Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA
Angolanas
Será que um criminoso é suficientemente burro para guardar documentos e valores em casa, no escritório ou nos arquivos do computador?

 

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 12/03/2015 04:00

 

Um beijo casto entre dois cavalheiros, pouco mais que um selinho tão comum no Brasil de hoje, enfureceu a população de Angola. Foi numa novela produzida naquele país africano superiormente presidido nos últimos 37 anos pelo engenheiro José Eduardo dos Santos, pai da linda Isabel dos Santos, mulher mais rica da África. Os produtores da novela se desculparam e modificaram o roteiro. Em nossa tevê, comentaristas criticaram os preconceituosos telespectadores angolanos, de mesmo passo em que elogiaram o telespectador tupiniquim – na mesma semana em que renomados escritores brasileiros, em diversos textos, encheram páginas de jornais examinando, à luz da economia, da política e dos destinos da nacionalidade nada menos que a bunda de Paolla Oliveira.

O além-paraibano Zuenir Ventura, da Academia Brasileira de Letras, 83 anos, abundou nos elogios à bunda da atriz. Mas ficou devendo aos seus leitores uma informação basilar: a bunda de Paolla é ou não é Friboi?

Nada sei do traseiro de Caroline Paola Oliveira da Silva, paulistana de 32 anos, 1,70m de altura, que teve como companheiro Joaquim Lopes de 2009 até 2015. Só agora, no Google, vejo o rosto da bonita moça e me lembro de uma cena que assisti, rapazola, numa tarde em que fui ao Centro da cidade do Rio, então Capital Federal.

Na Avenida Rio Branco as pessoas paravam, assobiavam, comentavam, seguiam de perto uma jovem senhora. Motivo: estava de calça comprida no Centro do Rio. Calça que nada tinha de escandalosa, blusa idem, mas foi um escândalo. Indumentária que já era permitida em Copacabana, Ipanema e Leblon, mas inadmissível no Centro da cidade, o que me permite supor que dentro de alguns anos, 20 ou 30, a tevê angolana possa transmitir sem escândalos não um selinho inocente, mas beijos gays gulosos e demorados como aqueles que Bruno Chateaubriand e André Ramos deram no réveillon de 2014 festejando seus primeiros 15 anos de casamento.

Mandados

Morro de rir dos mandados de busca e apreensão nas casas e nos escritórios de suspeitos dos mais diversos crimes. Será que um criminoso é suficientemente burro para guardar documentos e valores em casa, no escritório ou nos arquivos do computador? Realmente alguns guardam, na certeza de sua impunidade, mas a maioria maloca o que deve ser malocado. Nada mais fácil do que ter uma casa e um escritório limpos de malfeitos e malfeitorias. E um computador, se necessário, tecnicamente camuflado de tal forma que sua identificação seja impossível para investigações normais. Como? Não sei e se soubesse não diria.

O que sei e o leitor também sabe é que no Brasil tudo termina em águas de bacalhau. O novo líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães, além de ser irmão do notório José Genoino Guimarães Neto, condenado no processo do mensalão, teve um assessor preso com 150 mil dólares na cueca. Em notas velhas de 100 dólares, um milhão pesa 13 quilos. Famoso construtor me disse que pesou o milhão antes de entregar ao subornado.

A julgar por essa informação, 150 mil dólares pesam mais que dois quilos e ocupam espaço, transformando o traseiro do assessor do deputado José numa bunda mais expressiva que a da senhora Valesca Popozuda, cantora, compositora, produtora musical e empresária nascida Valesca Reis Santos.

Concomitantemente, a Europa, a Otan, a ONU e os Estados Unidos se preocupavam com os 5 mil mortos em dois anos de guerra civil na Ucrânia. Grosso modo, a população daquele país, 45 milhões de pessoas, é a quarta parte da brasileira. Cinco mil mortos multiplicados por quatro dariam 20 mil em dois anos de guerra civil, blindados e soldados russos, separatistas ucranianos de língua russa, mísseis e o escambau.

No Brasil democrático, país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza, em dois anos têm sido anotados 112 mil homicídios. É mole ou alguém quer mais?

O mundo é uma bola
12 de março de 1514: dá entrada em Roma uma embaixada de obediência ao papa Leão X enviada por dom Manuel I, o Venturoso, rei de Portugal, repleta de presentes originais: elefantes, onças, rinocerontes e outros bichos. Em 1535, a pernambucana Olinda é elevada à categoria de vila. Dois anos depois, fundação de Recife, pertinho de lá. Entra ano, sai ano, um grupo de mineiros aluga casa em Olinda para passar o carnaval. É gostar muito da folia olindense.

Em 1572, publicação de Os Lusíadas, de Luiz Vaz de Camões. Em 1894, o refrigerante Coca-Cola é vendido em garrafas pela primeira vez. Foi na cidade de Vicksburg, Mississippi ou Mississipi. Hoje, pertinho de BH e Alphaville, às margens da BR-040, a Coca-Cola está construindo imensa fábrica.

Em 1912, início da construção de Camberra, futura capital da Austrália. Em 1918, Moscou volta a ser a capital russa depois de 215 anos em São Petersburgo. Em 1994, a Igreja Anglicana ordena sua primeira sacerdotisa. Hoje é o Dia do Bibliotecário, profissão dificílima.

Ruminanças

“A preguiça anda tão devagar, que a pobreza facilmente a alcança” (Confúcio, 551-479 a.C.).

TIRO E QUEDA
DDD
Impende (!) recordar que do outro lado do Canal da Mancha havia um cavalheiro, chamado Adolf, que não bebia champanhe e não fumava charutos

 

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 04/03/2015 04:00

 

O BBB 15 é a décima quinta edição do programa global – e há gente que paga para ver aquela porcaria. O DDD 15 é Destrinçar Dona Dilma 15, movimento que acabo de lançar visando a demonstrar que Dilma Vana Rousseff não tem e nunca teve culpa de ser a pior presidente da história do Brasil e de ser quem é. Comecemos do princípio. Jovem belo-horizontina pouco palatável, óculos de grossas lentes, meio-sangue búlgaro, foi guerrilheira, teria participado de assaltos e de assassinatos. Tudo bem: arroubos da juventude. Queriam o quê? Que se candidatasse a Miss Amazônia feito aquela idiota que arrancou a coroa da vencedora do concurso?

Restabelecida a democracia, fez carreira pública, formou-se em economia, casou-se, teve filha, descasou-se e não tem culpa dos cargos que ocupou, bem como de ter sido lançada, eleita e reeleita presidente de um país grande e bobo. São raros, raríssimos, aqueles que reconhecem as respectivas limitações. O baiano George Hilton, pastor que faz política em Minas, não tem culpa de ter sido escolhido ministro do Esporte. O alagoano Aldo Rebelo, que faz política em São Paulo, não tem culpa de ter sido deslocado para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, porque vive empenhado na implantação do comunismo no Brasil e já desejou naturalizar a jaca, fruto da jaqueira, sincarpo frequentemente enorme e pesado, geralmente cilíndrico ou subgloboso, com casca feita de pequenos cones verde-pardacentos, depois amarelos, e gomos amarelados, viscosos e doces, envolvendo sementes grandes, também comestíveis depois de assadas.

Durmam com essa os maledicentes que pensavam ter o alagoano Rebelo, como deputado federal, sonhado com a naturalização da jaca “conjunto de nádegas, especialmente da mulher”. Dilma na Petrobras, ministra e presidente da República retratou e retrata aquela história do jabuti no galho de árvore: se lá está foi porque alguém o pôs. Empós da admirável constatação que você acaba de ler, vou parando por aqui ou ici, como se diz em França, não sem antes lembrar que dei três meses de prazo para o doutor Levy na Fazenda. Está chegando a hora.

Charutos

Os britânicos lembraram os 50 anos da morte de Churchill com uma justa homenagem à memória do estadista. Com ela não concordou o imbecil do redator de matéria para o canal GloboNews, quando fez o apresentador afirmar que o primeiro-ministro britânico nunca deu bom exemplo de vida “porque bebia champanhe feito água e fumava charutos”.

Impende (!) recordar que do outro lado do Canal da Mancha havia um cavalheiro, chamado Adolf, que não bebia champanhe e não fumava charutos. Um jornalista que critica alguém pelo fato de beber champanhe só faz demonstrar sua borbulhante cretinice agravada por um processo de idiotia sistêmica. Quanto aos charutos como prova de mau exemplo de vida, como escreveu o détraqué, além de ofender muitos dos seus colegas de canal e pelo menos um dos donos da Rede Globo, que me ofereceu jantar em sua casa, onde fumamos puros de Havana, ofendeu também Sigmund Freud, Otto von Bismarck, Napoleão Bonaparte, George Burns, Milton Berle, Lord Byron, Sir Michael Caine, Enrico Caruso, Charlie Chaplin, Francis Ford Coppola, Tom Cruise, Edward VII de Inglaterra, John Gleen, Nubar Gulbenkian, Ernest Hemingway, Sir Alfred Hitchcock, Victor Hugo, Rudyard Kipling, La Rochefoucauld, John F. Kennedy, Franz Liszt, Stéphane Mallarmé, Groucho Marx, Somerset Maugham, Henry Louis Mencken, Alfred de Musset, Maurice Ravel, Artur Rubinstein, Frank Sinatra, Stendhal, William Makepeace Thackeray, Richard Wagner, John Wayne, Orson Welles, Mark Twain e o autor destas bem traçadas.

O mundo é uma bola

4 de março de 1215: João, rei da Inglaterra nascido em Oxford, presta juramento ao papa como cruzado para obter o apoio de Inocêncio III. João de Anjou, João I de Inglaterra ou João Sem Terra (1166-1216), quinto filho de Henrique II, não herdou um palmo de terra quando da morte de seu pai, daí o seu cognome. Passou à história como o rei que assinou a Magna Carta, considerada o início da monarquia constitucional em Inglaterra. Não é nada, não é nada, são 800 anos.

Em 1275, astrônomos chineses observam um eclipse total do sol. Que pensariam da vida e do universo os astrônomos chineses em 1275? Em 1319, o papa João XXII autoriza a criação da Ordem de Cavalaria de Nosso Senhor Jesus Cristo, que substitui os Templários, ordem extinta pelo papa Clemente V em 1311. Lamento confessar que nada sei da Ordo Pauperum Commilitonum Christi Templique Salominici, conhecida como Ordem dos Templários, nem sei dos motivos que levaram Clemente V a acabar com ela. Que ninguém nos ouça, o Estado de Minas deveria contratar cavalheiro menos ignorante para fazer Tiro&Queda.

Em 1493, Cristóvão Colombo aporta em Lisboa a bordo da Niña, voltando da viagem em que descobriu a América. No mesmo dia 4 de março, mas em 1519, Hernán Cortés chega ao México à caça das riquezas da civilização asteque, sempre mais chique do que asteca.

Em 1777, o marquês de Pombal é demitido por decreto-régio. A vida de Pombal é interessantíssima. Basta dizer que, na flor dos seus 23 aninhos, casou-se com a aristocrata Teresa de Noronha e Bourbon Mendonça e Almada, viúva, dez anos mais velha que ele.

Ruminanças

“Há muitos funcionários brasileiros que ganham pouco, mas recebem muito” (Abgar Renault, 1901-1995).

 

TIRO E QUEDA
Estranho
O tanque de louça sempre foi de uso exclusivo da deusa do lar, o que explica o gosto que as verdadeiras mulheres têm pelos homens com barriga de tanquinho


Estado de Minas: 02/03/2015

 

Dois amigos, no carro de um deles, circulavam em altíssima velocidade pelo Centro da cidade de São Paulo. Trombaram num poste, que se quebrou, o motorista fugiu e o passageiro, no banco do carona, morreu carbonizado. Descobriram que o morto era o dono do carro. O noticiário televisivo informou que o motorista estava sendo procurado para ser indiciado por homicídio doloso, aquele em que há dolo \ó\, em direito penal a deliberação de violar a lei, por ação ou omissão, com pleno conhecimento da criminalidade do que se está fazendo.Estranhei a informação porque me parece inconcebível que um sujeito, dirigindo um automóvel, trombe num poste com a intenção de matar um amigo que viaja no mesmo carro. Mas o noticiário anda tão maluco, que a gente já não se assusta com mais nada. No mesmo dia, a polícia paulista descobriu um depósito com 472 televisores LG ainda nas caixas e um tanque de guerra “de uso exclusivo das Forças Armadas”.Um tanque de guerra seria de uso normal em outras atividades? Todo santo dia a polícia prende cavalheiros e damas portando armas “de uso exclusivo das Forças Armadas”. São fuzis, metralhadoras, granadas e agora um tanque gigantesco, que pesa toneladas. Como as quatro vigas da Perimetral, cada uma pesando 40 toneladas, que foram roubadas sem que até hoje se saiba quem levou as peças de aço especial, suposto de durar 300 anos.O tanque de louça, ele sim, sempre foi de uso exclusivo da deusa do lar, o que explica o gosto que as verdadeiras mulheres têm pelos homens com barriga de tanquinho.

Processo 

Obrou muitíssimo bem o economista Nestor Cuñat Cerveró quando ameaçou processar aqueles que fizessem máscaras com o seu rosto. Carnaval é alegria, folia curtida por todos os que gostam do período de três dias anteriores à quarta-feira de cinzas dedicado a festejos, bailes e folguedos populares. Não é justo que naqueles dias os foliões e as folionas se assustem com a máscara do ilustre economista.
Em menino, forçado pela família, andei fantasiado de marinheiro. Devo admitir que o guri das fotos ficou bonitinho. Rapazola, curti carnavais para farrear nos raríssimos motéis que havia no Rio, um deles no lugar onde hoje fica a “comunidade” da Rocinha, com UPP e tráfico. Chamava-se Trampolim do Diabo e não tinha as modernidades e os luxos dos motéis atuais.
Em matéria de carnaval, que Houaiss informa “inicial por vezes maiúscula”, recordo com funda saudade os 16 anos em que morei na capital de todos os mineiros, pelo seguinte: BH desconhece o tríduo momesco. Era uma paz, uma tranquilidade só interrompida em 2015 pela crise financeira que impediu o carnavalesco belo-horizontino de viajar para cidades onde há carnaval.

Volto ao doutor Cuñat Cerveró para informar que andei procurando o significado de seu sobrenome em diversos dicionários. Austrália e Nova Zelândia têm Nat como membro do National Party, partido político que também existiu na África do Sul. Nat. em inglês é national, native, natural. Com ñ pensei que fosse nascimento em catalão, mas não tenho dicionários da Catalunha. Se o leitor tiver, me diga, por favor, se é o nascimento do símbolo do cobre, Cu, “o nascimento do cobre” ou da Idade do Cobre, um dos períodos da proto-história situado cronologicamente entre o Neolítico e a Idade do Bronze, aproximadamente 2500 a 1800 a.C.
Ontem, tarde da noite, fechei este belo suelto em 1800 a.C., mas hoje cedo, bem dormido, me lembrei do tradukka.com, que deve ter dicionário de catalão. Tem! Procurei ñat e não achei, mas NAT é NAT em português, alemão, inglês. Fiquei na mesma. Aproveitei o tradukka.com aberto para ver como são na língua da Catalunha algumas palavras usadas pelos nossos narradores esportivos: joelho (genoli), tornozelo (turmell), pé (peu), músculo (múscul), coxa (cuixa), canela (canyella) e falta (manca).

O mundo é uma bola

2 de março de 1498: depois de enfrentar medonhos temporais e revoltas dos marinheiros, o navegador português Vasco da Gama contorna o sul da África e aporta onde hoje fica Moçambique, que tem consulado em BH.
Em 1630, os holandeses tomam o Forte de São Jorge, em Recife.

Em 1775 o padre Francisco Bueno de Azevedo funda Caconde no interior de São Paulo. Andei por lá meio século atrás: havia tantos chagásicos, que se dizia que um cachorro, para latir, precisava encostar na cerca.

Em 1897, na Guerra de Canudos, terceiro ataque das forças de Moreira César aos conselheiristas. Depois desse ataque, as forças do maluco Antônio Vicente Mendes Maciel, o Conselheiro, ficaram municiadas e armadas com centenas de fuzis. Antônio Conselheiro pirou depois de ter sido corneado, sumiu do mapa e reapareceu anos depois metido num camisolão dizendo coisas sem nexo. Logo surgiram centenas, milhares de fiéis andando atrás dele, fenômeno muito comum até hoje. Meu espaço felizmente Zé Fini, porque sou capaz de falar horas sobre Canudos e o leitor não merece esse despautério.
Hoje é o Dia da Oração e o Dia Nacional do Turismo.

Ruminanças 

“Somos pela religião contra as religiões.” (Victor Hugo, 1802-1885)

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: