Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA
Números

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 09/02/2014 04:00

Mesmo com o adjutório da Sheng KA-9178A, a calculadora chinesa que me custou nove reais, sou uma lástima para lidar com números. Outro dia, resolvi calcular quantos minutos tem um mês. Considerando que a hora tem 60 minutos, o dia 24 horas e o mês normalmente 30 dias, multipliquei 60 x 24 x 30 e apareceu um número imenso na tela da Sheng. Copiei e fui em frente. Relendo o texto, achei que era muito minuto para um mês. Refiz os cálculos três vezes e publiquei o suelto com a nova quantidade de minutos: 43.200. Desconfio de que muita gente graúda não sabe lidar com números e calculadoras chinesas, daí a roubalheira nacional andar sempre na casa dos milhões.

Mas hoje vou falar de coisas honestas e bonitas: um silo metálico para armazenamento de cereais, o maior do mundo, baseado na matéria do meu amigo Leandro Mittmann, editor de A Granja, revista em que faço crônicas mensais há mais de 30 anos. Construído pela Kepler Weber e instalado em Primavera do Leste, MT, o silo armazena 35 mil toneladas e resiste a ventos de até 144km/h.

Uma tonelada é unidade de medida de massa equivalente a 1.000 quilos. Aí, você multiplica por mil e depois multiplica por 35 para imaginar o tamanho do maior silo do mundo. Ele tem 30 metros, altura equivalente a um edifício de 11 andares, e mais de 47 metros de diâmetro – quase meio quarteirão! Preço pago pela Uniagro, que trabalha com 400 produtores e já tinha capacidade para estocar 1,72 milhões de sacas: R$ 4 milhões.

O município de Primavera do Leste foi fundado ainda outro dia, em 1986, tem IDH muito alto e só uma de suas granjas avícolas produz 3 milhões de ovos/dia, em vias de passar para 4 milhões/dia. É um exemplo, infelizmente raro, do Brasil que funciona.

Cinquentões
Bacharéis alfabetizados, apessoados, divorciados, com emprego fixo e nome limpo na praça, correm grande perigo quando se mudam de cidade. É um tal de senhoras querendo se casar ou namorar, que o ádvena deve ficar esperto. Ádvena, minha gente: o que vem de fora.

Sim, porque ao contrário do que indica o noticiário, ainda existem mulheres que se amarram em homens, e vice-versa. Esses últimos escasseiam, é certo, o que talvez explique o afluxo de candidatas. Se inteligente, o ádvena prefere senhoras casadas, que não se mudam de mala e cuia. Visitam-no, podem levar um chinelinho, uma camisola, escova de dentes e creme dental “para botar no dentifrício”, como diz aquela senhora que confunde dentifrício com tubo, ou tubo com dentifrício. O vídeo foi gravado e circula na internet, para tristeza deste país grande e bobo.

Câmeras de segurança 

Que segureza oferecem as câmeras de segurança particulares ou públicas? São relativamente novas em nossas casas e cidades, sem que o número de assaltos, e roubos, e mortes deixe de aumentar assustadoramente. A tevê nos mostrou uma rua na cidade de São Paulo, num bairro “bom”, em que todas as casas já foram assaltadas, com exceção de três. Os automóveis são roubados quando os moradores entram ou saem das garagens.

Eventualmente, uma câmera de segureza, segurança, seguridade, permite que a polícia identifique o criminoso. Localizado e preso, é solto na hora se menor de 18 anos. Maior de 18 fica preso, quando fica, por pouquíssimo tempo.

Cavalheiros e damas no exercício de altos cargos públicos disseram que o rolezinho no shopping é “cultural”. Ora, bolas, queimar clitóris das recém-nascidas para que não tenham prazer sexual também é cultural. Poligamia, burca, baile funk, tudo é cultural. Portanto, a corrupção brasileira é cultural e não se fala mais nela, falou?

O mundo é uma bola 
Como é do desconhecimento geral, em 9 de fevereiro do ano de 474 teve início o reinado do imperador bizantino Zenão I, que se chamava Flavius Zeno e reinou até 491. Nascido circa 425, chamava-se Tarasis Rousoumbladiõtes até meados do ano 460, quando passou a chamar-se Flavius Zeno, bem melhor do que Rousoumbladiõtes, que tem uma espécie de tracinho por cima do último e, como também tem o tracinho em cima do último o, que aceitou o til.

Em 1849, pelo Risorgimento, foi proclamada a república romana. Em 1855, o governo imperial do Brasil firmou contrato com Edward Price para construção do primeiro trecho de uma estrada de ferro que visava ligar a Corte, então sediada no Rio de Janeiro, às províncias de São Paulo e de Minas Gerais – a Estrada de Ferro Central do Brasil. Enquanto philosopho, acho que a problemática ferroviária brasileira só terá solução no dia em que for confiada ao professor Júlio Lopes, secretário de Transportes do RJ no governo Sérgio Cabral, que supervisiona o maravilhoso sistema de trens daquele estado.

Em 1885, os primeiros japoneses se instalam no Havaí, que também tem vulcões: japonês adora vulcão. Hoje é o Dia do Frevo e o Dia do Zelador.

Ruminanças 

“Tempo é dinheiro. Paguemos, portanto, as nossas dívidas com o tempo” (Apparício Fernando de Brinkerhoff Torelly, o Barão de Itararé, 1895-1971).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: