Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA
Explicação
Como é possível que um doente esteja firme e seguro, se ninguém fora dos hospitais está?

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 03/02/2014 04:00

Foi num hotel do Bairro Higienópolis, em São Paulo, no ano de mil novecentos e muito antigamente. Pela manhã, no lobby, conheci o casal Antônio de Carvalho Barbosa, muito simpático, educado, paciente com a tietagem de três meninas que moravam na roça fluminense. De noitinha, no mesmo lobby, conheci Tarcísio Magalhães Sobrinho e Nicelde Soares Magalhães, também educadíssimos e muito simpáticos, suportando a tietagem das três meninas.

O leitor e a humanidade conhecem os casais Lidiane e Tony Ramos, Glória Menezes e Tarcísio Meira. Portanto, o hotel em que nos hospedamos devia ter convênio com a Globo para alojar tantas estrelas globais. De Antônio de Carvalho Barbosa diz a Wikipédia em italiano: “Sposato dal 1969 con Lidiane Barbosa, Tony Ramos ha due figli, Rodrigo e Andrea, laureati rispettivamente in medicina e diritto. Tony Ramos passa in Brasile per marito e padre modelo, ed è descrito da tutti i colleghi come uma persona d’animo particolarmente sensibile e di grande onestà morale”.

Por isso, a empresa Friboi, controlada pela JBS S.A. “the largest multinational food processing company in the world” obrou muito bem quando associou aos seus produtos a figura de Tony Ramos. Os resultados já se fazem sentir no Brasil inteiro. Hoje cedo, quando abri a geladeira para pegar os ingredientes do café da manhã, havia imensa peça de filé-mignon Friboi adquirida pela gerente do departamento de compras aqui do apê. Sinal de que terei rosbife caprichado no final de semana.

Estável 
A mídia deu para informar, baseada nos laudos médicos ou em sabe-se lá o quê, sobre o estado que “permanece estável” de muitos pacientes. Em primeiro lugar, se permanece é claro que só pode ser estável. Contudo, nenhuma das acepções de estável se aplica aos pacientes, como passo a demonstrar.

Nosso belo Houaiss diz que estável é firme, seguro. Como é possível que um doente esteja firme e seguro, se ninguém fora dos hospitais está? Diz ainda que significa “que não varia, inalterável, invariável” e todos os organismos humanos variam sem parar, estejam ou não internados em hospitais.

“Que se mantém constante, que perdura, duradouro”: como? Basta estar internado para que não exista a menor garantia de perdurar, como também não têm garantias os que estão aqui fora.

As outras definições são no campo jurídico e na física, que não se aplicam aos doentes. Outra ousadia é afirmar que uma pessoa não corre risco de morte ou risco de (perder a) vida. Basta nascer para correr esse risco. Alfim e ao cabo, viver é muito perigoso, como disse João Guimarães Rosa, mineiro de Cordisburgo, filho de Florduardo Pinto Rosa. Em vez de estável, seria melhor dizer que o Fulano permanece internado sem previsão de alta.

Mosca 
Ainda que não seja tão perigosa quanto os mosquitos que transmitem a dengue e a malária, a mosca doméstica reina absoluta no item chatura. De ocorrência universal, tem sido muito estudada. Dizem que transmite a febre tifoide, o carbúnculo, o cólera-morbo e algumas formas de conjuntivite e disenteria. A transmissão dos agentes patogênicos dá-se através das patas ou do aparelho bucal do inseto.

Uma só mosca chateia uma pessoa, sobretudo e principalmente quando à mesa das refeições. Nas fazendas, quando as residências são muito próximas dos currais, o fazendeiro e sua família dividem o espaço com milhões de moscas, salvo quando as janelas e portas são teladas, sem dispensar os esguichos venenosos dentro das casas.

O assunto mosca veio à balha, que continua sendo mais chique do que vir à baila, agora que o tempo esquentou. Tenho tido a companhia dos insetos à mesa e na sala da poltrona da tevê. Presumo que não se encontrem moscas nos invernos rigorosos do hemisfério norte. Entre o frio e o inseto, prefiro a mosca.

O mundo é uma bola 

3 de fevereiro de 1488: Bartolomeu Dias desembarca em Mossel Bay, África do Sul, depois de dobrar o Cabo da Boa Esperança, sendo o primeiro europeu a fazê-lo. Em 2010, um Philosopho amigo nosso escapou de visitar a África do Sul para cobrir a Copa do Mundo a serviço do Estado de Minas. Já pensaram? Devo a dispensa ao nosso diretor de Redação, que temeu pela vida do cronista.

Em 1536, Pedro de Mendoza funda a cidade de Buenos Aires, hoje sob comando de Cristina Fernández de Kirchner, que não vai lá das pernas. Um deputado argentino vem de apresentar projeto de mudança da capital do país para o norte, onde faz um calor dos diabos.

Em 1894 é tocado pela primeira vez o Hino dos Açores. A letra começa assim: Deram frutos a fé e a firmeza/ no esplendor de um cântico novo:/ os Açores são a nossa certeza/ de traçar a glória de um povo.

Em 1917, durante a Primeira Guerra Mundial, os EUA rompem relações com a Alemanha. Em 1969, Yasser Arafat é nomeado líder da OLP no Cairo. Outro dia, examinando seus ossos, cientistas isentos concluíram que ele morreu de morte morrida.
Hoje é o Dia da Navegação no São Francisco.

Ruminanças 

“Em todas as famílias há sempre um imbecil. É horrível, portanto, a situação do filho único” (Apparício Fernando de Brinkerhoff Torelly, o Barão de Itararé, 1895-1971).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: