Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA
Paraíso
Para sair das casas aquecidas as pessoas usam meias, ceroulas e camisas térmicas, botas e casacos de peles de animais abatidos por lá

 

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 18/08/2014 04:00

 

Três vezes recebi, três vezes repassei para a lista genteamiga a reportagem de Shaun Walker sobre Yakutsk, provando que existe cidade mais fria do que Juiz de Fora, MG. Fica na Sibéria Oriental, a seis fusos horários de Moscou e seis horas de voo num jato Tupolev. No mês de janeiro, a temperatura média é de 40ºC negativos. Para sair das casas aquecidas as pessoas usam meias, ceroulas e camisas térmicas, botas e casacos de peles de animais abatidos por lá, para horror dos ambientalistas residentes em Fortaleza, CE.

O jornalista do The Independent, com todos os agasalhos recomendados, saiu do hotel aquecido e em 13 minutos suas orelhas começaram a pingar e as pernas “sucumbiram”. Voltou ao hotel e levou um tempão para se recuperar, informando que o corpo inteiro começa a coçar. O vidro do seu relógio não quebrou porque estava protegido pelas roupas. A 50ºC negativos suspendem as obras da construção civil porque os metais se tornam quebradiços. Fecham também os jardins de infância, mas as outras escolas só suspendem as aulas quando a temperatura baixa dos 55ºC negativos. 

Ouro e diamantes abundam na região. A cidade tem hotéis, cinemas, ópera, universidade, jardim zoológico e a inevitável entrega domiciliar de pizzas. A cidade de Xanxerê, SC, entrou para o RankBrasil pelo recorde de menor temperatura registrada por órgão oficial. No dia 20 de julho de 1953, o Instituto Nacional de Meteorologia, Inmet, vinculado ao Ministério da Agricultura, registrou no município 11,1ºC negativos. Urubici, SC, já registrou 17ºC negativos, mas em termômetros não oficiais. Em Yakutsk, 11 abaixo de zero deve ser a temperatura no verão. Há 200 mil malucos residentes naquele paraíso da imbecilidade humana. 

Pedofilia 
Manchete do provedor Terra no dia 16 de julho: “Megaoperação britânica prende 600 por pedofilia”. Nas tevês, o número aumentou para 660. Tradução: a polícia britânica prendeu um tiquinho, uma dx dos pedófilos que circulam por lá, e dx (derivada de x) significa uma porção infinitesimal de x e também indica que a sua integral será com base nessa variável (x). Todo e qualquer país que prenda pedófilos engaiolará uma dx dos existentes. Como explicar a perversão que leva um indivíduo adulto a ser sexualmente atraído por crianças?

É perversão inexplicável, mas existe e é universal. Vou às obras completas de Freud, edição eletrônica, escrevo pedofilia e o programa informa: palavra não encontrada. Mas a Wikipédia tem e nos diz que a pedofilia, também chamada de paedophilia erotica ou pedosexualidade, é a perversão na qual a atração sexual de um indivíduo adulto ou adolescente está dirigida primariamente para crianças pré-púberes, ou seja, antes da idade em que a criança entra na puberdade ou no início da puberdade.

A pedofilia faz parte de um grupo de preferências sexuais chamado cronofilia, junto a nepiofilia, hebefilia, efebofilia, teleiofilia e gerontofilia. Animadora, nessa lista, somente a gerontofilia, atração sexual por pessoas de idade avançada, que embala os sonhos dos idosos no outono de suas vidas. Segundo a OMS, adolescentes de 16 ou 17 anos também podem ser classificados como pedófilos se tiverem preferência sexual persistente ou predominante por crianças pré-púberes pelo menos cinco anos mais novas que eles.

A lista das parafilias é imensa, mais que 50, e o artigo da Wikipédia tem milhares de palavras impossíveis de resumir numa coluna de jornal. Parafilia é cada um dos distúrbios psíquicos que se caracteriza pela preferência ou obsessão por práticas sexuais socialmente não aceitas como a pedofilia, o sadomasoquismo, o exibicionismo etc. O etc. diz tudo e não explica os distúrbios psíquicos, motivo pelo qual tiro meu time de campo, não sem antes informar que fico perplexo cada vez que vejo na tevê um pedófilo preso aqui e alhures, eventualmente acolá. Pela atenção, muitíssimo obrigado.


O mundo é uma bola 

18 de agosto de 797: Irene de Atenas destrona o filho Constantino VI e passa a governar sozinha como imperatriz bizantina. Irene Sarantapecaina reinou de 797 a 802. Antes de se tornar imperatriz bizantina foi imperatriz consorte entre 775 e 780, e regente (viúva do imperador) entre 780 e 797. Más línguas dizem que ela se autointitulava basileu “imperador” e o certo é que morreu aos 51 aninhos em Lesbos, ilha que originaria em português o adjetivo lésbico (de Lesbos + -ico), que sente atração por pessoa do mesmo sexo ou com ela mantém relação afetiva e/ou sexual, lesbiano, lésbio (diz-se de mulher); que diz respeito à relação afetiva e/ou sexual entre mulheres; lesbíaco, lesbiano, lésbio, sáfico. Vale notar que Irene era feia com força.

Em 1858, primeira comunicação por cabo submarino entre a Europa e os Estados Unidos. Em 1942, manifestações num país grande e bobo exigiam que o ditador Getúlio Vargas entrasse em guerra contra os países do Eixo. No início da Segunda Guerra Mundial, Getúlio parecia favorável à política de Hitler, di-lo a Wikipédia. 

Em 1958, lançamento nos Estados Unidos do romance Lolita, de Vladimir Nabokov, contando a história de um professor que se apaixona por sua enteada de 12 anos. De lá para cá, o mundo acabou de enlouquecer e Lolita virou História da Carochinha.

Ruminanças
“A ortodoxia, meu senhor, é a minha doxia; heterodoxia é a doxia de outra pessoa” (William Warburton, 1698-1779).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: