandido para dirigir grande empresa. Aliás, duas. Não conheço o bandido, a não ser de fotos nos jornais, mas sei que é barra pesadíssima e continua solto, recebendo salários pagos pelos roraimenses. Sem falar dos cobres que desvia por fora, como sempre desviou. Pode? Parece que pode. Vou parando por aqui. Morro de vontade de escrever o nome do pulha. Adiantaria alguma coisa?

ear-31

Psicodinâmica tussígena
Ainda uma vez recorro ao caro, preclaro e pacientíssimo leitor de Tiro&Queda pedindo que me explique: tossimos porque pensamos na tosse ou ela sinaliza algum tempo antes da explosão tossegosa?

Nos teatros, o fenômeno tem sido explicado: a assistência, sabendo que não deve tossir, acaba tossindo. O problema do bocejo também já foi estudado, mas o que me preocupa é a tosse: alguém já estudou o assunto?

Na Diamantina dos meus avós, as cerimônias religiosas eram cadenciadas pelos gases emitidos com estrépito. Problema relacionado com a alimentação típica de uma região de garimpos, estradas nenhumas, refeições engolidas à pressa na ânsia de garimpar ouros e diamantes, sem a preocupação de equilibrar carboidratos, gorduras e proteínas.

É curial que o pum não mata ninguém. Sendo curial, era compatível com as regras da cúria diamantinense.

Ei, vocês aí…

Não se assustem, que não tem o clássico me dá um dinheiro aí. Só quero conversar um pouquinho com o amigo e a amiga. Não se queixem: vocês votaram. Se votaram no analfa, o problema não é seu, é nosso. Se votaram nos ladrões, o problema também é de todos nós. Elegendo inépcia, burrice, estultice, estultícia, estupidez, estupideza, hebetismo, idiotice, idiotismo, imbecilidade, inaptidão, incapacidade, ineptidão, necedade, nescidade, palurdice, parvoíce, parvulez, parvuleza, patetice, sandice, tarouquice, toleima, tolice, tontice – nenhum de vocês tem o direito de se queixar. Os resultados aí estão. Será que vocês vão aprender a votar?

O mundo é uma bola

Em 11 de agosto de 3114 a.C. começa a atual era na Contagem Longa do Calendário Maia. Em 480 a.C. os persas de Xerxes derrotam os espartanos de Leônidas na Batalha de Termópilas. No mesmo dia foi travada a Batalha de Artemísio, que terminou empatada. Deve ter morrido gente à beça.

Em 1738, através de Provisão Régia da Coroa Portuguesa, que desincorporou da jurisdição de São Paulo os territórios da Ilha de Santa Catarina e o continente do Rio Grande de São Pedro, passando-os para o Rio de Janeiro – é criada a capitania de Santa Catarina. O só fato de ensejar o aparecimento de eleitores de Ideli Salvatti Garcia, nascida em São Paulo, justificou a criação da capitania de Santa Catarina.

Em 1827, instalação pelo imperador Pedro I dos primeiros cursos jurídicos no Brasil, respectivamente em São Paulo e em Olinda, precursores do sem conto atual de escolas ensinando direito, isto é, a ciência jurídica. Não ensinam direito a ciência do direito, porque para ensinar direito precisariam conhecer direito. Deu para entender?

Em 1909, perdido ao norte do continente americano, o Arapahoe foi o primeiro navio a emitir pelo rádio o sinal de SOS. Certos governos conhecidos nossos já deveriam estar aprendendo aquele sinal.

Hoje é o Dia do Advogado, do Pendura, da Pintura, do Garçom, do Estudante e da Consciência Nacional.

Ruminanças

“A tecnologia nos aproxima de quem está longe e nos afasta de quem está perto” (Michele Norsa).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: