Blog dos alunos da Universidade Salgado de Oliveira, Campus Belo Horizonte, Curso de Direito.

Uma receita prosaica, fácil e… Deliciosa!

2013-10-12 14.03.03

INGREDIENTES

01 frango inteiro (o de hoje tinha 2,2 kg)

01 cebola

01 maço de cebolinha

300 gr de quiabo

03 colheres de sopa de fubá  dissolvidas em 600 ml de água fria

01 sachê de molho de tomate pronto

750 ml de água quente

Óleo para fritar

Sal, alho socado, pimenta calabresa, pimenta do reino e vinagre

MODO DE FAZER

Corte, limpe e tempere o pobre do frango.

Frite bem, dourando o galináceo em óleo quente (mesmo porque, no óleo frio você não vai conseguir fritar nada…).

2013-10-12 12.29.56

2013-10-12 12.30.05

Reserve.

Lave e pique os quiabos. Depois de picados deixe em uma solução de vinagre e água fria (a proporção é de 90% vinagre e 10% água), por, no mínimo, 01 hora. Após esse tempo, escorra e lave bem em água corrente. Depois disponha os pedaços em uma toalha ou papel absorvente.

ATENÇÃO, aqui está o segredo para que o bendito quiabo fique sequinho e crocante, sem baba alguma: parece que o vinagre estimula a secreção que resulta na baba excessiva. Então, tem que ter paciência nessa fase. Após ser colocado na toalha (ou papel) a baba parece se multiplicar, é assim mesmo. Troque de papel ou toalha várias vezes, até que a tal baba se reduza ao mínimo.

2013-10-12 12.29.28

2013-10-12 13.08.28

Voltando ao falecido, disponha em outra panela uma cebola em anéis com 03 colheres de sopa de azeite. Após dourar a cebola, acrescente o azarado do frango frito, o sachê de molho de tomate e 750 ml de água quente. Prove e, se necessário, corrija o sal e demais temperos.

2013-10-12 13.24.50

Abaixe o fogo e deixe apurar (mínimo de 30 minutos).

E retornamos ao quiabo. Depois (veja acima) deixe ainda sobre papel absorvente por alguns minutos, antes de levar à fritura. Para esta, não use colher ou qualquer outro utensílio para mexer o senhor quiabo, isto deve ser feito (mexer) apenas pelo cabo da frigideira (em que você, previamente, colocou duas colheres de sopa de azeite e um pouco de sal com alho socado – se gostar, anéis de cebola também). Movimente a frigideira como fazemos nós, os chefs de cuisine. 😀

Veja que no fundo da frigideira vai se formando uma crosta escura enquanto você frita o quiabo: bidu – é a baba restante que vai se solidificando. Bidu²: por isto é que você não vai usar colher ou qualquer outra coisa para ficar mexendo o tal quiabo.

Após pegar uma corzinha, retire do fogo e transfira para outra vasilha.

O angu (ou polenta) não tem segredo, mas se você quiser incrementar, torre o fubá com duas colheres de azeite antes de acrescentar a água.

Sirva com arroz branco, cheiro verde, Brahma gelada e uma cachacinha de qualidade (tá bom, tá bom, pode ser suco de laranja ou Coca-Cola também… 😀 )

2013-10-12 14.11.03

SALUT!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: