Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA
Panorama esportivo
O esmurrador bem-sucedido faz muito sucesso entre os seus amigos, geralmente um grupo de adolescentes

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 23/12/2013 04:00

Surgiu nos Estados Unidos novo tipo de comportamento urbano, que logo fará sucesso no Brasil. Clama-se knockout, em português nocaute, e consiste no esmurrar aleatório de pessoas nas ruas com um só cruzado de direito ou de esquerda, de tal forma que a pessoa agredida vá a nocaute. Já se anotaram mortes de agredidos em diversos estados norte-americanos. O contemplado com o murro pode ser homem ou mulher de qualquer idade. Dia desses, um soco matou senhora de 78 anos.

Se o idiotismo de empurar pedras sobre pistas de gelo, chamado curling, é considerado esporte, o knockout tem muito mais futuro e expressão econômica, a começar pelo fato de obrigar milhões de pessoas a sair de casa com aquele protetor de cabeça usado no boxe e com os indispensáveis protetores dos dentes.

O esmurrador bem-sucedido faz muito sucesso entre os seus amigos, geralmente um grupo de adolescentes. Quando o nocaute chega às redes sociais, aquele que nocauteia vive seus 15 minutos de glória, mesmo correndo o risco de cadeia. No Brasil, grupos parecidos por enquanto se limitam a roubar e matar se for preciso. Têm cobertura do imbecilíssimo, do criminoso Estatuto da Criança e do Adolescente e a sua glória consiste no número de passagens, não de ônibus ou de avião, mas pelas delegacias. Um jovem com 30 passagens vale o dobro de um que só tenha 15, 10 vezes mais que o inocente que ainda está na terceira.

Obituário

Só os tolos acreditam que um político importante possa morrer de morte natural, ou, eventualmente, na forma noticiada pela mídia. O suicídio de Getúlio, por exemplo, teria sido executado com o seu revólver por terceiros. Lembro-me de ter lido depoimento de conhecida vedete do teatro rebolado que afirmou estar no quarto com o presidente, naquela noite de agosto de 1954, quando chegaram os autores do suposto suicídio e a fizeram descer, nua, agarrando-se às folhagens das paredes do Palácio do Catete.

Consta que o doutor Tancredo teria tido a colaboração da equipe médica para ir a óbito. Conhecido por nunca ter tido uma dor de cabeça, o são-joanense teria hoje 103 anos feitos, gozando perfeita saúde, não fosse o encaminhamento hospitalar de 1985.

É mentira que João Belchior Marques Goulart fosse enfartado e tivesse graves problemas de saúde, comesse churrasco de carne gorda, tudo isso que se diz. Puxava um pouco de uma perna, é certo, consequência de uma queda de cavalo na juventude, mas tinha a saúde de um touro e completaria 100 anos em 2019 não fosse envenenado em Mercedes, Argentina, em dezembro de 1976 pelos militares de três países coordenados pela CIA, norte-americana.

O fuzilamento de JK no quilômetro 165 da Via Dutra é conhecido de todos. Atirador de elite – sempre as elites prejudicando o nosso país – postado pelos militares às margens da rodovia acertou a cabeça do motorista do Opala, depois de horas esperando para acertar tão bem acertado que o Opala trombou com um ônibus e uma carreta, dando a impressão de acidente automobilístico. Atiradores de elite são capazes de fazer coisas de que todo mundo duvida. Daí a necessidade dos exames cadavéricos para provar que Allende não se suicidou, foi induzido ao suicídio. E o induzimento, em muitos casos, se sobrepõe ao desejo de viver daquele que acaba praticando o ato.

Civilidade

No trânsito, nos salões, nos elevadores, nas calçadas – impera a incivilidade neste imenso Piscinão de Ramos. Por via de consequência, como gostava de dizer meu amigo e confrade Aureliano Chaves, temos 50 mil homicídios/ano.

Mesmo nas guerras mais ferozes pode existir civilidade, conjunto de formalidades, de palavras e atos que os cidadãos adotam entre si para demonstrar mútuo respeito e consideração. Lembro-me de ter lido há muitos anos sobre episódio ocorrido no Norte da África em novembro de 1942.

Findo um embate entre os tanques alemães e ingleses, restou a figura do general Wilhelm Ritter von Thoma, uniformizado, em posição de sentido, segurando uma pasta de couro ao lado de seu tanque destruído. Capturado pelos ingleses, foi autorizado a portar sua Lugger 9mm por se tratar de oficial general. À noite, convidado para jantar na tenda de Montgomery, tomaram champanhe e conversaram sobre amenidades.

 O mundo é uma bola 

23 de dezembro de 1805: nascimento de Joseph Smith Jr., profeta e fundador da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que o povo conhece como Igreja Mórmon. Não faz sucesso em Nova Ibiá, zona cacaueira da Bahia, onde 70% dos moradores não têm religião.

Em 1888, Vincent van Gogh corta sua orelha esquerda, que leva para um bordel e dá de presente à prostituta Rachel. Considerado um dos maiores pintores de todos os tempos, suicidou-se dois anos depois.

Em 1947, primeira demonstração do transístor, nos laboratórios da Bell. Em 1933 nasceu Akihito, hoje imperador do Japão. Em 1653 morreu João Pinto Delgado, poeta criptojudeu português. Cripto, do grego kruptós, -ê, -ón, exprime noção de oculto, de escondido.

Ruminanças

“A Câmara Municipal de São Paulo, que tem bela sede, não tem noção de ridículo e inventou uma Comissão da Verdade” (R. Manso Neto).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: