Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

TIRO E QUEDA
Selfie
Na Marinha brasileira, hélice é substantivo masculino, como também na rubrica anatomia geral: rebordo externo do pavilhão da orelha

 

Eduardo Almeida Reis

Publicação: 25/01/2014 04:00

Autofotografia virou moda depois que o Oxford dicionarizou a palavra selfie: noun (plural selfies), informal – a photograph that one has taken of oneself, typically one taken with a smartphone or webcam and uploaded to a social media website: ocasional salfies are acceptable, but posting a new picture of yourself everyday isn’t necessary. Não só é desnecessária, como a postagem diária de uma nova foto pode ser sintoma de loucura, di-lo aqui o degas. O que pouca gente sabe é que muitas máquinas antigas, fabricadas há 60 ou mais anos, contavam com um dispositivo que atrasava o clique em alguns segundos, tempo suficiente para o fotógrafo correr e se meter no grupo que seria fotografado. Em Lambari, no Circuito das Águas, Sul de Minas, aconteceu fato hilariante, quando um veranista gordo montou sua câmera sobre o tripé, acionou o tal dispositivo e correu para juntar-se ao grupo de amigos. Na corrida, tropeçou num cipó e a foto mostrou o grupo às gargalhadas com o fotógrafo esborrachado no chão.

Mayday 
Se o leitor fosse anterior aos aviões a jato saberia de um negócio chamado embandeirar, que significava botar em passo bandeira as hélices de um avião, um passo que gera o mínimo de arrasto. Se um motor pifa, o piloto põe suas hélices em passo bandeira para tentar voar com o outro ou os outros motores. Acontece que veterano e respeitado jornalista mineiro, natural de Paraopeba, casado com bela francesa, se amarra no Mayday, programa de televisão sobre desastres aéreos. Mayday é um distress call, sinal reconhecido internacionalmente e usado especialmente em navios e aviões. Caro que não sei o que é distress, mas vou ao Collins inglês-português e vejo que é angústia, desgraça, miséria, área de baixo nível socioeconômico; no caso do mayday, sinal de perigo. Zapeando o televisor já assisti algumas vezes ao tal programa. Só é bom quando todo mundo se salva. Volto ao may, sem o day, para dizer que significa “pode ser verdade”, “talvez aconteça” e “podia ter ocorrido”, enquanto May Day maiúsculo é o dia de celebrar a chegada da primavera. Na Marinha brasileira, hélice é substantivo masculino, como também na rubrica anatomia geral: rebordo externo do pavilhão da orelha.

Os primeiros aviadores da Força Aérea Brasileira (FAB) foram da Marinha (aviação embarcada), motivo pelo qual conheci diversos coronéis da FAB que falavam dos hélices dos seus aviões. Rapazola, voando de Corumbá para Campo Grande, encarei um mayday para ninguém botar defeito. Corumbá, no Pantanal, fica a 118m de altitude e Campo Grande, já no Planalto Central, a 592m de altitude. Entre as duas há bonito paredão de rocha a prumo, que separa os dois ecossistemas. E foi justamente sobre o paredão, voando baixo, porque vinha ganhando altura desde que saímos de Corumbá, que um dos motores do DC-3 pifou. O comandante botou as hélices do motor pifado em passo bandeira e aumentou o giro no outro, que começou a soltar fumaça escura, quase preta. Depois, soubemos que a fábrica recomendava um máximo de dois minutos naquele giro de motor. Voamos soltando fumaça preta até Campo Grande, pouco acima das árvores do cerrado, durante não sei quantos minutos. Pela porta aberta da cabine, vi que o comandante fumou uns 200 cigarros. Os passageiros, em fila no corredor, arrastávamos nossas malas da cauda para a cabine do avião, não me perguntem por quê. O mayday radiofônico funcionou e já pousamos no aeroporto de Campo Grande acompanhados por diversos caminhões de bombeiros. Muitos militares, ainda em uniformes de ginástica, carregando porretes de quase um metro. Pensei que fossem para acabar de abater os passageiros a pauladas, mas me disseram que eram para quebrar a fuselagem do DC-3. Pergunta se tive medo. Nem um pouquinho. Todo jovem se considera imortal. As emissões de CO2 na produção e publicação deste belo texto foram compensadas pelas árvores que o philosopho plantou.

O mundo é uma bola
25 de janeiro de 1308: Eduardo II, da Inglaterra, se casa com Isabel da França. Em 1327, o mesmíssimo Eduardo II, da Inglaterra, é obrigado por sua mulher, a mesmíssima Isabel da França, e pelos nobres, a abdicar em favor de seu filho Eduardo III. Parece que Eduardo II teve quatro filhos com Isabel. Parece, ainda, que ele era bissexual. A historiografia inglesa conta coisas de arrepiar, tais como o assassinato de Eduardo II, quando lhe teriam introduzido no ânus um chifre oco de boi, através do qual introduziram um ferro em brasa que o queimou por dentro. Em 1533 Henrique VIII, da Inglaterra, se casa com Ana Bolena, aliás Anne Boleyn, que não foi empalada com um chifre oco, mas decapitada por ter plantado chifres na testa de Henrique VIII. Em 1881, Alexander Graham Bell e Thomas Edison fundam a Companhia Telefônica Oriental. Em 1971, Charles Manson e três mulheres da “família Manson” são condenados a prisão perpétua. Até outro dia Manson estava preso e deve ter custado ao contribuinte norte-americano uma fortuna. Seria muito mais simples, lógico e barato matar o maluco. Hoje é o Dia do Carteiro, da Bossa Nova e da fundação da cidade de São Paulo.

Ruminanças
“Também os presídios do Maranhão têm facções criminosas mandando no belo estado, que não merece tantos bandidos dentro e fora das cadeias” (R. Manso Neto).


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: