Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA Futebol e sambaHoje, tudo que acontece de errado no Brasil é culpa da Fifa, antes era dos EUA e já foi de Portugal

 

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 14/04/2014 04:00

Para começar a semana, nada melhor do que transcrever parte de um texto que circula na internet como tradução de matéria da revista France Football. Descontados alguns exageros, há muitas verdades no texto traduzido, problemas que os brasileiros não queremos ver ou já nos acostumamos e achamos normais. São 12 páginas da revista, por isso, faço um resumo.

A Fifa não pediu ao Brasil que sediasse a Copa: a iniciativa foi brasileira. A corrupção no Brasil é endêmica, do povo ao governo. A burocracia é cultural: tudo precisa ser carimbado, gerando milhões para os cartórios. Tudo se desenvolve à base de propinas. O alto escalão do governo Lula está preso por corrupção, mas os artistas e grande parte da população acham que eles são honestos e fazem campanhas para recolher dinheiro para eles. Hoje, tudo que acontece de errado no Brasil é culpa da Fifa, antes era dos EUA e já foi de Portugal: o brasileiro não tem culpa de nada.

Os brasileiros se identificam com analfabetos. A carga tributária do Brasil é altíssima, maior que a da França, e os serviços públicos são comparáveis aos do Congo. O brasileiro médio pensa que mora na Suíça. Quem está lá, na verdade, é a Fifa. Há um ditado que diz que “Deus é brasileiro”. A presidente brasileira parece alienada da realidade e diz que será o melhor mundial de todos os tempos, isto é, melhor que o do Japão, dos EUA, da França e da Alemanha. Se ela pensa assim, na Fifa se fala em maior erro estratégico da história da instituição.

Confrontos
Ano passado, os brasileiros saíram às ruas para se manifestar. Pela primeira vez se viu um movimento assim num país acostumado à inércia, mas o governo disse que eles eram baderneiros e reprimiu o movimento com violência. Ninguém foi responsabilizado. Há um movimento chamado Black Blocs que ameaça revidar a violência do governo.

Há um #hashtag que já foi repetido mais de 500.000.000 de vezes nas redes sociais e ameaça: #naovaitercopa. Os próprios brasileiros pedem para os estrangeiros não virem para o Brasil. Há milhares de vídeos feitos por brasileiros neste sentido. O governo brasileiro acaba de gastar 400 milhões de euros com compras de armas para a polícia e disse estar disposto a colocar o Exército na rua para proteger a Copa dos… brasileiros. Isso mesmo, o governo está ameaçando seu próprio povo. 

Há um movimento de alguns jogadores de futebol chamado “Bom Senso”, liderado pelo ídolo do Lyon, Juninho Pernambucano, pedindo a conscientização dos jogadores. Analisando os países-sede desde 1970, o número de mortes em estádios nos 16 anos anteriores de cada edição da Copa: México (1970) 6 mortes; Alemanha (1974) 0 mortes; Argentina (1978) 4 mortes; Espanha (1982) 0 mortes; México (1986) 12 mortes; Itália (1990) 0 mortes; EUA (1994) 0 mortes; França (1998) 0 mortes; Japão (2002) 0 mortes; Coreia do Sul (2002) 0 mortes; Alemanha (2006) 0 mortes; África do Sul (2010) 17 mortes; Brasil (2014) 234 mortes.

Obras. Na história dos mundiais, o Brasil foi o país que teve mais tempo para preparar a Copa: sete anos, mas é o país mais atrasado. A França teve apenas três anos e finalizou as obras um ano e dois meses antes do prazo. A África do Sul teve cinco anos e terminou com antecedência de cinco meses. Faltando três meses para a Copa, o Brasil ainda precisa fazer 15% do previsto. 

E a diatribe vai por aí falando dos custos dos estádios, dos salários de fome dos operários, tudo financiado com recursos públicos, enquanto na França tudo foi financiado com recursos privados. As verdades continuam nas 12 páginas, mas o meu espaço, felizmente, zé fini. 

O mundo é uma bola 

14 de abril de 193: Lúcio Septímio Severo é coroado imperador de Roma. Foi o primeiro cidadão oriundo de província, sem ascendentes romanos, a atingir o trono. Quando morreu, foi proclamado Divus pelo Senado Romano. E aqui vai uma explicação: escrevi Senado Romano, que no texto só poderia ser o Senado de Roma, porque tenho um amigo, revisor profissional, que insiste na tese de que Senado, sozinho, só pode ser o brasileiro, instituição presidida pelo admirável alagoano Renan Calheiros, que vê nascendo em sua calva alguns dos mais de 10 mil fios de cabelo que implantou.

Lúcio Septímio Severo foi casado com Júlia Domna, de família síria, mãe dos futuros imperadores Geta e Caracala. Publius Septimius Geta foi morto por ordem do irmão Marco Aurélio Antonino, conhecido como Caracala. 

Em 1028, Conrado II, o Navegante, imperador alemão, coroa rei seu filho Henrique III. Em 1191, na flor dos seus 85 aninhos, Giacinto Borboni-Orsini se torna o papa Celestino III. Morreu com 92 anos. Em 1611, o príncipe Federico Cesi usa pela primeira vez a palavra telescópio. Em 1629, Inglaterra e França assinam a Paz de Susa. Vivem assinando a paz e fazendo a guerra. Coisa curiosa: a Wikipédia é omissa quando à Paz de Susa e à biografia do príncipe Federico Cesi. Hoje é o Dia do Técnico em Serviço de Saúde.

Ruminanças 

“Não podemos suportar nem os nossos vícios, nem os seus remédios” (Tito Lívio, 64 a.C.-17 d.C.).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: