Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA
Exagero
Se cada conselheiro do TC-RJ pode contratar 20 funcionários, que lei impede o conselheiro Júlio Rabello de contratar a linda Alessandra Pereira ?

 

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 23/11/2014 04:00

 

Às oito da noite de 20 de outubro passado, em Moscou, a sensação térmica era de três graus abaixo de zero: vi na TV. Suponho que em dezembro de 1827 a sensação térmica em Yasnaya Polyana tenha sido de 40 graus negativos. Presumo que Maria Nicolaevna, princesa de Volskonsky, estivesse num quarto dotado de imensa lareira, quando se entregou, aos gritos de “me bate!”, “me mata!”, em russo escorreito, a Nicolas Ilyitch, conde de Tolstói, na bela casa hoje transformada em museu.

Daquela noite de amor nasceria, em 9 de setembro de 1828, o menino Liev Nicolaevitch, futuro conde de Tolstói, considerado um dos maiores escritores de todos os tempos, se bem que meio exagerado quando escreveu no alfabeto cirílico: “Se queres ser universal, começa por pintar a tua aldeia”.

Pelo visto, o menino nascido em 1828 era excessivo. Não é preciso pintar toda uma aldeia, basta pintar um quarteirão. Hoje, que temos edifícios, basta pintar um prédio de 10 andares para constatar a universalidade da maluquice humana, da maldade, de tudo de ruim que nossa espécie é capaz de fazer.

Implicância
Penso que a imprensa deve parar de implicar com as pessoas e as instituições deste país grande e bobo. Quem foi que disse que lei que proíbe ilustre conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro e sua digna esposa façam exercícios calistênicos, pratiquem a calistenia em domicílio? Se até o sexo lhes é facultado, por que, diabo, não podem fazer ginástica?

E tem mais uma coisa: se cada conselheiro do TC-RJ pode contratar 20 funcionários, que lei impede o conselheiro Júlio Rabello de contratar a linda Alessandra Pereira Evangelista, professora de educação física, como assessora de seu gabinete, ganhando R$ 9.547,68 mensais?

O fato de a professora Evangelista jamais ter frequentado o TC-RJ, que nem sabe onde fica, é irrelevante. O comparecimento de um funcionário pode ser espiritual, sem a chatura presencial das idas ao Tribunal, que servem apenas para complicar o trânsito do Rio. Em sua defesa, deve ser dito que comparecia diariamente à casa do conselheiro para orientar a calistenia do casal. Exercitado, o ilustre conselheiro tem condições de trabalhar mais e melhor na fiscalização das contas do RJ, segunda economia do Brasil.

Fosse desonesto como aquele conselheiro do TC-SP, Rabello teria uma porção de propriedades de muitos milhões de reais, supõe-se que pela venda de votos no Tribunal. E poderia pagar do seu bolsinho mais que R$ 300 por dia à professora de ginástica. Honestíssimo, empregou-a no Tribunal e vem sendo criticado, quando só queria que o povo pagasse pela sua calistenia. 

Facilidade 

É muito fácil administrar os Estados Unidos, o Canadá e toda a Europa a partir dos estúdios da GloboNews na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Tenho acompanhado muitos dos seus programas e constato que os seus jornalistas, quase todos, sabem o que deve ser feito pelos dirigentes da Europa, do Canadá e dos Estados Unidos. Só não sabem o que deve ser feito no México, país meio complicado, democracia com dezenas de milhares de cidadãos decapitados pelos traficantes, sem falar dos 43 estudantes recolhidos pelos carros da polícia, que por lá se pronuncia “policía”: “cuerpo encargado de velar por el mantenimento del orden público y la seguridad de los ciudadanos, a las órdenes del orden de las autoridades políticas.”

Se a segurança dos cidadãos depende do sumiço de dezenas de estudantes, que desaparecem por ordem das autoridades políticas, é hora de consultar o comentarista internacional da GloboNews, cavalheiro que transporta brinquinhos de ouro no lóbulo da orelha esquerda. Que diabo pensará da vida e da política internacional um jornalista brincado? Houve tempo, na roça brasileira, em que vaca brincada (dotada de brinco de plástico numa orelha) valia mais que vaca sem brinco. De repente, o jornalismo televisivo vai pelo mesmo caminho.

O mundo é uma bola 

23 de novembro de 1891: o almirante Custódio de Mello, na Primeira Revolta da Armada, ameaça bombardear o Rio de Janeiro, forçando a renúncia do presidente Deodoro da Fonseca. Em 1913, fundação da primeira universidade tecnológica do Brasil e décima escola de engenharia, a Universidade Federal de Itajubá, MG. Em 1925, o jornal português O século desperta para os negócios do falsário Alves dos Reis, história deliciosa que não cabe neste espaço. Artur Virgílio Alves dos Reis (1898-1955) foi, possivelmente, um dos maiores falsários do mundo e liderou a maior falsificação de notas de banco da história: as notas de 500 escudos com a efígie de Vasco da Gama.

Em 1944, Leopoldina Ferreira Paulo obtém o primeiro doutoramento de mulher em Portugal, pela Universidade do Porto, com a tese Alguns caracteres morfológicos das mãos dos portugueses. É o que vivo repetindo: se a gente deixar, elas tomam conta. Hoje é o Dia do Engenheiro Eletricista.

 Ruminanças

“A mulher é coisa gárrula e falaz/Quer e desquer: é louco o homem que nela confia” (Tasso, 1544-1595).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: