Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: água

Abastecimento de água será interrompido em BH no domingo; veja a lista dos bairros

A interrupção vai acontecer, ainda, em Contagem, Nova Lima, Raposos, Sabará, e Santa Luzia. Copasa vai realizar manutenção no Sistema Rio das Velhas


Moradores de Belo Horizonte e de cinco cidades da região metropolitana devem ter atenção e economizar água. No próximo domingo, o abastecimento será interrompido para a manutenção no Sistema Rio das Velhas. Somente na capital mineira, mais de 130 bairros serão afetados em diferentes regiões.
De acordo com a Copasa, a paralisação do abastecimento será realizada a partir das 7h de domingo. A previsão é que seja normalizado, gradativamente, a partir de 15h do mesmo dia. Desta forma, é recomendado aos moradores que economizem água.

Além de Belo Horizonte, bairros de Contagem,  Nova Lima, Raposos, Sabará, e Santa Luzia, também serão afetados. Informações podem ser obtidas pelos consumidores por meio do telefone 155  ou no site da Copasa.

Veja a lista de bairros

Belo Horizonte: Aarão Reis, Acaiaca, Alípio De Melo, Alto Barroca, Alto Caiçaras, Anchieta, Aparecida, Aparecida Sétima Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Beija Flor, Beira Linha, Belmonte, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Caiçaras, Campus Da UFMG, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castelo, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Celso Machado, Conjunto Itacolomi, Conjunto Santa Maria, Conjunto Taquaril, Coqueiros, Coração De Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Engenho Nogueira, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fernão Dias, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Goiânia, Gorduras, Gorduras De Cima, Grajaú, Granja De Freitas, Gutierrez, Havaí, Horto, Horto Florestal, Inconfidência, Ipanema, Ipê, Ipiranga, Itaipu, Jaraguá, Jardim Alvorada, Jardim América, Jardim São Jose, Jardim Vitoria, Lajedo, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Marajó, Maria Goretti, Maria Teresa, Maria Virginia, Monsenhor Messias, Monte Azul, Montes Claros, Morro Das Pedras, Morro Do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora Da Gloria, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Gloria, Novo São Lucas, Novo Tupi, Ouro Minas, Ouro Preto, Palmares, Paquetá, Paraíso, Paulo Vi, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Penha, Pindorama, Pirajá, Pompeia, Prado, Primavera, Primeiro De Maio, Providencia, Renascença, Ribeiro De Abreu, Sagrada Família, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lucia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Saudade, Savassi, Serra, Serrano, Sion, Sumaré, Suzana, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Cafezal, Vila Paris, Vista Do Sol e Vitoria.

Contagem: Jardim Perola e Parque Novo Progresso.

Nova Lima: Acaba Mundo, Alto Do Gaia, Alvorada, Barra Do Céu, Bela Fama, Bela Vista, Boa Vista, Bonfim, Bosque Residencial Jambreiro, Campo Do Pires, Canto Da Mata I, Canto Da Mata II, Cariocas, Cascalho, Centro, Chácara Bom Retiro, Chácara Dos Cristais, Chácara Silveira Ramos, Cristais, Cruzeiro, Fazenda Do Benito, Galo Novo, Galo Velho, Honório Bicalho, Ipê, Ipê Da Serra, Jardim Das Américas, Jardim Serrano, José De Almeida, Le Cottage, Matadouro, Matozinhos, Mina D’ Água, Mingu, Mirante Da Mata, Nossa Senhora De Fátima, Oswaldo Barbosa Pena II, Ouro Velho Mansíes, Parque Aurilândia, Parque Santo Antônio, Pau Pombo, Quintas, Quintas Do Sol, Resende, Residencial Sul, Retiro, Rosário, Santa Rita, São Bento, Vale Da Esperança, Vila Do Ouro, Vila Industrial I, Vila Lacerda, Vila Madeira, Vila Maria Do Carmo, Vila Marize, Vila Monte Castelo, Vila Nova Betânia, Vila Nova Suíça, Vila Operaria, Vila Padre Valeriano, Vila Passos, Vila São Jose Terceira Seção, Vila São Luiz e Valle De Montagne.

Raposos: Barracão Amarelo, Bela Vista, Boa Vista, Matadouro, Morro Das Bicas, Quintas Da Mata, Recanto Feliz, São Domingos, São Judas Tadeu, Tocantins, Varella, Várzea Do Sitio e Vila Vitoria.

Sabará: Adelmolândia, Adelmolândia II, Águas Férreas, Alto Bela Vista, Alto Do Cabral, Alto Do Fidalgo, Alto Vila São José, Alvorada, Amélia Moreira, Ana Lucia, Arraial Velho, Borba Gato, Borges, Cabral, Caieira, Campinas, Centro, Condomínio Eugenie Scharle, Condomínio Jardim Dos Borges, Conjunto Habitacional Morada Da Serra, Córrego Da Ilha, Distrito Industrial Simão Da Cunha, Esplanada, Fogo Apagou, Gaia, Galego, Granjas De Freitas, Ipê Amarelo, Itacolomi, Jardim Castanheira, Mangabeiras, Marzagão, Morro Da Cruz, Morro São Francisco, Mundo Velho, Nações Unidas, Nossa Senhora Conceição, Nossa Senhora Da Conceição, Nossa Senhora De Fatima, Nossa Senhora Do O, Nova Vista, Novo Alvorada, Novo Alvorada Barraginha, Novo Horizonte, Novo Santa Inês, Paciência, Padre Chiquinho, Praia Dos Bandeirantes, Rio Negro, Rosário, Rosário II, Rosário III, Rosário/Vila Dos Coqueiros, Santana, Santo Antônio, Santo Antônio De Roças Grandes, Siderúrgica, Sobradinho, Terra Santa, Valparaiso I, Valparaiso II, Várzea Do Moinho, Vila Bom Retiro, Vila Do Triangulo, Vila Dos Coqueiros, Vila Esperança, Vila Eugênio Rossi, Vila Francisco De Moura, Vila Mangueiras, Vila Michel, Vila Real, Vila Rica, Vila Santa Cruz, Vila Santa Rita, Vila Santo Antônio De Pádua, Vila São José e Vila São Sebastião.

Santa Luzia: Adeodato, Barreiro Do Amaral, Bela Vista, Bicas, Bom Destino, Bom Jesus, Bonanza, Camelos, Capitão Eduardo, Centro, Colorado, Condomínio Estâncias Dos Lagos, Condomínio Recanto Da Mata, Condomínio Recanto Do Luar, Córrego Frio, Dona Rosarinha, Esplanada, Fecho, Gameleira, Gameleira II, Idulipe, Imperial, Industrial Americano, Kennedy, Maria Adélia, Mata Dos Ipês, Moreira, Padre Miguel, Parque Boa Esperança, Parque Nova Esperança, Petrópolis, Quarenta E Dois, Retiro Do Recreio I, Santa Matilde, Santa Monica, São Geraldo, Vale Das Acácias, Vale Dos Coqueiros, Vila Iris, Vila Olga, Vila Parnaso, Vila Santa Rita De Cássia e Vila São Mateus.

.

FONTE: Estado de Minas.


Mora em BH? Saiba se vai faltar água no seu bairro nesta quarta

Copada informa que interrompimento é necessário para a manutenção da rede de água, e a previsão é que o abastecimento seja normalizado gradativamente ao longo do dia

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou nesta terça-feira (22) que o abastecimento de água será interrompido durante a quarta-feira (23) em bairros de Belo Horizonte e de algumas das cidades da região Metropolitana, como Contagem, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano.

De acordo com a companhia, o interrompimento é necessário para a manutenção da rede de água, e a previsão é que o abastecimento seja normalizado gradativamente ao longo da própria quarta.

Se você mora em Belo Horizonte, veja abaixo quais são os bairros serão afetados com a falta de água nesta quarta-feira:

Aeroporto, Apolônia, Braunas, Campo Alegre, Canaã, Candelária, Cenáculo, Céu Azul, Conjunto Minas Caixa, Copacabana, Etelvina Carneiro, Europa, Floramar, Frei Leopoldo, Garças, Granja Werneck, Heliópolis, Itapoã, Jaqueline, Jardim Atlântico, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Felicidade, Jardim Guanabara, Jardim Leblon, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Leblon, Letícia, Madri, Mantiqueira, Maria Helena, Mariquinhas, Minas Caixa, Parque São Pedro, Piratininga, Planalto, Rio Branco, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Mônica, São Bernardo, São João Batista, São Tomáz, Satélite, Serra Verde, Solimões, Trevo, Tupi A, Tupi B, Venda Nova, Vila Aeroporto, Vila Clóris, Xodo-Marize e Zilah Spósito.

Agora, se sua residência está localizada na região metropolitana, confira se seu bairro está na lista das cidades onde vai faltar água:

Contagem: Xangrila.

Ribeirão Das Neves: Areias de Baixo, Centro de Areias, Céu Anil, Chácaras Bom Retiro, Conjunto Nova Pampulha, Dona Clarice, Eliane, Fazenda  Misongue, Fazenda Severina, Fortaleza, Granjas Primavera, Havai, José Maria da Costa, Kátia, Landi I, Landi II, Luar da Pampulha, Mangueiras, Maria Helena, Maria Helena II, Pedra Branca, Pedreira, Penha, Santa Izabel, Santa Margarida, Santana, Santana II, São José, Sônia, Tancredo Neves, Tocantins, Toni, Viena, Vila Bispo de Maura e Vila Real.

Torneira

Santa Luzia: Asteca, Baronesa, Belo Vale, Castanheira, Centro, Chácaras Recanto Flamboyant, Chácaras Santa Inês, Cristina, Duquesa I, Duquesa II, Frimisa, Liberdade,Londrina, Luxemburgo, Maria Antonieta, Monte Carlo, Morada do Rio, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora do Carmo, Nova Conquista, Nova Esperança, Novo Centro, Perola Negra, Ponte Grande, Pousada Del Rey, Rio das Velhas, São Benedito, São Cosme, São Cosme de Cima, São João Batista.

Vespasiano: Gavea, Gavea II, Nova Iorque, Nova Pampulha, Santa Clara, Suely, Vida Nova.

.

FONTE: O Tempo.


Mais de 200 bairros da capital e Grande BH terão abastecimento de água interrompido no domingo

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Uma manutenção na rede de água do sistema produtor do Rio das Velhas vai interromper o abastecimento em mais de 200 bairros de Belo Horizonte e outras cidades da Região Metropolitana neste domingo (16). Além da capital, Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia terão o abastecimento suspenso entre em 6h e 18h.

De acordo com a Copasa, a situação deve se normalizar de forma gradativa até a madrugada de segunda-feira (17).

Confira os locais onde o abastecimento será interrompido:

Belo Horizonte:
Aarão Reis, Aeroporto, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Alípio de Melo, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim,  Borges, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, ETE/Arrudas, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto  Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim  Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardim das Rosas, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto ,Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa  Efigênia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São João Batista, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, Universitário, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho e Vista do Sol, Vila Silveira.

Nova Lima: 
Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.

Raposos: 
Todo o município.

Sabará: 
Todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Santa Luzia: 
Todo o município, exceto a região do São Benedito e do Frimisa.


Bairros de BH ficam sem água; confira onde

O abastecimento de água deve retornar gradativamente na noite do domingo

Alguns bairros das regiões Centro-Sul, Leste, Oeste e Noroeste de Belo Horizonte terão o abastecimento de água interrompido neste domingo (17) para obras de interligação de redes de água.

Segundo a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), serão afetados os bairros Barro Preto, Calafate, Carlos Prates, Centro, Floresta, Lagoinha, Lourdes, Padre Eustáquio, Prado, Santa Efigênia e Santo Agostinho.

A previsão é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da noite do mesmo dia (17).

O abastecimento de água deve retornar gradativamente na noite do domingo

FONTE: Hoje Em Dia.


Cerca de 200 bairros de Belo Horizonte ficarão sem água neste domingo

Interrupção no abastecimento também afetará Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia.

Cerca de 200 bairros de Belo Horizonte vão ficar sem água neste domingo (25). A interrupção no abastecimento também afetará Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia, na Região Metropolitana.

De acordo com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), o corte ocorrerá a partir das 6h para manutenção preventiva no Sistema Produtor de Água Rio das Velhas, em Nova Lima. No domingo, também será realizada manutenção no sistema elétrico da elevatória de água tratada São Lucas, na capital.

A previsão da Copasa é que os serviços sejam concluídos até as 16h e que o abastecimento de água será normalizado, gradativamente, até a madrugada de segunda-feira (26). Veja a lista de locais afetados.

Belo Horizonte

Aarão Reis, Aeroporto, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Alípio de Melo, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, ETE/Arrudas, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja, Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardim das Rosas, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto ,Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha, São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Efigênia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São João Batista, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, Universitário, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vista do Sol e Vila Silveira

Nova Lima

Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos

Raposos

Todo o município

Sabará

Todo município, exceto distrito de Ravena

Santa Luzia

Todo município, exceto a região do São Benedito

.

FONTE: G1.


Copasa interrompe abastecimento em 13 bairros de BH no domingo

A previsão é de que o serviço seja normalizado ao longo do dia


Uma manutenção na rede da Copasa vai interromper o abastecimento de água em 13 bairros de Belo Horizonte durante este domingo. A companhia informou que a medida foi adotada em caráter emergencial.

Segundo a Copasa, as manutenções ocorrem em uma rede que fica no cruzamento da Avenida Pedro II com a Rua Desembargador Tinoco, no Bairro Monsenhor Messias, na Região Noroeste da capital.

A previsão é de que o serviço seja normalizado ao longo da tarde de domingo. Confira os bairros que ficarão sem água: Alto Caiçaras, Bonfim, Caiçara, Caiçara Adelaide, Castelo, Engenho Nogueira, Jardim Alvorada, Jardim Montanhês, Monsenhor Messias, Padre Eustáquio, Paquetá, Pedro II e Sumaré.

.

FONTE: Estado de Minas.


BH e quatro cidades da região metropolitana ficam sem água domingo

O corte ocorre para uma manutenção no Rio das Velhas e o fornecimento deve ser restaurado na madrugada da segunda-feira (28)

Quatro cidades da região metropolitana e Belo Horizonte vão ficar sem água no próximo domingo (27). Cerca de 2 milhões de consumidores devem ser afetados. O corte ocorre para uma manutenção no Rio das Velhas e o fornecimento deve ser restaurado na madrugada da segunda-feira (28). Além da capital, ficarão sem água as cidades de Nova Lima, Raposos, Santa Luzia e Sabará.

sem água

Veja os bairros que ficarão sem água:

Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Bandeirantes, Barroca, Barro Preto, Betânia, Bom Jesus, Bonfim, Baleia, Belmonte, Boa Vista, Borges, Caetano Furquim, Cafezal, Capitão Eduardo, Casa Branca, Castanheira, Chácaras Montevidéu, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Cachoeirinha, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Carlos Prates, Carmo, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estrela Dalva, Estoril, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Grajaú, Granja Werneck, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim das Rosas, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompeia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São Marcos, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion; Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Silveira e Vista do Sol.

Nova Lima: sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.
Raposos: todo o município.

Sabará: todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Santa Luzia: todo o município, exceto a região do São Benedito.

.

FONTE: O Tempo.


Obras vão interromper fornecimento de água para cerca de 250 mil pessoas na Grande BH

A interrupção vai acontecer no próximo domingo por causa de obras para a melhoria viária do Bairro Petrolândia, em Contagem. Normalização será na segunda-feira

 
Moradores de quatro cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte ficaram sem o abastecimento de água no próximo domingo. A interrupção aconteceu por causa de obras para a melhoria viária do Bairro Petrolândia, em Contagem. A pausa no sistema reprodutor Várzea das Flores, em Betim, vai atingir 250 mil pessoas.
A paralisação vai começar 4h e deve durar até 23h. Mesmo assim, a previsão da Copasa é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, na madrugada de segunda-feira. Serão atingidos moradores de Betim, Contagem, Esmeraldas e Ribeirão das Neves.

Para evitar o desabastecimento e desperdício, a Copasa pede a colaboração dos moradores para evitarem gastos desnecessários. Informações ou dúvidas podem serem esclarecidas no telefone 115 ou no site da Companhia

Veja os bairros atingidos

BETIM: Alto das Flores, Capelinha, Chácaras São José, Conjunto Jalila Conceição Pedrosa, Conjunto Habitacional Celso Pedrosa, Cruzeiro Do Sul, Dom Bosco, Duque De Caxias, Espírito Santo, Granja Verde, Imbiruçu, Industrial São Pedro, Itacolomi, Jardim das Alterosas I Seção, Jardim Das Alterosas II Seção, Niteroi, Parque das Acácias, Recreio dos Caiçaras, São Caetano, São Cristovão, São Luiz, São Miguel, Senhora de Fátima, Sítio Amoras, Vila Cristina, Vila das Flores,Vila Inconfidência e Vila Universal.

CONTAGEM: Beija Flor, Bernardo Monteiro, Canadá, Capão Das Cobras, Centro, Chácaras Campo Alegre, Chácaras Contagem, Chácaras Solar do Madeira, Colonial, Condomínio Nosso Rancho, Condomínio Vila do Lago, Conjunto Habitacional Campo Alto, Conjunto Habitacional Fonte Grande, Conjunto Habitacional São Caetano, Darci Ribeiro, Estâncias Imperiais, Estância do Hibisco, Fonte Grande, Industrial São Luiz, Lúcio de Abreu, Nascentes Imperiais, Nossa Senhora do Carmo, Nova Contagem, Petrolândia, Quintas do Jacuba, Retiro, Santa Helena, Santa Terezinha, Sapucaias, Sapucaias Ii, Sapucaias III, Sítios Rurais Jardim Recreio, Tropical, Vila Itália, Vila Ipê Amarelo, Vila Nova Esperança, Vila Renascer e Vila Panamá.

ESMERALDAS: Novo Retiro, Recanto Verde, Recreio do Retiro, Santa Cecília, São Francisco, São Pedro e Serra Verde.

RIBEIRÃO DAS NEVES: Alterosa, Cruzeirinho, Jardim Verona, Vale Verde e Veneza.

.

FONTE: Estado de Minas.


Bairros de BH e de três cidades da região metropolitana ficam sem água

Previsão é de que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da tarde do mesmo dia, 02

torneira

Abastecimento será interrompido nesta madrugada

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informa que o abastecimento de água em bairros de Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano, será interrompido na madrugada deste domingo (02), em função de manutenção em registro, localizado no encontro entre a rua dos Menezes com a avenida Denise Cristina Rocha, no bairro Letícia, e em registro localizado na avenida Padre Pedro Pinto, esquina com a rua Antônio Rodrigues Froes, no bairro Candelária, em Belo Horizonte.

A previsão é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da tarde do mesmo dia (02/04).

Belo Horizonte

Aeroporto, Braúnas, Campo Alegre, Canaã, Céu Azul, Copacabana, Esplendor, Etelvina Carneiro,  Europa, Floramar, Frei Leopoldo, Garças, Granja Werneck, Heliópolis, Itapoã, Jaqueline, Jardim, Atlântico, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Felicidade, Jardim Guanabara, Jardim Leblon, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Leblon, Leticia, Mantiqueira, Maria Helena, Minas Caixa, Nova América, Nova Pampulha, Planalto, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Santa Amélia, Santa Branca,  Santa Monica, São Bernardo, São Gabriel, São João Batista, São Tomaz, Serra Verde, Solimões, Trevo, Tupi A, Venda Nova e Vila Cloris.

Ribeirão das Neves

Adriana, Atalaia, Belo Vale, Botafogo, Canoas, Cerejeira, Céu Anil, Cruzeiro, Delma, Eliane, Elizabeth, Esperança, Evereste, Fazenda Misongue, Felixlândia, Flamengo, Fortaleza, Girassol, Guadalajara, Havaí, Iolanda, Itapoã, Jardim Florença, Jardim Primavera, Jardim São Judas Tadeu, Katia, Labanca, Lagoa, Laredo, Lidici, Maracanã, Maria Helena, Menezes, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Piedade, Núcleo Tradicional, Paraiso das Piabas, Penha, Santa Branca, Santa Fé, São Januário, São João de Deus, São José, São Miguel Arcanjo, Sonia, Toni, Tropical, Urca, Vera Lucia, Viena, Vila Braúna e Vila Papine.

Santa Luzia

Asteca, Baronesa, Barreiro do Amaral, Bela Vista, Belo Vale, Castanheira, Chácaras Santa Inês, Cristina, Duquesa I e II, Liberdade, Londrina, Luxemburgo, Maria Antonieta, Monte Carlo, Nova Conquista, Nova Esperança, Novo Centro, Parque Nova Esperança, Perola Negra, Pousada Del Rey, São Benedito, São Cosme, São Cosme de Cima, Vale das Acácias e Vila Santa Rita de Cássia.

Vespasiano

Angicos, Bernardo de Souza, Condomínio são José, Gávea, Gávea II, Imperial, Jardim Daliana, Maria José, Morro Alto, Morro do Cruzeiro, Nova Pampulha, Parque Norte, Santa Clara, Serra Dourada e Vila Esportiva.

.

FONTE: O Tempo.


BH e cidades da Região Metropolitana ficarão sem água neste domingo

Na capital, mais de 200 bairros serão afetados.
Motivo é um trabalho de manutenção no sistema Rio das Velhas.

 falta de água

Belo Horizonte e cidades da Região Metropolitana vão enfrentar interrupção no fornecimento de água neste domingo (3). Duzentos e vinte bairros da capital vão ser afetados, segundo a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia também vão ficar sem água a partir das 6h. A Copasa informou que o motivo é um trabalho de manutenção no sistema Rio das Velhas.

A previsão é que o fornecimento retorne ao poucos, ainda no domingo, depois de 16h. A companhia não informou quantas pessoas serão afetadas. Veja abaixo a lista de locais afetados.

Belo Horizonte
Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Aparecida 7ª Seção, Aparecida,  Barroca, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Bonfim, Borges, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Camargos, Campus da PUC, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Indústrias, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, ETE Arrudas, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, F rei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras de Cima, Gorduras, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim das Rosas, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardinópolis, João Pinheiro, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Madre Gertrudes, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Suíssa, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado Lopes, Prado, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro,  São Salvador, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaiá, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu,  Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Maura, Vila Oeste, Vila Paris, Vila Santa Maria; Vila Santo Agostinho, Vila Silveira, Vista Alegre e Vista do Sol

Nova Lima
Sede do município, exceto a região de Macacos, Jardim Canadá e Seis Pistas

Raposos
Todo município

Sabará
Todo município, exceto o Distrito de Ravena

Santa Luzia
Todo o município, exceto a região do São Benedito

.

FONTE: G1.


Copasa interrompe abastecimento de água para obras neste domingo
Faltará água em bairros de Belo Horizonte, Contagem, Betim, Esmeraldas, Igarapé, Mário Campos, Matozinhos, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, São Joaquim de Bicas e Sarzedo
falta de água
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) irá interromper o abastecimento de água de alguns bairros de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Esmeraldas, Ibirité, Igarapé, Mário Campos, Matozinhos, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, São Joaquim de Bicas e Sarzedo, na região metropolitana de Belo Horizonte, a partir das 6h deste domingo (19), para execução de obras de melhoria e manutenção preventiva e segurança operacional da subestação elétrica da Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio Manso, em Brumadinho.

A previsão para concluir os serviços é às 20h do mesmo dia e o abastecimento de água será normalizado, gradativamente, até a madrugada de segunda-feira (20). Durante este período, a Companhia pede a colaboração da população para o uso consciente da água, evitando desperdícios.

Bairros que terão o abastecimento interrompido:

BELO HORIZONTE: Alípio de Melo, Alto Caiçaras, Alto dos Pinheiros, Antônio Teixeira Dias, Araguaia, Átila de Paiva, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonfim, Bonsucesso, Brasil Industrial, Braúnas, Buritis, Cabana, Caiçara Adelaide, Caiçara, Califórnia, Camargos, Cardoso, Castelo, Céu Azul, Cinquentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Flávio de Oliveira, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Itacolomi, Conjunto João Paulo II, Conjunto Pongelupe, Conjunto Santa Maria, Conjunto Túnel de Ibirité, Coqueiros, Cristo Redentor, Das Indústrias, Das mansões, Diamante, Distrito Industrial do Jatobá, Dom Bosco, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Enseada das Garças, Esplendor, Estoril, Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Europa, Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Garças, Glalija, Glória, Havaí, Inconfidente, Ipiranga, Itaipu, Jardim Alvorada, Jardim América, Jardim dos Comerciários, Jardim Filadélfia, Jardim Leblon, Jardim Montanhês, Jardim São José, Jardinópolis, Jatobá, João Pinheiro, Lagoa, Lagoinha, Letícia, Lindéia, Luar da Pampulha, Madre Gertrudes, Mansões, Mantiqueira, Marajó, Marilândia, Maringá, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nossa Senhora da Glória, Nosso Lar, Nova América, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Pampulha, Nova York, Novo das Indústrias, Olaria, Palmeiras, Padre Eustáquio, Parque São José, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Pongelupe, Primavera, Regina, Resplendor, Rio Branco, Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia, Santa Margarida, Santa Mônica, Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador, Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Sumaré, Suzana, Teixeira Dias, Tirol, Trevo, Urucuia, Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Vista Alegre, Washington Pires e Xangrilá.

BETIM: Alvorada, Amazonas, Arquipélago Verde, Bandeirinhas, Casa Amarela, Capelinha, Chácaras Reunidas, Chácaras Reunidas Guaracyaba, Charneca, Citrolândia, Colonial Santa Isabel, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Distrito Industrial Bandeirinhas, Distrito Industrial Paulo Camilo, Dom Bosco, Estâncias do Sereno, Granja Verde, Icaivera, Imbiriçu, Jardim Cedro, Jardim Paulista, Jardim Piemonte, Jardim Teresópolis, Jardim das Alterosas Seção I, Laranjeiras, Nova Baden, Paquetá, Parque Ipiranga, Parque das Acácias, Parque do Cedro, Paulo Camilo III, Quintas da Bandeirinha, Renascer, Santa Cruz, Santo Antônio, São Caetano, São Jorge, São Marcos, São Miguel, São Salvador e Vila Boa Esperança.

CONTAGEM: Água Branca, Alto da Penitenciária, Alvorada, Amazonas, Arcada, Arpoador, Arvoredo, Balneário da Ressaca, Bandeirantes, Beatriz, Belém, Bela Vista, Bernardo Monteiro, Betânia, Buganville, Bom Jesus, Cândida Ferreira, Cabral, Caiapós, Camilo Alves, Ceasa, Centro, Central Parque, Chácara Califórnia, Chácara Contagem, Chácara Campestre, Chácaras Campo Alegre, Chácara Boa Vista, Chácaras Del Rey, Chácara Novo Horizonte, Chácaras Campo do Meio, Chácaras Cotia, Chácaras Planalto, Chácaras Reunidas Terezinha, Cidade Industrial, Cincão, Cinco, Colonial, Colorado, Condomínio Estância San Remo, Condomínio Nosso Rancho, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Carajás, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Habitacional Fonte Grande, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Conjunto Habitacional Riacho III, Conjunto Habitacional Oitis, Darci Vargas, Darci Ribeiro, Distrito Industrial Doutor Hélio P. Guimaraes, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Do Comércio, Dos Funcionários, Durval de Barros , Eldoradinho , Eldorado, Estrela Dalva, Estância do Hibisco, Estância Silveira, Estâncias Imperiais, Europa, Fazenda Tapera, Fonte Grande, Flamengo, Granja Ouro Branco, Granja Vista Alegre, Glória, Guanabara, Icaivera, Inconfidentes, Industrial, Industrial Itaú, JK, Jardim Alvorada, Jardim Balneário, Jardim das Oliveiras, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Laguna, Jardim Marrocos, Jardim Pérola, Jardim Riacho das Pedras, Jardim Vera Cruz, Linda Vista, Los Angeles, Lúcio de Abreu, Lua Nova da Pampulha, Maria da Conceição, Milanês, Morada Nova, Nacional, Nazaré, Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora de Fátima, Nova Contagem, Novo Eldorado, Novo Progresso, Novo Recanto, Novo Riacho, Oitis, Parque Airton Sena, Parque Centro, Parque Maracanã, Parque dos Turistas, Parque Recreio, Parque São João, Pedra Azul, Perobas, Pôr do Sol, Portal do Sol, Praia, Quintas Coloniais, Recanto da Mata, Recanto da Pampulha, Retiro, Riacho das Pedras, Santa Cruz Industrial, Santa Filomena, Santa Luzia, Santa Maria, Santa Terezinha, São Sebastião, São Gonçalo, São Gotardo, São Joaquim, Senhora da Conceição, Três Barras, Tropical, Tijuca, Tupâ, Vale das Amendoeiras, Vale das Perobas, Vera Cruz, Vila Boa Vista, Vila Barraquinha, Vila Dom Bosco, Vila esperança, Vila Estaleiro, Vila Francisco Mariano, Vila Itaú, Vila Ipê Amarelo, Vila Itália, Vila Panamá, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Renascer, Vila Riachinho, Vila Santa Luzia, Vila Santo Antônio, Vila São Mateus, Vila São Paulo, Vila Tijolinho, Vila Itália, Xangrilá.

ESMERALDAS: Condomínio Nossa Fazenda, Monte Sinais, Novo Retiro, Retiro, Recanto da Mata, Recanto Verde, Recreio do Retiro, Recreio do Riachinho, Residencial São Pedro, São Francisco, São Pedro, Santa Cecília e Serra Verde.

IGARAPÉ: Todo município.

MÁRIO CAMPOS: Todo município.

MATOZINHOS: Somente a localidade de Mocambeiro.

PEDRO LEOPOLDO: Todo município, exceto os bairros Fidalgo e Sumidouro.

RIBEIRÃO DAS NEVES: Alicante, Areias de Baixo, Barcelona, Bela Vista, Bom Sossego, Campos Silveira, Centro, Centro de Areias, Céu Anil, Chácaras do Baú, Chácaras Bom Retiro, Conjunto Habitacional Henrique Sapori, Condomínio Vale do Ouro, Distrito Industrial João de Almeida, Dos Pereiras, Dona Clarice, Eliane, Fazenda Severina, Fazendas Lages, Fazenda Castro, Florença, Franciscadriângela , Fortaleza, Granjas Primavera , Havaí, Iolanda , Jardim Alvorada, Jardim Colonial, Jardim Florença, Jardim Verona, José Maria da Costa, Kátia, Landi I e II, Liberdade, Luana, Luar da Pampulha, Mangueiras, Maria Helena II, Monte Verde, Napoli, Neviana, Nossa Senhora das Neves, Nova União, Pedreira, Pedra Branca, Porto Seguro, Quintas do Lago, Quintas Vera Cruz, Rosana, Rosaneves, Rosimeire, San Marino, San Remo, Santa Isabel, Santa Marta, Santa Martinha, Santa Matilde, Santa Paula, Santinho, Santa Margarida, Santana I, Santana II, Santo Antônio, São Francisco de Assis, São Geraldo, São Judas Tadeu, São Luiz, São Pedro, Savassi, San Genaro, Sevilha, Soares, Status, Tânia, Tancredo Neves, Tocantins, Vale da Prata, Vale das Acácias, Vale Verde, Várzea Alegre, Veneza, Vereda, Vila Henrique Sapori , Vila Aparecida, Vila Bispo de Maura ,Vila Cacique, Vila Eduarda, Vila Esplanada, Vila Real, Vila Hortinha e Vila Mariana.

SÃO JOAQUIM DE BICAS: Todo município.

SARZEDO: Todo município.

.

FONTE: O Tempo.


Abastecimento de água é cortado em bairros da Região Norte de BH

De acordo com a Copasa, a medida é para manutenção da rede.
Fornecimento deve ser normalizado nesta sexta-feira.

 água

O abastecimento de água foi cortado nesta quinta-feira (26) nos bairros Celestino, Juliana, Vila Clóris e Xodó-Marize, na Região Norte de Belo Horizonte.

De acordo com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), o fornecimento foi interrompido em caráter emergencial para manutenção da rede.

A previsão é que o abastecimento de água seja normalizado de forma gradativa na tarde desta sexta-feira (27).

FONTE: G1.


Copasa interrompe abastecimento de água na Região Metropolitana de BH neste domingo

A paralisação dos serviços será causada por obras de melhoria e manutenção preventiva estação elevatória de água tratada em Betim.

A paralisação dos serviços será causada por obras de melhoria e manutenção preventiva estação elevatória de água tratada em Betim.

Bairros de Belo Horizonte, Contagem, Betim e outros seis municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte terão o abastecimento de água interrompido a partir das 6h deste domingo (16). Segundo a Copasa, a paralisação dos serviços será causada por obras de melhoria e manutenção preventiva estação elevatória de água tratada instalada no bairro Novo Amazonas, em Betim.

A conclusão das obras está prevista para às 20h e o abastecimento deve ser retomado gradativamente durante a madrugada de segunda (18).

Confira abaixo a lista com os bairros e municípios afetados:

Belo Horizonte:  Alípio de Melo, Alto Caiçaras, Alto dos Pinheiros, Antônio Teixeira Dias, Araguaia, Átila de Paiva, Bairro das Indústrias, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonfim, Bonsucesso, Brasil Industrial, Braúnas, Buritis, Cabana, Caiçara Adelaide, Caiçara, Califórnia, Camargos, Cardoso,  Castelo, Céu Azul, Cinquentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Flávio de Oliveira, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Itacolomi, Conjunto João Paulo II, Conjunto Pongelupe, Conjunto Santa Maria, Conjunto Túnel de Ibirité,  Coqueiros, Cristo Redentor, Das Indústrias, Das mansões, Diamante, Distrito Industrial do Jatobá,Dom Bosco, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Enseada das Garças, Esplendor, Estoril,Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Europa,  Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Garças, Glalija, Glória,Havaí, Inconfidente, Ipiranga, Itaipu, Jardim Alvorada, Jardim América, Jardim dos Comerciários, Jardim Filadélfia, Jardim Leblon, Jardim Montanhês, Jardim São José, Jardinópolis,Jatobá, João Pinheiro,  Lagoa, Lagoinha, Letícia, Lindéia, Madre Gertrudes, Mansões, Mantiqueira, Marajó, Marilândia, Maringá, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nossa Senhora da Glória, Nosso Lar, Nova América, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Pampulha, Nova York, Novo das Indústrias, Olaria, Palmeiras, Padre Eustáquio, Parque São José, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Pongelupe, Primavera, Regina,Resplendor,  Rio Branco,  Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia, Santa Margarida, Santa Mônica, Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador,Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Sumaré, Suzana, Teixeira Dias, Tirol, Trevo,Urucuia,Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Vista Alegre, Washington Pires e  Xangrilá.

Betim: Alvorada, Amazonas, Amarante, Angola, Arquipélago Verde, Bandeirinhas, Betim industrial, Campos Elíseos, Casa Amarela, Chácaras Reunidas Guaracyaba, Centro, Charneca, Citrolândia, Colonial Santa Isabel, Conjunto Habitacional José Gomes de Castro, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Cruzeiro, Distrito Industrial Bandeirinhas, Dona Izabel, Dom Bosco,  Estâncias do Sereno, Guanabara,  Granja Verde, Guarujá,  Imbiriçu, Jardim Paulista, Jardim Piemonte, Jardim Teresópolis, Jardim das Alterosas seção I, Jardim da Cidade,  Jardim Nazareno, Laranjeiras, Nova Baden, Paquetá, Parque Ipiranga,  Parque das Acácias, Parque das Indústrias,  Parque do Cedro, Paulo Camilo, Paulo Camilo III, Petrovale, Presidente kennedy, Quintas da Bandeirinha, Recreio dos Caiçaras, Riacho de Areia, Santa Cruz, Santo Antônio, São Caetano, São Cristovão, São João,  São Jorge,  São Marcos, São Miguel,  São Salvador, Sítios Guarani, Vila Bandeirante, Vila Cristina, Vila Inconfidência, Vila recreio e Vila Verde.

Contagem: Água Branca, Amazonas, Arpoador, Arvoredo, Bairro dos Funcionários, Balneário da Ressaca, Bandeirantes, Beatriz, Bela Vista, Bernardo Monteiro, Bom Jesus, Canadá, Cândida Ferreira, Cabral, Caiapós, Campina Verde, Ceasa, Centro, Chácaras Campestre, Chácara Boa Vista, Chácara Novo Horizonte, Chácaras Campo do Meio, Chácaras Cotia, Chácaras Planalto,  Cidade Industrial, Cincão, Cinco, Colorado, Condomínio Nosso Rancho, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Carajás, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Habitacional Fonte Grande, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Conjunto Habitacional Riacho III, Conjunto Habitacional Oitis, Darci Vargas, Distrito Industrial Doutor Hélio P. Guimarães, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Do Comércio, Durval de Barros , Eldoradinho , Eldorado, Estrela Dalva, Feijão Miúdo, Flamengo, Fonte Grande, Glória, Guanabara, Inconfidentes, Industrial, Industrial Itaú, JK, Jardim Alvorada, Jardim Balneário, Jardim das Oliveiras, Jardim do Lago, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Laguna, Jardim Marrocos, Jardim Pérola, Jardim Riacho das Pedras, Kennedy, Lúcio de Abreu, Lua Nova da Pampulha, Milanês, Morada Nova, Nacional, Nossa Senhora do Carmo,  Novo Eldorado, Novo Boa Vista, Novo Progresso, Novo Recanto, Novo Riacho, Oitis, Parque Airton Sena, Parque Centro, Parque Maracanã,  Parque dos Turistas, Parque Recreio, Parque São João, Pedra Azul, Pôr do Sol, Portal do Sol, Recanto da Pampulha, Riacho das Pedras, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, São Sebastião, São Gotardo, São Joaquim, Senhora da Conceição, Tijuca, Vale das Amendoeiras, Vale das Perobas, Vera Cruz, Vila Boa Vista, Vila Dom Bosco, Vila Francisco Mariano, Vila Itaú, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santa Luzia, Vila Santo Antônio, Vila São Mateus, Vila São Paulo, Vila Tijolinho, Vila Itália e Xangrilá.

Igarapé: Todo município.

Mário Campos: Todo município.

Pedro Leopoldo: Todo município, exceto os bairros Fidalgo e Sumidouro.

Ribeirão das Neves: Todo município, exceto a região de Justinópolis.

São Joaquim de Bicas: Todo município.

Sarzedo: Todo município.

FONTE: Hoje Em Dia.


Bairros de BH e região metropolitana ficarão sem água neste domingo
Abastecimento será interrompido para obras de ampliação e melhorias no sistema Rio das Velhas
Torneira
O fornecimento de água em parte de Belo Horizonte e outras quatro cidades da região metropolitana será interrompido neste domingo (6), para obras de ampliação e melhorias do sistema Rio das Velhas. De acordo com a Copasa, a interrupção está programada para começar às 6h. A situação deve ser normalizada no decorrer da tarde de domingo, após as 14h, quando está previsto o término dos trabalhos.

Para amenizar os efeitos da parada nos imóveis das regiões afetadas, a companhia vai intensificar a produção do Sistema Paraopeba, composto pelos reservatórios Rio Manso, Serra Azul e Vargem das Flores, e aumentar a transferência de água da área de abrangência do Sistema Paraopeba para a área de abrangência do Sistema Rio das Velhas.

Veja a lista dos locais que serão afetados:

Raposos

Todo o município;

Nova Lima

Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos;

Sabará

Todo o município, exceto Distrito de Ravena;

Santa Luzia

Todo o município, exceto a região do São Benedito;

Belo Horizonte

Aarão Reis, Alto Vera Cruz, Alvorada, Baleia, Belmonte, Boa Vista, Borges, Chácaras Montevidéu, Caetano Furquim, Castanheira, Capitão Eduardo, Casa Branca, Conjunto Felicidade, Conjunto Ribeiro de Abreu, Dom Joaquim, Dom Silvério, Esplanada, ETE/Arrudas, Fernão Dias, Flamengo, Granja Werneck, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Guarani, Heliópolis, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jonas Veiga, Maria Goretti, Mariano de Abreu, Minaslândia, Monte Azul, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nova Vista, Novo Alvorada, Paulo VI, Pousada Santo Antônio, Primeiro de Maio, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Santa Inês, São Bernardo, São Gabriel, São Geraldo, São Marcos, Saudade, Taquaril, Tupi, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santo Agostinho e Vista do Sol; Alípio de Melo, Alto Colégio Batista, Álvaro Camargo, Aparecida, Barroca, Bom Jesus, Bonfim, Cachoeirinha, Caiçara, Calafate, Caparaó, Carlos Prates, Carmo, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Itacolomi, Conjunto Santos Dumont, Cruzeiro, Da Graça, Dom Bosco, Ermelinda, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Gutierrez, Inconfidência, Ipanema, Lagoinha, Lourdes, Minas Brasil, Monsenhor Messias, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Ouro Preto, Paraíso, Pedro II, Pindorama, Prado Lopes, Prado, Primavera, Progresso, Renascença, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Cristóvão, São José, São Lucas, São Pedro, São Salvador, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Sumaré e Vila Silveira; Aeroporto, Aparecida 7ª Seção, Aparecida, Bandeirantes, Barro Preto, Cachoeirinha, Calafate, Campus da UFMG, Centro, Cidade Nova, Cidade Universitária, Conjunto Novo Aarão Reis, Dom Silvério, Dona Clara, Esplanada, Eymard, Floresta, Horto, Humaitá, Indaiá, Ipiranga, Jardim das Rosas, Jaraguá, Liberdade, Maria Goretti, Maria Virgínia, Minaslândia, Modelo, Nova Floresta, Novo Aarão Reis, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Parque Riachuelo, Pirajá, Pompéia, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Sagrada Família, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Gonçalo, São João Batista, São Luiz, São Marcos, São Paulo, Saudade, Silveira, Suzana, Tabelião Ferraz, Universitário, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura e Vila Santa Maria; Serra/Aglomerado da Serra: Anchieta, Cafezal, Carmo, Cruzeiro, Das Mansões, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Nossa Senhora de Fátima, Santa Lúcia, Santo Antônio, São Lucas, São Pedro, Serra e Sion; Alto Barroca, Alto dos Pinheiros, Álvaro Camargos , Barroca, Betânia, Bonfim, Cabana, Calafate, Camargos, Califórnia, Campus da PUC, Carlos Prates, Cidade Jardim, Cinqüentenário, Conjunto Santa Maria, Conjunto Califórnia, Conjunto Betânia, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Das Indústrias, Dom Bosco, Dom Cabral, Estoril, Estrela Dalva, Gameleira, Grajaú, Gutierrez, Havaí, Jardim América, Jardinópolis, João Pinheiro, Luxemburgo, madre Gertrudes, Minas Brasil, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Suíssa, Padre Eustáquio, Patrocínio, Pedreira Prado Lopes, Prado, Salgado Filho, Santa Lúcia, Santo Agostinho, Santo André, São Bento, São Cristóvão, Vila Oeste, Vila Paris e Vista Alegre.

.

FONTE: O Tempo.


Copasa vai interromper abastecimento em 80 bairros de BH e mais oito cidades no domingo

água

No domingo será realizada a primeira manutenção na subestação elétrica da elevatória de água na captação do Rio Paraopeba

O fornecimento de água em Belo Horizonte e outras oito cidades da região metropolitana será interrompido por 12 horas no próximo domingo, 21 de fevereiro. Somente em BH 80 bairros serão afetados. Segundo a Copasa, o motivo da interrupção é a primeira manutenção na subestação elétrica da elevatória de água na captação do Rio Paraopeba.
.
De acordo com a companhia, para evitar o desabastecimento nas cidades, durante a parada do Rio Manso a empresa colocou em operação um novo reservatório, em Contagem, com capacidade de armazenar até 32 mil metros cúbicos de água, intensificou a produção dos sistemas Serra Azul e Vargem das Flores e aumentou em mais 400 litros de água por segundo a transferência do Sistema Rio das Velhas para o Sistema Paraopeba.
.
A previsão é de que os trabalhos sejam concluído às 18h de domingo, e que o abastecimento seja retomado, gradativamente, até a madrugada de segunda-feira. Veja a lista dos bairros afetados:
.
Belo Horizonte: Araguaia, Antônio Teixeira Dias, Araguaia, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Brasil Industrial, Bonsucesso, Castelo, Cardoso, Camargos, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto João Paulo II, Conjunto Túnel de Ibirité, Cristo Redentor,  Diamante, Durval de Barros, Flávio Marques Lisboa, Glalija, Ipiranga, Itaipu, Jatobá, Lindéia, Marilândia, Milionários, Miramar, Nosso Lar, Olaria, Paquetá, Pongelupe, Regina, Resplendor, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia, São Bento, São Joaquim, Sical, Solar, Teixeira Dias, Tirol, Urucuia, Vila Conquista, Vila Cemig, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Bairro das Indústrias, Betânia, Buritis, Cabana, Cinqüentenário, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Betânia, Estoril, Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Gameleira, Havaí, Jardim América, Jardinópolis, Mansões, Madre Gertrudes, Marajó, Maringá, Morro das Pedras, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Novo das Indústrias, Palmeiras, Parque São José, Salgado Filho, Serra do José Vieira, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio e Vista Alegre. 80 bairros

Betim: Jardim Piemonte, Bandeirinhas, Casa Amarela, Charneca, Citrolândia, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Paquetá, Parque Ipiranga, São Jorge, São Marcos e São Salvador.

Contagem: Água Branca, Amazonas, Bandeirantes, Bernardo Monteiro, Cidade Industrial, Cinco, Colorado, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Durval de Barros, Flamengo, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Darci Vargas, Eldoradinho, Eldorado, Glória, Inconfidentes, Industrial, Industrial Itaú, Oitis, JK, Jardim das Oliveiras, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Riacho das Pedras, Milanez, Morada Nova, Novo Eldorado, Novo Riacho, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, Vila Dom Bosco, Vila Itaú, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santo Antônio e Vila São Paulo.

Ibirité: Bela Vista, Boa Vista, Durval de Barros, Palmares, Palmeiras, Piratininga, Regina, Sol Nascente, São Judas Tadeu, Serra Dourada, Vila Ideal e Washington Pires.

Igarapé: Todo município.

Mário Campos: Todo município.

Ribeirão das Neves: Jardim Alvorada, Rosemeire e Soares.

São Joaquim de Bicas: Todo município.

Sarzedo: Todo município.

.

FONTE: Estado de Minas.


Bairros de BH e Vespasiano terão fornecimento de água interrompido no domingo

 água

Bairros da Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, e Vespasiano, na região metropolitana, terão o fornecimento de água interrompido na manhã de domingo, conforme a Copasa.

O motivo da paralisação são obras de interligação de redes no Bairro Jardim dos Comerciários. Os bairros Jardim Europa, Jardim dos Comerciários e Serra Verde, em BH, serão afetados. Em Vespasiano, a interrupção atingirá os bairros Nova Iorque e Nova Pampulha.

De acordo com a Copasa, a normalização do abastecimento ocorrerá de forma gradativa ainda na noite de domingo.

.

FONTE: Estado de Minas.


Mais de cem bairros ficarão sem água no próximo domingo em BH

água

O abastecimento de água em 109 bairros de Belo Horizonte e em outras 11 cidades da região metropolitana será interrompido entre 4 às 22 horas do próximo domingo (13) para obras de interligação de unidades do Sistema Paraopeba.

.

De acordo com a Copasa serão realizados trabalhos para a conclusão de mais uma etapa da captação de água no Rio Paraopeba, com a interligação da adutora de captação à Estação de Tratamento de Água (ETA) do Rio Manso. A empresa informou que a inauguração da captação de água do Rio Paraopeba está prevista para dezembro de 2015.

.

Ainda segundo nota da Copasa, serão executados serviços de interligação da adutora do Paraopeba à Estação de Tratamento de Água – ETA Rio Manso; montagens dos novos sistemas de pré-cloração e de dosagem de cal hidratada da estação de tratamento; substituição dos sistemas de proteção contra descargas atmosféricas das subestações elétricas da Elevatória de Água Bruta (EAB) da represa do Rio Manso e das Elevatórias de Água Tratada (EAT) situadas ao longo das adutoras do sistema Manso; instalação de medição de pressão na sucção da EAT da ETA Rio Manso; interligação da nova Adutora de Água Tratada(AAT) de 1.500 milímetros de diâmetro construída pela PPP com a adutora existente; e, substituição de todos os registros de descarga situados ao longo da adutora existente.

.

Confira os bairros e cidades que terão o abastecimento afetado:

.

BELO HORIZONTE: Antônio Teixeira Dias, Araguaia, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonsucesso, Brasil Industrial, Braúnas, Buritis, Cabana, Caiçara, Caiçara Adelaide, Califórnia, Camargos, Cardoso, Castelo, Céu Azul, Cinqüentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto João Paulo II, Conjunto Túnel de Ibirité, Coqueiros, Cristo Redentor, Das Indústrias, Diamante, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Enseada das Garças, Esplendor, Estoril, Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Garças, Glória, Havaí, Ipiranga, Itaipu, Jardim América, Jardim dos Comerciários, Jardim Leblon, Jardim Montanhês, Jardinópolis, Jatobá, Lindéia, Madre Gertrudes, Mansões, Mantiqueira, Marajó, Marilândia, Maringá, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nosso Lar, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Pampulha, Nova York, Novo das Indústrias, Olaria, Padre Eustáquio, Palmeiras, Parque São José, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Pongelupe, Regina, Resplendor, Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia, Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador, Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Teixeira Dias, Tirol, Trevo, Urucuia, Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Vista Alegre e Xangrilá.

.

BETIM: Alvorada, Amarante, Amazonas, Angola, Arquipélago Verde, Bandeirinhas, Betim Industrial, Campos Elíseos, Capelinha, Casa Amarela, Centro, Chácaras Cinco Ilhas, Chácaras Reunidas Guaracyaba, Citrolândia, Colônia Santa Isabel, Conjunto Habitacional José Gomes de Castro, Conjunto Olímpia Bueno Franco, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Cruzeiro, Distrito Industrial Bandeirinhas, Distrito Industrial Paulo Camilo, Dom Bosco, Dona Izabel, Espírito Santo, Estâncias do Sereno, Filadélfia, Granja Verde, Granjas das Candeias, Granjas Pouso Alto, Guanabara, Guarujá, Imbiruçú, Jardim Brasília, Jardim da Cidade, Jardim Das Alterosas I Seção, Jardim Iara, Jardim Nazareno, Jardim Perla, Laranjeiras, Niterói, Nova Baden, Paquetá, Parque das Acácias, Parque das Indústrias, Parque Ipiranga, Parque Jardim Teresópolis, Paulo Camilo III, Petrovale, Presidente Kennedy, Quintas da Bandeirinha, Recreio dos Caiçaras, Renascer, Riacho de Areia, Santa Cruz, Santo Antônio, São Caetano, São Cristóvão, São João, São Jorge, São Marcos, São Miguel São Salvador, Sítios Guarani, Vila Bandeirante, Vila Boa Esperança, Vila Filadélfia, Vila Recreio, Vila Cristina, Vila Inconfidência.

.

CONTAGEM: Água Branca, Amazonas, Arpoador, Arvoredo, Balneário da Ressaca, Bandeirantes, Beatriz, Bela Vista, Bernardo Monteiro, Bom Jesus, Cabral, Caiapós, Campina Verde, Cândida Ferreira, Ceasa, Chácara Boa Vista, Chácara Novo Horizonte, Chácaras Campestre, Chácaras Campo do Meio, Chácaras Cotia, Chácaras Planalto, Chácaras Reunidas Santa Terezinha, Cidade Industrial, Cincão, Cinco, Colorado, Condomínio Nosso Rancho, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Carajás, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Conjunto Habitacional Riacho III, Conjunto Habitacional Oitis, Darci Vargas, Distrito Industrial Doutor Hélio P. Guimaraes, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Do Comércio, Durval de Barros , Eldoradinho, Eldorado, Estancia Silveira, Estrela Dalva, Feijão Miúdo, Flamengo, Funcionários, Gloria, Guanabara, Inconfidentes, Industrial, Industrial Itaú, JK, Jardim Alvorada, Jardim Balneário, Jardim das Oliveiras, Jardim do Lago, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Laguna, Jardim Marrocos, Jardim Pérola, Jardim Riacho das Pedras, Kennedy, Lua Nova da Pampulha, Lúcio de Abreu, Milanês, Morada Nova, Nacional, Novo Boa Vista, Novo Eldorado, Novo Progresso, Novo Recanto, Novo Riacho, Oitis, Parque Airton Sena, Parque dos Turistas, Parque Recreio, Parque São João, Pedra Azul, Pôr do Sol, Portal do Sol, Recanto da Pampulha, Riacho das Pedras, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, São Gotardo, São Joaquim, São Sebastião, Senhora da Conceição, Tijuca, Vale das Amendoeiras, Vale das Perobas, Vera Cruz, Vila Boa Vista, Vila Dom Bosco, Vila Francisco Mariano, Vila Itaú, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santa Luzia, Vila Santo Antônio, Vila São Mateus, Vila São Paulo, Vila Tijolinho, Xangrilá.

.

IBIRITÉ: Bela Vista, Boa Vista, Cascata, Colorado, Condomínio das Palmeiras, Distrito Industrial de Ibirité, Eldorado, Ideal, Jardim das Rosas, Jardim Industrial, José do Prado, Mantiqueira, Montreal, Novo Horizonte, Ouro Negro, Palmares, Parque Durval de Barros, Petrolina, Petrovale, Piratininga, Recanto da Lagoa, Regina, Serra Dourada, São Judas Tadeu, Serra Dourada, Sol Nascente, Vila Ideal e Washington Pires.

.

IGARAPÉ: Todo município.

.

MATOZINHOS: Distrito de Mocambeiro.

.

MÁRIO CAMPOS: Todo município.

.

PEDRO LEOPOLDO: Todo o município, exceto os bairros Fidalgo e Sumidouro.

.

RIBEIRÃO DAS NEVES: Todo o município, exceto região de Justinópolis.

.

SÃO JOAQUIM DE BICAS: Todo município.

.

SARZEDO: Todo município.

.

VESPASIANO: Nova Yorque, Suely e Vida Nova.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Interligação no Paraobepa vai deixar cidades da Grande BH sem abastecimento de água

Expectativa é de que o abastecimento dos bairros afetados seja restabelecido no decorrer da noite de domingo e madrugada de segunda-feira

Alexandre Guzanshe/EM/D.A press

Bairros de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ibirité, Igarapé e São Joaquim de Bicas vão ficar sem o abastecimento de água no próximo domingo por conta de mais uma etapa das obras de captação no Rio Paraopeba. De acordo com a Copasa, será feita uma interligação de subestação elétrica de bombeamento das 5h às 14h. Por conta disto, será necessário interromper serviço do Rio Manso por cerca de nove horas.

A expectativa é de que o abastecimento dos bairros afetados seja restabelecido, gradativamente, no decorrer da noite de domingo e madrugada de segunda-feira. Conforme a companhia, a captação de água do Rio Paraopeba, com capacidade de cinco mil litros por segundo, garantirá a distribuição de água para a população da Região Metropolitana de Belo Horizonte e ao mesmo tempo, irá permitir a recuperação dos volumes de água armazenados nos reservatórios do Sistema Paraopeba.

VEJA OS BAIRROS AFETADOS:

BELO HORIZONTE: Antônio Teixeira Dias, Araguaia, Araguaia, Bairro das Indústrias, Bandeirantes, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonsucesso, Brasil Industrial, Buritis, Cabana, Cabana, Caiçara Adelaide, Caiçara, Califórnia, Camargos, Cardoso, Castelo, Cinqüentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto João Paulo II, Conjunto Túnel de Ibirité, Coqueiros, Cristo Redentor, Diamante, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Estoril,
Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Glória, Havaí, Ipiranga, Itaipu, Jardim América, Jardim Montanhês, Jardinópolis, Jatobá, Lindéia, Madre Gertrudes, Mansões, Marajó, Marilândia, Maringá, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nosso Lar, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Novo das Indústrias, Olaria, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmeiras, Paquetá,Parque São José, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Pongelupe, Regina, Resplendor, Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia, Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador, Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Teixeira Dias, Tirol, Urucuia, Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa e Vista Alegre.

BETIM: Bandeirinhas, Campos Elisios, Casa Amarela, Charneca, Citrolândia, Conjunto Habitacional José Gomes de Castro, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Cruzeiro, Dona Isabel, Estâncias do Sereno, Granjas Candeias, Guanabara, Jardim das Alterosas, Jardim Paulista,Jardim Piemonte, Paquetá, Parque Ipiranga, Paulo Camilo, Petrovale, Presidente Kenedy, Santa Cruz, São Jorge, São Marcos, São Salvador e Sítio Guarani.

CONTAGEM: Água Branca, Amazonas, Bandeirantes, Bernardo Monteiro, Cidade Industrial, Cinco, Colorado, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Darci Vargas, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Durval de Barros, Eldoradinho, Eldorado, Flamengo, Glória, Industrial Itaú, Industrial, Jardim das Oliveiras, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Riacho das Pedras, JK, Milanez, Morada Nova, Oitis, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, Vila Dom Bosco, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santo Antônio e Vila São Paulo.

IBIRITÉ: Bela Vista, Boa Vista, Durval de Barros, Montreal, Ouro Negro, Palmares, Palmeiras, Piratininga, Recanto da Lagoa, Regina, São Judas Tadeu, Serra Dourada, Sol Nascente, Vila Ideal e Washington Pires.

IGARAPÉ:
Todo município.

SÃO JOAQUIM DE BICAS: Todo município.

.

Presidente da Copasa falta a reunião e deputado fala em rodízio velado
Deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais consideraram que a ausência da presidente foi uma desrespeito com a Casa; nova audiência será marcada

Bairros de BH e de onze cidades da região ficarão sem água no domingo

A ausência da presidente da Copasa, Sinara Meireles, em uma audiência pública para discutir o abastecimento de água em Minas Gerais, causou polêmica entre os deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

A reunião foi marcada para esta quinta-feira (26), às 14h30, após vários pedidos de adiamento. Na avaliação do deputado Iran Barbosa (PMDB), presidente da Comissão Extraordinária das Águas da ALMG e um dos responsáveis por convocar a audiência, a ausência da presidente “aumenta a suspeita de que esteja acontecendo um rodízio velado na região metropolitana de Belo Horizonte”.

Os deputados presentes na reunião classificaram o não comparecimento de Sinara Meireles como um desrespeito para a Casa. Eles optaram por marcar uma nova reunião, para a qual a presidente será novamente convidada.
Deputados acusam Copasa de fazer racionamento veladoComissão questiona rodízio “velado” de fornecimento de água Estiagem está pior neste anoRodízio de água penaliza 16 municípios mineiros Racionamento de água se espalha pelas cidades Rio Paraopeba vira a salvação de Pará de Minas, BH e região

Se não comparecer ao próximo encontro, a presidente será convocada pela Mesa Diretora da Assembleia. O diretor de operação metropolitana da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Rômulo Thomaz Perilli, compareceu à ALMG, no entanto, a audiência não aconteceu.

.

FONTE: Estado de Minas.


Chuvas enchem represa e abastecimento de água é retomado em Itambacuri

Depois de 30 dias com interrupção por conta da seca, cidade do Vale do Mucuri está captando da represa que voltou a ficar cheia por conta das chuvas. Porém, a distribuição funciona em sistema de rodízio

Prefeitura de Itambacuri/Divulgação

Depois de 30 dias paralisado, o abastecimento de água foi retomado em sistema de rodízio em Itambacuri, município de 23 mil habitantes no Vale do Mucuri. Cerca de 16 mil moradores ficaram completamente desabastecidos durante um mês por conta da seca extrema na região, que secou o reservatório que atende a sede da cidade, conforme mostrou o Estado de Minas em sua edição de 22 de novembro. Segundo o prefeito Vicente Guedes (PHS), as chuvas dos últimos dias fizeram a represa encher novamente, mas mesmo assim a distribuição da água segue em sistema de rodízio.

.
A cidade foi divida em duas partes. Em uma delas estão os bairros Várzea, Pedreira, Sete Voltas, Usina, Nossa Senhora de Fátima, Adelaide, Lauro Lopes e Jamineque. Na outra estão o Centro, Hollywood, Santa Clara, Laguna, Perdizes, Coqueiros, Vila, Montese e os Conjuntos I e II. “Uma parte recebe água em um dia e a outra só tem o abastecimento no outro. A tendência é que nos picos de chuva o abastecimento atenda 100% da cidade, mas o objetivo é criar uma cultura de armazenamento, para que o impacto seja menor em caso de novos problemas”, afirma Vicente Guedes.
.
O prefeito aguarda a liberação dos recursos por parte da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor) que vão garantir uma obra emergencial de barramento para viabilizar uma represa maior, capaz de armazenar a quantidade de água suficiente para a população não ficar desabastecida durante os períodos de seca.
.
No último domingo, o Estado de Minas mostrou o drama da população sem água em Itambacuri. O desabastecimento provocou uma situação de calamidade, com filas enormes perto de caminhões-pipa e muito desespero dos moradores. Os caminhões-pipa disponibilizados não davam conta de atender a demanda gerada pela seca na cidade e a situação de calamidade durou 30 dias, especialmente nas áreas mais altas.
.
Cidadãos de Itambacuri que moram atualmente nos Estados Unidos fizeram uma campanha e conseguiram dinheiro suficiente para ajudar na crise. Eles contribuíram na doação de 65 caminhões-pipa para aqueles que não tinham dinheiro para estocar a água necessária para evitar a crise.

Prefeitura de Itambacuri/Divulgação

.

FONTE: Estado de Minas.


O drama da falta de água

Moradores de Itambacuri, no Vale do Mucuri, vivem uma situação de calamidade pública.

Reservatório da cidade está praticamente vazio e especialistas criticam falta de planejamento

Itambacuri – O semblante triste e cansado dos moradores é o primeiro sinal de que alguma coisa está errada. Juntando esse retrato ao trânsito de caminhões-pipa para todos os lados e à presença de tambores, galões, baldes e outros recipientes na porta das casas e na carroceria de caminhonetes, a conclusão é certa: a falta de água – que até a última quarta-feira, dia 18, secou as torneiras de 16 mil dos 23 mil moradores de Itambacuri, município do Vale do Mucuri, encostado na BR-116, entre Governador Valadares e Teófilo Otoni, a 420 quilômetros de Belo Horizonte – revela uma situação de calamidade pública. Apesar de o abastecimento ter sido retomado na quinta-feira, a cidade vive um quadro de racionamento de água.
Um filete de água escorre em meio à terra seccionada pela seca extrema no período mais crítico da estiagem na região ( Leandro Couri/EM/D.A PRESS )

No reservatório que abastece a sede da cidade, o cenário é inimaginável. Um filete de água escorre em meio à terra seccionada pela seca extrema. A Estação de Tratamento de Água (ETA) está praticamente à míngua. O pouco que chega não tem força para subir os morros, deixando a periferia completamente desabastecida. A chuva do último fim de semana levou esperança aos moradores, mas ainda não representa a recuperação da barragem, que continua seca.

A reportagem do Estado de Minas esteve em Itambacuri e conversou com a população, com a administração municipal e com especialistas, chegando à conclusão de que a situação vivida hoje na cidade é resultado da falta de planejamento, ausência de controle do uso e até da distribuição da água, desperdício e sucessivas agressões ao meio ambiente. Tudo isso amplificado pela falta de chuvas que assola todo o estado há pelo menos três temporadas chuvosas, entrando agora na quarta estação das águas ainda sem precipitações dentro das médias históricas.

Longas filas se formam para conseguir o mínimo de água necessário à sobrevivência ( Leandro Couri/EM/D.A PRESS )

Especialistas apontam que situações vividas em anos anteriores já eram suficientes para nortear a atuação da prefeitura de forma a minimizar o quadro. A administração sustenta que o fato de tão severa falta de água nunca ter se repetido na história da cidade é suficiente para complicar o trabalho. E a população sofre com o drama de ficar sem água.
.
O período mais crítico começou em 20 de outubro. O prefeito de Itambacuri, Vicente Guedes (PHS), diz que, um dia depois, a água se esgotou no reservatório que armazena o recurso oriundo do Córrego do Poquim, um braço do Rio Itambacuri, que faz parte da Bacia do Rio Doce. “Começamos tentando levar caminhões-pipa para a ETA, mas ficou inviável, já que o consumo da cidade gira em torno de 2,5 milhões de litros por dia e os caminhões carregam apenas 10 mil. Começamos a pegar água da Copasa em Teófilo Otoni, mas foi insuficiente. Por fim, começamos a estourar represas rio acima.” O prefeito admitiu que isso não garante o abastecimento.
.
A chegada da reportagem no Bairro Coqueiros foi vista como uma chance de a água voltar a sair pelas torneiras. De longe, já na fila para conseguir água, um dos moradores gritou: “Tem que denunciar essa situação. Como que pode acabar a água da gente?”. A lavradora Domingas Gonçalves Pereira, de 56 anos, carregava o desânimo na expressão do rosto. Com dificuldades para levantar um balde de cerca de 14 litros, ela só se preocupava em matar a sede de quatro filhos e seis netos. “A gente vai sendo vencida pelo cansaço. Quando faz barulho de caminhão, isso aqui vira um alvoroço, menino. Todo mundo quer pegar água para não correr o risco de morrer de sede”, conta.
.
INSUFICIENTE A dona de casa Roseli Soares da Silva ostenta dois galões de 20 litros vazios. “A prioridade é cozinhar e beber. Roupa a gente só lava quando realmente está no limite, mas aí carrega a trouxa na cabeça e leva até algum poço que ainda tenha sobrado”, diz.
.
Já no Bairro Santa Clara, o caminhão abastece uma caixa-d’água colocada na região para evitar problemas causados pelo desespero, misturado à quantidade de pessoas sem o recurso. A própria população vai enchendo baldes e galões, esperando a oferta de água, que costuma aparecer de duas a três vezes por dia.
.
Enquanto isso…
…LENTA RECUPERAÇÃO NA GRANDE BH

.
A intensificação das chuvas nos últimos dias tem contribuído para o elevar o nível dos reservatórios do Sistema Paraopeba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou, ontem, que a capacidade total das represas chegou a 20,8%. O volume de água começou a aumentar na quinta-feira, quando o índice saiu dos 20% (o mesmo dos três dias anteriores) para 20,2%. O maior responsável por esse resultado positivo é o Sistema Várzea das Flores, que, de sexta-feira para sábado, registrou aumento de 21,9% para 24,7%. Já a capacidade do Sistema Serra Azul saltou de 5,4% para 5,5%. Por outro lado, o volume do Sistema Rio Manso se manteve nos 28,7%, pelo segundo dia consecutivo. Apesar do aumento, o Sistema Paraopeba conserva o menor índice da história, desde 2013, o que mantém o estado de alerta.
.
Personagem da notícia
José Galdino, pedreiro, 52 anos
Como no Nordeste

.
Na parte mais alta do bairro, o pedreiro José Galdino, de 52, aguardava em frente a outra caixa que tinha acabado de ser abastecida. Morando há 23 anos em Itambacuri, ele só tinha presenciado situação semelhante no interior do Nordeste. “Sem água, é impossível viver. Minha maior preocupação é com as pessoas bebendo e cozinhando com uma água que, muitas vezes, não sabemos se é própria para isso. Portanto, aqui pretendo conseguir uma pequena quantidade pelo menos para garantir o mínimo de limpeza da casa”, afirma. Para matar a sede da mulher e de oito filhos, José Galdino diz que vai se virando com o pouco que ganha. “Tem que tentar comprar para que um problema não acabe criando outro, deixando a família toda doente”, diz.

.

FONTE: Estado de Minas.


Cinco mil pessoas fazem fila para ter acesso à água em Governador Valadares

Fila por água em Valadares
Homens do Exército organizaram a distribuição

Vinte e cinco mil litros de agua mineral foram distribuidos na manha desta sexta-feira (13) a populacão de Governador Valadares, no Leste do Estado. A distribuição foi feita na Praça de Esportes, Centro, com o apoio do Exército e seguranca feita pela Polícia Militar. “Parece que estamos em tempos de guerra”, gritou o aposentado José Francisco Zaqueu, de 78 anos.

Pelo menos cinco mil pessoas passaram pela fila, que deu volta no quarteirão, mas fluia com agilidade. Moradores de vários bairros da cidade estavam nela. A dona de casa Celma Alves da Silva, de 65 anos, moradora do bairro Altinópolis, empurrava com dificuldade um carrinho de feira, onde carregava a agua. “Vim assim que soube. Não tenho água em casa nem para beber”.

Segundo o gerente da Defesa Civil em Valadares, Wildes Nonato, a água distribuída foi enviada pela Samarco. A partir desta sexta-feira, outros 30 pontos serão montados pelos bairros da cidade para novas distribuições. A prefeitura continua pedindo doação de água que pode ser entregue no 6º Batalhão de Polícia Militar.

Samarco
A Samarco informou que já enviou a cidade, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), mais de 2,5 milhões litros de água para ajudar no abastecimento dos moradores, além de 13 mil litros de água potável.

Disse ainda que inúmeros esforços estão sendo feitos para ampliar a capacidade diária de abastecimento que, a partir desta sexta-feira passa a ser de 2,4 milhões  litros por dia. “Lamentamos profundamente os impactos desse acidente na cidade e reiteramos o nosso compromisso e esforços diários para minimizá-los junto à população”, diz a nota.

ITAMBACURI

Não é só Valadares que sofre com a falta de água, mas toda a região.

Em Itambacuri, por exemplo, Ivonete Rocha, moradora de Belo Horizonte que tem origens naquele município, passa uma temporada lá com os pais e fez um desabafo no Facebook:

Ivonete

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Calamidade

Sem água nem previsão de quando poderá captá-la no agora lamacento Rio Doce, Prefeitura de Valadares se arma para enfrentar a mancha que torna concentração de ferro 10 mil vezes pior que a tolerada e mata toneladas de peixe, revoltando ribeirinhos

O caseiro Heber José e o resultado da poluição: 'Só aqui, salvamos uns 300 quilos de peixe. Mas isso não é nada perto do que morreu. Nem os mais resistentes aguentaram' (fotos: gladyston rodrigues/EM/DAPRESS)O caseiro Heber José e o resultado da poluição: ‘Só aqui, salvamos uns 300 quilos de peixe. Mas isso não é nada perto do que morreu. Nem os mais resistentes aguentaram’

Governador Valadares e Periquito – A Prefeitura de Governador Valadares decretou estado de calamidade pública em razão do desabastecimento de água, enquanto o Ministério Público entrou na Justiça contra a mineradora Samarco, pedindo que a empresa arque com os prejuízos da maior cidade do Vale do Rio Doce, com 278.363 habitantes. A lama das duas barragens da mineradora, que se romperam a mais de 300 quilômetros de distância, em Mariana, na Região Central do estado, inviabilizou a captação de água no Rio Doce e a administração municipal não sabe quando vai poder retomar o abastecimento. Ontem, a mancha mais densa de resíduos ainda passava pelo município, preocupando moradores, revoltando comunidades ribeirinhas e matando toneladas de peixes. A população está desde o fim de semana estocando água como pode. Reservatórios, tanques, bacias ou garrafas plásticas estão cheias, ao contrário das distribuidoras de água mineral, que ontem registraram filas de dobrar quarteirão. Nas torneiras de moradias e lojas de pelo menos cinco bairros – Centro, Santa Terezinha, São Paulo, Ilha dos Araújos e São Pedro –, não cai uma gota desde ontem de manhã.
Mar de Lama

O Ministério Público ajuizou ação civil pública cobrando da Samarco, liminarmente, todos os custos estipulados pelo plano emergencial da prefeitura. As demandas principais são 80 caminhões-pipa, que totalizam 800 mil litros de água por dia, especialmente para hospitais e escolas, 80 mil litros de óleo diesel, 50 reservatórios de 30 mil litros, um veículo com tração nas quatro rodas, um barco a motor, entre outros. “O MP já entrou com pedido no Judiciário para que se cumpra imediatamente todo o plano emergencial, sob pena de multa diária de R$ 1 milhão”, disse a prefeita Elisa Costa (PT).
.
Ontem, a Samarco havia disponibilizado 13 dos 80 caminhões pedidos. Veículos de São Paulo estavam a caminho, mas tiveram prejuízo no deslocamento devido à greve dos caminhoneiros, segundo a assessoria da mineradora. A prefeitura conseguiu mais nove veículos e os 22 começaram a buscar água fornecida pela Copasa em Frei Inocêncio (a 40 quilômetros de distância) e Ipatinga (100 quilômetros).
.
O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) tem feito análises constantes da água para avaliar quando será possível retomar a captação. Com relação ao ferro, por exemplo, o nível admitido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) é de 0,03 miligrama por litro de água. Ontem, um dos testes apontava 410mg/l, quantidade mais de 10 mil vezes maior que a tolerável. A turbidez da água estava 80 vezes acima do permitido para tratamento. A lama que entrou na Usina Hidrelétrica de Baguari, no município de Valadares, demorou 16 horas para chegar até a área urbana da cidade. Como o gerente-geral da hidrelétrica, Walter Leite, informou que a lama grossa ainda era constante ontem na barragem, hoje o dia ainda será de muito barro no leito do Rio Doce, principalmente na área da captação municipal. O Serviço Geológico do Brasil passou a monitorar desde ontem a onda de lama mais densa, separadamente da cheia do rio. Enquanto o nível aumentado já havia chegado a Colatina (ES), a pior parte dos resíduos ainda estava entre Valadares e Tumiritinga.
.
Diante das previsões nada animadoras quanto ao abastecimento de água da cidade, os 278 mil habitantes sabem que o melhor é prevenir. “Desde a sexta-feira, quando começou a circular informação da falta de água, a gente começou a encher baldes. Da torneira ainda está saindo um restinho, mas não vai durar muito”, afirmou a dona de casa Maria das Graças Alves, de 63 anos, ao lado da mãe, Maria Alves, de 83, que nunca enfrentou situação semelhante. “Tinha tempo em que nossa preocupação era a enchente do rio. Mas a água passava e ia embora. Agora, a gente fica aqui, sem saber quando a água vem.”
.
BATALHA POR ÁGUA Nas prateleiras do comércio da região, água mineral virou artigo de luxo. Em uma das principais distribuidoras da cidade, 300 garrafões, de 25 ou 10 litros, foram vendidos durante a tarde e a previsão era de que nova remessa só chegasse na segunda-feira. A fila dobrava quarteirão. “Desde segunda-feira cortaram o abastecimento e não se encontra mineral para comprar. A gente teve informação de que só aqui estava vendendo, por isso essaa fila enorme”, afirmou a auxiliar de limpeza Jaqueline Tais, de 21, que voltou com o garrafão vazio para casa. “Conseguimos de 10, pelo menos, apesar de estar mais caro”, contou Paulo Henrique Lopes. Com a procura, o preço do garrafão maior pulou de R$ 20 para R$ 27 e o do menor, de R$ 7 para R$ 13.
.
Pelas ruas em Valadares moradores e comerciantes se viram como podem, carregando garrafões embaixo do braço. Alcides Caumo, dono de restaurante e churrascaria em um dos melhores pontos da cidade, trocou as toalhas de tecido por papel e, se a água não voltar, passará a usar copos plásticos. Para não correr riscos – já que os 150 mil litros da caixa d’água serão suficientes para apenas três dias –, está reativando um poço artesiano abandonado há 15 anos. Pelo menos três faculdades suspenderam as aulas na cidade.

.

FONTE: Estado de Minas.


Bairros de BH e região metropolitana voltam ficar sem água no feriado
Mais uma vez a Copasa corta a água da população para ‘manutenção’; em BH 114 bairros ficarão sem água; maioria dos bairros de Contagem, Betim, Ibirité e outras cidades da RMBH
Água-2
Nada menos que 213 bairros de Belo Horizonte e de outras dez cidades da região metropolitana de BH ficarão sem água no próximo domingo (1º), véspera do feriado de Finados.

.

De acordo com a Copasa, a interrupção no fornecimento, que ocorrerá entre 6h e 16h, será necessário para a realização de serviços elétricos das obras de ampliação do sistema produtor de água Rio Manso.

.

Ao longo do ano, o corte no abastecimento de grandes áreas da RMBH vem sendo constante, sempre sob a mesma justificativa. Usuários reclamam da prática.
.

Neste feriado, a água não vai chegar a 114 bairros de Belo Horizonte, 72 bairros de Contagem, 12 de Ibirité, 11 de Betim, três em Vespasiano e um em Matosinhos. Os municípios de Pedro Leopoldo, Igarapé, São Joaqium de Bicas e Sarzedo serão totalmente afetados.

.

Segundo a Copasa, o abastecimento acontecerá, de forma gradativa, no decorrer da noite de domingo e madrugada de segunda-feira (2).

.

A Companhia afirmou em nota que pretende, com o fim das obras, expandir a estação de tratamento de água (ETA) do Rio Manso, as subestações elétricas e as elevatórias de água bruta e tratada.

.

Além disso, a Copasa informou ter a intensão de duplicar a adutora de água tratada em aproximadamente 16 quilômetros, construir uma central geradora de energia elétrica capaz de mitigar parte dos custos de energia no sistema, além de construir um reservatórios com capacidade total de 45 mil metros cúbicos, que funcionarão prioritariamente nos horários de maior consumo.

.

Bairros que terão o abastecimento interrompido:

BELO HORIZONTE: Antônio Teixeira Dias, Araguaia, Bairro das Indústrias, Bandeirantes, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonsucesso, Brasil Industrial, Braúnas, Buritis, Cabana, Caiçara Adelaide, Caiçara, Califórnia, Camargos, Cardoso, Castelo, Céu Azul, Cinqüentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto João Paulo II, Conjunto Túnel de Ibirité, Cristo Redentor, Diamante, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Enseada das Garças, Esplendor, Estoril, Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Garças, Glória, Havaí, Ipiranga, Itaipu, Jardim América, Jardim dos Comerciários, Jardim Leblon, Jardim Montanhês, Jardinópolis, Jatobá, Lindéia, Madre Gertrudes, Mansões, Mantiqueira, Marajó, Marilândia, Maringá, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nosso Lar, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Pampulha, Nova York, Novo das Indústrias, Olaria, Padre Eustáquio, Palmeiras, Paquetá, Parque São José, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Pongelupe, Regina, Resplendor, Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia, Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador, Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Teixeira Dias, Tirol, Trevo, Urucuia, Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Vista Alegre e Xangrilá.

BETIM: Jardim Piemonte, Casa Amarela, Charneca, Citrolândia, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Paquetá, Parque Ipiranga, São Jorge, São Marcos, São Salvador;

CONTAGEM: Água Branca, Amazonas, Arvoredo, Bairro dos Funcionários, Bandeirantes, Beatriz, Bela Vista, Bernardo Monteiro, Cabral, Cândida Ferreira, Ceasa, Chácaras Campestre, Chácaras Campo do Meio, Chácaras Cotia, Chácaras Planalto, Chácaras Reunidas Santa Terezinha, Cidade Industrial, Cincão, Cinco, Colorado, Condomínio Nosso Rancho, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Conjunto Habitacional Riacho III, Conjunto Habitacional Oitis, Darci Vargas, Distrito Industrial Doutor Hélio P. Guimaraes, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Do Comércio, Durval de Barros , Eldoradinho, Eldorado, Estancia Silveira, Flamengo, Gloria, Guanabara, Inconfidentes, Industrial, Industrial Itaú, JK, Jardim das Oliveiras, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Marrocos, Jardim Riacho das Pedras, Lúcio de Abreu, Milanês, Morada Nova, Nacional, Novo Eldorado, Novo Riacho, Oitis, Parque São João, Pedra Azul, Riacho das Pedras, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, Senhora da Conceição, Vale das Amendoeiras, Vale das Perobas, Vera Cruz, Vila Dom Bosco, Vila Itaú, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santo Antônio, Vila São Mateus, Vila São Paulo, Vila Tijolinho, Xangrilá;
.

IBIRITÉ: Bela Vista, Cascata, Colorado, Serra Dourada, Vila Ideal, José do Prado, Washington Pires, Palmares, Sol Nascente, Petrolina, Piratininga, Parque Durval de Barros;

IGARAPÉ: Todo município;

MÁRIO CAMPOS: Todo município;

MATOZINHOS: Distrito de Mocambeiro;

PEDRO LEOPOLDO: Todo o município, exceto os Bairros Fidalgo e Sumidouro;

RIBEIRÃO DAS NEVES: Alicante, Areias de Baixo, Barcelona, Bela Vista, Bom Sossego, Campos Silveira, Centro de Areias, Centro, Céu Anil, Chácaras Bom Retiro, Distrito Industrial João de Almeida, Dona Clara, Dona Clarice, Dos Pereiras, Eliane, Fazenda das Lages, Fazenda Severina, Fortaleza, Granjas Primavera, Havaí, Iolanda, Jardim Colonial, José Maria da Costa, Kátia, Landi I, Landi II, Luana, Luar da Pampulha, Mangueiras, Maria Helena II, Monte Verde, Neviana, Nossa Senhora das Neves, Nova União, Pedra Branca, Pedreira, Porto Seguro, Quintas do Lago, Quintas Vera Cruz, Rosana, Rosaneves, San Remo, Santa Isabel, Santa Margarida, Santa Marta, Santa Martinha, Santa Matilde, Santa Paula, Santana I, Santana II, Santinho, Santo Antônio, São Francisco de Assis, São Geraldo, São Judas Tadeu, São Pedro, Savassi, Sevilha, Status, Tancredo Neves, Tânia, Tocantins, Vila Aparecida, Vila Bispo de Maura, Vila Cacique, Vila Esplanada, Vila Hortinha, Vila Mariana e Vila Real.

SÃO JOAQUIM DE BICAS: Todo município;

SARZEDO: Todo município;

VESPASIANO: Vida Nova, Nova Yorque, Suely.

.

FONTE: O Tempo.


Fornecimento de água será suspenso no domingo em BH e região

Interrupção será das 5h às 18h para obras no sistema do Rio das Velhas.
Normalização do abastecimento será na noite de domingo e na segunda.

falta de água

O fornecimento de água será interrompido em Belo Horizonte e na Região Metropolitana neste domingo (18). De acordo com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), a interrupção será das 5h às 18h para que a companhia faça obras de melhoria e manutenção preventiva no sistema produtor de água do Rio das Velhas, localizado em Bela Fama, em Nova Lima, na Grande BH.

A normalização do abastecimento ocorrerá, gradativamente, no decorrer da noite de domingo e durante a madrugada de segunda−feira (19). Outras informações pelo telefone 115.

Bairros que terão o abastecimento interrompido
Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Aglomerado da Serra, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Ana Lúcia, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Braúnas, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campo Alegre, Campus da PUC, Campus da UFMG, Canaã, Candelária, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celestino, Celso Machado, Cenáculo, Centro, Céu Azul, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Helena Antipoff, Conjunto Itacolomi, Conjunto Marilene, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Copacabana, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, ETE/Arrudas, Etelvina Carneiro, Europa, Eymard, Fazendinha, Fernão Dias, Flamengo, Floramar, Floresta, Frei Eustáquio, Frei Leopoldo, Funcionários, Gameleira, Garças, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Indians, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Itapoã, Jaqueline, Jaraguá, Jardim América, Jardim Atlântico, Jardim das Nações, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Europa, Jardim Guanabara, Jardim Leblon, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, João Pinheiro, Jonas Veiga, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Letícia, Liberdade, Lourdes, Luar da Pampulha, Luxemburgo, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Goretti, Maria Helena, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Marize, Minas Brasil, Minas Caixa, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova América, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Pampulha, Nova Suíça, Nova Vista, Nova Yorque, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraibuna, Paraíso, Paraúna, Parque Arizona, Jardim Leblon, Parque Riachuelo,  Parque São Pedro, Parque São Sebastião, Patrocínio, Paulo VI, Pedra Branca, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Piratininga, Planalto, Pompeia, Pousada Santo Antônio, Prado,  Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês,  Santa Isabel, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, São Tomás, Satélite, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Serra Verde, Silveira, Sinimbu, Sion,  Solimões, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Trevo, Tupi, União, Universitário, Venda Nova, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Clóris, Vila Indaiá, Vila Ipê, Vila Luiz de Abreu,  Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Monte Castelo, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Oeste, Vila Palmas, Vila Paris, Vila Santa Branca, Vila Santo Agostinho, Vila Santo Antônio, Vila Satélite, Vila Silveira, Vista Alegre, Vista do Sol e  Zilah Spósito.

Nova Lima: sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.

Santa Luzia: todo o município.

São José da Lapa: Jardim Encantado, Nova Cachoeira e Vila Ical.

Sabará: todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Raposos: todo o município.

Ribeirão das Neves: Adriana, Atalaia, Belo Vale, Botafogo, Canoas, Cerejeiras, Céu Anil, Cristais, Cruzeiro, Delma, Elisabeth, Esperança, Evereste, Fazenda Misongue, Felixlândia, Flamengo, Girassol, Havaí, Itapoã, Jardim de Alá, Jardim Primavera, Kátia, Labanca, Lagoa, Laredo, Lídici, Maracanã, Maria Helena, Menezes, Nossa Senhora da Piedade, Núcleo Tradicional, Paraíso das Piabas, Penha, Santa Fé, São Januário, São José, São Miguel Arcanjo, Sônia, Toni, Tropical, Urca, Vera Lúcia, Viena, Vila Braúna e Vila Papine.

Vespasiano: Alto do Célvia, Angicos, Bela Vista, Bernardo de Souza, Boa Vista, Bom Sucesso, Condomínio Mangueiras, Condomínio São José, Gávea I, Gávea II, Jardim da Glória, Jardim Daliana, Jardim Encantado, Jardim Imperial, Jardim Jequitibá, Lar de Minas, Maria José, Morro Alto, Morro do Cruzeiro, Nova Pampulha, Nova York, Novo Horizonte, Parque Norte, Pouso Alegre, Residencial Mônaco, Santa Clara, Santa Cruz, Santa Maria, São Damião, Serra Azul, Serra Dourada e Vila Esportiva.

.

FONTE: G1.


Belo Horizonte e seis cidades mineiras ficarão sem água neste domingo
Segundo Copasa, o abastecimento ficará interrompido para execução dos serviços de interligação elétrica, dentro das obras de ampliação do Sistema Rio Manso
Água 2
Vivendo dias de muito calor, os belo-horizontinos e os moradores de outras seis cidades de minas vão sofrer com a falta de água neste domingo(4). De acordo com a Companhia de Abastecimento de Minas Gerais (Copasa), o abastecimento ficará interrompido para execução dos serviços de interligação elétrica, dentro das obras de ampliação do Sistema Rio Manso.

.

Na capital serão 57 bairros sem água, além das cidades de Betim, Contagem, Ibirité, Igarapé, Mário Campos, São Joaquim de Bicas e Sarzedo. O abastecimento deve ficar totalmente interrompido de 7h às 12h e a água deve voltar gradativamente no decorrer da tarde e início da noite.

.

Veja os bairros que ficarão sem água:
.

Belo Horizonte: Araguaia, Atila de Paiva, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonsucesso, Brasil Industrial, Buritis, Cardoso, Cinquentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Ernesto do Nascimento, Conjunto Flavio de Oliveira, Conjunto Joao Paulo II, Conjunto Pongelupe, Das Industrias, Das Mansões, Diamante, Distrito Industrial do Jatobá, Durval de Barros, Estoril, Estrela Dalva, Flavio Marques Lisboa, Havaí, Itaipu, Jardim América, Jatobá IV, Jatobá, Lindéia, Mangueiras, Marajó, Marilândia, Milionários, Novo das Industrias, Olaria, Palmeiras, Parque São José, Petrópolis, Regina, Salgado Filho, Santa Cecilia, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Margarida, São Bento, Serra do Jose Vieira. Solar do Barreiro, Teixeira Dias, Tirol, Urucuia, Vale do Jatobá, Vila Castanheira, Vila Cemig, Vila Pinho, Vila Santa Rita e Washington Pires;

.

Betim: Arquipélago Verde, Casa Amarela, Charneca, Citrolândia, Colônia Santa Isabel, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Paquetá, Parque Ipiranga, São Jorge, São Marcos, São Salvador e Jardim Piemonte;

.

Contagem: Distrito Industrial Riacho das Pedras, Durval de Barros, Jardim Riacho das Pedras, Santa Maria, Industrial e Jardim Industrial;

.

Ibirité: Aparecida, Bela Vista, Durval de Barros, Eldorado, Guanabara, Vila Ideal, Itaipu, Lajinha, Marilândia, Palmares, Palmares 4 Seção, Palmeiras, Piratininga, Regina, São Judas Tadeu, Sol Nascente e Washington Pires;

.

Igarapé: Todo o município;

.

Mário Campos: Todo o município;

.

São Joaquim de Bicas: Todo o município;

.

Sarzedo: Todo o município.

.

FONTE: O Tempo.


Obras interrompem fornecimento de água em BH e mais nove cidades no domingo

Copasa vai realizar obras para ampliação do Sistema Rio Manso. Esta é a segunda grande interrupção realizada na Grande BH neste mês

água

No próximo domingo, 20 de setembro, Belo Horizonte e outras nove cidades da região metropolitana terão o abastecimento de água interrompido para obras da Copasa. A previsão é de que o serviço seja normalizado na madrugada de segunda-feira.

.
O motivo, segundo a companhia, é a parada dos sistemas produtores de água da Bacia Paraopeba para a execução de obras de ampliação do Sistema Rio Manso. O procedimento será realizado das 4h às 20h de domingo.
.
Esta é a segunda grande interrupção realizada na Grande BH neste mês. A última aconteceu em 2 de setembro, atingindo 117 bairros da capital e 11 municípios da região. Na ocasião, a Copasa informou que a paralisação serviria para executar substituições de registros e derivações das adutoras e elevatórias de água tratada e água bruta.
.
Veja a lista dos bairros que terão o abastecimento interrompido no domingo:
.
Belo Horizonte: Araguaia,  Bairro das Indústrias,  Barreiro de Baixo,  Barreiro de Cima,  Betânia,  Bonsucesso,  Brasil Industrial,  Braúnas,  Buritis, Cabana, Caiçara, Caiçara Adelaide, Califórnia,  Camargos,  Cardoso,  Castelo,  Céu Azul,  Cinqüentenário,  Conjunto Ademar Maldonado,  Conjunto Betânia,  Conjunto Bonsucesso,  Conjunto Califórnia,  Conjunto Getúlio Vargas,  Conjunto Habitacional Átila de Paiva,  Conjunto João Paulo II,  Conjunto Túnel de Ibirité,  Coqueiros,  Cristo Redentor,  Diamante,  Durval de Barros,  Engenho Nogueira,  Enseada das Garças,  Esplendor,  Estoril,  Estrela Dalva,  Estrela do Oriente,  Filadélfia,  Flávio Marques Lisboa,  Gameleira,  Garças,  Glória,  Havaí,  Ipiranga,  Itaipu,  Jardim América,  Jardim dos Comerciários,  Jardim Leblon,  Jardim Montanhês,  Jardinópolis,  Jatobá,  Lindéia,  Madre Gertrudes,  Mansões,  Mantiqueira,  Marajó,  Marilândia,  Maringá,  Milionários,  Miramar, Monsenhor Messias,  Morro das Pedras,  Nosso Lar,  Nova Barroca,  Nova Cintra,  Nova Gameleira,  Nova Pampulha,  Nova York,  Novo das Indústrias,  Olaria,  Padre Eustáquio,  Palmeiras, Parque São José, Patrocínio,  Pedro II,  Pindorama,  Pongelupe, Regina,  Resplendor, Salgado Filho,  Santa Cecília,  Santa Cruz, Santa Helena,  Santa Lúcia,  Santa Terezinha,  São Bento,  São Joaquim,  São José, São Salvador,  Serra do José Vieira,  Serrano,  Sical,  Solar, Teixeira Dias,  Tirol,  Trevo,  Urucuia,  Vila Cemig,  Vila Conquista,  Vila Leonina,  Vila Magnesita, Vila Patrocínio,  Vila Pinho, Vila Presidente Vargas,  Vila Vânia,  Vila Ventosa,  Vista Alegre e  Xangrilá.
.
Betim: Alvorada, Amarante, Amazonas, Angola,  Betim Industrial, Campos Elíseos,Capelinha, Centro, Conjunto Habitacional José Gomes de Castro, Conjunto Olímpia Bueno Franco, Cruzeiro, Distrito Industrial Paulo Camilo, Dom Bosco, Dona Izabel, Espirito Santo, Estâncias do Sereno, Filadélfia, Granja Verde, Granjas das Candeias, Granjas Pouso Alto, Guanabara, Guarujá, Imbiruçú, Jardim Brasília, Jardim da Cidade, Jardim Das Alterosas I Seção,  Jardim Nazareno, Jardim Perla, Laranjeiras, Niterói, Nova Baden,  Parque das Acácias, Parque das Indústrias, Parque Jardim Teresópolis, Paulo Camilo, Paulo Camilo III, Petrovale, Presidente Kennedy, Recreio dos Caiçaras, Renascer, Riacho de Areia, Santa Cruz, Santo Antônio, São Caetano, São Cristóvão, São João, São Miguel,  Sítios Guarani, Vila Bandeirante, Vila Boa Esperança, Vila Cristina, Vila Filadélfia, Vila Inconfidência e Vila Recreio.
.
Contagem:
Água Branca, Amazonas, Arpoador, Arvoredo, Bairro dos Funcionários, Balneário da Ressaca, Bandeirantes, Beatriz, Bela Vista, Bernardo Monteiro, Bom Jesus, Cabral, Caiapós, Campina Verde, Cândida Ferreira, Ceasa, Chácara Boa Vista, Chácara Novo Horizonte, Chácaras Campestre, Chácaras Campo do Meio, Chácaras Cotia, Chácaras Planalto, Chácaras Reunidas Santa Terezinha, Cidade Industrial, Cincão, Cinco, Colorado, Condomínio Nosso Rancho, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Carajás, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Conjunto Habitacional Riacho III, Darci Vargas, Distrito Industrial Doutor Hélio P. Guimaraes, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Do Comércio, Durval de Barros, Eldoradinho, Eldorado, Estancia Silveira, Estrela Dalva, Feijão Miúdo, Flamengo, Gloria, Guanabara, Inconfidentes, Industrial Itaú, Industrial, Jardim Alvorada, Jardim Balneário, Jardim das Oliveiras, Jardim do Lago, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Laguna, Jardim Marrocos, Jardim Pérola, Jardim Riacho das Pedras, JK, Kennedy, Lua Nova da Pampulha, Lúcio de Abreu, Milanês, Morada Nova, Nacional, Novo Boa Vista, Novo Eldorado, Novo Progresso, Novo Recanto, Novo Riacho, Oitis, Parque Airton Sena, Parque dos Turistas, Parque Recreio, Parque São João, Pedra Azul, Pôr do Sol, Portal do Sol, Recanto da Pampulha, Riacho das Pedras, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, São Gotardo, São Joaquim, São Sebastiao, Senhora da Conceição, Tijuca, Vale das Amendoeiras, Vale das Perobas, Vera Cruz, Vila Boa Vista, Vila Dom Bosco, Vila Francisco Mariano, Vila Itaú, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santa Luzia, Vila Santo Antônio, Vila São Mateus, Vila São Paulo, Vila Tijolinho e Xangrilá.
.
Ibirité: 
Bela Vista, Boa Vista, Cascata, Colorado, Distrito Industrial de Ibirité, Jardim das Rosas, José do Prado, Montreal, Ouro Negro, Palmares, Parque Durval de Barros, Petralina, Petrolina, Piratininga, Recanto da Lagoa, Serra Dourada, Sol Nascente, Vila Ideal e Washington Pires.
.
Igarapé:
Todo o município.
 .
Matozinhos:
Distrito de Mocambeiro.
.
Pedro Leopoldo: Todo o município, exceto os Bairros Fidalgo e Sumidouro.
.
Ribeirão das Neves: Alicante,  Areias de Baixo, Barcelona, Bela Vista, Bom Sossego, Campos Silveira, Centro de Areias, Centro, Céu Anil,  Chácaras Bom Retiro, Chácaras do Baú, Condomínio Vale do Ouro, Conjunto Habitacional Henrique Sapori, Distrito Industrial João de Almeida, Dona Clarice, Dos Pereiras, Eliane, Fazenda Castro, Fazenda Severina, Fazendas Lages, Florença, Fortaleza, Franciscadriângela, Granjas Primavera, Havaí, Iolanda, Jardim Alvorada, Jardim Colonial, Jardim Florença, Jardim Verona, José Maria da Costa, Kátia, Landi I, Landi II, Liberdade, Luana, Luar da Pampulha, Mangueiras, Maria Helena II, Monte Verde, Napoli, Neviana, Nossa Senhora das Neves, Nova União, Pedra Branca, Pedreira, Porto Seguro, Quintas do Lago, Quintas Vera Cruz, Rosana, Rosaneves, Rosimeire, San Genaro, San Marino, San Remo, Santa Isabel, Santa Margarida, Santa Marta, Santa Martinha, Santa Matilde, Santa Paula, Santana I, Santana II, Santinho, Santo Antônio, São Francisco de Assis, São Geraldo, São Judas Tadeu, São Luiz, São Pedro, Savassi, Sevilha, Soares, Status, Tancredo Neves, Tânia, Tocantins, Vale da Prata, Vale das Acácias, Vale Verde, Várzea Alegre, Veneza, Vereda. Verônica, Vila Aparecida, Vila Bispo de Maura, Vila Cacique, Vila Eduarda, Vila Esplanada, Vila Henrique Sapori, Vila Hortinha, Vila Mariana e Vila Real.
.
São Joaquim de Bicas: Todo o município.
.
Vespasiano: Vida Nova, Nova Yorque, Suely.

.

FONTE: Estado de Minas.


Recomendação de beber oito copos de água por dia é mito
Não há estudos que provem que a ingestão de alta quantidade de fluidos possa fazer bem à saúde

Com mito de que precisamos beber mais e mais água, a venda de água mineral em garrafas se tornou popular nas cidades

água
Nova York, EUA. Se tem um mito ligado à saúde que permanece imutável é o de que você tem que tomar oito copos de água por dia. Isso não é verdade. Não há nenhum embasamento científico aí.
Muita gente acha que a fonte desse mito seja uma recomendação, feita em 1945, pelo Comitê de Alimentação e Nutrição que rezava que as pessoas tinham que consumir 2,5 litros de água diários – só que ignoraram a frase que vinha logo depois: “A maior parte desse volume está nos alimentos que consumimos”.

.

A água está presente nas frutas e nos legumes. Está no suco, na cerveja, até no café – e, antes que alguém me escreva dizendo que o café desidrata, as pesquisas mostram que isso também não é verdade.

.

Embora eu recomende a água como sendo a melhor bebida, certamente não é a única fonte de hidratação. Não é preciso consumi-la apenas na forma de bebidas. Também não há que se preocupar muito se nunca sentir sede: o corpo humano está perfeitamente programado para “avisar” quando se deve beber algo, muito antes de você se sentir desidratado.

.

Ao contrário das muitas histórias que circulam por aí, não há nenhuma prova científica de que uma pessoa saudável que beba um volume excedente de água tenha algum benefício. Por exemplo, até hoje nenhuma resenha encontrou provas de que beber mais água mantenha a pele hidratada, com aparência mais saudável.

.

É fato que algumas retrospectivas corroboram os estudos que concluíram que um consumo maior de água está associado a melhores resultados, mas são incapazes de provar a causa. Além disso, definem consumo “alto” como algo pouco superior aos tais oito copos.

.

Estudos investigativos não conseguiram descobrir benefícios nas funções renais ou redução de mortalidade no fato de pessoas saudáveis aumentarem o consumo de líquidos. Tampouco as triagens controladas aleatórias mostraram algo, com exceção de casos específicos – impedindo o reaparecimento de alguns tipos de pedra nos rins, por exemplo.

.

Onda das garrafinhas. A verdadeira desidratação, aquela que ocorre quando o corpo perde um volume significativo de água por causa de doença, exercício excessivo, suor ou incapacidade de reposição, é um problema sério, mas quem sofre do problema quase sempre exibe os sintomas.

.

Só que um grande número de anunciantes e notícias está tentando nos convencer do contrário. A proporção de pessoas que andam por aí com a tal da garrafinha parece subir a cada ano. A venda de água mineral não para de crescer.

.

É possível que haja crianças que tenham que se hidratar melhor, claro – mas chegamos ao ponto de nos arriscarmos a chamar um estado de saúde comum de “doença”. Quando 66% das crianças saudáveis, ano após ano, exibem níveis laboratoriais rotulados de “anormais”, talvez seja a definição, e não a saúde delas, que tenha problemas.

.

Nada disso diminuiu o incentivo para um consumo maior de água. Mas não há recomendação formal de consumo diário de que as pessoas precisam. Ele obviamente varia de acordo com o que elas comem, como vivem, suas proporções corpóreas e suas atividades. Mas a expectativa de vida da população dos EUA é mais alta do que nunca, e, sem dúvida, temos mais acesso a todo tipo de bebida, por isso não é verdade que estamos todos desidratados.

.

Interesses
Negócios. Alguns dos estudos que dizem que grande parte das crianças dos EUA e da França está desidratada foram encomendados por empresas que vendem água engarrafada.

.

Excesso de líquidos pode matar

.

Nova York. Um novo relatório sobre super-hidratação nos esportes sugere que, em algumas circunstâncias, atletas podem estar se colocando em risco ao ingerir muita água.

.

“Muitas pessoas, incluindo os técnicos, pensam que ficar desidratado é perigoso para os atletas”, explica Kevin Miller, professor de treinamento atlético da Universidade Central de Michigan e coautor do novo relatório.

.

Então, na esperança de manter os atletas seguros, pressionam para que bebam líquidos antes, durante e depois da prática, mesmo que não estejam com sede.

.

O problema é que a situação traz riscos. No ano passado, por exemplo, um jogador de futebol americano experimentou cãibras durante a prática e, esperando aliviá-las, começou a tomar muita água e Gatorade. No final do treino, havia ingerido cerca de 15 litros de líquidos. Pouco depois, o jovem desmaiou em casa e foi levado de helicóptero para o hospital, onde, vários dias depois, morreu.

.

Pelo menos dois outros jogadores de futebol americano morreram desde 2008 por tomar muito líquido, conta Miller. Eles desenvolveram uma condição rara, explica, conhecida formalmente como “hiponatremia associada a exercícios” e, menos tecnicamente, como “intoxicação pela água”.

.
Água antes das refeições ajuda na dieta

.

Cientistas da Escola de Saúde Pública de Berlim, na Alemanha, descobriram que beber dois copos de água antes das refeições pode acelerar a perda de peso. Eles revisaram 11 estudos sobre o tema e chegaram à conclusão de que o hábito pode ajudar a perder até 1,8 kg. Essa foi a quantidade de massa que os voluntários dos estudos perderam a mais, quando comparados com outros que não ingeriram mais líquidos.

.

A teoria é que a água ingerida antes das refeições ajudaria a promover uma termogênese, que aumentaria o gasto calórico do organismo. Outra hipótese é que a água “ocuparia” um espaço no estômago, fazendo com que a pessoa comesse menos durante a refeição.

.

De acordo com o novo estudo, uma forma de acelerar a dieta pode ser substituir parte das calorias provenientes de líquidos como refrigerantes, sucos com açúcar ou achocolatados por água pura.

.

FONTE: O Tempo.


Copasa paralisará, durante 16 horas, sistema da Bacia do Paraopeba para trabalhos de manutenção em equipamentos. Sistema bateu pior marca da história nos últimos dias.

Beto Magalhães/EM/DA Press

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) divulgou um comunicado, nesta quarta-feira, informando que 117 bairros de Belo Horizonte e outras 11 cidades da região metropolitana da capital terão o fornecimento de água interrompido no próximo domingo.

A suspensão no fornecimento de água deverá ocorrer entre as 4h e as 20h. Conforme nota da companhia, a paralisação servirá para executar substituições de registros e derivações das adutoras e elevatórias de água tratada e água bruta. Ainda conforme o texto do comunicado, a normalização do abastecimento ocorrerá no decorrer da madrugada de domingo para segunda.

Situação alarmante

Os níveis dos sistemas que abastecem Belo Horizonte e a região metropolitana estão cada vez mais baixos. A estiagem e o alto consumo faz os registros caírem a cada dia. Nesta quarta-feira o percentual chegou ao pior nível da história, marcando 28,2%.

O Sistema Paraopeba (integrado pelos reservatórios Rio Manso, Serra Azul e Vargem das Flores), somente na última semana, atingiu por duas vezes a pior marca em sua capacidade. Após bater a marca de 29,4% (25/08), os registros atingiram 29,2% no dia seguinte (26/08).

Nessa segunda-feira, o sistema chegou a 28,5% de capacidade. No total, a queda foi de 1,1% em apenas uma semana. A Copasa afirmou que a queda é esperada por causa da estiagem.

Confira a lista dos locais que terão o abastecimento de água interrompido:

BELO HORIZONTE: Araguaia, Bairro das Indústrias, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonsucesso, Brasil Industrial, Braúnas, Buritis, Cabana, Caiçara Adelaide, Caiçara, Califórnia, Camargos, Cardoso, Castelo, Céu Azul, Cinqüentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto João Paulo II, Conjunto Túnel de Ibirité, Coqueiros, Cristo Redentor, Diamante, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Enseada das Garças, Esplendor, Estoril, Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Garças, Glória, Havaí, Ipiranga, Itaipu, Jardim América, Jardim dos Comerciários,Jardim Leblon, Jardim Montanhês, Jardinópolis, Jatobá, Lindéia, Madre Gertrudes, Mansões, Mantiqueira, Marajó, Maringá, Marilândia, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nosso Lar, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Pampulha, Nova York, Novo das Indústrias, Olaria, Padre Eustáquio, Palmeiras, Parque São José, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Pongelupe, Regina, Resplendor, Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador, Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Teixeira Dias, Tirol, Trevo, Urucuia, Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Vista Alegre e Xangrilá.

BETIM: Alvorada, Amarante, Amazonas, Angola, Arquipélago Verde, Bandeirinhas, Betim Industrial, Campos Elíseos,Capelinha, Casa Amarela, Centro, Chácaras Cinco Ilhas, Chácaras Reunidas Guaracyaba, Citrolândia, Colônia Santa Isabel, Conjunto Habitacional José Gomes de Castro, Conjunto Olímpia Bueno Franco, Conjunto Residencial Dicalino C. da Fonseca, Cruzeiro, Distrito Industrial Bandeirinhas, Distrito Industrial Paulo Camilo, Dom Bosco, Dona Izabel, Espirito Santo, Estâncias do Sereno, Filadélfia, Granja Verde, Granjas das Candeias, Granjas Pouso Alto, Guanabara, Guarujá, Imbiruçú, Jardim Brasília, Jardim da Cidade, Jardim Das Alterosas I Seção, Jardim Iara, Jardim Nazareno, Jardim Perla, Laranjeiras, Niterói, Nova Baden, Paquetá, Parque das Acácias, Parque das Indústrias, Parque Ipiranga, Parque Jardim Teresópolis, Paulo Camilo III, Petrovale, Presidente Kennedy, Quintas da Bandeirinha, Recreio dos Caiçaras, Renascer, Riacho de Areia, Santa Cruz, Santo Antônio, São Caetano, São Cristóvão, São João, São Jorge, São Marcos, São Miguel, São Salvador, Sítios Guarani, Vila Bandeirante, Vila Boa Esperança, Vila Cristina, Vila Filadélfia, Vila Inconfidência e Vila Recreio.

CONTAGEM: Água Branca, Amazonas, Arpoador, Arvoredo, Bairro dos Funcionários, Balneário da Ressaca, Bandeirantes, Beatriz, Bela Vista, Bernardo Monteiro, Bom Jesus, Cabral, Caiapós, Campina Verde, Cândida Ferreira, Ceasa, Chácara Boa Vista, Chácara Novo Horizonte, Chácaras Campestre, Chácaras Campo do Meio, Chácaras Cotia, Chácaras Planalto, Chácaras Reunidas Santa Terezinha, Cidade Industrial, Cincão, Cinco, Colorado, Condomínio, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Carajás, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Conjunto Habitacional Riacho III, Darci Vargas, Distrito Industrial Doutor Hélio P. Guimaraes, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Do Comércio, Durval de Barros, Eldoradinho, Eldorado, Estancia Silveira, Estrela Dalva, Feijão Miúdo, Flamengo, Gloria, Guanabara, Inconfidentes, Industrial Itaú, Industrial, Jardim Alvorada, Jardim Balneário, Jardim das Oliveiras, Jardim do Lago, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Laguna, Jardim Marrocos, Jardim Pérola, Jardim Riacho das Pedras, JK, Kennedy, Lua Nova da Pampulha, Lúcio de Abreu, Milanês, Morada Nova, Nacional, Nosso Rancho, Novo Boa Vista, Novo Eldorado, Novo Progresso, Novo Recanto, Novo Riacho, Oitis, Parque Airton Sena, Parque dos Turistas, Parque Recreio, Parque São João, Pedra Azul, Pôr do Sol, Portal do Sol, Recanto da Pampulha, Riacho das Pedras, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, São Gotardo, São Joaquim, São Sebastiao, Senhora da Conceição, Tijuca, Vale das Amendoeiras, Vale das Perobas, Vera Cruz, Vila Boa Vista, Vila Dom Bosco, Vila Francisco Mariano, Vila Itaú, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santa Luzia, Vila Santo Antônio, Vila São Mateus, Vila São Paulo, Vila Tijolinho e Xangrilá.

IBIRITÉ: Bela Vista, Cascata, Colorado, Jardim das Rosas, José do Prado,  Mantiqueira, Montreal,  Ouro Negro, Palmares, Parque Durval de Barros, Petrolina, Piratininga, Serra Dourada, Sol Nascente, Vila Ideal e Washington Pires.

IGARAPÉ: Todo município.

MÁRIO CAMPOS: Todo município.

MATOZINHOS: Distrito de Mocambeiro.

PEDRO LEOPOLDO: Todo o município, exceto os Bairros Fidalgo e Sumidouro.

RIBEIRÃO DAS NEVES: Todo o município, exceto região de Justinópolis.

SÃO JOAQUIM DE BICAS: Todo município.

SARZEDO: Todo município.

VESPASIANO: Nova Yorque, Suely e Vida Nova.

Fonte: Estado de Minas.


Abastecimento de água será cortado por 19 horas em BH e outros 14 municípios no domingo

No último domingo, 16/08/2015, 300 bairros de BH e cidades da RMBH ficaram sem água

O corte acontece por causa de uma parada dos sistemas produtores da Bacia do Paraopeba para serem feitos serviços de manutenção pela Copasa

 falta de água

Moradores de Belo Horizonte e de 14 municípios da região metropolitana vão ficar sem o abastecimento de água no próximo domingo. O corte acontece por causa de uma parada dos sistemas produtores da Bacia do Paraopeba. Durante a interrupção, serão realizadas serviços de manutenção no local. De acordo com a Copasa, a paralisação está prevista para acontecer durante 19 horas.
.

O corte do abastecimento vai ser feito às 5h de domingo. A previsão é que a normalização aconteça na madrugada de segunda-feira. Durante a paralisação, técnicos da Copasa vão fazer interligações de pontos de conexões das novas adutoras do sistema Rio Manso, em Brumadinho. Em Sarzedo, doze registros de descarga na linha da elevatória de água tratada serão substituídos. Além disso, será feita a manutenção elétrica das subestações das elevatórias de água bruta e água tratada.
.
A paralisação vai atingir 107 bairros de Belo Horizonte. Eles estão localizados nas Regiões Nordeste, Barreiro, Noroeste, Centro-Sul, Oeste, Pampulha. Também vai atingir todos os bairros de Betim, Igarapé, Juatuba, São Joaquim de Bicas, Sarzedo, Mário Campos, e Mateus Leme. Em Esmeraldas, nove bairros serão atingidos, em Ibirité, 16, em Matozinhos, somente o distrito de Mocambeiro, Pedro Leopoldo somente os bairros Fidalgo e Sumidouro não serão prejudicados, assim como Justinópolis, em Ribeirão das Neves.
.
Veja abaixo a lista de bairros que serão atingidos:
.
BELO HORIZONTE:
Araguaia, Bairro das Indústrias, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonsucesso, Brasil Industrial, Braúnas, Buritis, Cabana, Caiçara, Caiçara Adelaide, Califórnia, Camargos, Cardoso, Castelo, Céu Azul, Cinqüentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto João Paulo II, Conjunto Túnel de Ibirité, Coqueiros, Cristo Redentor, Diamante, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Enseada das Garças, Esplendor, Estoril, Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Garças, Glória, Havaí, Ipiranga, Itaipu, Jardim América, Jardim dos Comerciários, Jardim Leblon, Jardim Montanhês, Jardinópolis, Jatobá, Lindéia, Madre Gertrudes, Mansões, Mantiqueira, Marajó, Marilândia, Maringá, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nosso Lar, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Pampulha, Nova York, Novo das Indústrias, Olaria, Padre Eustáquio, Palmeiras, Parque São José, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Pongelupe, Regina, Resplendor, Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia, Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador, Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Teixeira Dias, Tirol, Trevo, Urucuia, Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Vista Alegre e Xangrilá.
.
Betim: Todo o município
.
Contagem: Todo o município
.
Esmeraldas: Monte Sinai, Novo Retiro, Recanto Verde, Recreio do Retiro, Recreio do Riachinho, Retiro, São Pedro, Santa Cecília, São Francisco.
.
Ibirité: Bela Vista, Cascata, Colorado, Serra Dourada, Vila Ideal, José do Prado, Washington Pires, Palmares, Sol Nascente, Petrolina, Piratininga, Parque Durval de Barros, Jardim das Rosas, Ouro Negro, Montreal, Mantiqueira.
.
Igarapé: Todo município
.
Juatuba: Todo município
.
Matozinhos: Distrito de Mocambeiro
.
São Joaquim de Bicas: Todo município
.
Sarzedo: Todo o município
.
Mário Campos: Todo o município
.
Mateus Leme: Todo o município
.
Pedro Leopoldo: Todo o município, exceto os Bairros Fidalgo e Sumidouro
.
Ribeirão das Neves: Todo o município, exceto região de Justinópolis
.
Vespasiano: Nova Yorque, Suely e Vida Nova

.

FONTE: Estado de Minas.


Mais de 300 bairros da Grande BH vão ficar sem abastecimento de água neste domingo

Previsão é de que a interrupção dure seis horas para a impermeabilização dos reservatórios, interligação e adequação da subestação elétrica

Copasa/Divulgação

Está programada para o próximo domingo uma parada operacional do sistema produtor do Rio das Velhas, em Nova Lima, que é o responsável pelo abastecimento de água em Belo Horizonte e de parte da Região Metropolitana. De acordo com a Copasa, serão feitas obras de ampliação e manutenção preventiva da unidade.
.
A previsão é de que a interrupção dure seis horas para a hipermeabilização dos reservatórios, interligação e adequação da subestação elétrica, substituição de registros de descargas e montagem de conjuntos motobombas no sistema de cloro da Estação de Tratamento de Água (ETA Rio das Velhas).
.
A expectativa da Copasa é de que o abastecimento retorne a sua normalidade na tarde de domingo e madrugada de segunda-feira.
.
Veja os bairros afetados:
.
Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Ana Lúcia, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Braúnas, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campo Alegre, Campus da PUC, Campus da UFMG, Canaã, Candelária, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celestino, Celso Machado, Cenáculo, Centro, Céu Azul, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinqüentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Helena Antipoff, Conjunto Itacolomi, Conjunto Marilene, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Copacabana, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Etelvina Carneiro, Europa, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floramar, Floresta, Frei Eustáquio, Frei Leopoldo, Funcionários, Gameleira, Garças, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Indian’s, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Itapoã, Jaqueline, Jaraguá, Jardim América, Jardim Atlântico, Jardim das Nações, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Europa, Jardim Guanabara, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, João Pinheiro, Jonas Veiga, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Leblon, Letícia, Liberdade, Lourdes, Luar da Pampulha, Luxemburgo, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Goretti, Maria Helena, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Marize, Minas Brasil, Minas Caixa, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova América, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Pampulha, Nova Suíça, Nova Vista, Nova York, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraibuna, Paraíso, Paraúna, Parque Arizona, Parque Jardim Leblon, Parque Riachuelo, Parque São Sebastião, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Piratininga, Planalto, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Isabel, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, São Tomás, Satélite, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra Verde, Serra, Silveira, Sinimbu, Sion, Solimões, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Trevo, Tupi, União, Universitário, Venda Nova, Vera Cruz, Vila Brasília,Vila Canadá, Vila Clóris, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Monte Castelo, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Oeste, Vila Palmas, Vila Paris, Vila Santa Branca, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Santo Antônio, Vila Satélite,Vila Silveira, Vista Alegre, Vista do Sol e Zilah Spósito
.
Nova Lima: Todo o município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.
.
Raposos: Todo município
.
Sabará: Todo município, exceto Distrito de Ravena.
.
Santa Luzia: – Todo município.
.
São José da Lapa: Bairros Jardim Encantado, Nova Cahoeira e Vila Ical.
.
Ribeirão das Neves: Região de Justinópolis.
.
Vespasiano: Alto do Célvia, Angicos, Angicos, Bela Vista, Bernardo de Souza, Boa Vista, Bom Sucesso, Condomínio Mangueiras, Condomínio São José, Gávea I, Gávea II, Jardim da Glória, Jardim Daliana, Jardim Encantado, Jardim Imperial, Jardim Jequitibá, Lar de Minas, Maria José, Morro Alto, Morro do Cruzeiro, Nova Pampulha, Nova York, Novo Horizonte, Parque Norte, Pouso Alegre, Residencial Mônaco, Santa Clara, Santa Cruz, Santa Maria, São Damião, Serra Azul, Serra Dourada e Vila Esportiva.

.

FONTE: Estado de Minas.


Grande BH tem mais de 5,7 mil captações clandestinas
Média de gatos identificados pela Copasa nos primeiros seis meses chega a 28 por dia. Segundo a companhia, ligações irregulares são responsáveis pela perda de água em MG

Fiscais lacram bombas de residências que captam de forma irregular água da Vargem das Flores: número de autuações por captação clandestina subiu (Euler Júnior/EM/D.A Press %u2013 10/6/15)

Fiscais lacram bombas de residências que captam de forma irregular água da Vargem das Flores: número de autuações por captação clandestina subiu

.
As ligações clandestinas criadas para desviar o curso de água que passa pela rede subterrânea da Copasa está entre os fatores apontados pela estatal responsável por causar perda do recurso. Para tentar eliminar os famosos ‘gatos’ e os vazamentos nesta época em que os reservatórios estão com os níveis bem abaixo do esperado foi criada a Operação Caça Gotas. De janeiro a junho, foram identificadas 5.784 ligações clandestinas na Grande BH, média de 28 por dia. No ano passado, 5.028 flagrantes foram realizados no mesmo período.

.

O rastreamento dos vazamentos e gatos pelas ruas é feito com uma sonda eletrônica chamada geofone, que amplifica as ondas sonoras e permite aos fiscais escutar a água correndo para fora do encanamento ou em direção a uma ramificação clandestina. Quando a ligação clandestina é descoberta, o fornecimento para o duto é interrompido e os usuários são autuados, com pagamento de multa baseada na média de consumo do imóvel.

.

Em janeiro, o Estado de Minas mostrou que a captação clandestina de água agrava a seca no estado e, em junho, reportagem do EM mostrou fiscais lacrando bombas de residências que retiram água irregularmente do manancial Vargem das Flores. Entre 2013 e 2014, a Companhia da Polícia Militar do Meio Ambiente, sediada na capital, registrou aumento de 3,84% (de 286 para 297) no número de autuações por captação clandestina de água em 47 cidades fiscalizadas. Segundo a PM ambiental, os dados se referem à captação irregular via caminhões-pipa, poços artesianos sem outorga, desvio para irrigação e barragens proibidas, praticados por pessoas ou empresas. A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) aplicou R$ 1 milhão em multas no ano passado, 20,4% a mais do que os R$ 830 mil de 2013.

.

Em 2014, das 901 operações de fiscalização da polícia ambiental nas 47 cidades, 428 foram feitas nos reservatórios Serra Azul (Juatuba), Vargem das Flores (Contagem e Betim) e Rio das Velhas (Nova Lima), mananciais de captação da Copasa. As outras 473 se basearam em denúncias (329) e na fiscalização de rotina.

.

CONSUMO A economia de água por parte da população não está ocorrendo de forma ideal. A Copasa informou que a redução de consumo em junho foi de apenas 15,02% na comparação com igual período de 2014. A estatal destacou a melhora em relação a maio, quando a poupança foi de 14,5%. O menor índice ocorreu em fevereiro, 9,4%, primeiro mês da campanha de economia. Em março, o índice deu um salto, para 16%, mas, em abril, voltou a cair, para 15%.

.

Ontem, os níveis dos reservatórios do Sistema Paraopeba continuavam abaixo do esperado. O Sistema Paraobepa, responsável pelo abastecimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte, apresenta 33,2% de seu nível. O Rio Manso está com 44,3%, Serra Azul, 14,1%, e Vargem das Flores, 33,8%. Todos tiveram queda ou se mantiveram estáveis nos últimos dias. A vazão do Rio das Velhas está em 14,2 metros cúbicos por segundo.

.

FONTE: Estado de Minas.


Abastecimento de água será interrompido para obras em BH e região
De acordo com a Copasa, quinze municípios da região metropolitana terão o fornecimento de água interrompido por 16 horas no próximo domingo, dia 26 de julho

água

Moradores de vários bairros de Belo Horizonte e de outros 14 municípios da região metropolitana ficarão sem água no próximo domingo (26), por causa da obras de ampliação no sistema produtor de água do Rio Manso, que integra o Sistema Paraopeba.
De acordo com a Copasa, a previsão da interrupção do fornecimento de água é de 16 horas, para permitir a substituição de registros de descargas e interligações de elevatórias de água tratada e de novos pontos de abastecimento em Sarzedo e em Brumadinho.

A normalização do abastecimento está prevista para ocorrer, gradativamente, entre a noite de domingo e a segunda-feira (27).

Veja a lista das cidades e bairros afetados:

Belo Horizonte – Antônio Teixeira Dias, Araguaia, Barreiro de Baixo, Barreiro de Cima, Betânia, Bonsucesso, Brasil Industrial, Braúnas, Buritis, Cabana, Caiçara Adelaide, Caiçara, Califórnia, Camargos, Cardoso, Castelo, Céu Azul, Cinquentenário, Conjunto Ademar Maldonado, Conjunto Betânia, Conjunto Bonsucesso, Conjunto Califórnia, Conjunto Getúlio Vargas, Conjunto Habitacional Átila de Paiva, Conjunto João Paulo II, Conjunto Túnel de Ibirité, Coqueiros, Cristo Redentor, Das Indústrias, Diamante, Durval de Barros, Engenho Nogueira, Enseada das Garças, Esplendor, Estoril, Estrela Dalva, Estrela do Oriente, Filadélfia, Flávio Marques Lisboa, Gameleira, Garças, Glória, Havaí, Ipiranga, Itaipu, Jardim América, Jardim dos Comerciários, Jardim Leblon, Jardim Montanhês, Jardinópolis, Jatobá, Lindéia, Madre Gertrudes, Mansões, Mantiqueira, Marajó, Marilândia, Maringá, Milionários, Miramar, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nosso Lar, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Pampulha, Nova York, Novo das Indústrias, Olaria, Padre Eustáquio, Palmeiras, Parque São José, Pongelupe, Patrocínio, Pedro II, Pindorama, Regina, Resplendor, Salgado Filho, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Lucia; Santa Terezinha, São Bento, São Joaquim, São José, São Salvador, Serra do José Vieira, Serrano, Sical, Solar, Teixeira Dias, Tirol, Trevo, Urucuia, Vila Cemig, Vila Conquista, Vila Leonina, Vila Magnesita, Vila Patrocínio, Vila Pinho, Vila Presidente Vargas, Vila Vânia, Vila Ventosa, Vista Alegre e Xangrilá.

Esmeraldas – Monte Sinai, Novo Retiro, Recanto Verde, Recreio do Retiro, Recreio do Riachinho, Retiro, São Pedro, Santa Cecília, São Francisco.

Ibirité – Bela Vista, Cascata, Colorado, Jardim das Rosas, José do Prado, Mantiqueira, Montreal, Ouro Negro, Palmares, Parque Durval de Barros, Petrolina, Piratininga,Serra Dourada, Sol Nascente, Washington Pires e Vila Ideal.

Matozinhos – Distrito de Mocambeiro.

Vespasiano – Vida Nova, Nova Yorque, Suely.

Pedro Leopoldo – todo o município, exceto os Bairros Fidalgo e Sumidouro.

Ribeirão das Neves – todo o município, exceto região de Justinópolis.

Betim – todo o município.
Contagem – todo o município.
Igarapé – todo município.
Juatuba – todo município.
Mário Campos – todo município.
Mateus Leme – todo município.
Sarzedo – todo município.
São Joaquim de Bicas – todo município.

 

FONTE: O Tempo.


Bairros da região da Pampulha ficam sem água na quarta

Moradores do Bandeirantes, Castelo, Ouro Preto, Paquetá e Santa Terezinha terão abastecimento cortado nesta semana


Fornecedoras de serviços essenciais como água não poderão cortar sem aviso prévio


Residentes dos bairros Bandeirantes, Castelo, Ouro Preto, Paquetá e Santa Terezinha, na região da Pampulha, vão ficar sem água na próxima quarta-feira (1°), segundo a Copasa.

O corte no abastecimento, marcado para esta semana, é devido uma manutenção na rede. Os moradores devem ficar atentos.A previsão da Copasa é que a o fornecimento de água seja normalizado na região de forma gradativa até o final do dia.

FONTE: O Tempo.


Bairros de BH, Sabará e Santa Luzia vão ficar sem abastecimento de água nesta terça e quarta-feira

Serviço será afetado devido a interligação de redes. Previsão é de que o trabalho seja finalizado durante a noite do mesmo dia

 água
Bairros da Região Centro-Sul de Belo Horizonte vão ficar sem abastecimento de água nesta terça-feira. De acordo com a Copasa, o fornecimento será interrompido para a interligação de redes. Ainda conforme a empresa, o serviço deverá ser normalizado, gradativamente, no decorrer da tarde e noite do mesmo dia.
.
Veja os bairros afetados:
.
Anchieta, Carmo, Cruzeiro, Funcionários, Santo Antônio, São Lucas, São Pedro, Serra, Sion e Savassi.

.

Bairros de BH, Sabará e Santa Luzia ficarão sem água nesta terça e quarta-feira

Problema em tubulação da Copasa deixa Lagoa Santa sem água pelo terceiro dia
Bairros de Belo Horizonte, Sabará e Santa Luzia ficarão sem água nesta terça-feira (2) e quarta-feira. O motivo, segundo a Copasa, será a interligação de redes de abastecimento. Conforme a empresa, o serviço será normalizado, gradativamente, entre os dois dias. Durante o período, a Copasa pede a cooperação e economia da população.
 .
Na terça-feira, os bairros de BH que serão afetados são: Anchieta, Carmo, Cruzeiro, Funcionários, Santo Antônio, São Lucas, São Pedro, Serra, Sion e Savassi.
.
Já na quarta, em BH, o abastecimento será interrompido nos bairros Capitão Eduardo, Gorduras, Gorduras de Cima, Paulo VI, Ribeiro de Abreu e São Gabriel. Já em Sabará a interrupção será no Amélia Moreira, Borba Gato, Borges, Condomínio Jardim dos Borges, Distrito Industrial Simão da Cunha. Em Santa Luzia, a comunidade afetada será a do Bom Destino.

.

FONTE: Estado de Minas e Hoje Em Dia.


Condomínio fica sem água e carro de síndico é incendiado em Pouso Alegre

Apartamentos ficaram sem água por causa de uma dívida de R$ 70 mil. Corte de água atingiu todos os moradores, até quem está em dia com os pagamentos

 
O síndico de um condomínio do programa Minha Casa Minha Vida, em Pouso Alegre, no Sul de Minas, teve o carro incendiado na madrugada desta terça-feira. A polícia apura a relação entre o caso e o fato de os prédios do local estarem há mais de uma semana sem água.
.
Todos os apartamentos ficaram sem água por causa de uma dívida de R$ 70 mil com a companhia que presta o serviço. O motivo do débito seria porque parte dos moradores não estaria pagando a taxa de condomínio de R$ 150 por mês.
.
O síndico Jeter Eliel da Silveira contou que foi alertado por vizinhos sobre o fogo no carro, mas que não foi possível apagar as chamas. “Pegamos os extintores do condomínio, mas não teve jeito porque em pouco tempo o fogo ganhou grande proporção”, explicou. Segundo ele, testemunhas teriam visto um buraco no vidro do carro do lado do passageiro.
.
Apuração
.
A Polícia Civil investiga o incêndio e peritos estiveram no local e analisaram o que restou do carro, que teve perda total. O laudo deve ficar pronto somente em 30 dias. O condomínio fica no bairro São João e tem 96 apartamentos
.
De acordo com a Copasa, o corte de água atingiu todos os moradores – até quem está em dia – porque o fornecimento é coletivo. A empresa diz que a Justiça autorizou a suspensão. Os moradores recorreram e aguardam uma definição sobre o caso.

.

FONTE: Estado de Minas.


Válvula de emergência contra o colapso
Transposição de águas do Paraopeba para o Sistema Rio Manso, principal trunfo da Copasa para evitar esgotamento de reservatórios na Grande BH, começa semana que vem, ao custo de R$ 180 mi

 

Trecho do Paraopeba onde deve ocorrer a captação: reforço para o maior reservatório do sistema (LEANDRO COURI/EM/D.a Press)

Transposição

A Copasa se prepara para começar na próxima semana a obra que é a principal aposta da empresa de abastecimento e saneamento para livrar a Região Metropolitrana de BH de um colapso no abastecimento e evitar que medidas como o racionamento e rodízio sejam adotadas. Com recursos de R$ 180 milhões assegurados pelo governo do estado, o projeto de transposição das águas do Rio Paraopeba, em Brumadinho, na Grande BH, pode incrementar em até 4 mil litros por segundo o reservatório do Sistema Rio Manso, asseguram fontes da empresa. A companhia não se manifestou oficialmente sobre o assunto, sob a justificativa de se encontrar em período que antecede a divulgação de resultados ao mercado.
.
Para a transposição, será construída uma adutora de 4 quilômetros de extensão, desde o Rio Paraopeba, próximo ao Centro de Arte Contemporânea Inhotim, em Brumadinho, até a Estação de Tratamemto de Água do Rio Manso. A expectativa é de que a obra termine antes de dezembro. Nas proximidades do local, pescadores e lavradores confirmam que operários da Copasa passaram os últimos dias fazendo sondagens no terreno, que é constituído de pastos e segue margeando o Rio Manso até o encontro com o Paraopeba.
.
Morador da região há 37 anos, o lavrador Edson da Silva, de 71 anos, disse ter visto operários arrastando maquinário pasto adentro e fazendo marcações para a nova adutora. “Está mesmo precisado trazer água do Paraopeba. Nunca vi o rio (Rio Manso) tão seco assim. Só sobrou um filete. Quem pescava vai e volta sem nada”, conta.
.
A barragem do Rio Manso estava ontem com 52,5% de sua capacidade, bem menos do que volume que apresentava há um ano, quando chegou a 88,3%. É o maior dos três reservatórios que integram o Sistema Paraopeba, formado ainda pelas represas de Serra Azul e Vargem das Flores, e é responsável por 17% do abastecimento da capital mineira. Ao todo, o Sistema Paraopeba responde por 30% da água que a Copasa distribui para BH e outras 16 cidades da região metropolitana. Devido à falta de chuvas e à crise hídrica, o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) precisou decretar situação de restrição de consumo em todas as captações do complexo Paraopeba, no mês passado.
.
O projeto de transposição das águas foi finalizado pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) em março, depois de avaliação da viabilidade jurídica por parte da força-tarefa criada pelo governo do estado para combater a crise hídrica na Grande BH. O parecer foi necessário, já que um adendo precisaria ser feito ao contrato da parceria público-privada (PPP) que administra o Sistema Rio Manso.
.
MANOBRAS Por causa da crise, a Copasa recorreu a várias manobras, algumas delas radicais, como a redução em 82% da captação do Sistema Serra Azul, que ontem tinha apenas 15,9% de seu volume total, 40,5% menos que em abril do ano passado, quando chegou a 39,2%. A operação preserva o reservatorio de uma seca antecipada, mas sobrecarrega outros mananciais, como o Rio das Velhas e o Rio Manso.
.
A captação média no Sistema Serra Azul caiu para 430 litros por segundo, o que representa 18% do que estaria sendo retirado normalmente nesta época do ano. De acordo com a Copasa, “a compensação dessas vazões vem dos outros sistemas produtores, que fazem parte do Sistema Integrado da Região Metropolitana de Belo Horizonte, entre eles os sistemas Rio das Velhas e Rio Manso”.

.

FONTE: Estado de Minas.


VIROU ROTINA…

BH e mais seis cidades ficam sem água no sábado; confira os bairros atingidos

 

falta de água - torneira
Abastecimento será interrompido em diversos bairros da Grande BH

.

Centenas de bairros de Belo Horizonte e Região Metropolitana terão o fornecimento de água suspenso no próximo sábado (21). De acordo com a Copasa, além da capital mineira, o desabastecimento afetará Raposos, Nova Lima, Sabará, Santa Luzia, Vespasiano e Ribeirão das Neves.
 .
A interrupação, conforme a companhia, será necessária para manutenção preventiva no Sistema Produtor de Água Rio das Velhas (SRV). A previsão é que o fornecimento seja normalizado, de forma gradativa, entre a noite de sábado e madrugada de domingo (22).
 .
Bairros afetados: 
 .
Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Ana Lúcia, Anchieta, Aparecida 7ª Seção, Aparecida, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Braúnas, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campo Alegre, Campus da PUC, Campus da UFMG, Canaã, Candelária, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celestino, Celso Machado, Cenáculo, Centro, Céu Azul, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinqüentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conj. Califórnia, Conj. Felicidade, Conj. Helena Antipoff, Conj. Itacolomi, Conj. Marilene, Conj. Novo Aarão Reis, Conj. Ribeiro de Abreu, Conj. Santa Maria, Conj. Santos Dumont, Copacabana, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, ETE/Arrudas, Etelvina Carneiro, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floramar, Floresta, Frei Eustáquio, Frei Leopoldo, Funcionários, Gameleira, Garças, Glória, Goiânia, Gorduras de Cima, Gorduras, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Ind. Rodrigues da Cunha, Indaiá, Indian’s, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Itapoã, Jaqueline, Jaraguá, Jd. América, Jd. Atlântico, Jd. das Nações, Jd. das Rosas, Jd. dos Comerciários, Jd. Europa, Jd. Guanabara, Jd. Pirineus, Jd. Taquaril, Jd. Vitória, João Pinheiro, Jonas Veiga, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Leblon, Letícia, Liberdade, Lourdes, Luar da Pampulha, Luxemburgo, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Goretti, Maria Helena, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Marize, Minas Brasil, Minas Caixa, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova América, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Pampulha, Nova Suíça, Nova Vista, Nova Yorque, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraibuna, Paraíso, Paraúna, Parque Arizona, Parque Jd. Leblon, Parque Riachuelo, Parque São Sebastião, Patrocínio, Paulo VI, Pedra Branca, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Piratininga, Planalto, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado Lopes, Prado, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Isabel, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, São Tomás, Satélite, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra Verde, Serra, Silveira, Sinimbu, Sion, Solimões, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Trevo, Tupi, União, Universitário, Venda Nova, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Clóris, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Monte Castelo, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Oeste, Vila Palmas, Vila Paris, Vila Santa Branca, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Santo Antônio, Vila Satélite, Vila Silveira; Vista Alegre, Vista do Sol e Zilah Spósito.
 .
Nova Lima:  todo o município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.
 .
Raposos: todo o município.
 .
Ribeirão das Neves: região de Justinópolis.
 .
Sabará: todo o município, exceto Distrito de Ravena.
 .
Santa Luzia: todo o município.
 .
Vespasiano: Bernardo de Souza, Gávea I, Gávea II, Jardim Daliana, Maria José, Pouso Alegre, Santa Clara e Serra Dourada.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Mais de 20 bairros da Grande BH terão abastecimento de água cortado nesta quinta

água

Moradores de 23 bairros de Belo Horizonte e Região Metropolitana terão o fornecimento de água interrompido na manhã desta quinta-feira (12). Segundo a Copasa, o abastecimento voltará na tarde do mesmo dia.Confira os locais afetados:

Belo Horizonte

Belvedere, Das Mansões e Santa Lúcia. Motivo: manutenção de adutora na Rua Laplace com a Rua Sobral, no Bairro Santa Lúcia.

Lindeia e Regina. Motivo: Manutenção de energia elétrica pela Cemig.

Betim

Citrolância, Colônia Santa Izabel e Parque Ipiranga. Motivo: manutenção de registro na estrada de acesso a Mário Campos com a Rua Miguel Pereira, no Bairro Citrolândia.

Jardim Piemonte. Motivo: Manutenção de energia elétrica pela Cemig.

Contagem

Distrito Industrial do Riacho das Pedras, Parque Riacho das Pedras e Piemonte. Motivo: manutenção de energia elétrica pela Cemig.

Ibirité

Bela Vista, Cascata, Colorado, José do Prado, Palmares, Parque Durval de Barros, Piratininga, Serra Dourada, Sol Nascente, Vila Ideal e Washington Pires. Motivo: manutenção de energia elétrica pela Cemig.

FONTE: Itatiaia.


REGIÃO DO BELVEDERE TAMBÉM SERÁ ATINGIDA

Bairros da região da Pampulha ficam sem água nesta quarta e quinta-feira

Suspensão será feita para a manutenção de uma adutora, diz Copasa. Normalização deverá ser gradativa durante a tarde desta quarta (11).

falta de água

O abastecimento de água dos bairros Jaraguá, Liberdade, Santa Rosa e Aeroporto, região da Pampulha, será interrompido nesta quarta-feira (11), pela manhã. Segundo a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), uma adutora de 250 milímetros vai passar por manutenção. Ela está localizada entre as ruas Cacuera e Balsamar, no bairro Jaraguá.

O abastecimento deverá ser normalizado, gradativamente, no período da tarde do mesmo dia.

O abastecimento de água nos bairros Jaraguá, Liberdade, Santa Rosa e Aeroporto, na região da Pampulha, será interrompido na manhã desta quarta-feira (11). A razão, segundo a Copasa, é a manutenção em uma adutora de 250 milímetros localizada entre as ruas Cacuera e Balsamar, no bairro Jaraguá.

Já na região Centro-Sul da capital mineira, os bairros Das Mansões, Belvedere e Santa Lúcia terão o serviço suspenso na quinta-feira (12) para a manutenção em adutora de 200 milímetros localizada na rua Laplace com rua Sobral, no bairro Santa Lúcia.

Ainda de acordo com a companhia, os serviços serão normalizados gradativamente durante os dois dias.

FONTE: G1.


Campanha pede medidas de redução do consumo de água para o setor econômico

Movimento lançado neste sábado em BH pede que o estado tome providências para diminuir o consumo de água agrícola e industrial

ATÉ QUE, ENFIM, ALGUÉM COMEÇA A FALAR O ÓBVIO…

Água

A estiagem é um problema de todos, mas revertê-la é responsabilidade de quem? Motivados pelos alertas em relação ao baixo nível dos reservatórios que abastecem o estado, integrantes do projeto Manuelzão e de organizações não-governamentais (ONGs) lançaram neste sábado, em Belo Horizonte, o movimento “A culpa não é do meu banho”. 

A campanha exige que o governo do estado tome providências também em relação ao setor econômico para garantir a redução do consumo de água. A população foi conclamada há pouco mais de 15 dias a economizar 30%, sob pena de entrar num racionamento severo nos próximos três meses, caso a situação dos reservatórios não mude. A mobilização, que começou nas redes sociais, cobra a mesma postura para indústrias e mineradoras.”O abastecimento humano, incluindo o comércio, é responsável por, no máximo, 20% do consumo. Os outros 80% ou mais são da área econômica, que recebe outorga para usar a água”, afirma o idealizador do movimento, o ambientalista e coordenador do Manuelzão, Apolo Heringer. Ele critica ainda o preço pago pela outorga: entre R$ 0,01 e R$ 0,02 por cada 1 mil litros. “Assim, as empresas não têm estímulo para investir em tecnologia para economizar água, porque a têm à vontade”Por meio de nota, a Copasa informou que nos municípios atendidos por ela em Minas Gerais, o volume de água (da estatal) consumido pelas indústrias equivale a 3% e que a companhia não tem instrumento legal para obrigar o setor a adotar, por exemplo, o sistema de reuso da água. “Cabe a todos, poder público, cidadãos, comércio e indústrias, se conscientizar da real necessidade de adotar medidas que visem a redução do consumo e atingir a meta de economizar 30%. Apolo rebate: “O governo do estado tem o direito sim de rever as outorgas. Não aceitamos pagar mais, porque as mineradoras não pagam nada”.

Água 2

O lançamento da campanha, que havia sido marcado para ocorrer na Casa Fiat de Cultura, está sendo feito na sede do Crea (Avenida Álvares Cabral, 1.600, Santo Agostinho).

NOTA DO EDITOR: fora o desperdício que a própria COPASA (embora admitindo) não corrige…

FONTE: Estado de Minas, Youtube e ANA.


Abastecimento será interrompido em 94 bairros de BH no fim de semana

O fornecimento será cortado no domingo para substituição de transformador do sistema elétrico no Bairro São Lucas

 água
O abastecimento de água será interrompido durante o fim de semana em 94 bairros de Belo Horizonte. Segundo a Copasa, o fornecimento será cortado no domingo para substituição de transformador do sistema elétrico da Estação Elevatória de Água Tratada, localizada na Rua Castelo Novo, no Bairro São Lucas, na Região Centro-Sul da capital. O abastecimento voltará gradativamente na tarde de domingo. 

Confira os bairros que terão o abastecimento interrompido:
Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Álvaro Camargo, Aparecida, Barroca, Betânia, Bom Jesus, Bonfim, Cabana, Cachoeirinha, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campus da PUC, Caparaó, Carlos Prates, Carmo, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cinqüentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Califórnia, Conjunto Itacolomi, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Dom Bosco, Dom Cabral, Ermelinda, Estoril, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Grajaú, Gutierrez, Havaí, Inconfidência, Ipanema, Jardim América, João Pinheiro, Lagoinha, Lourdes, Luxemburgo, Minas Brasil, Monsenhor Messias, Morro das Pedras, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Suíça, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Paraíso, Patrocínio, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Prado Lopes, Prado, Primavera, Progresso, Renascença, Sagrada Família, Salgado Filho, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Cristóvão, São José, São Lucas, São Pedro, São Salvador, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Sumaré, Vila Oeste, Vila Paris, Vila Silveira e Vista Alegre.

 

FONTE: Estado de Minas.


Pimentel diz que preço da conta será usado para diminuir consumo

Governo estuda cobrar uma taxa extra na conta de quem não economizar água; valor não foi informado; leia a íntegra da entrevista ao “MGTV”

“30% é o cálculo que nós fizemos, que permite atravessar o ano sem risco de um colapso. Pode ter aqui ou ali alguma necessidade de rodízio, mas vai ser uma coisa mais suave do que seria se nós não tomarmos uma medida”, disse o governador.

Segundo ele, o governo vai comparar o consumo do mês com a média consumida pelo cliente da Copasa ao longo de todo o ano de 2014. Pimentel não detalhou as medidas aplicadas para a redução do consumo, mas destacou que tanto residências quanto contas comerciais serão atingidas.

“O consumidor vai saber qual é a média dele. Vai ser informada na conta. E se ele está acima ou abaixo, é só ele ver o que foi medido no hidrômetro. Se tiver acima, ele vai ter que pagar mais caro e vai ter que reduzir”, explicou Pimentel.

Ele também destacou que, caso não seja a feita a redução do consumo, o sistema de abastecimento da região metropolitana de Belo Horizonte pode entrar em colapso entre julho e agosto. As primeiras obras visam aumentar a capacidade de captação de água e têm previsão de conclusão em novembro deste ano, quando começa a nova temporada de chuva.

Recém-eleito, ele destacou que a situação da empresa e dos reservatórios poderia ser outra, já que medidas preventivas já poderiam estar sendo tomadas desde meados do ano passado, quando as fontes de abastecimento começaram a indicar quedas.

Questionado sobre a taxa de desperdício, Pimentel não perdeu a oportunidade para novamente indicar problemas na gestão anterior e alegar que a Copasa, que era considerada uma empresa com nível de excelência, atualmente apresentar uma taxa de desperdício de 40%. Ele prometeu que a empresa “dará o exemplo” para os consumidores, melhorando o serviço e reduzindo o tempo de espera para reparos das redes danificadas.

Leia a íntegra da entrevista de Pimentel ao “MGTV”:

“Explicar primeiro para quem nos vê a necessidade tão grande de economia. É que nós temos que atravessar o ano. Nós vamos tomar outras medidas e por isso fui a Brasília e conversei com a presidente para pedir ajuda do governo federal.

Nós vamos fazer obras que vão reforçar a capacidade de captação de água tanto nos sistema Paraopeba como no Rio das Velhas. Isso vai nos permitir, se tudo correr bem, chegar em novembro com essas obras já em operação e, aí, a nova estação de chuvas, que começa no final deste ano, poderá encher mais os reservatórios.

O problema é que até lá não tem saída a não ser economizar água. E tem que economizar muito. 30% é o cálculo que nós fizemos, que permite atravessar o ano sem risco de um colapso. Pode ter aqui ou ali alguma necessidade de rodízio, mas vai ser uma coisa mais suave do que seria se nós não tomarmos uma medida.

Como nós não fizemos isso antes, poderia ter sido feito no ano passado, isso que estamos fazendo hoje, deveria ter sido feito em meados do ano passado, quando a coisa já estava se agravando. Não foi feito. Temos que fazer agora.

Nós vamos pedir a colaboração da população de um lado. Eu tenho certeza que todos vão colaborar, mas vamos incentivá-la de uma forma mais expressiva, criando uma sobretaxa no sistema.

Ou seja, aquele consumidor que gastar mais do que a média do ano passado e média é inferior do que ele está gastando hoje, com toda certeza, porque hoje, o nível de consumo está muito alto, quem gastar acima da média, vai ter uma conta de alta maior. Vai ter uma conta de água mais cara.

Vamos medir na conta. Vai ser transparente. O consumidor vai saber qual é a média dele. Vai ser informada na conta. E se ele está acima ou abaixo, é só ele ver o que foi medido no hidrômetro. Se tiver acima, ele vai ter que pagar mais caro e vai ter que reduzir. Quanto ele vai ter que reduzir? Da média para baixo, nós queremos os 30% do que está sendo gasto hoje. Se isso for conseguido, eu acho que a gente consegue atravessar sem ter que nem fazer rodízio e também se racionar.

Entrevistadora: Qual é o prazo para isso acontecer?

O que o diretor da Copasa, como vocês viram na matéria, falou é que se nada mudar, até julho, no máximo, agosto, nós entramos e colapso. Isso significa que vai faltar água mesmo. Nada mudar é o que? O consumo continuar nesse ritmo, nós conseguirmos aumentar em nada a captação, isso a gente provavelmente não consiga, e não chover nada.

Bom, alguma coisa vai chover. Nós estamos prevendo um nível de chuva abaixo das médias históricas, mas alguma chuva haverá e o consumo tem que cair. Caindo o consumo e chovendo um pouco, nós podemos atravessar de agora até setembro e outubro sem maiores riscos. Aí, em novembro, se Deus quiser e tudo ocorrer bem, nós vamos estar com obra que eu mencionei pronta.

Mas falta tanto tempo para novembro? O racionamento, como seria?

Nós ainda não temos um modelo de racionamento porque estamos concentrando nesses primeiros dias agora. Temos que saber que chegamos agora ao governo e estamos enfrentando essa dificuldade. Estamos concentrando nessa campanha que a imprensa nos ajuda muito, de redução de consumo. Pedindo para os cidadãos que diminuam o consumo de água e consuma de maneira racional. Agora, o modelo de racionamento, nós vamos discutir com a sociedade. Vamos fazer tudo de forma muito transparente.

Você não pode racionar água de um hospital. Você não pode racionar água de um presídio e de um escola. Agora nas residências e nos prédios comerciais, você pode racionar e deve racionar se for necessário. A regra vamos discutir primeiro com todo mundo.

O governo federal vai ajudar como? Você fala em obras. Como seria?

Com dinheiro. Porque não verdade esse problema, o problema da água, no nosso caso aqui, ele é inteiramente estadual. A captação é toda feita dentro do Estado. Os rios todos que nós captamos são estaduais.

Como seriam essas obras?

Nós temos na região metropolitana, dois pontos básicos de captação: o rio das Velhas e o Rio Paraopeba. O rio Paraopeba abastece três reservatórios basicamente. Isso que vocês mostraram na matéria. O que está pior é o Serra Azul, e tem o Rio Manso e Várzea das Flores. Nós vamos aumentar a captação no Rio Paraopeba expressivamente de quatro a cinco metros cúbicos por segundo, com essa obra que vamos fazer. Já temos um contrato que permite fazer a obra. Isso vai acelerar. A gente precisa de alguns licenciamentos ambientais adicionais. Vamos acelerar esse processo. Vamos mudar um pouquinho o escopo do contrato. E fazer essa captação do Paraopeba, jogando no reservatório do Manso. É que hoje a rede é interligada. Ou seja, se você joga no Manso, depois, você pode transferir para os outros reservatórios, inclusive para o Rio das Velhas, que não tem reservatórios, mas caixas d’agua.

Então, isso resolve de médio prazo o problema de captação. Depois disso, vamos fazer uma obra maior, que é criar um outro sistema para, aí, dar segurança à população da região metropolitana, que poderíamos chegar até 2050 sem grandes problemas.

O outro sistema seria captar água em outro ponto, provavelmente naquela região da Serra do Cipó. Taquaraçu, Jaboticatubas, por ali. Isso, nós estamos estudando, mas vai demorar de três a quatro anos, para o sistema estar pronto e funcionando. Tem que fazer projeto ainda. O emergencial é esse que eu falei e acredito que até o fim do ano vai estar em atividade.

… mostrada matéria de desperdício da Copasa…

O que você tem a dizer para as pessoas? A Copasa tem que dar o exemplo. Pode ser mostrar mais eficiente?

Pode não. Ela tem que dar o exemplo. A verdade é que herdamos uma situação muito ruim. A Copasa, ao longo dos anos, ela já foi uma empresa de excelência, mas ela foi perdendo essa eficiência, essa capacidade de responder prontamente aos chamados. O índice de vazamento é assustador. Quer dizer: 40% da água que a gente bombeia para as residências, não chega nas residências. Ela vai se perdendo nas redes de distribuição. Isso é um índice espantoso. Eu fico estarrecido de, em 12 anos, dos governos anteriores isso não ter sido sequer atacado. Não foi corrigido. A rede é antiga e tem que ser substituída. O tempo de resposta, como disse esse cidadão, é muito lento. Não é possível você fazer esse comunicado e só no dia seguinte, no meio do dia, aparecer alguém para atender.

Hoje já tem 40 equipes da Copasa vistoriando a cidade e de prontidão para reduzir esse tipo de chamada. Nós vamos reduzir o tempo de espera. Isso tudo vamos tomar providência. Peço um pouco de paciência também do cidadão e da cidadã da região metropolitana porque estamos chegando agora. A situação não é boa. Estamos fazendo todo esforço. Eu criei uma força tarefa no governo voltada para essa questão. Estou dedicando a isso todo o tempo possível. Vai melhorar. Mas precisamos que o cidadão economize 30% de seu consumo para que atravessemos o ano sem maiores problemas.

Como você vai evitar que isso vire uma crise na economia do Estado?

Essa é a nossa grande preocupação. A primeira é garantir água para o consumo humano, para o consumo animal, no caso da agropecuária, aí, em seguida, esses exemplos que foram mostrados, que é de irrigação que é importantíssimo na cadeia agropecuária e o uso industrial da água. Ali tinha um bom exemplo de reaproveitamento da água de uso industrial e também de reaproveitamento de água de chuva, de água pluvial. Temos que incentivar isso.

Nós estamos muito preocupado e muito focado nisso. Amanhã mesmo eu devo estar, pela manhã, fazendo um sobrevoo pelos reservatórios e depois vou a Três Marias para ver com o presidente da Cemig o nível da represa, que está baixo. Três Marias é importante não só para a geração de energia, mas porque fornece água para vários projetos de irrigação no entorno e queremos garantir que nada disso seja interrompido.

Para que isso aconteça, preciso da colaboração de todos. Então, é uma responsabilidade do governo do Estado, sim. Mas quero dizer para todo cidadão para ajudar. Vamos economizar água na sua casa, na sua empresa, onde for possível. Vamos atravessar um ano difícil no ponto de vista do abastecimento de água. Mas vamos sair vencedores lá na frente. Vamos trabalhar com ânimo. Estamos dispostos a enfrentar a crise. Tenho certeza que a população vai nos ajudar.”
COMENTÁRIOS (4)

F.<br />FREITAS
F. FREITAS
Agora está explicado porque ainda não adotaram o racionamento, isto provocaria perda da arrecadação com o extorsivo ICMS.Com a multa resolverão o problema.
Responder 10:27 PM Jan 28, 2015
eduardo<br />mello
eduardo mello
tudo mal administrado… pagamos conta para Copasa e impostos para o Governo. Sera que o GOverno fez sua parte e investiu dinheiro em obras de emergencia como uma situacao destas? Logico que nao… O brasil e um Pais caro de viver, onde tudo e dificil e nada recebido. Esta ficando pior a cada dia. Parabens Governo por me fazer desacreditar em voce a cada dia.
Responder 10:21 PM Jan 28, 2015
Valter<br />Oliveira
Valter Oliveira
Economizar pela incompetência do governo! A conta é sempre paga pela população.
Responder 9:29 PM Jan 28, 2015
ERMÍCIO<br />FRANCISCO<br />DE<br />AQUINO
ERMÍCIO FRANCISCO DE AQUINO
E a COPASA, vai cortar 30% nos seus gastos? Pago para ver.
Responder 8:25 PM Jan 28, 2015

 

FONTE: O Tempo.


Manutenção deixa mais de 80 bairros da Grande BH sem água

água

Fornecimento precisou ser interrompido para manutenção emergencial e deve ser normalizado ao longo da tarde e da noite desta quarta-feira. Confira a lista dos bairros afetados

 Mais de 80 bairros das cidades de Betim, Contagem, Esmeraldas e Ribeirão das Neves tiveram o abastecimento de água interrompido na terça-feira para uma manutenção emergencial da Copasa.
.
Segundo a companhia, técnicos trabalham no sistema Vargem das Flores, em Contagem, para a troca de um dos equipamentos de bombeamento da água desde a represa até a estação de tratamento. A previsão é de que o fornecimento seja normalizado, de forma gradativa, durante a tarde e a noite desta quarta-feira. 
.
Veja a lista dos bairros afetados: 
.
Betim: Alterosas, Alto das Atenas, Capelinha, Chácaras São José, Conjunto Jalita Conceição Pedrosa, Cruzeiro de Sul, Duque de Caxias, Espírito Santo, Icaivera, Independência, Industrial São Luiz, Industrial São Pedro, Itacolomi, Jardim das Alterosas 2ª Seção, Niterói, Nossa Senhora de Fátima, São Caetano, São Luiz, São Miguel, Sitio Amoras, Sítios da Baviera, Sítios Poções, Várzea das Flores, Vila Amapá, Vila Andorinha, Vila Cristina e Vila Universal.
.
Contagem: Camilo Alves, Chácaras Solar do Madeira, Chácaras Campo Alegre, Chácara Contagem, Colonial, Canadá, Beija Flor, Condomínio Vila do Lago, Condomínio Nosso Rancho, Conjunto Habitacional Campo Alto, Darci Ribeiro, Estância do Hibisco, Estâncias Imperiais, Fonte Grande, Granja Ouro Branco, Icaivera, Industrial São Luiz, Lúcio de Abreu, Nascentes Imperiais, Nova Contagem, Novo Retiro, Petrolândia, Quintas do Jacuba, Olhos D’água, Recreio dos Caiçaras, Retiro, Santa Helena, Sítios Rurais Jardim Recreio, Sapucaias, Sapucaias II, Sapucaias III, São Caetano, São Miguel, Solar da Madeira, Tropical, Vila Belém, Vila Cristina, Vila Estaleiro, Vila Panamá, Vila Renascer e Tupã.
.
Esmeraldas: Novo Retiro, Recanto Verde, Recreio do Retiro, Santa Cecília, São Francisco, São Pedro e Serra Verde.
.
Ribeirão das Neves: Cruzeiro, Fazenda Castro, Florença, Metropolitano, São Francisco, San Genaro, Santa Cecília e Veneza.
.

FONTE: Estado de Minas.


PRECÁRIO

Rico ou pobre, turista sofre com a infraestrutura de Guarapari

Dados do IBGE revelam que 33,91% dos domicílios não estão ligados à rede de esgoto

As férias de janeiro chegaram e, a despeito das declarações polêmicas do prefeito Orly Gomes (DEM) nas últimas semanas, Guarapari, no Espírito Santo, está cheia de turistas – muitos deles, como de costume, mineiros. Em entrevista à rádio CBN Vitória no último dia 16, o político afirmou que a cidade precisa de “pessoas que venham com dinheiro para gastar e, assim, justificar os investimentos na cidade”. Na prática, porém, o que turistas e moradores percebem é que os investimentos ainda estão longe de ser suficientes para promover melhorias reais na cidade.

Uma crítica frequente de moradores e visitantes é sobre o tratamento das águas. Segundo dados do IBGE, 33,91% dos domicílios do município não têm conexão com a rede de esgoto nem possuem fossa séptica. Os dejetos domésticos são despejados irregularmente na rede fluvial e pluvial.

O resultado disso são multidões de pessoas doentes, como ocorreu com a família da psicóloga Queli Aparecida Batista da Silva Abreu, 40. Em 2011, ela e a filha Helena, então com 6 anos, viram as férias virarem pesadelo. “Ela passou três dias no hospital tomando soro e medicamento.

Vomitava muito e tinha diarreia forte. No dia em que a levei para casa, voltei para o hospital com os mesmos sintomas”, conta a psicóloga. A “virose”, segundo o médico que a atendeu, pode ter sido contraída pela água. Desde o trauma, a família de Queli nunca mais voltou à cidade. “Nem se me pagarem a passagem e hospedagem no melhor hotel”, diz.

O mestre de obras Gilmar Silva, 40, natural de Congonhas e morador de Guarapari há sete meses, gasta cerca de R$ 50 por mês com água mineral, que usa para beber e cozinhar. “Eu moro na Praia do Morro. Lá, a maioria das pessoas conta com poços artesianos, mas a água é imprópria para consumo. Muitas casas têm poço e fossas irregulares no mesmo terreno”, denuncia.

Na opinião do historiador José Amaral Fernandes Filho, 42, morador de Guarapari, o que falta é um plano de desenvolvimento para o turismo. “Existem ações isoladas, mas não políticas públicas. A prefeitura organiza um evento aqui, outro ali, promove shows, mas nada disso segue uma ordem, um critério”, critica.

Ele, que faz levantamentos históricos da região, afirma ainda que a cidade está engatinhando em um processo que deveria estar muito mais avançado. “Nos anos 50 já havia um turismo interessante na cidade por conta das propriedades terapêuticas das areias de Guarapari. Mas, de uns 30 anos para cá, praticamente cessaram os investimentos em turismo”, diz.

A Prefeitura de Guarapari foi procurada insistentemente na última semana, mas não retornou à reportagem.

Protesto
Seca
. Trinta moradores de Setiba, em Guarapari, fecharam a pista da Rodovia do Sol sentido Sul, na manhã de ontem, em protesto com a falta de água. O congestionamento na cidade foi grande.

O desconforto das filas e do rodízio de água

A falta de infraestrutura de Guarapari gera desconforto para visitantes e moradores. “No dia 31 de dezembro, havia 32 pessoas na minha frente na fila para pegar o pão na padaria”, conta a designer Érica Ranieri. A cidade ainda enfrenta rodízio no fornecimento de água.

Segundo o historiador José Amaral, há uma rixa. “Os moradores culpam os turistas pela falta de água, luz e pelas filas. Os turistas acham injusto, pois são eles que levam dinheiro para a cidade. E a culpa não é de nenhum dos dois”, opina.

 

FONTE: O Tempo.


Interligação de adutoras vai deixar 85 bairros da Grande BH sem água na quarta-feira

Na Capital, Região Centro-Sul será a única afetada pela manutenção. Previsão é de que abastecimento seja restabelecido gradativamente durante a noite do mesmo dia

 água
A Copasa informou nesta segunda-feira que 85 bairros de Belo Horizonte e Região Metropolitana vão ficar sem água na próxima quarta-feira por causa de obras de adutoras.

Das 8 às 13h, nos Bairros Belvedere, Santa Lúcia, São Bento e Vila Paris, na Região Centr-Sul da Capital, o fornecimento de água ficará interrompido para interligação de adutoras na Praça das Constelações, no cruzamento com a Rua Medusa, no Bairro Santa Lúcia. 

Das 7 às 15h, em bairros de Betim, Contagem, Esmeraldas e Ribeirão das Neves o abastecimento ficará interrompido para interligação de adutora situada na entrada do Reservatório Corte de Pedras, localizado na Estrada Antiga, no Bairro Itacolomi, em Betim.

A previsão é que o fornecimento de água nessas regiões seja normalizado, gradativamente, durante a noite do mesmo dia. 

Confira a lista dos bairros afetados:

Belo Horizonte: Belvedere, Santa Lúcia, São Bento e Vila Paris.

Betim: Alterosas, Alto das Atenas, Capelinha, Chácaras São José, Conjunto Jalita Conceição Pedrosa, Cruzeiro de Sul, Duque de Caxias, Espírito Santo, Icaivera, Independência, Industrial São Luiz, Itacolomi, Jardim das Alterosas 2ª Seção, Niterói, Nossa Senhora de Fátima, São Caetano, São Luiz, São Miguel, Sitio Amoras, Sítios da Baviera, Sítios Poções, Várzea das Flores e Vila Amapá, Vila Cristina, Vila Andorinha e Vila Universal.

Contagem: Condomínio Nosso Rancho, Darci Ribeiro, Icaivera, Nova Contagem, Novo Retiro, Retiro, Vila Estaleiro, Vila Panamá, Vila Renascer, Tupã, Camilo Alves, Chácaras Solar do Madeira, Chácaras Campo Alegre, Chácara Contagem, Colonial, Canadá, Beija Flor, Condomínio Vila do Lago, Conjunto Habitacional Campo Alto, Estância do Hibisco, Estâncias Imperiais, Fonte Grande, Granja Ouro Branco, Industrial São Luiz, Lúcio de Abreu, Nascentes Imperiais, Petrolândia, Quintas do Jacuba, Olhos D’água, Recreio dos Caiçaras, Santa Helena, Sítios Rurais Jardim Recreio, Sapucaias, Sapucaias II, Sapucaias III, São Caetano, São Miguel, Solar da Madeira, Tropical, Vila Belém e Vila Cristina.

Esmeraldas: Novo Retiro, Recanto Verde, Recreio do Retiro, Santa Cecília, São Francisco, São Pedro e Serra Verde.

Ribeirão das Neves: Cruzeiro, Fazenda Castro, Florença, Metropolitano, São Francisco, San Genaro, Santa Cecília e Veneza.

 

FONTE: Estado de Minas.


Operação Leite Compen$ado prende mais quatro no RS

 

leite
Suspeitos adicionavam nove litros de água e um de ureia em 100 litros de leite

O Ministério Público do Rio Grande do Sul cumpriu quatro mandados de prisão preventiva contra laboratoristas que mascaravam os resultados de análises de leite entregues por transportadores a um posto de resfriamento da Jacutinga, no norte do Rio Grande do Sul, nesta quinta-feira (11). A ação teve apoio dos soldados da Polícia Militar e completou a sétima etapa da Operação Leite Compen$ado, que desde maio do ano passado vem desbaratando grupos de fraudadores do alimento.

Na semana passada, outras 17 pessoas, integrantes do mesmo esquema de Jacutinga, que adicionava água e sal à bebida, já haviam sido presas. Nas seis fases anteriores da Leite Compen$ado foram presas 20 pessoas. Das 43 denunciadas à Justiça, sete já foram condenadas a penas que variam de dois a 18 anos de prisão em regime fechado.

FONTE: Hoje Em Dia.


ATUALIZAÇÃO

PREJUÍZOS

Escolas municipais de Venda Nova dispensam alunos por falta de água

Outras quatro escolas da região mantêm as aulas, mesmo sem o fornecimento de água ter sido normalizado; moradores de pelo menos três bairros da capital denunciaram a não normalização do serviço

 

Duas escolas municipais da região de Venda Nova, em Belo Horizonte, dispensaram os estudantes das aulas, por volta das 9h30 desta quinta-feira (4), devido a falta de água nas instituições. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Educ

ação, as outras quatro escolas da região também não tiveram a normalização do fornecimento, mas mantêm as atividades.

Uma das instituições que suspendeu as aulas é a Escola Municipal Antônio Gomes Horta, no bairro Parque São Pedro. Ainda segundo a assessoria, no período da tarde, as aulas serão retomadas, já que o fornecimento de água começou a ser retomado no final desta manhã.

O serviço foi interrompido, segundo a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) devido a realização de uma obra de interligação de adutoras na avenida Pedro I, motivada pela implantação do Move/BRT no local. Com isso, mais de 100 bairros da região metropolitana ficaram sem água nessa quarta-feira (3). Além da capital, foram atingidas as cidades de Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano. A companhia tinha anunciado que o fornecimento seria retomado na noite dessa quarta, o que não aconteceu.

Moradores da região também denunciam o não cumprimento da promessa da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). No bairro Santa Amélia, os moradores encontraram as suas caixas de água vazias nesta manhã.

“Alguns moradores estão indo para casa de parentes para tomar banho e estamos tendo que comprar água para beber. Um dos moradores aqui do prédio ligou na Copasa e disseram que água deve voltar hoje, mas isso ainda não aconteceu. Os moradores estão apreensivos de que fique sem água até amanhã”, relatou o zelador de um prédio no bairro Parque São Pedro, Onivaldo Felipe Neres, 40.

Ele mora no bairro Lagoinha e disse que na casa dele também não tinha água nesta manhã. “Conferi o hidrômetro e nada. Meu medo é chegar em casa e não ter água nem para tomar banho”, afirmou.

Por meio de nota, a Copasa informou que “as obras continuaram ao longo da noite de ontem (3/12) e nesta manhã (4/12). Com isso, a previsão de normalização do abastecimento será de forma gradativa, no decorrer da tarde e noite de hoje (4/12)”.

Confira os bairros que tiveram abastecimento interrompido:

Belo Horizonte: Ana Lúcia, Braúnas, Califórnia, Campo Alegre, Canaã, Candelária, Celestino, Cenáculo, Céu Azul, Conjunto Felicidade, Conjunto Helena Antipoff, Conjunto Marilene, Conjunto Monte Castelo, Copacabana, Etelvina Carneiro, Europa, Floramar, Frei Leopoldo, Garças, Indian’s, Itapoã, Jaqueline, Jardim Atlântico, Jardim das Nações, Jardim dos Comerciários, Jardim Europa, Jardim Guanabara, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Leblon, Letícia, Luar da Pampulha, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Helena, Marize, Minas Caixa, Nova América, Nova York, Nova Pampulha, Paraibuna, Paraúna, Parque Arizona, Parque Jardim Leblon, Parque São Sebastião, Pedra Branca, Piratininga, Planalto, Rio Branco, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Isabel, Santa Mônica, São João Batista, São Paulo, São Pedro, São Sebastião, São Tomás, Satélite, Serra Verde, Sinimbu, Solimões, Trevo, Venda Nova, Vila Clóris, Vila Monte Castelo, Vila Palmas, Vila Santa Branca, Vila Santo Antônio, Vila Satélite e Zilah Spósito.

Ribeirão Das Neves: Justinópolis.

Santa Luzia: Asteca, Baronesa, Belo Vale, Boa Esperança, Chácara Gervásio Lara, Chácara Santa Inês, Cristina, Duquesa I, Duquesa II, Londrina, Luxemburgo, Monte Carlo, Morro Santo Antônio, Nova Conquista, Nova Esperança, Palmital, Pousada Del Rei, São Benedito, São Cosme, Serra Pelada e Três Corações.

Vespasiano: Bernardo de Souza, Gávea I, Gávea II, Jardim Daliana, Maria José, Pouso Alegre, Santa Clara e Serra Dourada.

Mais de 100 bairros da Grande BH ficarão sem água na próxima quarta

Em 3 de dezembro a Copasa vai realizar a interligação de adutoras localizadas na Avenida Pedro I

Na próxima quarta-feira, dia 3 de dezembro, moradores de 103 bairros da Grande BH terão o abastecimento de água interrompido. De acordo com a Copasa, nesse período, serão feitas interligações de adutoras localizadas na Avenida Pedro I, em função das obras do BRT/Move.

água
São 73 bairros em Belo Horizonte, 21 em Santa Luzia, oito em Vespasiano e um em Ribeirão das Neves. A previsão é de que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, ainda na noite de quarta. Veja a lista dos bairros que serão afetados:Belo Horizonte: Ana Lúcia, Braúnas, Califórnia, Campo Alegre, Canaã, Candelária, Celestino, Cenáculo, Céu Azul, Conjunto Felicidade, Conjunto Helena Antipoff, Conjunto Marilene, Conjunto Monte Castelo, Copacabana, Etelvina Carneiro, Europa, Floramar, Frei Leopoldo, Garças, Indian’s, Itapoã, Jaqueline, Jardim Atlântico, Jardim das Nações, Jardim dos Comerciários, Jardim Europa, Jardim Guanabara, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Leblon, Letícia, Luar da Pampulha, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Helena, Marize, Minas Caixa, Nova América, Nova York, Nova Pampulha, Paraibuna, Paraúna, Parque Arizona, Parque Jardim Leblon, Parque São Sebastião, Pedra Branca, Piratininga, Planalto, Rio Branco, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Isabel, Santa Mônica, São João Batista, São Paulo, São Pedro, São Sebastião, São Tomás, Satélite, Serra Verde, Sinimbu, Solimões, Trevo, Venda Nova, Vila Clóris, Vila Monte Castelo, Vila Palmas, Vila Santa Branca, Vila Santo Antônio, Vila Satélite e Zilah Spósito.Santa Luzia: Asteca, Baronesa, Belo Vale, Boa Esperança, Chácara Gervásio Lara, Chácara Santa Inês, Cristina, Duquesa I, Duquesa II, Londrina, Luxemburgo, Monte Carlo, Morro Santo Antônio, Nova Conquista, Nova Esperança, Palmital, Pousada Del Rei, São Benedito, São Cosme, Serra Pelada e Três Corações.Vespasiano: Bernardo de Souza, Gávea I, Gávea II, Jardim Daliana, Maria José, Pouso Alegre, Santa Clara e Serra Dourada. 

Ribeirão Das Neves: Justinópolis.

FONTE: Estado de Minas.


Moradores de Sabará estão sem água desde sábado por causa de rompimento de adutora

Ainda não há previsão para que o abastecimento volte ao normal. Funcionários da Copasa estão no local para resolver o problema

falta de água

Moradores do Bairro Nossa Senhora de Fátima, localizado em Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte, estão sem água desde o último sábado, por causa do rompimento de uma adutora. A informação foi confirmada na tarde desta segunda-feira pela Copasa, que afirmou que foram feitas manobras operacionais para tentar minimizar o problema durante o fim de semana. 

Conforme a empresa, uma equipe técnica está no local tentando solucionar o ocorrido. Ainda não há previsão para a normalização do serviço. Hoje há dois caminhões-pipa abastecendo o reservatório que fornece água para o bairro e um abastecendo escolas, creches e postos de saúde da mesma região. A Copasa pede que os moradores do Bairro Nossa Senhora de Fátima para evitar desperdícios até que a situação esteja regularizada.

FONTE: Estado de Minas.


Bairros de Belo Horizonte e Santa Luzia vão ficar sem água no próximo domingo

água

Fornecimento de água será interrompido para a desativação de adutoras para obras.

Previsão é de que o serviço seja normalizado gradativamente durante a noite do mesmo dia

 

No próximo domingo, sete bairros de Belo Horizonte e onze de Santa Luzia, na Região Metropolitana, vão ficar sem água devido a manutenções programadas feita pela Copasa.

Segundo a empresa, das 7h até às 17h, Centro, Funcionários, Santa Efigênia, São Lucas e Savassi, terão o fornecimento de água interrompido para a desativação de trecho de uma adutora localizada na Avenida Francisco Sales, na esquina com Bernardo Monteiro, devido a obras do BRT.Das 8h às 13h, a interrupção acontecerá nos Bairros Granja Werneck e Jaqueline, na capital, e Asteca, Baronesa, Belo Vale, Chácaras Santa Inês, Duquesa I, Duquesa II, Londrina, Luxemburgo, Monte Carlo, Novo Centro e Pousada Del Rey, em Santa Luzia. Nestes locais, o abastecimento ficará interrompido para interligação de adutora da rua Líbia, no Bairro Baronesa.Conforme a Copasa, a previsão é de que o fornecimento de água nessas regiões seja normalizado, gradativamente, durante a noite de domingo

 

FONTE: Estado de Minas.


Quatro bairros ficarão sem água nesta quarta-feira em Belo Horizonte

 

Torneira, falta de água, água
Quatro bairros de Belo Horizonte terão o abastecimento interrompido nesta quarta-feira (5). De acordo com a Copasa, a paralisação será feita devido ao manejamento da adutora localizada na rua Montese, próximo à praça da Saudade, no bairro Santa Branca.
Ficaram sem água os bairros Jardim Leblon e Santa Branca, na região da Pampulha, e São João Batista e Santa Mônica, na região de Venda Nova.
A Copasa informou que a previsão é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da tarde e início da noite ainda de quinta-feira.

 

FONTE: Hoje Em Dia.



%d blogueiros gostam disto: