Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: BH

Histórias e curiosidades do hoje centenário Bar do Orlando, no Santa Tereza

O Bar do Orlando, o mais antigo de Belo Horizonte, comemora neste domingo 100 anos. Localizado no bairro Santa Tereza, o estabelecimento preparou uma programação especial para celebrar a data.

Ouça aqui a matéria completa com a repórter Edilene Lopes 

O imóvel, localizado na rua Alvinópolis 460, fica em frente a uma pequena e charmosa praça, às margens do muro que protege a linha férrea e por onde passa o trem de carga e também o metrô, no boêmio bairro Santa Tereza, região Leste da capital mineira.

Dono do bar, seu Orlando destaca com orgulho: “Diversas pessoas frequentam aqui, desde servente de pedreiro a juiz de direito. Vários músicos e poetas. Tem fregueses de São Paulo, Rio de Janeiro, que pedem para tirar foto comigo”.

Ao longo de praticamente um século, o bar passou por mudanças. Além de salgados, petiscos e outras culinárias típicas mineira, o prato principal mais famoso hoje é o Trio da Roça, composto por batata, linguiça e torremos. “Antes, no início da década de 90, tinha obra no Rio Arruda, aí a piãozada vinha para cá. E aí o prato era sardinha, frango frito, batata, linguiça e pinga em cima. Foi mudando.”

O Bar do Orlando funciona todos os dias, fechado uma segunda-feira a cada quinzena. Ele está aberto de segunda a sexta-feira das 15h à 0h e aos fins de semana das 12h à 0h.

.

FONTE: Itatiaia.


Feira Hippie comemora meio século de história na capital

Expositores relembram tempo em que produtos artesanais eram vendidos na praça da Liberdade

A Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades de Belo Horizonte, ou simplesmente Feira Hippie, como é conhecida em toda a capital, comemora meio século de história. Há 50 anos, as barraquinhas transformam asfalto em shopping, galeria de arte, restaurante e até palco, em uma mescla de atrações que a fizeram ser considerada a maior feira de artesanato da América Latina.

A história da Feira Hippie começa na praça da Liberdade, na região Centro-Sul, local onde o centro de compras a céu aberto nasceu, em 1969.No início da década de 90, ela desceu a rua Bahia e chegou à avenida Afonso Pena, no centro da capital, onde permanece até hoje. A cada domingo, cerca de 60 mil pessoas visitam os 16 setores da feira para prestigiar o trabalho de quase 2.000 expositores.

Histórias

VEJA TAMBÉM

Os encantos da feira fizeram com que a carioca Vera Lúcia dos Santos, 73, deixasse o Rio de Janeiro há quase 50 anos para se tornar uma expositora. Depois de conhecer o espaço, ela se mudou para BH e passou a comercializar produtos artesanais. Desde então, Vera viu a feira se transformar. “Antes, era o lugar que reunia todos os viajantes, não tinha barraca, eram cangas no chão e todos expondo seus trabalhos”, lembra.

O expositor Marco Fábio de Mello, 56, também está na feira desde que ela era montada na praça da Liberdade. Quase 40 anos depois, ele resiste no espaço, mas diz que o estímulo é diferente. “A feira vai ser eterna, mas precisa se reinventar, precisa ser revitalizada. Vemos um abandono de todas as gestões. É preciso modernizar as barracas, os mobiliários, as sinalizações, mas nada é feito”, lamenta.

A Prefeitura de BH não informou se há algum projeto de revitalização para a feira.

Feirinha oferece farta experiência gastronônima

A Feira Hippie é daqueles espaços que reúnem público diverso, mas uma dica para quem visita o espaço é aproveitar a caminhada para encher a barriga.

Uma das sugestões de Daniel Neto, o Nenel, do blog Baixa Gastronomia, é o Churrasquinho do Alair. Além da carne, a barraca do feirante oferece conservas de jiló para comer aos montes. “Tem também a barraca do Pedrão, perto da entrada do Parque Municipal, que vende de água a cachaça. Logo em frente, tem o Acarajé do Alcides”, indica.

Defensor da gastronomia das ruas, Nenel diz que “é preciso valorizar a comida do povo, a comida que enche a barriga e que pode alegrar uma manhã de domingo”.

Feira Hippie

Feira é dividida em 16 setores e reúne quase 2.000 expositores, que se espalham pelas pistas da avenida Afonso Pena

Local tem até pedido de casamento

Não são só os feirantes têm histórias com a Feira Hippie. Em alguns casos, a lembrança pode, inclusive, ser bem inusitada. Em uma das idas à Afonso Pena, a esteticista Camila Almeida, 26, chegou a ser pedida em casamento. No lugar da aliança, no entanto, o pedido veio acompanhado de um chinelo.

“Já estava sem salto, andando descalça. Ai, ele comprou uma rasteirinha e falou que era o momento para formalizar (o compromisso). O problema é que, no dia seguinte, já sem o efeito da bebida, o pedido foi desfeito”, conta Camila, aos risos.

Já o pernambucano Jorge Pedrosa, 33, não abre mão de tomar uma cerveja todos os domingos na feira. “Tem dois anos que estou em BH. Só não venho se tiver chovendo”, diz.

.

FONTE: O Tempo.


Abastecimento de água será interrompido em BH no domingo; veja a lista dos bairros

A interrupção vai acontecer, ainda, em Contagem, Nova Lima, Raposos, Sabará, e Santa Luzia. Copasa vai realizar manutenção no Sistema Rio das Velhas


Moradores de Belo Horizonte e de cinco cidades da região metropolitana devem ter atenção e economizar água. No próximo domingo, o abastecimento será interrompido para a manutenção no Sistema Rio das Velhas. Somente na capital mineira, mais de 130 bairros serão afetados em diferentes regiões.
De acordo com a Copasa, a paralisação do abastecimento será realizada a partir das 7h de domingo. A previsão é que seja normalizado, gradativamente, a partir de 15h do mesmo dia. Desta forma, é recomendado aos moradores que economizem água.

Além de Belo Horizonte, bairros de Contagem,  Nova Lima, Raposos, Sabará, e Santa Luzia, também serão afetados. Informações podem ser obtidas pelos consumidores por meio do telefone 155  ou no site da Copasa.

Veja a lista de bairros

Belo Horizonte: Aarão Reis, Acaiaca, Alípio De Melo, Alto Barroca, Alto Caiçaras, Anchieta, Aparecida, Aparecida Sétima Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Beija Flor, Beira Linha, Belmonte, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Caiçaras, Campus Da UFMG, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castelo, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Celso Machado, Conjunto Itacolomi, Conjunto Santa Maria, Conjunto Taquaril, Coqueiros, Coração De Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Engenho Nogueira, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fernão Dias, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Goiânia, Gorduras, Gorduras De Cima, Grajaú, Granja De Freitas, Gutierrez, Havaí, Horto, Horto Florestal, Inconfidência, Ipanema, Ipê, Ipiranga, Itaipu, Jaraguá, Jardim Alvorada, Jardim América, Jardim São Jose, Jardim Vitoria, Lajedo, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Marajó, Maria Goretti, Maria Teresa, Maria Virginia, Monsenhor Messias, Monte Azul, Montes Claros, Morro Das Pedras, Morro Do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora Da Gloria, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Gloria, Novo São Lucas, Novo Tupi, Ouro Minas, Ouro Preto, Palmares, Paquetá, Paraíso, Paulo Vi, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Penha, Pindorama, Pirajá, Pompeia, Prado, Primavera, Primeiro De Maio, Providencia, Renascença, Ribeiro De Abreu, Sagrada Família, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lucia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Saudade, Savassi, Serra, Serrano, Sion, Sumaré, Suzana, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Cafezal, Vila Paris, Vista Do Sol e Vitoria.

Contagem: Jardim Perola e Parque Novo Progresso.

Nova Lima: Acaba Mundo, Alto Do Gaia, Alvorada, Barra Do Céu, Bela Fama, Bela Vista, Boa Vista, Bonfim, Bosque Residencial Jambreiro, Campo Do Pires, Canto Da Mata I, Canto Da Mata II, Cariocas, Cascalho, Centro, Chácara Bom Retiro, Chácara Dos Cristais, Chácara Silveira Ramos, Cristais, Cruzeiro, Fazenda Do Benito, Galo Novo, Galo Velho, Honório Bicalho, Ipê, Ipê Da Serra, Jardim Das Américas, Jardim Serrano, José De Almeida, Le Cottage, Matadouro, Matozinhos, Mina D’ Água, Mingu, Mirante Da Mata, Nossa Senhora De Fátima, Oswaldo Barbosa Pena II, Ouro Velho Mansíes, Parque Aurilândia, Parque Santo Antônio, Pau Pombo, Quintas, Quintas Do Sol, Resende, Residencial Sul, Retiro, Rosário, Santa Rita, São Bento, Vale Da Esperança, Vila Do Ouro, Vila Industrial I, Vila Lacerda, Vila Madeira, Vila Maria Do Carmo, Vila Marize, Vila Monte Castelo, Vila Nova Betânia, Vila Nova Suíça, Vila Operaria, Vila Padre Valeriano, Vila Passos, Vila São Jose Terceira Seção, Vila São Luiz e Valle De Montagne.

Raposos: Barracão Amarelo, Bela Vista, Boa Vista, Matadouro, Morro Das Bicas, Quintas Da Mata, Recanto Feliz, São Domingos, São Judas Tadeu, Tocantins, Varella, Várzea Do Sitio e Vila Vitoria.

Sabará: Adelmolândia, Adelmolândia II, Águas Férreas, Alto Bela Vista, Alto Do Cabral, Alto Do Fidalgo, Alto Vila São José, Alvorada, Amélia Moreira, Ana Lucia, Arraial Velho, Borba Gato, Borges, Cabral, Caieira, Campinas, Centro, Condomínio Eugenie Scharle, Condomínio Jardim Dos Borges, Conjunto Habitacional Morada Da Serra, Córrego Da Ilha, Distrito Industrial Simão Da Cunha, Esplanada, Fogo Apagou, Gaia, Galego, Granjas De Freitas, Ipê Amarelo, Itacolomi, Jardim Castanheira, Mangabeiras, Marzagão, Morro Da Cruz, Morro São Francisco, Mundo Velho, Nações Unidas, Nossa Senhora Conceição, Nossa Senhora Da Conceição, Nossa Senhora De Fatima, Nossa Senhora Do O, Nova Vista, Novo Alvorada, Novo Alvorada Barraginha, Novo Horizonte, Novo Santa Inês, Paciência, Padre Chiquinho, Praia Dos Bandeirantes, Rio Negro, Rosário, Rosário II, Rosário III, Rosário/Vila Dos Coqueiros, Santana, Santo Antônio, Santo Antônio De Roças Grandes, Siderúrgica, Sobradinho, Terra Santa, Valparaiso I, Valparaiso II, Várzea Do Moinho, Vila Bom Retiro, Vila Do Triangulo, Vila Dos Coqueiros, Vila Esperança, Vila Eugênio Rossi, Vila Francisco De Moura, Vila Mangueiras, Vila Michel, Vila Real, Vila Rica, Vila Santa Cruz, Vila Santa Rita, Vila Santo Antônio De Pádua, Vila São José e Vila São Sebastião.

Santa Luzia: Adeodato, Barreiro Do Amaral, Bela Vista, Bicas, Bom Destino, Bom Jesus, Bonanza, Camelos, Capitão Eduardo, Centro, Colorado, Condomínio Estâncias Dos Lagos, Condomínio Recanto Da Mata, Condomínio Recanto Do Luar, Córrego Frio, Dona Rosarinha, Esplanada, Fecho, Gameleira, Gameleira II, Idulipe, Imperial, Industrial Americano, Kennedy, Maria Adélia, Mata Dos Ipês, Moreira, Padre Miguel, Parque Boa Esperança, Parque Nova Esperança, Petrópolis, Quarenta E Dois, Retiro Do Recreio I, Santa Matilde, Santa Monica, São Geraldo, Vale Das Acácias, Vale Dos Coqueiros, Vila Iris, Vila Olga, Vila Parnaso, Vila Santa Rita De Cássia e Vila São Mateus.

.

FONTE: Estado de Minas.


Veja o que muda em BH neste fim de semana de Virada Cultural

Evento que começa amanhã em BH e terá duração de 24 horas mobiliza setores de trânsito, segurança e logística para garantir diversão e tranquilidade. São esperadas 500 mil pessoas


A pretensão é torná-la uma das maiores do país. Na quinta edição, a Virada Cultural de BH mostra que está densa, consolidada e pronta para mais. Em nível de importância, está lado a lado com o carnaval e o Arraial de Belô. Uma megaestrutura está sendo montada no Hipercentro para receber artistas mineiros e convidados nacionais e garantir a diversão do público, estimado em 500 mil pessoas. Mudanças na cidade foram anunciadas ontem para possibilitar a convivência das mais diversas tribos numa festa a céu aberto e gratuita. O evento terá início amanhã, com duração de 24 horas. Começa às 19h e vai até o mesmo horário do domingo. Vários setores da prefeitura da capital e a Polícia Militar estão mobilizados para garantir segurança, mobilidade e atendimento de saúde.
Serão 25 espaços no Hipercentro, 10 palcos, 447 atrações, 2.837 artistas e R$ 2,5 milhões em investimentos. “É um festival com oferta para todos os gostos. Importante para a arte e cultura mineira e uma vitrine fantástica para os artistas”, afirmou o secretário Municipal de Cultura, Juca Ferreira. Trechos de ruas e avenidas da região estarão interditados ao trânsito amanhã, a partir das 14h. A liberação vai ocorrer às 3h de segunda-feira. O bloqueio vai da Avenida Afonso Pena, próximo ao Parque Municipal, até a Rua Guaicurus, avançando na direção das praças Raul Soares e da Estação. Apenas moradores poderão acessar a área interditada.
bloqueio vai afetar ainda 70 linhas de ônibus que terão o itinerário alterado. Os coletivos que vêm das avenidas Pedro II, Antônio Carlos e Cristiano Machado terão pontos na Avenida Olegário Maciel. Já os que vêm das avenidas Amazonas, Afonso Pena, Alfredo Balena, Brasil e do Contorno terão pontos na Rua Timbiras e na Avenida Augusto de Lima. Os motoristas poderão parar para embarque e desembarque de passageiros ao longo do trajeto dos desvios sempre que solicitados.
O presidente da BHTrans, Célio Bouzada, informou que o acesso de moradores estará garantido nas áreas interditadas. “O motorista só não poderá atravessar essa região de um ponto ao outro”, afirmou. O acesso à área hospitalar ficará liberado. Haverá reforço nas linhas do circular SC1, SC4 e do 105, que faz integração com o metrô. Serão criados ainda bolsões de táxi nas vias liberadas ao tráfego e próximo aos palcos.
Linhas do Move também serão reforçadas. Os circulares farão viagens a cada 30 minutos e os ônibus do Move serão “estocados” na Região Central. “À medida que houver demanda, soltamos”, explicou Bouzada. As linhas com embarque e desembarque nas estações Carijós e Rio de Janeiro vão operar normalmente nas avenidas Paraná e Santos Dumont. As estações Tamoios e São Paulo não funcionarão no domingo.

Pela primeira vez, o metrô funcionará na Virada durante 24 horas ininterruptas. A Estação Central ficará aberta para embarque e desembarque durante toda a programação e será alimentada pela linha de ônibus 105. Os trens partirão a cada meia hora. As outras estações estarão abertas no horário habitual (das 5h15 às 23h), com funcionamento em tempo integral durante a Virada apenas para desembarque de passageiros. Não haverá recarga de crédito nos cartões Ótimo e BHBus, apenas venda de bilhetes únicos.
POLICIAMENTO Reforço também na segurança. Mais de 210 policiais militares devem ficar por conta do evento, fora os homens do batalhão dentro da área da Contorno. Eles estarão em maior número na Praça da Estação, onde haverá show de Daniela Mercury, Chama o Síndico e Fernanda Abreu, e no palco em frente à prefeitura. Haverá também policiais à paisana para identificar, principalmente, autores de furto, sobretudo de celulares. Esse crime é de oportunidade e tem a ver com a fragilidade da vítima. As pessoas devem se lembrar de guardar o telefone em local não visível”, alerta o tenente-coronel Micael Henrique Silva, comandante do 1º Batalhão.
A Guarda Municipal também terá efetivo em toda a região, nas estações do Move e nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs). Ao todo, serão empenhados 700 agentes, 40 motocicletas e 22 viaturas.
FONTE: Estado de Minas.

Reajuste da passagem de ônibus em BH é de 11%; confira os preços

Após queda de braço entre a prefeitura de Belo Horizonte, representada pela BHTrans, e empresários, passageiros da capital terão que desembolsar um pouco mais a partir do dia 30


Quem utiliza o transporte público em Belo Horizonte terá que pagar mais caro a partir do próximo domingo, 30 de dezembro. A passagem de ônibus que custava R$ 4,05 vai passar para R$ 4,50. O reajuste é de 11%.
Já a tarifa dos ônibus que atendem Vilas e Favelas vai de R$ 0,90 para R$ 1,00. As passagens que antes custavam R$ 2,85 vão para R$ 3,15, e os táxi lotação que custavam R$ 4,45 passam para R$ 5,00.
O aumento da tarifa das passagens de ônibus em BH foi acordado entre BHTrans e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte ( Setra-BH), na manhã desta quarta-feira (26).
O acordo exige contratação de cobradores ainda em janeiro e renovação da frota no primeiro quadrimestre de 2019. Também no 1° mês do ano haverá publicação do edital de contratação de projeto de faixas exclusivas. Segundo o presidente da BHTrans, Célio Bouzada, serão cerca de 50 quilômetros distribuídos pela cidade.
A partir de janeiro será criado grupo de trabalho buscando o equilíbrio do sistema de transporte público. “A tarifa a R$ 4,50 não resolve a questão. Vamos nos debruçar sobre a auditoria buscando equilíbrio do contrato”, disse o presidente do Setra, Joel Paschoalin.
Conforme o em.com.br informou, os resultados da auditoria e verificação independente das contas das empresas de transporte de passageiros por ônibus de Belo Horizonte foram apresentados na sexta-feira (21), na sede da Prefeitura, pela empresa Maciel Consultores.
O trabalho foi desenvolvido por oito meses e envolveu a análise de mais de 104 mil documentos. A auditoria fez a verificação contábil das quatro concessionárias do serviço de transporte público de Belo Horizonte.
Na data, o prefeito Alexandre Kalil disse que estava “assustado com os números que foram apresentados”.

METRÔ EM GREVE

O metrô de Belo Horizonte está paralisado por tempo indeterminado desde o dia 19 de dezembro.  Os metroviários reivindicam correção salarial e melhorias nas condições de trabalho.
O presidente do Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais (Sindimetro-MG), Romeu Neto, afirma que, com a greve, os trens só funcionam em horários de pico nos dias úteis, entre 5h15 e 10h e de 16h às 22h. No fim de semana o serviço só funcionará aos sábados, entre 5h15 e 14h.

.

FONTE: Estado de Minas.


Calor em BH? Cidade paranaense tem sensação térmica de 64º C

A sensação térmica em Antonina, no litoral do Paraná, chegou a 64ºC por volta das 16h desta sexta-feira

Não foram poucos os belo-horizontinos que reclamaram de calor nos últimos dias, quando as temperaturas chegaram a bater 33º C. Para esses, a recomendação é cortar do roteiro de viagem a cidade de Antonina, no litoral do Paraná, que chegou a ter sensação térmica de 64ºC por volta das 16h da última sexta-feira (14), segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar). Nos termômetros, a temperatura registrada foi de 43ºC.

A semana vem sendo sufocante para os moradores do local, que tiveram um dia mais “agradável” quando a menor sensação térmica no mesmo horário beirou os 55ºC.

Ainda conforme o Simepar, as temperaturas devem continuar altas ao longo do fim de semana na região.

Antonina

Calor é sufocante em Antonina

 

Antonina é um município brasileiro do estado do Paraná. Sua população contada em 2010 é de 18.891 habitantes com uma área de 876,551 km². Está situada a 90 km de Curitiba, e a 50 km de Paranaguá.

Cidade histórica cujos primeiros vestígios da ocupação foram encontrados nos sambaquis. Posteriormente índios carijós habitaram o local sendo que os primeiros povoadores datam de 1648 e 1654. Além da extraordinária beleza natural paisagística, Antonina possui no seu calçamento de pedras e nas suas ruínas, histórias, as quais enriquecem o seu patrimônio. O município oferece ainda, diversos atrativos turísticos. É acessado pela BR-277, pela antiga Estrada da Graciosa, por ferrovia e através do porto, que foi recentemente reativado, onde também se localiza a sede do município. Criado através da Lei Estadual nº14 de 21 de janeiro de 1857, e instalado na mesma data foi desmembrado de Paranaguá.

Os habitantes naturais do município de Antonina são denominados antoninenses ou capelistas. Está localizada no litoral norte do Estado do Paraná na Mesorregião Metropolitana de Curitiba, mais precisamente na Microrregião de Paranaguá, estando a uma distância de 84 km via BR-277 e 79 km via Estrada da Graciosa, da capital do estado, Curitiba.

 

.

FONTES: O Tempo e Wikipedia.


BH registra 32ºC nesta sexta e é o dia mais quente de dezembro

Belo Horizonte registrou nesta sexta-feira (14) o dia mais quente do mês de dezembro, com 32ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A miníma foi de 17ºC. O dia mais quente no mês, tinha sido no último dia 5, quando foram registrados 31.8ºC.

Para o fim de semana a previsão é que o calor continue. Entre este sábado (15) e domingo (16) os termômetros devem marcar 32ºC novamente.

Calor para os pets

 

.

FONTE: O Tempo.


Lunetas são instaladas na rua Sapucaí e no mirante Mangabeiras

Três equipamentos foram instalados no Mirante das Mangabeiras e dois na rua Sapucaí

Dois dos principais pontos para se ter uma bonita vista de Belo Horizonte, o Mirante do Parque das Mangabeiras e a rua Sapucaí, ganharam lunetas para moradores e turistas terem uma vista ainda melhor da capital mineira. A novidade é para comemorar o aniversário da cidade, no próximo dia 12.

No parque estão três lunetas que já podem ser utilizadas pelo público. Por lá a vista é de toda região Centro-Sul de Belo Horizonte. Já na rua Sapucaí, é possível ver um pedaço da praça da Estação e também os enormes grafites  do Circuito Urbano de Arte (CURA).

“Belo Horizonte já é uma cidade cheia de mirantes, de vistas surpreendentes, com vários pontos de contemplação. O que estamos fazendo com a instalação dessas lunetas é colocar uma ‘grande angular’ nesses locais, valorizando o que a cidade tem de melhor. E essas são só as primeiras. O plano é levar o projeto para outros mirantes da capital”, defende Aluizer Malab, presidente da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), por meio da assessoria de imprensa.

Lunetas ajudam a melhorar a visão

Lunetas ajudam a melhorar a visão

As lunetas são resistentes a mudanças climáticas, como sol e chuva. “Com um sistema de observação terrestre com capacidade ótica de aproximação (zoom), o aparelho é composto por lentes antirreflexivas de qualidade superior, montado em um corpo blindado de alumínio fundido. As lentes possuem foco pré-ajustado conforme o local de instalação”, informa a Belotur.

Os usuários não precisam fazer nenhum tipo de regulagem para utilizar as lunetas, o que facilita o uso por qualquer pessoa, de qualquer idade.

As lunetas da rua Sapucaí ficam junto ao balaústre, em frente aos números 265 e 153, nas imediações da avenida Francisco Sales. Pintados em uma cor semelhante à ferrugem para não impactar a paisagem, os  instrumentos medem 1,60 de altura e têm lentes de aproximação que dispensam ajustes. As lunetas são acessíveis a crianças e adultos e podem ser giradas vertical e horizontalmente. Modelos semelhantes foram colocados nas Cataratas do Iguaçu (PR) e nos fortes do Exército no Rio de Janeiro, no Leme e em Copacabana.

Em entrevista o presidente da Belotur, Aluizer Malab, contou que o objetivo é dar aos belo-horizontinos e aos turistas uma visão “do belo horizonte que a cidade tem”. O gestor também afirmou que a Belotur está estudando a implementação dos equipamentos em outros pontos. “A ideia é, inclusive, levar para lugares poucos explorados”, pontuou.

Leia mais:

.

FONTES: O Tempo e Hoje Em Dia.


Justiça Federal determina que tarifa do metrô de BH volte para R$ 1,80

Órgão analisou pedido do Ministério Público de Minas Gerais e concedeu liminar para suspensão do aumento. Tarifa subiu para R$ 3,40 na quarta-feira


A Justiça Federal suspendeu o aumento da tarifa do metrô de Belo Horizonte de R$ 1,80 para R$ 3,40. A decisão foi divulgada na tarde desta sexta-feira e a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) pode ser multada em caso de descumprimento.
A liminar é da juíza Maria Edna Fagundes Veloso, da 15ª Vara da Justiça Federal em Minas Gerais. Ela responde à ação civil pública que o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) moveu contra a CBTU após a retomada do reajuste na última quarta-feira, dia 14.
“Em apertada síntese, insurge-se o Autor contra o aumento tarifário operacionalizado através da Resolução n.º 177/2018 do Diretor Presidente da CBTU, que majorando em mais de 88% (oitenta e oito por cento) o preço da passagem do Metrô de Belo Horizonte, elevou-a de R$1,80 (um real e oitenta centavos) para R$3,40 (três reais e quarenta centavos)”, diz a juíza, sendo o autor o MPMG. “Alega o Autor, que o aumento é irrazoável, insensato e desproporcional, impondo desequilíbrio financeiro ao consumidor, capaz de comprometer a sustentabilidade das famílias, retirando-lhes o direito a uma vida digna”.
A juíza explica que a ação foi proposta inicialmente perante a 4ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias de Belo Horizonte, que proferiu uma liminar suspendendo o reajuste da tarifa em maio. A liminar foi cassada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), divulgada na terça-feira, 13 de novembro. O STJ reconheceu a competência da 7ª Vara Federal para o julgamento, mas, após declínio de competência dela e do juíz da 22ª Vara, foi encaminhado à 15ª.

“Na hipótese em análise, que trata de serviço público de alta relevância social, é certo que a estrutura da mobilidade urbana na Capital sofreria gravoso impacto com possível suspensão dos serviços do Metrô, que como se sabe, atende a expressiva parte da população carente”, ressalta a juíza Maria Edna na decisão, onde também ressalta que o aumento impacta o orçamento da população.

“Mas não obstante essa ressalva, o certo é que impor ao usuário de serviço essencial, de um momento para outro, aumento tarifário tão expressivo, mormente num contexto de grave crise em que o desemprego em massa é a realidade vivida pelo Brasil, é realmente ofender os princípios da razoabilidade e proporcionalidade, bem assim o da própria dignidade humana, porque é indiscutível a nefasta consequência que o aumento trará ao consumidor carente, desestruturando um orçamento já reduzido, que, certamente, não poderá suportar tal majoração”, diz a magistrada.

Assim, ela decidiu suspender, “até ulterior deliberação desta juíza”, a resolução da CBTU que aumenta a tarifa do metrô, restabelecendo o valor de R$ 1,80. Em caso de descumprimento, a multa diária chega a R$ 100 mil.

.

FONTE: Estado de Minas.


Veja o que abre e fecha em BH no feriado de 15 de novembro

Nesta quinta-feira (15), quando celebra-se o Dia da Proclamação da República, os supermercados, as padarias e os postos de gasolina de Belo Horizonte poderão funcionar. Haverá ainda coleta de lixo e abertura dos parques.

Alguns serviços, contudo, vão ser afetados. É o caso dos ônibus, que irão rodar com quadro de domingos e feriados. Os postos de saúde, os bancos e os restaurantes populares não vão abrir. A sexta-feira (16) será ponto facultativo para a Prefeitura de Belo Horizonte.

Confira abaixo a relação do funcionamento de serviços públicos no feriado:

Comércio

Poderá funcionar, conforme as determinações da CDL

 

Shoppings

Na maioria dos shoppings, as lojas funcionam das 14h às 20h

 

Parques e Zoológico

 

Parques das Mangabeiras*

Aberto das 8h às 17h

 

Mirante das Mangabeiras*

Aberto das 9h às 18h30 (entrada permitida até 18h15)

 

Serra do Curral*

Aberto das 8h às 17h (entrada permitida até 16h)

 

Parque Municipal Renné Giannetti

Aberto das 6h às 18h

 

Parque Ecológico da Pampulha

Aberto das 8h30 às 18h

 

Demais parques*

Abertos das 7h às 18h

 

Jardim Zoológico e Jardim Botânico*

Abertos das 8h às 17h (com entrada permitida até 16h)

 

Aquário da Bacia do Rio São Francisco*

Aberto das 8h30 às 16h30 (entrada permitida até 16h)

 

* Por recomendação da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, o acesso aos Parques da Serra do Curral, Aggeo Pio Sobrinho e das Mangabeiras, além do Mirante do Mangabeiras e espaços da Zoobotânica (Jardins Zoológico e Botânico e Aquário do Rio São Francisco) requer a apresentação de comprovante de imunização contra a febre amarela, com vacina aplicada no mínimo 10 dias antes da visita, e documento de identidade com foto. O estacionamento no Parque das Mangabeiras agora integra o sistema rotativo digital da BHTrans. Para sua comodidade, leve consigo o talão ou baixe o aplicativo “Rotativo Digital BH” (disponível para Android e iOS).

 

Segurança Alimentar e Nutricional

 

Banco de Alimentos (rua Tuiutí, 888, bairro Padre Eustáquio)

Não funciona

 

Central de Abastecimento Municipal (rua Maria Pietra Machado, 125, bairro São Paulo)

Aberto dia 15/11 das 7h às 13h e dia 16/11 das 7h às 19h

 

Direto da Roça

Funcionamento facultativo dia 15/11 e dia 16/11 funciona das 7h às 19h

 

Feira Coberta do Padre Eustáquio (rua Pará de Minas, 821, Padre Eustáquio)

Abre dia 15/11 das 7h às 13h e dia 16/11 das 7h às 20h

 

Feira de Orgânicos

Funcionamento facultativo no dia 15/11 e dia 16/11 funciona das 7h às 12h

 

Feiras Livres

Funcionamento facultativo no dia 15/11 e dia 16/11 funciona das 7h às 19h

 

Feira Modelo da Savassi (rua Tomé de Souza, entre avenida Cristóvão Colombo e rua Pernambuco)

Não funciona na quinta-feira, dia 15/11

 

Mercado do Cruzeiro (rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro)

Abre dia 15/11 das 7h às 13h e dia 16/11 das 7h às 18h

 

Restaurantes Populares I, II, III e IV

Fechados no dia 15/11 e funcionam normalmente na sexta-feira, dia 16/11

 

Refeitório popular da CMBH

Fechado nos dias 15/11 e 16/11

 

Sacolões Abastecer

Funcionam no dia 15/11 das 8h às 14h e dia 16/11 das 8h às 20h

 

Equipamentos Culturais

 

Casa do Baile

Aberto nos dias 15/11 e 16/11 das 9h às 18h

 

Museu Histórico Abílio Barreto

Aberto nos dias 15/11 e 16/11 das 10h às 17h

 

Museu de Arte da Pampulha

Aberto nos dias 15/11 e 16/11 das 9h às 18h

 

Casa Kubitschek

Aberto nos dias 15/11 e 16/11 de 9h às 18h

 

Museu da Moda

Fechado ao público

 

Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte

Fechado ao público

 

Museu da Imagem e do Som

Fechado ao público

 

MIS Cine Santa Tereza

Aberto nos dias 15/11 e 16/11 16h às 21h

 

Postos de Informação Turística

 

Centro de Atendimento ao Turista Álvaro Hardy – Veveco (avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luíz)

Funciona das 8h às 17h nos dias 15/11 e 16/11

 

Centro de Atendimento ao Turista – Mercado Central (avenida Augusto de Lima, 744, Centro)

Funciona das 8h às 17h nos dias 15/11 e 16/11

 

Saúde

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Hospital Municipal Odilon Behrens, Central de Internação, Samu, laboratórios das UPAs e Serviço de Urgência de Psiquiatria Noturno (SUP)

Funcionam normalmente 24h por dia

 

Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMs)

Funcionam com escala mínima durante o dia e expediente normal à noite nos dias 15/11 e 16/11

 

Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais (CRIE)

Funcionam com escala de plantão nos dias 15/11 e 16/11

 

Centros de Saúde, Centros de Controle de Zoonoses e Centros de Convivência, Laboratórios de Zoonoses, sedes de Distrito e nível central, Centros de Especialidades Médicas (CEMs), Centro de Treinamento e Referência (CTR), Unidades de Referência Secundária (URSs), Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), Centro Municipal de Oftalmologia (CMO), Centros de Reabilitação (Creabs), e Centros de Referência a Saúde do Trabalhador (CERSAT), Centros de especialidades odontológicas (CEO), Centros de Convivência, Central de Atendimento a liminares (CAL), farmácias distritais e a Alta Complexidade

Não funcionam dia 15/11 e funcionam normalmente dia 16/11

 

Serviço de Atendimento ao Viajante

Não funciona no dia 15/11 e funciona normalmente no dia 16/11

 

Centros de Esterilização de Cães e Gatos

Não funcionam no dia 15/11 e funcionam normalmente no dia 16/11

 

Academias da Cidade

Não funcionam nos dias 15/11 e 16/11

 

Segurança

 

Guarda Municipal

Trabalha normalmente nos dias 15/11 e 16/11

 

Centro de Operações de Belo Horizonte (COP-BH)

Funcionamento normal nos dias 15/11 e 16/11, exceto para atendimento ao público

 

BH Resolve

Fechado nos dias 15/11 e 16/11

 

Defesa Civil

Funcionamento normal, todos os dias, 24 horas por dia, inclusive aos domingos e feriados. Os telefones de contato são: 199 e o 3277-8864

 

Trânsito e Transporte

Quinta-feira, 15/11, circula com quadro de horário de feriado e sexta-feira, dia 16/11, circula com quadro de horário de sábado/ dia atípico

 

Limpeza Urbana

Nesta quinta-feira, dia 15, haverá serviço normal de coleta domiciliar de lixo na capital, além do recolhimento de resíduos comuns em hospitais atendidos pela autarquia. A coleta seletiva de materiais recicláveis não será realizada. Não haverá também recolhimento de resíduos de restaurantes populares e sacolões participantes do Programa de Reciclagem de Orgânicos da SLU. As Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes (URPVs) da Prefeitura estarão funcionando. Haverá plantões de varrição no hipercentro, na Savassi e na região hospitalar. Na sexta-feira, dia 16, e nos demais dias, os serviços de limpeza urbana serão executados normalmente.

 

Cemitérios Municipais (Bonfim, Paz, Saudade, Consolação) e a Capela Velório do Barreiro

Funcionam normalmente nos dias 15/11 e 16/11

.

FONTE: Hoje Em Dia.


As receitas que são reveladas durante o sono de uma cozinheira chegam a BH

Os salgados, cujas receitas são reveladas durante o sono da cozinheira mineira Alaíde Carneiro, fizeram fama na capital carioca; agora, passam a integrar o circuito gastronômico de BH

“Eu sonho não só com os ingredientes, mas com a montagem e o modo de preparo. Até com a finalização e com o nome do salgado eu sonho. Escrevo rápido e de olhos fechados, porque geralmente vem uma sombra e apaga tudo. Aí, quando acordo, leio o que escrevi no caderno e faço a receita”, diz ela, sem medo de entregar o jogo. Alaíde, vale dizer, não faz questão de medir as quantidades dos ingredientes. “São sempre receitas para muita gente, nunca sei de cor”, disse. Essas, digamos assim, “visões” já lhe garantiram nada menos que 54 receitas de seus famosos salgados.

Receitas essas que lhe renderam fama e prestígio na cena gastronômica do Rio de Janeiro, onde a cozinheira assumiu, em 1984, a cozinha do Bracarense, na época um dos botequins mais badalados do bairro Leblon, para anos depois se aventurar em um negócio próprio no não menos reconhecido Chico & Alaíde, também na zona Sul carioca. A boa nova é que, há cerca de dois meses, Alaíde e seus reconhecidos bolinhos estão dando o ar da graça no Planalto, bairro da zona Norte de Belo Horizonte. O pequeno bar, localizado na avenida Dr. Cristiano Guimarães, entre uma pastelaria e uma agência lotérica, ainda não tem placa nem nome oficializado, mas quem chega sempre faz a mesma pergunta. “É aqui que fica o botequim da Alaíde?”.

Sim, é. Com pouquíssimas mesas na calçada, o local registrou filas quilométricas em busca dos bolinhos, logo na primeira semana, após algumas visitas estratégicas, como a do jornalista Daniel Netto, do perfil no Instagram Baixa Gastronomia, que voluntariamente fez a divulgação.

Vizinhos asseguram que, naqueles dias, as filas ficaram maiores do que as que se formam na lotérica quando o prêmio da Mega-Sena fica acumulado. “Não estava esperando aquela quantidade de gente. Fiquei completamente maluca”, lembra, aos risos. “Eu já estou acostumada a filas, mas, no caso, tive que pedir desculpas aos que não consegui atender. E os mineiros foram muito compreensivos”, contou ela, que chegou de mansinho, sem falar com ninguém sobre o novo endereço. Mas não demorou muito para que o típico boca a boca mineiro engrenasse para dar continuidade à fama de Alaíde.

“Me contaram que a antiga lanchonete aqui, que era do Renato, agora é um bar com uns bolinhos incríveis, que eram famosos no Rio de Janeiro”, revelou o carioca Durval Serra, que mora há 15 anos no bairro Planalto e, mesmo tendo nascido e vivido durante anos na capital carioca, foi experimentar os quitutes só em Belo Horizonte. Mas, bem, ele precisou esperar um pouco: afinal, a estufa repleta de almôndegas, bifes suínos, linguiça e costelinha só cede espaço aos bolinhos por volta das 16h. Detalhe: eles custam de R$ 5 a R$ 8 a unidade e são todos fritos na hora. À medida que a estufa vai esvaziando, novas remessas são imersas no óleo quente.

Cumpre dizer que, das 54 receitas sonhadas e desenvolvidas por Alaíde, só cerca de 20 sabores ganharam espaço cativo em sua estufa, como o bolinho de caruru com vatapá, finalizado com um camarão seco por cima, os de feijoada, bacalhau e carne-seca com abóbora e o primeiro que ela criou, batizado com seu nome e feito com aipim, queijo cremoso e camarão. Na verdade, não há um cardápio fixo, e os bolinhos são fritos de acordo com a demanda de clientes. O boteco, que abre bem cedo – por volta das 8h –, também serve prato feito a partir de R$ 13, com opções como rabada com polenta, costelinha frita e peixe com molho de camarão.

História. Mineira de Pirapora, Alaíde chegou ao Rio em 1975 e foi trabalhar numa casa de família, onde aprendeu a fazer quitutes tão bem que logo passou a vendê-los por encomenda. Depois de sair do Bracarense, em 2009, abriu o Chico & Alaíde juntamente com um dos garçons do mesmo bar, Francisco, já que era um desejo ter sua própria cozinha. A parceria durou até fevereiro deste ano, quando a cozinheira desligou-se e, assim, pôde realizar um desejo antigo: ficar ao lado de sua família e morar em Belo Horizonte. “Eu só vinha aqui quando morria algum parente, sabe? Por isso, já estava planejando há muito tempo vir pra cá, era um desejo antigo. Não estava mais curtindo trabalhar lá, só pensava em BH”, contou ela, que, atualmente, também mora no mesmo bairro de seu bar.

O novo local foi um acaso. Alaíde descobriu com os vizinhos que o antigo dono do estabelecimento estava passando o ponto e foi logo arrumando um jeito de estrear ali seu novo endereço. É bem menor, menos badalado – no Rio, a presença de globais era constante. Ela planeja inclusive escrever, aqui, o livro que contará sua história – na verdade, guarda um arsenal de receitas exclusivamente para ele.

“O público aqui é diferente, mas para melhor. São honestos quando esqueço de marcar algum bolinho na comanda. E eu só recebo apoio, parabéns e pedidos pra ficar aqui no bairro”, ela contou, depois que a reportagem foi pausada, pela quarta vez, por uma cliente agradecendo-lhe pelos quitutes e desejando mais sucesso.

Val, o marido, é o único funcionário fixo do estabelecimento – e, curiosamente, já foi garçom do Bracarense. Três irmãs e os sobrinhos vão se alternando entre o bar e a casa, que, na verdade, é a fábrica dos bolinhos. Cada dia alguém da família integra o time de funcionários. “Eles me apoiaram demais quando eu disse que queria voltar. A família, unida jamais será vencida! E eu não abro mesmo mão deles”, disse, convicta.

Adaptação longe do mar 

Agora em solo mineiro, uma questão importante era saber como garantir a qualidade dos frutos do mar, ingredientes frequentes nas receitas de Alaíde Carneiro – afinal, Belo Horizonte fica a quilômetros das praias. Mas ela conta que conseguiu um produtor que entrega toda semana os insumos, sempre fresquinhos. “Tudo o que eu tinha no Rio, tenho aqui também”, garante.

A surpresa da cozinheira foi a grande saída de seus consagrados bolinhos do mar. “Os que contêm camarão são os que mais têm saída, isso me surpreendeu bastante”, contou ela. Em terras cariocas, o mais aclamado é o choquinho: generosos camarões cobertos de Catupiry e em batata palha caseira. Segundo ela, já teve briga por lugar na fila, iniciada por quem surtou ao pensar que ficaria sem a iguaria.

A dificuldade mesmo foi se acostumar a chamar suas criações de bolinhos. “Eu chamava de ‘salgados’, mas já estou me acostumando (a falar ‘bolinho’)”, disse.

Boa de papo, Alaíde prefere não falar tanto do passado. Pelo menos, sobre o fim da parceria com Francisco Chagas, seu antigo sócio no bombado bar Chico & Alaíde, no Leblon. O imbróglio está na Justiça e ela prefere se resguardar. As partes boas, ela faz questão de deixar estampadas nas paredes do pequeno bar, repleto de recortes de reportagens da sua fama em publicações cariocas. E, definitivamente, não gosta de dar detalhes sobre suas criações – tampouco a receita. “O segredo é a pessoa ter amor pelo que faz. E, claro, usar ingredientes de qualidade e fritar o salgado em gordura sempre limpa, senão, fica encharcado”, entregou ela, que faz questão de não sair da cozinha. “Sou muito exigente. Se um bolinho não fica do meu jeito, eu mesma pego e faço”, afirma.

Em tempo: mesmo exibindo um sorriso mais cativante que sua estufa, a chef reluta em revelar sua idade. “Essa parte você pode pular. Sou igual à (jornalista) Glória Maria, não revelo quantos anos tenho. Quem sabe amanhã ou depois você volta e eu te conto?”, brinca.

  • 0
    Barquinha recheada com camarão e queijo cremoso e enfeitada com azeitona empanada em flocos de arroz |
  • 0
    A mineira Alaíde Carneiro e seus famosos salgados em BH. No novo bar, ela serve 20 dos 54 que criou

BOTEQUIM DA ALAÍDE

Avenida Dr. Cristiano Guimarães, 1.863, Planalto. (31) 2527-3386. Aberto de terça-feira a sábado, das 8h às 22h, e domingo, das 9h às 18h30

.

FONTE: O Tempo.


Mais de 200 bairros da capital e Grande BH terão abastecimento de água interrompido no domingo

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Uma manutenção na rede de água do sistema produtor do Rio das Velhas vai interromper o abastecimento em mais de 200 bairros de Belo Horizonte e outras cidades da Região Metropolitana neste domingo (16). Além da capital, Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia terão o abastecimento suspenso entre em 6h e 18h.

De acordo com a Copasa, a situação deve se normalizar de forma gradativa até a madrugada de segunda-feira (17).

Confira os locais onde o abastecimento será interrompido:

Belo Horizonte:
Aarão Reis, Aeroporto, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Alípio de Melo, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim,  Borges, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, ETE/Arrudas, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto  Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim  Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardim das Rosas, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto ,Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa  Efigênia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São João Batista, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, Universitário, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho e Vista do Sol, Vila Silveira.

Nova Lima: 
Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.

Raposos: 
Todo o município.

Sabará: 
Todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Santa Luzia: 
Todo o município, exceto a região do São Benedito e do Frimisa.


Bairros de BH ficam sem água; confira onde

O abastecimento de água deve retornar gradativamente na noite do domingo

Alguns bairros das regiões Centro-Sul, Leste, Oeste e Noroeste de Belo Horizonte terão o abastecimento de água interrompido neste domingo (17) para obras de interligação de redes de água.

Segundo a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), serão afetados os bairros Barro Preto, Calafate, Carlos Prates, Centro, Floresta, Lagoinha, Lourdes, Padre Eustáquio, Prado, Santa Efigênia e Santo Agostinho.

A previsão é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da noite do mesmo dia (17).

O abastecimento de água deve retornar gradativamente na noite do domingo

FONTE: Hoje Em Dia.


Saiba como funcionarão os órgãos e as entidades públicas de BH em dias de jogos da Seleção

Kalil publicou decreto no Diário Oficial do Município (DOM) de como deverá ser a jornada de trabalho dos servidores. Serviços de saúde e de educação ainda não têm horários definidos


Em decreto publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial do Município (DOM), o prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PHS) estabeleceu como deverão funcionar os órgãos e as entidades do Executivo municipal nos dias de jogos da Seleção Brasileira, que entra em campo pela primeira vez na Copa da Rússia ainda neste domingo. Entretanto, apesar da publicação, não há definição de como os serviços de saúde e de educação deverão funcionar nesses dias.

No decreto, o prefeito decide que a jornada de trabalho nos dias 22 e 27 de junho será de seis horas. Na sexta-feira, quando o time brasileiro joga contra a seleção da Costa Rica, às 9h, os servidores trabalharão das 14h às 20h. Já na quarta-feira, a jornada será das 8h às 14h, afinal a Seleção Brasileira enfrenta a Sérvia às 15h.

As pessoas que trabalham na Central de Atendimento Presencial do Modelo Integrado de Atendimento ao Cidadão (BH Resolve), excepcionalmente em dias que os jogos ocorrem às 9h ou às 11h, terão jornada das 14h às 18h. As horas não trabalhadas relativas à jornada para os dias em que a Seleção entra em campo, diz o decreto, serão compensadas até o último dia do ano, 31 de dezembro.

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, assim como o Grupo Gestor de Riscos e Desastres, funcionarão normalmente, uma vez que os serviços prestados pelos órgãos são considerados essenciais. No entanto, no decreto publicado no DOM desta quinta-feira, o prefeito diz que o funcionamento dos serviços vinculados à saúde e educação, bem como os da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, deverão publicar uma portaria com os horários de funcionamento. Conforme a PBH, o documento deve sair nos próximos dias.

.

FONTE: Estado de Minas.


Foragido há quase uma semana, vereador Wellington Magalhães se entrega à Polícia Civil em BH

O vereador Wellington Magalhães (PSDC), que estava foragido há quase uma semana após uma operação contra corrupação na Câmara de BH, se entregou na noite desta terça-feira (24). A informação foi confirmada pela assessoria da Polícia Civil, que se limitou a dizer que o parlamentar compareceu a uma delegacia da capital no fim da noite, mas sem detalhar em qual a unidade. De acordo com a corporação, uma coletiva deve ser realizada nesta quarta-feira (25) para dar mais detalhes. O advogado de Magalhães não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Vereador por quatro mandatos, ex-presidente da Câmara Municipal e um dos políticos mais influentes no Legislativo de Belo Horizonte, Wellington Gonçalves Magalhães é investigado em 45 inquéritos do Ministério Público mineiro, um deles por tráfico de drogas.

Apenas nos dois processos que deram origem a um pedido de prisão, fruto da operação “Sordium Publicae”, deflagrada na última quarta-feira (18), Magalhães poderá pegar pena de até 118 anos de reclusão pelos crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, contravenção criminosa, peculato, fraude da administração pública e, ainda, corrupção ativa e passiva.

A Justiça autorizou a prisão de oito pessoas (incluindo Magalhães e a esposa, Kelly Magalhães). Conforme o Ministério Público, foram desviados R$ 30 milhões em contratos de publicidade na Câmara.

O assessor de confiança do parlamentar, Rodrigo Dutra de Oliveira, continua foragido. Todos os demais mandados foram efetuados. Os suspeitos tiveram os bens bloqueados.

Ostentação

O vereador tinha como fonte de renda declarada, conforme as investigações, o salário na Câmara, em torno de R$ 10 mil, mas acumulou patrimônio de R$ 4,6 milhões. Entre os bens dele estão uma mansão às margens da Lagoa da Pampulha, orçada em R$ 2,9 milhões, vários carros importados de luxo e imóveis na Região Metropolitana.

Também chamou a atenção do MP o estilo de vida de Magalhães. Ele tinha despesa de R$ 10 mil só com a mensalidade da faculdade das filhas. Segundo o promotor Leonardo Barbabela, somam-se a isso as viagens internacionais e demonstrações de ostentação “com o dinheiro público”.

Entre 2014 e 2016, Magalhães presidiu a Câmara. Nesse período, os investimentos com publicidade saltaram de R$ 10 milhões para R$ 30 milhões, em licitação e contratos que o MP classificou como irregulares com as agências MC.Com/ Feeling e Santo de Casa.

Wellington Gonçalves Magalhães é investigado em 45 inquéritos do Ministério Público mineiro, um deles por tráfico de drogas

Wellington Gonçalves Magalhães é investigado em 45 inquéritos do Ministério Público mineiro, um deles por tráfico de drogas

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Ex-presidente da Câmara de BH e mais sete são alvos de mandado de prisão

Até o momento, foram cumpridos mandados contra Wellington Magalhães e a mulher dele, Kelly Magalhães, na Operação Sordidum Publicae

O ex-presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte Wellington Magalhães (PSDC) foi preso na manhã desta segunda-feira (18) após deflagração da operação Sordidum Publicae, da Polícia Civil e do Ministério Público de Minas Gerais. Além do vereador, outras sete pessoas receberam mandado de prisão preventiva – até o momento só o parlamentar e sua esposa, Kelly Magalhães, foram presos.

Também há um mandado para o ex-diretor de comunicação da Câmara, Márcio Fagundes, e para os empresários Marcus Vinicius Ribeiro, Rodrigo Dutra de Oliveira, Christiane de Castro Melo Cabral Ribeiro, Frederico Ribeiro Guedes, Paulo Victor Damasceno Ribeiro.

A operação decorre a partir da Santo de Casa, que em dezembro de 2016 apontou uma série de irregularidades em licitações e contratos de publicidade da Câmara. Magalhães, segundo o MPMG, seria o líder de um esquema que teria desviado R$ 30 milhões a partir destes repasses irregulares.

Santo de Casa

No dia 6 de dezembro de 2016, o então presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, Wellington Magalhães (PSDC), teve o mandato suspenso durante a investigação pelos crimes de peculato, corrupção passiva, fraudes em licitações e lavagem de dinheiro.

No mesmo dia, a casa de Magalhães e a Câmara Municipal de Belo Horizonte foram alvos da operação “Santo de Casa”, organizada pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Minas Gerais. Além do MP, participaram da investigação, a Polícia Civil, o Ministério Público de Contas Estadual e a Receita Estadual.

Magalhães tornou-se alvo após apresentar um patrimônio não condizente com o valor do seu vencimento como vereador de Belo Horizonte.

De acordo com o Ministério Público, há indícios de simulações de contratos de licitações fictícios com empresas de sua confiança para a prática de lavagem de dinheiro.

A concorrência investigada selecionou a Feeling Comunicação, que terceirizou os trabalhos para outras empresas, entre elas, a Santo de Casa Produções Ltda. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), tratava-se de uma empresa fantasma que emitia notas fiscais falsas para justificar gastos não comprovados.

Segundo a investigação, as fraudes envolvendo a contratação de serviços de publicidade acarretaram um aumento de mais de 100% das despesas da Câmara somente no exercício de 2015, saltando de cerca de R$7,5 milhões nos exercícios de 2013/2014 para mais de R$18 milhões somente em 2015.

Dentre os vários indícios apurados, foram encontradas evidências de pagamentos a empresas de fachada para prestação de serviços fictícios de publicidade.

Wellington Magalhães

Magalhães deve retornar à Câmara na próxima segunda-feira

.

FONTE: O Tempo.


Militantes jogam tinta na fachada de prédio da ministra Cármen Lúcia em BH

Cerca de 450 manifestantes se reuniram em frente ao prédio da magistrada no Bairro Santo Agostinho

Manifestantes se reuniram em frente ao prédio da ministra Cármen Lúcia, em Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira (6) para protestar contra a negação do Habeas Corpus ao ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal. Cerca de 450 militantes do Movimento Sem Terra (MST) jogaram tinta vermelha na fachada do edifício na Rua Dias Adorno, no Bairro Santo Agostinho, Região Centro-Sul da capital.

De acordo com Josimar Silva, coordenador do MST, o ato foi planejado desde ontem para protestar contra a decisão da Justiça. “Lula foi condenado sem provas. Não vamos dar descanso para toda essa corja que deturpa as leis para beneficiar interesses do capital. Assistimos essa semana que o Supremo é tão golpista quanto Temer”, disse. Cármen Lúcia tem um apartamento na cobertura do prédio, que fica em frente à ouvidoria do Ministério Público de Minas  Gerais. De acordo com vizinhos, ela esteve no prédio na última semana, mas desde então não é vista no local.

Vitor Ferreira, de 60 anos, conta que os manifestantes só saíram do local após a chegada da Polícia Militar. Segundo ele, que trabalha num prédio ao lado da residência da ministra, os militantes não quebraram nada, apenas jogaram tinta nos muros e na calçada. “Quando a polícia chegou, eles entraram num ônibus e saíram. Foi um transtorno para os vizinhos, mas eles apenas gritaram e jogaram tinta”, conta. Logo depois do protesto, os manifestantes se dirigiram para a Praça Sete, onde se concentra o grupo que protesta contra a ordem de prisão ao ex-presidente Lula.

  • mst carmem lucia
    Manifestantes só saíram do local após a chegada da PM

.

FONTE: O Tempo.


Deslizamento de encosta atinge moradores de rua após chuva forte em Belo Horizonte  

 

Pela terceira vez nesta semana Belo Horizonte registra estragos em razão de chuvas durante madrugadas. No começo desta manhã, deslizamento de uma encosta atingiu dois moradores de rua que estavam em uma barraca debaixo da marquise de um residência localizada na Avenida Antônio Carlos, no Bairro São Cristóvão, Região Nordeste da capital. Duas casas foram interditadas totalmente e uma terceira de maneira parcial.

O homem e a mulher foram encaminhados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O estado de saúde deles ainda não foi divulgado.

 

Na via marginal do Anel Rodoviário, na altura do Bairro Carlos Prates, também na Região Nordeste, outra encosta desabou. O local foi isolado pela Defesa Civil. Ninguém se feriu.

Já na Grande BH, um muro do condomínio Recanto Verde, em Esmeraldas, caiu após a água da chuva infiltrar na estrutura. Não há feridos.

Fábio Oliveira / Defesa Civil BH

 

.

FONTE: Itatiaia.


Chuva forte provoca alagamentos, deixa motoristas ilhados e arrasta carros em BH

O Rio Cachoeirinha transbordou, inundou a via e arrastou carros. Na Avenida Cristiano Machado também teve alagamentos e uma viatura do Samu ilhada


 


 

Uma chuva forte provocou inundações, arrastou carros e deixou motoristas em pânico, na tarde deste sábado em Belo Horizonte. A Região Nordeste da capital foi a mais atingida. O Rio Cachoeirinha transbordou, arrastou carros e alagou vários estabelecimentos comerciais na Avenida Bernardo Vasconcelos.

Na Avenida Cristiano Machado também teve vários pontos de alagamentos. Na altura do Bairro São  Gabriel, a água tomou conta da pista, deixou pessoas ilhadas na Estação de metrô e impediu que os ônibus do Move deixassem a estação. Logo à frente, próximo ao Minas Shopping, também teve inundação. Carros ficaram com água quase até o teto. No Bairro Cidade Nova, uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ficou ilhada.

O sinal do temporal que atingiu a cidade começou por volta das 15h, quando nuvens escuras cobriram a capital e até postes de iluminação das ruas foram ligados.

O Institudo PucMinas/Tempo Clima já havia alertado nessa sexta-feira (23), que os mineiros deviam se preparar para chuva neste fim de semana. A frente fria que atua no estado desde o início da semana vai continuar deixando o tempo instável. Pancadas de chuva estão previstas para este sábado e domingo e o céu permanecerá nublado em todo o estado, de acordo com o instituto.

A instabilidade se estende ao início da próxima semana, também com previsão de precipitações. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, as temperaturas variam entre 17 e 26 graus e a umidade relativa do ar fica em torno de 65% durante o fim de semana.

Grande BH

Em Betim, na Grande BH, a chuva forte fez com que pessoas ficassem alagadas com a repentina elevação das águas de enxurradas e de córregos. Só o Corpo de Bombeiros chegou a registrar 17 chamadas relativas a pessoas cercadas pela água. Contudo, tão rápido quanto o nível d’água subiu, ele desceu e não foi preciso resgatar nenhuma dessas pessoas.
Em Nova Lima e na região do condomínio Alpha Ville, no caminho para Ouro Preto, a chuva forte obrigou os motoristas das BRs 040 e 356 a reduzir sua velocidade e conduzir os veículos com cuidados redobrados.

.

FONTE: Estado de Minas.


Cerca de 200 bairros de Belo Horizonte ficarão sem água neste domingo

Interrupção no abastecimento também afetará Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia.

Cerca de 200 bairros de Belo Horizonte vão ficar sem água neste domingo (25). A interrupção no abastecimento também afetará Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia, na Região Metropolitana.

De acordo com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), o corte ocorrerá a partir das 6h para manutenção preventiva no Sistema Produtor de Água Rio das Velhas, em Nova Lima. No domingo, também será realizada manutenção no sistema elétrico da elevatória de água tratada São Lucas, na capital.

A previsão da Copasa é que os serviços sejam concluídos até as 16h e que o abastecimento de água será normalizado, gradativamente, até a madrugada de segunda-feira (26). Veja a lista de locais afetados.

Belo Horizonte

Aarão Reis, Aeroporto, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Alípio de Melo, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, ETE/Arrudas, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja, Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardim das Rosas, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto ,Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha, São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Efigênia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São João Batista, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, Universitário, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vista do Sol e Vila Silveira

Nova Lima

Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos

Raposos

Todo o município

Sabará

Todo município, exceto distrito de Ravena

Santa Luzia

Todo município, exceto a região do São Benedito

.

FONTE: G1.


Campanha em tom de desafio

Ex-presidente diz não respeitar decisão da Justiça

Mas pela primeira vez admite que pode ser preso
Com o lema “eleição sem Lula é fraude”, no primeiro ato público em defesa do direito à candidatura ao Palácio do Planalto do ex-presidente realizado ontem, no Expominas, em Belo Horizonte, ele avisou: “Eu vou voltar para garantir o direito do povo brasileiro de viver melhor.”

Depois de acusar parte do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Polícia Federal e setores da imprensa de demonizarem o PT, para tentar destruir aquele que chamou de seu legado de desenvolvimento humano, social e econômico, Lula disse não respeitar a decisão judicial que o condenou no caso do tríplex do Guarujá por considerá-la “mentirosa, política “e que não se baseou nos autos”. “Não sei quais serão as próximas decisões da Justiça, mas quero dizer que não tem medo de ser preso porque tenho a consciência tranquila. Aos meus algozes, eu digo: prendam a minha carne, mas as minhas ideias continuarão soltas”.

Lula sustentou ser a sua condenação injusta e com o único propósito de impedir que concorra às eleições presidenciais. “Disputem as eleições comigo para ver quem ganha. Estão lidando com um ser humano diferente. Eu sou um pedacinho de célula de cada um de vocês. E se um Lula incomoda, dois Lulas e milhões de Lulas incomodam mais”, disse, afirmando que representa o povo brasileiro e a sua plataforma de igualdade social jamais será destruída. “Quero dizer que não respeito a decisão da Justiça e aviso que estou candidato”, disse o líder petista diante de militantes do partido.

Em sua terceira visita a Minas nos últimos sete meses, Lula esteve pela manhã no acampamento do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) Maria da Conceição, em Itatiaiuçu e, depois, a Colônia Santa Isabel, em Betim, onde foi homenageado por integrantes do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan). À noite, a celebração dos 38 anos do PT coincidiu com o lançamento de sua pré-candidatura, reunindo no Expominas cerca de duas mil pessoas, entre militantes, integrantes de movimentos sociais, parlamentares, sindicalistas, da presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR) e do governador Fernando Pimentel.

Em crítica à intervenção federal no Rio de Janeiro, Lula considerou-a durante a visita ao acampamento do MST uma “pirotecnia” do presidente Michel Temer para se cacifar na disputa à eleição presidencial. “O Temer fez isso porque a reforma da Previdência não seria aprovada, então, está usando a segurança pública como mote para quem sabe sair candidato. Só que o Exército não foi preparado para agir como polícia. Exército é para garantir soberania nacional”, afirmou.

A intervenção também foi criticada por Fernando Pimentel. “A ditadura quer voltar. Agora em vez de fardas usam togas de juízes arbitrários, parciais. E agora esse governo ilegítimo de Temer faz a intervenção para atacar o povo pobre. Nos conglomerados não tem fábrica de fuzis automáticos nem de cocaína. Por que não vão para as fronteiras? Que intervenção é essa, querendo mandado de busca coletiva. A última vez que usaram isso foi na Alemanha nazista”, discursou o governador, durante o ato em apoio ao lançamento da candidatura de Lula.

Gleisi denuncia
“perseguição”

Ao repercutir os embargos de declaração apresentados pela defesa de Lula ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Gleissi Hoffmann afirmou que foram questionadas 38 omissões, 16 contradições e apontadas cinco obscuridades do acórdão de condenação a Lula. “O Brasil não vive um estado democrático de direito”, apontou, sustentando uma perseguição ao ex-presidente, para impedir que ele dispute as eleições.

“O juiz Sérgio Moro não tinha competência para fazer esse julgamento, que nada tem a ver com a Petrobras. E também não podia julgá-lo porque temos razões de sobra para achar que Moro tem lado nesse processo, pois tanto ele quanto a mulher dele se manifestaram em redes sociais contra o presidente Lula”, disse.

“Além disso a parcialidade do Ministério Público, que está clara no powerpoint do Daltan Dallagnol, que agora quer autorização geral da Justiça para fazer busca e apreensão generalizada em todos os gabinetes de deputados e senadores de Brasília”, criticou. Gleisi desafiou: “Por que não explicam o que estão ganhando de auxílio-moradia, que é ilegal?”

“Quero dizer que não respeito a decisão da Justiça e aviso que estou candidato”, Luiz Inácio Lula da Silva

.

FONTE: Estado de Minas.


PM apreende cerca de 50 celulares em ação para recuperar aparelhos furtados no carnaval

Os aparelhos estavam em uma banca instalada em um shopping popular de Belo Horizonte. Corporação afirma que já identificou alguns celulares de vítimas de furto durante a folia na capital


O furto e roubo de celular foram as ocorrências mais registradas durante o carnaval. Para tentar recuperar aparelhos que foram levados dos foliões, a Polícia Militar (PM) realiza uma operação em Belo Horizonte com o trabalho de inteligência da corporação. Somente em uma ação nesta quinta-feira em um shopping popular da capital mineira foram recuperados aproximadamente 50 telefones. Alguns deles foram identificados como sendo de vítimas durante a festa.
Os trabalhos para tentar encontrar os aparelhos foram iniciados pelo serviço de inteligência da PM. “Já sabemos que durante o carnaval este tipo de crime aumenta. Por isso, já foi feito um trabalho de monitoramento de estabelecimentos, e também de registro dos telefones roubados e e-mails que estavam no aparelho. Desde ontem (quarta-feira), passamos a acompanhar vários aparelhos por meio de aplicativos de localização”, explicou o major Cláudio Henrique Ribeiro Santos, comandante da 6ª Companhia da Polícia Militar.

Com as informações colhidas nas apurações, os policiais conseguiram chegar até um box localizado em um shopping popular de Belo Horizonte. Lá, conseguiram encontrar diversos aparelhos de origem duvidosa. “Abordamos os funcionários da banca e encontramos cerca de 50 aparelhos, a maioria deles iPhone, que tem um valor mais alto no mercado”, afirmou o comandante.

Ao menos uma pessoa que estava no local foi presa. A PM continua os levantamentos para chegar até o dono do estabelecimento. Ainda está sendo apurado como os aparelhos chegaram até o shopping popular. “Os funcionários deram algumas informações, mas não chegamos a uma lógica. Eles falam que pessoas chegam oferecendo o aparelho, ou na própria rua é feito a triagem. Mas, sabemos que na receptação existe uma grande rede por trás. Não se trabalha sozinho”, comentou Cláudio Santos.

Os aparelhos foram encaminhados para a 6ª Companhia da PM, onde o boletim de ocorrência está sendo confeccionado. A operação vai continuar, segundo o comandante, em vários pontos da cidade.

.

FONTE: Estado de Minas.


Confira o que abre e o que fecha neste Carnaval

Lista com os principais órgãos públicos e empresas

O Carnaval se aproxima e muitos querem saber como será o funcionamento dos órgãos públicos e empresas durante o feriado. Para isso, O TEMPO preparou este abre e fecha para que os foliões possam acompanhar todos os horários de funcionamento.

Confira:

 

ÓRGÃOS MUNICIPAIS

Parques e Zoológico

• Parque das Mangabeiras;  Parque da Serra do Curral; Parque Aggeo Pio Sobrinho; Parque Roberto Burle Marx; Mirante do Mangabeiras
Fechados devido aos trabalhos de combate e prevenção da febre amarela

• Parque Municipal Renné Giannetti – (avenida Afonso Pena, 1377, Centro).
Nos dias dias 10, 11, 12 de fevereiro, respectivamente sábado, domingo, segunda e terça de Carnaval, ele funcionará das 6h às 18h. Fechado na quarta-feira de Cinzas, dia 14

• Outros parques administrados pela Fundação de Parques Municipais. Funcionam de 10/2 a 14/2, das 7h às 18h.

• Jardim Zoológico, Jardim Botânico e Aquário da Bacia do Rio São Francisco (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8000, Pampulha).

Funcionam no sábado, domingo, terça e quarta-feira de Cinzas, das  8h às 17h, com entrada permitida até às 16h. Fechado na segunda de Carnaval para manutenção.

• Parque Ecológico da Pampulha – (avenida Otacílio Negrão de Lima, 6061, Pampulha).
Aberto todos os dias do Carnaval, das 8h30 às 19h – com entrada permitida até 18h

Segurança Alimentar e Nutricional

• Banco de Alimentos (Rua Tuiutí, 888, bairro Padre Eustáquio) – Fechado entre sábado (dia 10/2) e quarta-feira (dia 14/2).

• Central de Abastecimento Municipal (Rua Maria Pietra Machado, 125, Bairro São Paulo) – Aberta no sábado (dia 10), das 8h às 19h; domingo (dia 11/2) das 8h às 13h; segunda (dia 12/2) das 8h às 13h; terça (dia 13/2) das 8h às 13h e quarta-feira (dia14/2) das 8h às 19h.

• Direto da Roça – funcionamento facultativo entre o sábado (dia 10/2) e quarta-feira (14/2)

• Feira Coberta do Padre Eustáquio (Rua Pará de Minas, 821, Padre Eustáquio) – Aberta sábado (10/2) das 8h às 19h; domingo (11/2) das 8h às 13h; segunda feira (12/2) das 8h às 19h; terça-feira (13/2) das 8h às 13h e quarta-feira (14/2) das 8h às 19h.

• Feira de Orgânicos – funcionamento facultativo entre o sábado (dia 10/2) e quarta-feira (14/2)

• Feiras Livres – Funcionamento normal das 7h às 13h, todos os dias. Exceto segunda-feira que não há Feira Livre.

• Mercado do Cruzeiro (Rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro) – Aberto no sábado (dia 10/2) das 8h às 19h; domingo (dia 11/2) das 8h às 14h; fechado na segunda-feira (dia 12/2) e terça-feira (dia 13/2);
Na quarta-feira (dia 14/2) abre das 13h às 18h.

• Restaurantes Populares I, II, III e IV
Não abrem aos sábados e domingos. Fechados entre segunda-feira (dia 12/2) e quarta-feira (dia 14/2).

•Refeitório da Câmara Municipal
Não abre aos sábados e domingos. Fechado entre segunda-feira (dia 12/2) e quarta-feira (dia 14/2).

• Sacolões Abastecer – Abrem no sábado (dia 10/2) das 8h às 19h; domingo (dia 11/2) das 8h às 13h, segunda (dia 12/2) das 8h às 19h; terça-feira (dia13/2) das 8h às 13h; quarta-feira (dia 14/2) das 8h às 19h.

• Centro de Referência Da Juventude
Fechado de sábado (10/2) a quarta-feira (14/2). Abre quinta-feira (15/2) das 9h às 22h.

Equipamentos Culturais

•Casa do Baile. 3277-7443 –  (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 751)
Aberto sábado e domingo, das 9h às 17h, fechado de segunda a quarta.

•Museu Histórico Abílio Barreto. 3277-8573 – (Avenida Prudente de Morais, 202, Cidade Jardim)
Aberto sábado e domingo, das 10h às 17h, fechado de segunda a quarta.

•Museu de Arte da Pampulha. 3277-7946 – (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16.585)
Aberto sábado e domingo, das 9h às 18h30, fechado de segunda a quarta.

•Casa Kubitschek. 3277-1586 –  (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4.188)
Aberto sábado e domingo, das 9h às 17h, fechado de segunda a quarta.

•Museu da Moda. 3277-4384 –  (Rua da Bahia, 1.148, Centro)
Fechado de sábado a quarta-feira

•Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte. 3277-4666 – (Rua Itambé, 227, Floresta)
Fechado de sábado a quarta-feira

•Museu da Imagem e do Som. 3277-4131 – (Avenida Álvares Cabral ,560, Centro)
Fechado de sábado a quarta-feira

•MIS Cine Santa Tereza. 3277-4699 – (Rua Estrela do Sul, 89, Praça Duque de Caxias, Santa Tereza)
Fechado de sábado a quarta-feira

Postos de Informação Turística

• Centro de Atendimento ao Turista Álvaro Hardy – Veveco (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luís).
Funciona das 8h às 17h.

• Centro de Atendimento ao Turista (Rodoviária Praça Rio Branco, Centro).
Funciona das 8h às 17h.

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado das Flores (Avenida Afonso Pena, 1.055, Centro).
Fechado para reforma

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado Central (Avenida Augusto de Lima, 744, Centro).
Dia 10/02, funciona das 8h às 17h20; dias 11, 12 e 13/2, funciona das 8h às 13h; e dia 14/2, funciona de 12h às 17h20.

Segurança

• Guarda Municipal
Trabalha normalmente na segunda-feira dia 12, terça-feira, dia 13 e quarta-feira, dia 14.

• Centro de Operações de Belo Horizonte (COP-BH)
Funcionamento normal, exceto para atendimento ao público, na segunda-feira dia 12, terça-feira, dia 13 e quarta-feira, dia 14.

BH Resolve

• Fechado todos os dias do Carnaval, voltando somente na quinta-feira (15)

Defesa Civil

• Funcionamento normal, todos os dias, 24 horas por dia, inclusive aos domingos e feriados. Os telefones de contato são: 199 e o 3277-8864.

Trânsito e Transporte

• O transporte coletivo por ônibus de Belo Horizonte vai circular de sábado a quinta-feira com quadro de horário especial de Carnaval. Acesse http://www.bhtrans.pbh.gov.br

Limpeza Urbana

• A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) informa que haverá funcionamento normal de todos os serviços de limpeza urbana nos dias 10, 12, 13 e 14 de fevereiro de 2018.
No domingo, dia 11, será mantida a rotina das equipes de plantão, além do efetivo empenhado nas ações do Carnaval.

Saúde

• As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o Hospital Municipal Odilon Behrens, a Central de Internação, o Samu e os laboratórios das UPAs
Funcionam normalmente 24h por dia, todos os dias.

• Os Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMs)
Nos dias 10 e 11 funcionam com equipe de plantão; dia 12 funcionam com escala mínima durante o dia e expediente normal à noite; dia 13 funcionam com equipe de plantão durante o dia e expediente normal à noite; dia 14 funcionam com escala mínima no período da manhã e funcionamento normal a partir das 13h.

• O Serviço de Urgência de Psiquiátrica Noturno
Funciona com expediente normal todos os dias.

• O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde e Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais
Do dia 10 ao dia 14 funcionam com escala de plantão. No dia 14, a partir das 13h, funcionam com expediente normal.

• Os Centros de Saúde, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), os laboratórios de zoonoses, as sedes dos distritos, o nível central (gerência de assistência à saúde e gerência de urgência), os laboratórios distritais e central, os Centros de Especialidades Médicas (CEM)
Nos dias 10 e 11 funcionam com equipe de plantão; dia 12 funcionam normalmente das 7h às 17h; dia 13 não funcionam; dia 14 funcionam com expediente normal a partir às 13h.

• Os Centros de Referência a Saúde do Trabalhador, o Centro de Treinamento e Referência, as Unidades de Referência Secundária, o Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem, o Centro Municipal de Oftalmologia (CMO), os Centros de Reabilitação, os Centros de especialidades odontológicas, as farmácias distritais e a alta complexidade.
Do dia 10 ao dia 13 não funcionam. No dia 14 funcionam com expediente normal a partir às 13h.

• Centros de Convivência
Do dia 10 ao dia 13 não funcionam. No dia 14, funcionam com expediente normal a partir das 13h.

• Academias da Cidade e Serviço de Atendimento ao Viajante
Do dia 10 ao dia 13 não funcionam. No dia 14 funcionam com expediente normal a partir às 13h.

• Central de Atendimento a Liminares e Centro de Esterilização de cães e gatos
Do dia 10 ao dia 13 não funcionam. No dia 14 funcionam com expediente normal a partir às 13h.

 

SHOPPINGS

Minas Shopping

• Madero Container funcionará normalmente todos os dias, das 11h30 às 23h.

• No dia 10 de fevereiro (sábado), lojas, quiosques e as praças de alimentação e lazer funcionam em horário normal, das 10h às 22h. O Momento Super Nosso estará aberto, das 7h30 às 22h, a Academia Plataforma, das 9h às 13h, e o cinema, de acordo com a programação da Cineart.

• No dia 11 (domingo), as praças de alimentação e lazer vão funcionar das 10h às 22h; o Momento Super Nosso das 8h às 20h e o cinema, de acordo com a programação. Já a Academia Plataforma, lojas e quiosques estarão fechados.

• No dia 12 (segunda-feira), das 12h às 22h, a praça de alimentação e lazer vão funcionar e o cinema segue programação da Cineart. O Momento Super Nosso, a Academia Plataforma, lojas e quiosques ficarão fechados.

• No dia 13 (terça-feira), das 12h às 22h, a praça de alimentação e lazer vão funcionar e o cinema segue programação do Cineart. O Momento Super Nosso funcionará das 8h às 20h. A Academia Plataforma, lojas e quiosques estarão fechados.

• Na quarta-feira de cinzas, 14, lojas, quiosques e praça de alimentação e lazer vão funcionar das 12h às 22h, a Academia Plataforma, das 12h às 23h, o Momento Super Nosso, das 7h30 às 22h, e o cinema, conforme a programação.

carnaval

.

FONTE: O Tempo.


Copasa interrompe abastecimento em 13 bairros de BH no domingo

A previsão é de que o serviço seja normalizado ao longo do dia


Uma manutenção na rede da Copasa vai interromper o abastecimento de água em 13 bairros de Belo Horizonte durante este domingo. A companhia informou que a medida foi adotada em caráter emergencial.

Segundo a Copasa, as manutenções ocorrem em uma rede que fica no cruzamento da Avenida Pedro II com a Rua Desembargador Tinoco, no Bairro Monsenhor Messias, na Região Noroeste da capital.

A previsão é de que o serviço seja normalizado ao longo da tarde de domingo. Confira os bairros que ficarão sem água: Alto Caiçaras, Bonfim, Caiçara, Caiçara Adelaide, Castelo, Engenho Nogueira, Jardim Alvorada, Jardim Montanhês, Monsenhor Messias, Padre Eustáquio, Paquetá, Pedro II e Sumaré.

.

FONTE: Estado de Minas.


Restaurante no Caiçara serve fartíssimas refeições acompanhadas de bifes gigantescos por R$17 per capita

 

Comer como um verdadeiro rei, sem se importar com as mazelas do mundo, pelo menos por um momento, e, no final, pagar pouco por isso. Em Belo Horizonte esta realidade ainda é possível, graças a lugares como o Bifão no Prato, localizado no bairro Caiçara, na Região Noroeste de Belo Horizonte.

O restaurante é simplérrimo, do jeito que eu gosto, com forro de plástico na mesa e tudo. Mas o queimporta mesmo é a comida, não é mesmo?

Por R$17 (preço por pessoa) é possível almoçar muito bem, no sistema de refeição executiva, em que as porções chegam separadas em panelas e cumbucas. E quanto mais gente à mesa, maiores elas são.

Arroz, feijão, couve levemente refogada, salada, fritas caseiras e uma carne à escolha. Dependendo do dia, ainda oferecem macarrão, salpicão, tutu (às terças), feijão preto com pertences de feijoada (às sextas) e outras gostosuras.

As opções de carne são variadas. A costelinha tem boa saída, assim como os bifes, que são gigantescos e, por isso, fazem jus ao nome da casa.

 

Carro-chefe do restaurante, o bife de boi à milanesa é fininho e perfeitamente empanado.

 

Sabe aquela mania de mãe, que sempre pergunta ao filho se ele está satisfeito ou se quer mais um feijãozinho ou uma batatinha? No Bifão no Prato é assim, pois as garçonetes são muito solícitas e os acompanhamentos da carne podem ser servidos à vontade.

 

Para acompanhar essa epopeia hedonista, vai bem uma Coca-Cola envasada em garrafa de vidro de um litro, a R$6.

O Bifão no Prato funciona de segunda a sábado, das 11h às 15h:30, aceita como pagamento dinheiro e cartão de débito e fica na Rua Antônio José de Carvalho, 95, ao lado do conhecido Restaurante da Léia e do Bifão do Dico. Os três pertencem a pessoas da mesma família e atendem no mesmo sistema de refeição executiva.

A comida farta, caseira e com ótimo tempero me fez adorar este lugar.

 

 

 

 

 

 

 

BIFÃO NO PRATO

Rua Antônio José de Carvalho, 95 – Caiçara.

Belo Horizonte (MG).

Telefone: (31) 3143-0705.

.

FONTE: Estado de Minas.


Move Metropolitano terá tarifas reajustadas para R$ 5 a partir de segunda

O preço das passagens de ônibus metropolitano, que liga as demais cidades à Belo Horizonte será reajustado em 2018 e passará de R$ 4,85 para R$ 5. O novo valor começa a vigorar a partir da primeira hora de segunda-feira (1º).

O aumento de 3,09% é válido para todos os ônibus do sistema Move Metropolitano, que atende cerca de 6,8 milhões de passageiros por mês. A justificativa para o reajuste, previsto anualmente nos contratos de concessão, é o reajuste do preço do óleo diesel, segundo o governo do Estado. Para ver o valor detalhado das tarifas clique aqui.

A mudança afeta os valores das linhas que atendem os terimais Morro Alto, em Vespasiano, São Benedito, em Santa Luzia, Justinópolis, em Ribeirão das Neves, e São Gabriel, Bernardo Monteiro, Vilarinho e Aarão Reis, na capital.

No entanto, outras dez linhas que também atendem a Grande BH e regiões como Igarapé e São Joaquim de Bicas não terão valor reajustado. As passagens serão mantidas em R$ 10,10.

Belo Horizonte

Esta será a primeira vez em que as passagens de ônibus não sofrerão reajuste na capital a partir do primeiro dia do ano, desde que o contrato com as empresas fornecedoras foi firmado, há nove anos. O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), destacou que só fará mudanças nas tarifas após a realização de uma auditoria para checar o cumprimento do contrato entre o município e as empresas de transporte.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setra-BH) pede que o valor atual, de R$ 4,05 seja acrescido de 6% no próximo ano, passando para R$ 4,30.

Ainda não há data prevista para que a auditoria ocorra. A licitação para contrato de uma empresa que realiza o procedimento foi suspensa judicialmente em outubro. Conforme o prefeito, um novo edital será aberto, mas a PBH não informou um prazo. O Setra-BH alega que, caso não haja alteração no valor, a frota de ônibus nas ruas pode ser reduzida e os veículos podem passar a circular com intervalos maiores de tempo.

As empresas de ônibus entraram na justiça pedindo a revisão tarifária e alegando que a mudança estava prevista em contrato. No entanto, a alteração foi negada duas vezes. Na última terça-feira (26) o desembargador Wander Marotta manteve a decisão do juiz Marco Aurélio Abrantes Rodrigues, da 2ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública Municipal. que negou o aumento do preço das passagens na capital. Por ser de uma liminar de primeira instância, a decisão ainda é sujeita a recurso.

Preço da passagem subirá 3,09% para cobrir gastos com aumento do valor do óleo diesel

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Veja o que abre e fecha no feriado de ano novo

De olho no feriado de fim de ano, O TEMPO fez um levantamento e preparou uma lista com tudo que estará aberto e o que permanecerá fechado na virada do ano, para que você possa se programar melhor. Confira:

 

Bancos

– Os bancos fecharão nesta sexta-feira (29) e voltarão a funcionar somente na terça-feira (2).
Comércio

– A CDL/BH informou que, conforme Convenção Coletiva 2013/2014, o comércio da capital mineira poderá funcionar, normalmente nos dias 30 e 31. Já no dia 1º, os comércios não abrirão.
Parques

– Mangabeiras, Mirante e Serra do Curral: Temporariamente fechados à visitação em função dos trabalhos de prevenção e combate à febre amarela

– Parque Municipal Renné Giannetti: Aberto das 6h às 18h no dia 31 e fechado no dia 1º

– Jardim Zoológico, Jardim Botânico e Aquário da Bacia do Rio São Francisco: Abertos de 7 às 17 com entrada permitida até às 16h no dia 31 e fechados no dia 1º

– Parque Ecológico da Pampulha: Nos dias 31 e 1º, aberto das 8h30 às 19h (com entrada permitida até 18h).

– Outros parques da Fundação de Parques Municipais: Nos dias 31 e 1º, abertos das 7h às 18h.

Shoppings

DIAMOND MALL

31/12
Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 18h.
Cinema: última sessão às 16h.
Empório Verdemar: 6h às 20h.

01/01
Lojas e Empório Verdemar: não abrem.
Cinema: primeira sessão às 16h.
Praça de Alimentação: 10h às 22h.

BH SHOPPING

31/12
Lojas: 10h às 18h
Praça de Alimentação: 10h às 18h
Cinema: Conforme programação
Carrefour: 10h às 18h
Americanas: 10h às 18h
Hotzone: 10h às 18h

01/01
Lojas: Fechadas
Praça de Alimentação: Horário Normal
Cinema: Conforme programação
Carrefour: Fechado
Americanas: Fechado
Hotzone: Fechado

SHOPPING CIDADE

31/12
Lojas: 10h às 16h
Praça de Alimentação: 10h às 16h
Cinema: Última sessão começa às 18h

01/01
Lojas: Fechadas
Praça de Alimentação: Facultativo de 10h às 22h
Cinema: Primeira sessão após às 15h

MINAS SHOPPING

31/12
Lojas e quiosques: 10h às 16h
Alimentação e Lazer: 10h às 16h
Momento Super Nosso: 8h às 18h
Cinema: De acordo com a programação
Academia Plataforma: Aberto conforme programação

01/01
Lojas e quiosques: Fechados
Alimentação e Lazer: 10h às 22h
Momento Super Nosso: Fechado
Cinema: De acordo com a programação
Academia Plataforma: Aberto conforme programação

VIA SHOPPING

31/12
Funcionamento: 09h às 18h
Cinema: Conforme programação

01/01
Lojas e quiosques: Fechados
Praça de Alimentação: Facultativo
Cinema: 15h às 23h

PÁTIO SAVASSI

31/12
Lojas e praça de alimentação: das 10h às 18h.
Verdemar: das 7h às 20h.
Cinema: primeira sessão às 12h / última sessão às 16h.

01/01
Lojas e Verdemar: não abrem.
Cinema: primeira sessão às 16h / última sessão às 22h.
Praça de alimentação: 10h às 22h.

ITAÚ POWER SHOPPING

31/12
Funcionamento: 10h às 18h

01/01
Funcionamento facultativo

BOULEVARD SHOPPING

31/12
Lojas: 10h às 18h
Lazer e Alimentação: 10h às 18h

01/01
Lojas: Fechadas
Lazer e Alimentação: 10h às 22h (Facultativo)

Supermercados

A Associação Mineira de Supermercados (AMIS) informa que os supermercados situados em Belo Horizonte não vão funcionar na segunda-feira (1º).

Restaurantes populares

– Não vão funcionar na segunda-feira. Os restaurantes não abrem aos sábados e domingos.
Transporte Público

– Dia 30/12, sábado: quadro de horário de sábado

– Dia 31/12, domingo: quadro de horário de domingo/feriado

– Dia 1º/ 01, segunda-feira: quadro de horário de domingo/feriado
Limpeza Urbana

– Dia 30/12 – atendimento normal

– Dias 31 de dezembro e 1º de janeiro – não haverá serviços de limpeza urbana em Belo Horizonte. Haverá somente limpeza após o evento da queima de fogos na Pampulha. Também haverá plantão do Grupo Gestor de Riscos e Desastres.

Defesa Civil

Funcionamento normal, todos os dias, 24 horas por dia, inclusive aos domingos e feriados. Os telefones de contato são: 199 e o 3277-8864.

Segurança Alimentar e Nutricional

• Central de Abastecimento Municipal (rua Maria Pietra Machado, 125, bairro São Paulo)Direto da Roça

– Dia 30 de dezembro, sábado: aberta, das 8h às 18h.
– Dia 31 de dezembro, domingo: aberta, das 8h às 15h.
– Dia 1º de janeiro, segunda-feira: fechada.

• Direto da Roça

– Dia 30 de dezembro, sábado: funcionamento normal.
– Dia 31 de dezembro, domingo: funcionamento facultativo.
– Dia 1º de janeiro, segunda-feira: as feiras do programa Direto da Roça não serão realizadas.

• Feira Coberta do Padre Eustáquio (Rua Pará de Minas, 821, bairro Padre Eustáquio)

– Dia 30 de dezembro, sábado: aberta, das 8h às 18h.
– Dia 31 de dezembro, domingo: aberta, das 8h às 14h.
– Dia 1º de janeiro, segunda-feira: fechada.

• Feiras de Orgânicos

– Dia 30 de dezembro, sábado: funcionamento normal, das 7h às 12h
As Feiras de Orgânicos não são realizadas aos domingos nem às segundas-feiras.

• Feiras Livres

– Dia 30 de dezembro, sábado, e dia 31 de dezembro, domingo: funcionamento normal, das 7h às 13h.
– Dia 1º de janeiro, segunda-feira: as Feiras Livres não serão realizadas.

• Mercado do Cruzeiro (Rua Ouro Fino, 452, bairro Cruzeiro)

– Dia 30 de dezembro, sábado: aberto, das 8h às 18h.
– Dia 31 de dezembro, domingo: aberto, das 8h às 15h.
– Dia 1º de janeiro, segunda-feira: fechado.

• Sacolões Abastecer

– Dia 30 de dezembro, sábado: abertos, das 7h às 18h.
– Dia 31 de dezembro, domingo: abertos, das 7h às 15h.
– Dia 1º de janeiro, segunda-feira: fechados.

 

Equipamentos Culturais

• Casa do Baile. (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha)
– Abre sábado, das 9h às 18h. Fechado no Domingo e Segunda

• Museu Histórico Abílio Barreto. (Avenida Prudente de Morais, 202, Cidade Jardim)
– Abre sábado, das 10h às 17h. Fechado no Domingo e Segunda

• Museu de Arte da Pampulha. (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16.596, Pampulha)
– Abre sábado, das 9h às 17h. Fechado no Domingo e Segunda

• Casa Kubitschek. (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4.188, Bandeirantes)
– Abre sábado, das 9h às 17h. Fechado no Domingo e Segunda

• Museu da Moda. (Rua da Bahia, 1.149, Centro)
– Abre sábado, das 10h às 14h. Fechado no Domingo e Segunda

• Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte. (Rua Itambé, 227, Floresta)
– Fechado de sábado a segunda-feira

• Museu da Imagem e do Som. Álvares – (Avenida Álvares Cabral, 560, Centro)
– Fechado de sábado a segunda-feira

• MIS Cine Santa Tereza. (Rua Estrela do Sul, 89, Praça Duque de Caxias, Santa Teresa)
– Fechado de sábado a segunda-feira

Postos de Informação Turística

• Centro de Atendimento ao Turista Álvaro Hardy – Veveco (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luís).

– Dia 30/12 – Funciona das 8 às 17 horas
– Dia 31/12 – Funciona das 8 às 17 horas
– Dia 1º/01 – Fechado

• Centro de Atendimento ao Turista Rodoviária (Praça Rio Branco, Centro).

– Dia 30/12: Funciona das 8 às 17 horas
– 31/12 – Funciona das 8 às 17 horas
– 1º/01 – Funciona das 8 às 17 horas

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado das Flores (Avenida Afonso Pena, 1.055, Centro).

– Fechado para reforma

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado Central (Avenida Augusto de Lima, 744, Centro).

– Dia 30/12 Funciona das 8 às 17 horas
– 31/12 – Funciona das 7 às 14 horas
– 1º/01 – Funciona das 7h às 13 horas

Saúde

• Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Hospital Municipal Odilon Behrens, Central de Internação, Samu e os laboratórios das UPAs.
– Nos dias 30, 31 de dezembro e 1º de janeiro funcionam normalmente durante 24 horas por dia.

• Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMs)
– Nos dias 30 e 31 funcionam com plantão de final de semana (equipe reduzida)
– No dia 1º, funcionam na parte da manhã com plantão de feriados. No turno da noite o expediente será normal.

• Serviço de Urgência de Psiquiátrica Noturno (SUP)
– Nos dias 30, 31 e 1º funciona com expediente normal.

• Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS)
– Nos dias 30, 31 e 1º funciona com escala de plantão

• Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais (CRIE)
– Nos dias 30 e 31 funciona das 8h às 18h (fechado das 12h às 14h). No dia 1º funciona das 8h às 13h

• Centros de Saúde, Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), laboratórios de zoonoses, sedes dos distritos, nível central (gerência de assistência à saúde e gerência de urgência), Centros de Especialidades Médicas (CEMs), Centros de Referência a Saúde do Trabalhador (CERSAT), Centro de Treinamento e Referência (CTR), Unidades de Referência Secundária (URSs), Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), Centro Municipal de Oftalmologia (CMO), Centros de Reabilitação (Creabs), Centros de especialidades odontológicas (CEO), farmácias distritais e alta complexidade.
– Nos dias 30, 31 e 1º não funcionam.

• Centros de Convivência; Academias da Cidade e Serviço de Atendimento ao Viajante; Central de Atendimento a liminares (CAL) e Centro de Esterilização de cães e gatos
– Nos dias 30, 31 e 1º não funcionam.

Outros

– Postos do BH Resolve ficarão fechados na segunda-feira.

.

FONTE: O Tempo.


Ex-governador Francelino Pereira morre em BH


Morreu na manhã desta quinta-feira, aos 96 anos, o ex-governador de Minas Gerais Francelino Pereira dos Santos.Ele estava internado no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte.

Natural de Angical do Piauí, no Piauí, o político foi governador entre 1979 e 1983, deputado federal entre 1963 e 1979 e senador entre 1995 e 2003. Atualmente era filiado ao DEM.

O velório de Francelino Pereira será no Palácio da Liberdade.

.

FONTE: Estado de Minas.


Bar do Orlando 98 anos

História. Bar de raíz, sem frescura. Santa Tereza. Ahhh e um torremos de barriga na estufa. Porque, né? Todo mundo merece.

É isso que você encontra ao ir até o Bar do Orlando. Atravessando gerações, desde 1919 o bar foi inaugurado como uma loja de artigos de pesca, já que naquela época dava para pecar traíras e lambaris do Rio Arrudas. É fiquei chocada também.

Pois bem, ao que tudo indica são 98 anos do bar e todo ano tem comemoração. Espere cerveja gelada, petiscos maravilhosos e música boa: Bloco dos Pescadores (Samba/Marchinhas) + Romero Bicalho (MPB) + Couro de Boi (Samba de Raiz). É em pé tudo, ok?

Onde é: Rua Alvinópolis, 460 – Santa Tereza. Quando ir: Dia 10 de Dezembro de 12:00 às 21:00 hrs. Quanto custa: Gratuito.

.

FONTE: Estado de Minas.


Gol: valor do bilhete aéreo para SP, saindo da Pampulha e de Confins, varia muito

Jatos retornarão ao Aeroporto da Pampulha a partir de 22 de janeiro de 2018

 

A Gol Linhas Aéreas já começou a venda de passagens para os dois voos decolando diariamente do Aeroporto da Pampulha, a partir de 22 de janeiro do ano que vem. Por enquanto única empresa a retomar os jatos no terminal, ainda é cedo para apontar vantagens nos preços dos bilhetes em relação ao Aeroporto de Confins. Quem for viajar terá que pesquisar muito, pois os valores têm grande variação dependendo do dia e do horário.

No site da Gol, os preços variam conforme o horário e as promoções da companhia. No levantamento feito pela reportagem, a passagem só de ida mais cara sai por R$ 539,39. Já a tarifa mais barata encontrada foi de R$ 223,39. Decolando de Confins, o mesmo trajeto variou entre R$ 660 e R$ 138,03.

Jatos retornarão ao Aeroporto da Pampulha a partir de 22 de janeiro de 2018

Em outra simulação, com a viagem de ida marcada para o 29 de janeiro (uma segunda-feira), partindo da Pampulha, o bilhete custa até R$ 539, com a volta da capital paulista saindo a R$ 334,80, em qualquer dos dois horários.

Já decolando de Confins, na mesma data, a pesquisa apontou que o primeiro dos seis voos diários do terminal internacional com destino a Congonhas sai por R$ 1.126,03. A primeira partida é às 7h10. Já a volta custa, em média, R$ 364, o que depende, também, do horário do deslocamento.

Mas há viagens partindo de Confins custando R$ 474, no caso de a viagem ser feita em um domingo. Na mesma data, há apenas um voo previsto decolando da Pampulha com passagem a R$ 884,39 – praticamente o dobro.

No entanto, a viagem partindo da Pampulha pode ficar mais barata devido à localização do aeroporto. De acordo com o aplicativo Uber, do Centro até a Pampulha o passageiro paga em torno de R$ 25. Já até Confins, o preço estipulado é de R$ 77. Mas há vários estacionamentos no entorno de Confins que oferecem promoções de diárias.

A Gol vai usar na Pampulha Boeings 737-700 com 138 assentos. A empresa não deu informações sobre a procura por passagens.

ANAC
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou ontem que apenas a Gol solicitou o início de algumas operações no Aeroporto da Pampulha. Outras companhias, ainda que autorizadas, não se manifestaram.

Orlando
A partir deste mês o Aeroporto Internacional de Confins ganha mais uma rota internacional. No próximo domingo, a Azul Linhas Aéreas faz a viagem inaugural para Orlando, nos Estados Unidos.

Até fevereiro do ano que vem, na alta temporada, A Azul informa que serão realizados voos às segundas, quartas, sextas-feiras e domingos, com saída sempre às 23h55.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Com umidade típica de deserto, BH tem dia mais seco do ano

Defesa Civil registrou umidade de 13% na estação Venda Nova

Belo Horizonte registrou nesta quarta-feira o dia mais seco do ano. Segundo a Defesa Civil, por volta de 15h30, a umidade relativa do ar atingiu o menor patamar de 2017: 13%, de acordo com monitoramento feito na estação de Venda Nova.

Níveis inferiores a 30% são considerados críticos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). No deserto do Saara, a umidade média varia entre 10% e 15%.

Devido à baixa umidade, a Defesa Civil emitiu alerta de tempo seco e fez recomendações para os moradores da capital mineira. O alerta, válido até as 18h desta sexta-feira, aponta para os baixos índices de umidade previstos para a cidade no período da tarde.

Tempo seco

Umidade relativa do ar ficou em nível crítico nesta quarta

O pico de temperatura foi registrado às 15h50 também em Venda Nova, 30,8ºC. Não chove na capital mineira há 78 dias.

Veja recomendações da Defesa Civil:

– Hidrate-se durante o dia;
– Prefira alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas;
– Evite frituras;
– Durma em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou ainda coloque uma bacia com água;
– Evite atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e 17 horas;
– Evite banhos com água muito quente, pois ressecam ainda mais a pele; se necessário use hidratante;
– Em caso de problemas respiratórios procure um especialista;
– Em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente, ao Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190).

.

FONTE: O Tempo.


BH e quatro cidades da região metropolitana ficam sem água domingo

O corte ocorre para uma manutenção no Rio das Velhas e o fornecimento deve ser restaurado na madrugada da segunda-feira (28)

Quatro cidades da região metropolitana e Belo Horizonte vão ficar sem água no próximo domingo (27). Cerca de 2 milhões de consumidores devem ser afetados. O corte ocorre para uma manutenção no Rio das Velhas e o fornecimento deve ser restaurado na madrugada da segunda-feira (28). Além da capital, ficarão sem água as cidades de Nova Lima, Raposos, Santa Luzia e Sabará.

sem água

Veja os bairros que ficarão sem água:

Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Bandeirantes, Barroca, Barro Preto, Betânia, Bom Jesus, Bonfim, Baleia, Belmonte, Boa Vista, Borges, Caetano Furquim, Cafezal, Capitão Eduardo, Casa Branca, Castanheira, Chácaras Montevidéu, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Cachoeirinha, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Carlos Prates, Carmo, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estrela Dalva, Estoril, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Grajaú, Granja Werneck, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim das Rosas, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompeia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São Marcos, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion; Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Silveira e Vista do Sol.

Nova Lima: sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.
Raposos: todo o município.

Sabará: todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Santa Luzia: todo o município, exceto a região do São Benedito.

.

FONTE: O Tempo.


Obras vão interromper fornecimento de água para cerca de 250 mil pessoas na Grande BH

A interrupção vai acontecer no próximo domingo por causa de obras para a melhoria viária do Bairro Petrolândia, em Contagem. Normalização será na segunda-feira

 
Moradores de quatro cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte ficaram sem o abastecimento de água no próximo domingo. A interrupção aconteceu por causa de obras para a melhoria viária do Bairro Petrolândia, em Contagem. A pausa no sistema reprodutor Várzea das Flores, em Betim, vai atingir 250 mil pessoas.
A paralisação vai começar 4h e deve durar até 23h. Mesmo assim, a previsão da Copasa é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, na madrugada de segunda-feira. Serão atingidos moradores de Betim, Contagem, Esmeraldas e Ribeirão das Neves.

Para evitar o desabastecimento e desperdício, a Copasa pede a colaboração dos moradores para evitarem gastos desnecessários. Informações ou dúvidas podem serem esclarecidas no telefone 115 ou no site da Companhia

Veja os bairros atingidos

BETIM: Alto das Flores, Capelinha, Chácaras São José, Conjunto Jalila Conceição Pedrosa, Conjunto Habitacional Celso Pedrosa, Cruzeiro Do Sul, Dom Bosco, Duque De Caxias, Espírito Santo, Granja Verde, Imbiruçu, Industrial São Pedro, Itacolomi, Jardim das Alterosas I Seção, Jardim Das Alterosas II Seção, Niteroi, Parque das Acácias, Recreio dos Caiçaras, São Caetano, São Cristovão, São Luiz, São Miguel, Senhora de Fátima, Sítio Amoras, Vila Cristina, Vila das Flores,Vila Inconfidência e Vila Universal.

CONTAGEM: Beija Flor, Bernardo Monteiro, Canadá, Capão Das Cobras, Centro, Chácaras Campo Alegre, Chácaras Contagem, Chácaras Solar do Madeira, Colonial, Condomínio Nosso Rancho, Condomínio Vila do Lago, Conjunto Habitacional Campo Alto, Conjunto Habitacional Fonte Grande, Conjunto Habitacional São Caetano, Darci Ribeiro, Estâncias Imperiais, Estância do Hibisco, Fonte Grande, Industrial São Luiz, Lúcio de Abreu, Nascentes Imperiais, Nossa Senhora do Carmo, Nova Contagem, Petrolândia, Quintas do Jacuba, Retiro, Santa Helena, Santa Terezinha, Sapucaias, Sapucaias Ii, Sapucaias III, Sítios Rurais Jardim Recreio, Tropical, Vila Itália, Vila Ipê Amarelo, Vila Nova Esperança, Vila Renascer e Vila Panamá.

ESMERALDAS: Novo Retiro, Recanto Verde, Recreio do Retiro, Santa Cecília, São Francisco, São Pedro e Serra Verde.

RIBEIRÃO DAS NEVES: Alterosa, Cruzeirinho, Jardim Verona, Vale Verde e Veneza.

.

FONTE: Estado de Minas.


Justiça libera atuação da Uber em todo o Estado

Indignados com a decisão, taxistas protestam pelas ruas de Belo Horizonte

Os desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) votaram na tarde desta quarta-feira (16) pela liberação dos aplicativos de transporte privado em todo o Estado. Dessa forma, os motoristas da Uber, por exemplo, não poderão ser multados pela Empresa de Transportes de Belo Horizonte (BHTrans) ou por outro órgão de fiscalização por exercerem o serviço. Foram sete votos a favor da liberação e apenas um contra.

Os desembargadores analisaram o chamado Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR), que estipula uma espécie de jurisprudência para todas as ações sobre a atuação de aplicativos de transporte, como a Uber e o Cabify, no Estado. Segundo a decisão desta quarta, as normas de Belo Horizonte e do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) não podem ser aplicadas a esse tipo de serviço.

Uber

A Lei Municipal 10.900, sancionada em janeiro de 2016 pelo ex-prefeito Marcio Lacerda, previa que os motoristas dos aplicativos de transporte privado tivessem credenciamento junto à BHTrans, com veículos e placas devidamente licenciados. Conforme o texto da norma, a bandeirada e o valor da corrida deveriam seguir valores estabelecidos pela BHTrans, assim como acontece com os táxis.

Uma liminar da Justiça de setembro daquele ano, contudo, suspendeu os efeitos da lei sancionada por Lacerda até o julgamento do IRDR. Sendo assim, os motoristas da Uber e do Cabify continuaram circulando normalmente por Belo Horizonte e outras cidades tranquilamente durante todo o período do impasse.

Protestos

Nesta quarta, milhares de taxistas saíram às ruas. Segundo o Sindicato Intermunicipal dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários (Sincavir), cerca de 2.000 trabalhadores contrários aos aplicativos de transporte privado se reuniram durante a tarde na praça do Papa, no bairro Mangabeiras, na região Centro-Sul da capital.

Neste momento, os taxistas seguem em uma carreata pela avenida Afonso Pena, que ocupa todas as faixas da via no sentido centro.

A votação

Os desembargadores que integram a 1ª Seção Cível analisaram se as normas do município de Belo Horizonte e do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) podem ser aplicadas ao transporte individual privado e remunerado de passageiros realizado por meio da Uber.

“A instauração do chamado incidente de resolução de demandas repetitivas (IRDR) sobre o caso foi provocada por um usuário do Uber, que requereu o reconhecimento da legalidade do funcionamento do aplicativo em Minas Gerais”, explicou o tribunal.

O IRDR é um processo que trata de um assunto abordado em inúmeros outros processos. Assim, depois que o IRDR for julgado, a mesma decisão pode ser aplicada a todas as outras ações judiciais do mesmo teor. Até que o IRDR seja julgado, as ações iguais ficam paralisadas na Primeira e na Segunda Instâncias.

Em nota, a Uber afirmou que a decisão do IRDR “reforça o direito de escolha da população de Minas Gerais e, principalmente, o direito de gerar renda dos motoristas parceiros da Uber”.

Leia, na íntegra, a nota enviada pela empresa:

“O Tribunal de Justiça de Minas Gerais consolidou o entendimento que a Uber já possuía – o serviço oferecido por seus motoristas parceiros é legal no Brasil. A decisão do IRDR (incidente de resolução de demandas repetitivas) é a primeira do tipo no país e reforça o direito de escolha da população de Minas Gerais e, principalmente, o direito de gerar renda dos motoristas parceiros da Uber. A Uber segue em sua missão de oferecer transporte acessível e eficiente a seus milhares de usuários em Minas Gerais”.

.

FONTE: O Tempo.


Veja o que abre e o que fecha no feriado da próxima terça-feira

Supermercados e parques de BH vão funcionar normalmente no feriado

Com o feriado da Assunção de Nossa Senhora na próxima terça-feira o funcionamento de alguns equipamentos públicos é alterado. A prefeitura já divulgou o que abre o que fecha. Veja aqui:

Parques e Zoológico

• Parques das Mangabeiras, do Mirante das Mangabeiras e da Serra do Curral.

Parque das Mangabeiras vai abrir nesta terça
Fechados na segunda-feira, dia 14, e abertos na terça-feira, dia 15, das 8h às 17h (no Parque da Serra do Curral, a entrada é permitida até 16h).

• Parque Municipal Renné Giannetti.
Fechado na segunda-feira e aberto na terça-feira, das 6h às 18h.

• Outros parques administrados pela Fundação de Parques Municipais.
Fechados na segunda-feira, para manutenção.
Abertos na terça-feira, das 7h às 18h.

• Jardim Zoológico, Jardim Botânico e Aquário da Bacia do Rio São Francisco.
Fechados na segunda-feira.
Abertos na terça-feira, das 8h às 17h (com entrada permitida até 16h).

• Parque Ecológico da Pampulha
Fechado na segunda-feira.
Aberto na terça-feira, das 8h30 às 18h (com entrada permitida até 17h).

Equipamentos Culturais

• Casa do Baile.
Fechado na segunda-feira, dia 14 e aberto na terça-feira, dia 15, das 9h às 21h.

• Museu Histórico Abílio Barreto.
Fechado na segunda-feira e aberto na terça-feira, das 10h às 17h.

• Museu de Arte da Pampulha.
Fechado na segunda-feira e aberto na terça-feira, das 9h às 21h.

• Casa Kubitschek.
Fechado na segunda-feira e aberto na terça-feira, das 9h às 21h.

• Museu da Moda.
Fechado na segunda-feira e na terça-feira.

• Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte.
Fechado na segunda-feira e na terça-feira.

• Museu da Imagem e do Som.
Fechado na segunda-feira e na terça-feira.

•MIS Cine Santa Tereza.
Fechado na segunda-feira e aberto na terça-feira, das 16h às 21h.

 

Postos de Informação Turística

• Centro de Atendimento ao Turista Álvaro Hardy – Veveco (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luís).
Fechado na segunda-feira, dia 14,  e aberto na terça-feira, dia 15, das 8h às 17h.

• Centro de Atendimento ao Turista (Rodoviária Praça Rio Branco, Centro).
Aberto na segunda-feira e na terça-feira, das 8h às 17h.

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado Central (Avenida Augusto de Lima, 744, Centro).
Aberto na segunda-feira, das 8h às 18h, e na terça-feira, das 8h às 13h.

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado das Flores (Avenida Afonso Pena, 1.055, Centro).
Fechado para reforma.

 

Saúde

• As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o Hospital Municipal Odilon Behrens, a Central de Internação, o Samu e os laboratórios das UPAs
Funcionam normalmente durante 24 horas por dia.

• Os Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMs)
Na segunda-feira, dia 14, funcionam na parte da manhã com escala mínima de equipe. No turno da noite, o expediente será normal.
Na terça-feira, dia 15, funcionam na parte da manhã com plantão de feriado. No turno da noite o expediente será normal.

• O Serviço de Urgência de Psiquiátrica Noturno
Funciona com expediente normal na segunda-feira e na terça-feira.

• O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais (CRIE)
Funcionam com escala de plantão nos dois dias

• Os Centros de Saúde, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), os laboratórios de zoonoses, as sedes dos distritos, o nível central (gerência de assistência à saúde e gerência de urgência), os Centros de Convivência, os Centros de Especialidades Médicas (CEMs), os Centros de Referência a Saúde do Trabalhador (CERSAT), o Centro de Treinamento e Referência (CTR), as Unidades de Referência Secundária (URSs), o Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), o Centro Municipal de Oftalmologia (CMO), os Centros de Reabilitação (Creabs), os Centros de especialidades odontológicas (CEO).
Na segunda-feira funcionam das 7h às 17h e na terça-feira, não abrem.

• Academias da Cidade
Funcionam das 7h às 16h.

• Serviço de Atendimento ao Viajante
Funciona das 8h às 17h.

• Centro de Esterilização de cães e gatos
Funciona normalmente.

 

Segurança

• Guarda Municipal
Trabalha normalmente na segunda e na terça-feira, dias 14 e 15.

• Centro de Operações de Belo Horizonte (COP-BH)
Funcionamento normalmente na segunda e na terça-feira.

BH Resolve

• Fechado na segunda-feira e na terça-feira, dias 14 e 15.
Não há expediente aos sábados e domingos.

Defesa Civil

• Funcionamento normal, todos os dias, 24 horas por dia, inclusive aos domingos e feriados. Os telefones de contato são: 199 e o 3277-8864.

Trânsito e Transporte

• Todas as linhas do transporte coletivo convencional operarão na terça-feira,  dia 15, com quadro de horário de feriado; e na segunda-feira, dia 14, com quadro horário atípico.

Limpeza Urbana

• Na segunda-feira e na terça-feira, dias 14 e 15, todos os serviços de limpeza urbana serão realizados normalmente em Belo Horizonte.

Supermercados

A Associação Mineira de Supermercados (AMIS) informa que os supermercados situados na Capital mineira podem funcionar normalmente nesta terça-feira, 15 de agosto, feriado municipal de Assunção de Nossa Senhora.

A abertura das lojas está prevista na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) celebrada entre o sindicato dos empregados e entidades empresariais do setor.
Os horários de funcionamento são decididos pelas empresas a critério de cada uma. Assim, como possível fechamento de unidades onde há pouca demanda no feriado.

Em algumas cidades do interior, também é feriado na data. A CCT, porém, pode ser diferente do que ocorre na Capital.  Neste caso, a abertura das lojas deve se basear na Convenção Coletiva local.

.

FONTE: O Tempo.


Homem põe fogo no próprio corpo e ameaça incendiar Fórum Lafayette

Ele foi imobilizado por seu próprio advogado e por seguranças do TJMG

Fórum Lafayette

Um homem ateou fogo no próprio corpo e ameaçou incendiar o Fórum Lafayette, no bairro Barro Preto, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira (3).

A assessoria de imprensa do Fórum Lafayette informou que o homem faz parte de um processo judicial, mas não tentou se matar por “qualquer descontentamento com decisões judiciais”. Para provocar o incêndio, ele espalhou álcool por todo o corpo.

Ainda de acordo com o Fórum, o advogado do homem e um delegado presente no local iniciaram uma negociação e, com a ajuda da Polícia Militar (PM) e de seguranças do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), conseguiram imobilizá-lo. Ele foi encaminhado a um hospital do capital e seu estado de saúde ainda é desconhecido.

A área onde o homem se encontrava foi imediatamente isolada durante a ação dos seguranças. Segundo a assessoria do fórum, outras pessoas não ficaram feridas.

A identidade do homem não foi divulgada.

Leia, na íntegra, a nota enviada pelo Fórum Lafayette:

“A Direção do Foro da comarca de Belo Horizonte informa que, na tarde de hoje, 3 de agosto, um cidadão que é parte em processo judicial ameaçou se matar nas dependências do Fórum Lafayette, ateando fogo em seu corpo com álcool. O ato dele não teve relação com qualquer descontentamento com decisões judiciais. A área onde o cidadão se encontrava foi imediatamente isolada, para evitar danos a terceiros. O advogado do cidadão e um delegado presente no local iniciaram uma negociação e, com ajuda da Polícia Militar e da segurança do Fórum, imobilizaram-no. Em seguida o homem foi encaminhado pela polícia para atendimento médico.”

Atualizada às 18h38

.

FONTE: O Tempo.


Confira 13 programas culturais gratuitos para curtir neste fim de semana

Orquestra de Câmara do Sesc se apresenta no domingo

Orquestra de Câmara do Sesc se apresenta no domingo

Quem gosta de uma música erudita ou mais refinada poderá curtir várias atrações neste fim de semana e sem ter que pagar por isso. A programação gratuita conta com concertos em Belo Horizonte, Betim e Nova Lima, além de apresentações do músico Rafael Pansica e do grupo O Couro Acorda o Vento em praças da capital.

Confira esses e outros eventos deste fim de semana nas áreas da música, do teatro, da literatura, do cinema e do entretenimento que não cobram nadinha para entrar. É só chegar e aproveitar:

1) Teatro infantil em Santa Tereza

Parceria dos Grupos Cine Teatro Vagalume e O Terno Teatro de Bonecos, “Os Românticos” é a última atração do mês na programação do projeto Diversão em Cena ArcelorMittal. A apresentação será gratuita na praça Duque de Caxias, domingo (30), às 15h. “Os Românticos” é uma banda de bonecos criada pelo bonequeiro Paulinho Polika, inspirada nas bandas de rock dos anos 80. Cada boneco representa um integrante da banda: Rita Colcheia nos vocais, Rime Shot no contrabaixo e Peruca na bateria. No repertório, músicas compostas exclusivamente para a montagem.

 

2) Último cortejo dedicado a Murilo Rubião

Este é o último fim de semana da programação dedicada ao centenário de Murilo Rubião na Biblioteca Pública (Praça da Liberdade). Neste sábado (29), das 10h às 13h, haverá manhã de autógrafos com os ilustradores Marilda Castanha, Nelson Cruz e Odilon Moraes, que mergulharam no imaginário mágico de Rubião, a partir dos contos “Bárbara”, “O Edifício” e “Teleco, o Coelhinho”, em trilogia publicada pela Editora Positivo. Às 10h acontece ainda o último Cortejo Rubiano na Praça da Liberdade. Este é também o último fim de semana da exposição “Absurdus: Murilo Rubião 100 anos”, em cartaz na biblioteca.

 

3) Concerto da Orquestra de Câmara do Sesc

A Orquestra de Câmara Sesc completa cinco anos e, para comemorar a data, um concerto especial será apresentado no domingo (30), às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro). Haverá participação do Coral Jovem Sesc, Desvio e do Trio Amaranto. A entrada é gratuita e a retirada dos ingressos estará liberada duas horas antes da apresentação, limitado a um par por pessoa.

 

4) Orquestra Sinfônica de Betim e jovens solistas

A Orquestra Sinfônica de Betim prossegue com a série de concertos com jovens solistas, às 19h de sexta (28), na Casa da Cultura Josefina Bento (av. Padre Ozório, Centro, Betim). Na segunda apresentação da série serão interpretados o concerto para violoncelo de Edouard Lalo e o Capriccio Italiano de Tchaikovsky. O solista convidado é o jovem violoncelista Haziel Cândido. A regência e direção artística são do maestro Márcio Miranda Pontes.

5) Coral Lírico em Nova Lima

Com a proposta de difundir a música coral em diferentes regiões do Estado, a Fundação Clóvis Salgado leva o Coral Lírico de Minas Gerais a Nova Lima, para apresentar uma edição especial da série Lírico em Concerto, sob regência do maestro assistente, Augusto Pimenta. A apresentação terá acompanhamento de Fred Natalino ao piano e solos da soprano Andreia de Paula. No repertório, composições de Mozart, Fauré, Leonard Bernstein, Dorival Caymmi, Edu Lobo, Aylton Escobar e Astor Piazzola. No Teatro Municipal de Nova Lima (Praça Bernardino de Lima, s/nº, Centro), sexta (28), às 20h.

 

6) Exposição e performances no Instituto Undió

O projeto-laboratório “Nessa Rua tem um Rio”, desenvolvido pelo Instituto Undió, chega a sua 12ª temporada com a exposição do “Projeto Mesa Bordada” e performances dos artistas Marco Paulo Rolla, Noemi Assumpção, Grupo Indigestão, Marta Neves e Nickary Aycker. A programação inicia-se às 10h de sábado (29) com um café da manhã coletivo. No Instituto Undió (rua Padre Belchior, 280, Centro).

 

7) Edição especial do Festival Jardim das Cervejas

Para comemorar a sua 10ª edição e seus 12 meses de encontros ininterruptos, será realizada uma edição especial do Festival Jardim das Cervejas neste sábado (29), das 15h às 22h. O evento gratuito acontece no Krug Biergarten (av. Montreal, 280, Jardim Canadá) e vai contar com os shows com as bandas mineiras Seu Madruga e Folk Javalli. Além da anfitriã Krug Bier, as cervejarias Hofbrauhaus e Uaimmi farão parte do encontro.

 

8) Rafael Pansica na Praça da Saúde

O violonista Rafael Pansica, vencedor da edição do ano passado do Prêmio BDMG Instrumental em duas categorias, é o convidado do projeto Dia de Feira na Praça da Saúde (Grajaú), neste sábado, às 9h. Ele convida Felipe José para a apresentação, que conta com abertura de Sofia Cupertino.

9) O Couro Acorda o Vento na Praça da Liberdade

Projeto dos músicos Marcos Ruffato (Bandolim), Túlio Araújo (Pandeiro), Lucas Telles (Violão 7 Cordas), Marcelo Chiaretti (Flauta), Rafael Pimenta (Cavaco) e Julian Tarragô (Acordeon), O Couro Acorda o Vento é a atração do projeto Dia de Feira neste domingo (30), às 11h, na Praça da Liberdade. A proposta é partir da influência regional do choro, extrapolando as fronteiras do jazz e da música instrumental contemporânea, com composições próprias e releituras de Hermeto, Coltrane, Dominguinhos, Pixinguinha, dentre outros. Quem abre a programação é o cantautor Raphael Sales.

10) Oficina de “cheerleading” na Savassi

Neste domingo (30), o programa “A Savassi é da Gente” conta com a participação do grupo Panthers All Stars Cheerleading, que fará uma apresentação com 15 atletas e realizará uma oficina para ensinar os movimentos básicos do “cheerleading”. Essa modalidade esportiva consiste no uso organizado de música, dança e elementos de ginástica para animar torcedores em partidas de jogos coletivos, como o futebol americano e o basquetebol. A partir das 9h, na Praça da Savassi.

 

11) Reunião de artistas latinos

Neste sábado (29), às 19h, acontece na galeria Mama/Cadela (rua Pouso Alegre 2048, Santa Tereza) o show de encerramento da Residência Imersão Latina, que foi realizada no próprio local. Esta é a última semana que músicos do Peru, Chile, Argentina e Brasil que estão reunidos para intercâmbio cultural e produção de um disco e um mini documentário com apoio do Fundo Ibermúsicas. Os residentes já criaram 7 músicas que estão sendo gravadas na próxima semana em estúdio.

 

12) Mostra Spike Lee

Considerado um dos maiores nomes a abordar a contemporânea situação da comunidade negra norte-americana, Spike Lee ganhou projeção mundial tratando de questões como desigualdade social, relações de poder, criminalidade urbana e atuação da grande mídia com relação à essas temáticas. O Cine Humberto Mauro (Palácio das Artes) começa a dedicar uma mostra com 20 longas do diretor. Nesta sexta (28), serão exibidos “Mais e Melhores Blues” (15h), “Ela Quer Tudo” (17h15), “Lute Pela Coisa Certa” (19h) e “Faça a Coisa Certa” (21h15). No sábado (29), é a vez de “Febre da Selva” (17h) e “Malcolm X” (19h30). No domingo (30), a mostra conta com “Crooklyn” (16h), “Irmãos de Sangue” (18h) e “Todos a Bordo” (20h15).

 

13) Clássicos infantis no Cine Santa Tereza

O Cine Santa Tereza (rua Estrela do Sul, 89) continua a exibir clássicos infantis para entreter a criançada nas férias. No sábado (29), a mostra apresenta “Pocahontas” (17h) e “A Noviça Rebelde” (19h). No domingo (30), é a vez de exibir “Labirinto – A Magia do Tempo” (17h) e “Gremlins” (19h).

.

FONTE: Hoje em Dia.


BH bate recorde de frio neste domingo e tem sensação térmica de -1°C

Por volta das 7h, os termômetros marcaram 10,4°C, no Cercadinho, na região Oeste da capital

clima

Máxima não passa de 27º C nesta semana

A manhã deste domingo (25) foi de frio intenso em Belo Horizonte, que registrou a temperatura mais baixa do ano. Por volta das 7h, os termômetros marcaram 10,4°C, com sensação térmica de -1°C, no Cercadinho, na região Oeste, onde fica a estação meteorológica automática do Instituto de Meteorologia (Inmet).  Na última sexta-feira (23), os termômetros registraram 11,6°C na capital.

De acordo com o Centro de Climatologia PUC Minas TempoClima, a sensação térmica abaixo de zero se deve a temperatura mínima e a velocidade dos ventos, que chegaram a 43,2 quilômetros por hora nesta manhã. A previsão máxima do dia na capital é de 24°C, com umidade relativa do ar mínima em torno de 45% à tarde. Na região metropolitana, o tempo deve permanecer estável, com um dia de sol entre nuvens.

Em Minas Gerais o tempo deve ficar nublado, com nevoeiros pela manhã no Jequitinhonha, Rio Doce, Mucuri e Zona da Mata. Nas outras regiões do Estado, o tempo ficará parcialmente nublado. Temperatura mínima na casa dos 3°C e possibilidade de formação de geada na Serra da Mantiqueira, região Sul do estado.

.

FONTE: O Tempo.


Confira o que abre e o que fecha no feriado de Corpus Christi em BH

Alguns serviços ficarão fechados durante próximas quinta e sexta

Alguns serviços ficarão fechados durante próximas quinta e sexta

O feriado de Corpus Christi será na próxima quinta-feira (15). Durante a ocasião, alguns serviços públicos da capital mineira terão funcionamento alterado inclusive na sexta-feira (16). Os ônibus rodarão com quadro de feriado e de dias atípicos. Veja como será a data em Belo Horizonte:

 

Parques e Zoológico
• Os parques das Mangabeiras e do Mirante das Mangabeiras permanecem fechados, com previsão de reabertura no dia 20 de junho.

• O Parque Municipal estará aberto das 6h às 18h, de quinta a domingo.

• Os outros parques administrados pela Fundação de Parques Municipais estarão abertos das 7h às 18h, de quinta a domingo. Todos serão fechados na segunda-feira, para manutenção.

• O Jardim Zoológico, o Jardim Botânico e o Aquário da Bacia do Rio São Francisco estarão abertos na quinta-feira, no sábado e no domingo, das 8h às 17h (com entrada permitida até 16h). Na sexta-feira, esses equipamentos não abrirão.

• O Parque Ecológico da Pampulha permanece fechado.

 

Segurança Alimentar e Nutricional

• Banco de Alimentos (Rua Tuiutí, 888, Bairro Padre Eustáquio). Não funcionará de quinta-feira a domingo.

• Central de Abastecimento Municipal (Rua Maria Pietra Machado, 125, Bairro São Paulo). Na quinta-feira, abrirá das 7h às 13h. De sexta-feira a domingo, o funcionamento será normal.

• Direto da Roça. Na quinta-feira e na sexta-feira, o funcionamento será facultativo. No sábado e no domingo, o funcionamento será normal.

• Feira Coberta do Padre Eustáquio (Rua Pará de Minas, 821, Padre Eustáquio). Na quinta-feira, funcionará das 7h às 13h. De sexta-feira a domingo, o funcionamento será normal.

• Feira de Orgânicos. Na quinta-feira e na sexta-feira, o funcionamento será facultativo.  No sábado, o funcionamento será normal.

• Feiras Livres. De quinta a domingo, o funcionamento será normal.

• Feira Modelo da Savassi (Rua Tomé de Souza, entre Av.Cristóvão Colombo e Rua Pernambuco). Nesta quinta-feira, não funcionará.

• Mercado do Cruzeiro (Rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro). Na quinta-feira, funcionará das 8h às 13h. De sexta-feira a domingo, o funcionamento será normal.

• Restaurantes Populares I, II, III e IV. Não funcionarão na quinta-feira. Abrem normalmente na sexta-feira. Não funcionarão no sábado e no domingo.

• Sacolões Abastecer. Na quinta-feira, funcionarão das 7h às 13h. De sexta-feira a domingo, o funcionamento será normal.

 

Limpeza Urbana

• Na quinta-feira, haverá serviços de ​coleta domiciliar, hospitalar e seletiva; além de plantões de varrição ​na Savassi e na​s​ área​s​ central​ e​hospitalar​. Serão realizadas também ações de multitarefa. Na sexta-feira, ​todos os serviços ​de limpeza urbana ​serão executados normalmente​.

Equipamentos Culturais

•    Casa do Baile
Funcionará de quinta a sexta-feira, das 9h às 18h.

•    Museu Histórico Abílio Barreto
Funcionará normalmente.

•    Museu de Arte da Pampulha
Funcionará normalmente.

•    Casa Kubitschek
Funcionará de quinta a sexta-feira, das 9h às 17h.

•    Museu da Moda
Não funcionará de quinta a domingo.

•    Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte
Não funcionará na quinta-feira e na sexta-feira.

•    Museu da Imagem e do Som
Não funcionará na quinta-feira e na sexta-feira.

Postos de Informação Turística

• Centro de Atendimento ao Turista Álvaro Hardy – Veveco (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luís) – Funcionará de quinta-feira a domingo, das 8h às 17h.

• Centro de Atendimento ao Turista (Rodoviária Praça Rio Branco, Centro)
– Funcionará de quinta-feira a domingo, das 8h às 17h.

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado das Flores (Avenida Afonso Pena, 1.055, Centro) – Funcionará na quinta-feira, no sábado e no domingo, das 8h às 15h. Na sexta-feira, funcionará das 8h às 18h.

• Centro de Atendimento ao Turista – Mercado Central (Avenida Augusto de Lima, 744, Centro) – Na quinta-feira e no domingo, funcionará das 8h às 13h. Na sexta-feira e no sábado, funcionará das 8h às 17h.

BH Resolve

• Estará fechado na quinta-feira e na sexta-feira. Não há expediente aos sábados e domingos.

Defesa Civil

• Funciona 24 horas por dia, todos os dias, inclusive aos domingos e feriados. Os telefones de contato são o 199 e o 3277-8864.

Saúde

• As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o Hospital Municipal Odilon Behrens, a Central de Internação, o Samu e os laboratórios das UPAs funcionarão normalmente, durante 24 horas, de quinta a domingo.
• Os Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMs) funcionarão na parte da manhã de quinta, em plantão de feriado, e na sexta, com escala mínima. No turno da noite, o expediente será normal nos dois dias.
• O Serviço de Urgência de Psiquiátrica Noturno funcionará com expediente normal, na quinta-feira e na sexta-feira.
• O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e o Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais (CRIE) funcionarão com escala de plantão, na quinta-feira e na sexta-feira.
• Os Centros de Saúde, de Controle de Zoonoses e de Convivência, os Laboratórios de Zoonoses e as sedes de Distrito e nível central não funcionarão na quinta-feira. Na sexta-feira, o expediente será normal.
• Os Centros de Especialidades Médicas (CEMs), o Centro de Treinamento e Referência (CTR), as Unidades de Referência Secundária (URSs), o Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), o Centro Municipal de Oftalmologia (CMO), os Centros de Reabilitação (Creabs), os Centros de Referência a Saúde do Trabalhador (CERSAT) não funcionarão na quinta-feira. Na sexta-feira, o atendimento será das 7h às 17h.
• O Serviço de Atendimento ao Viajante e os Centros de Esterilização de Cães e Gatos não funcionará na quinta-feira nem na sexta-feira.
• As Academias da Cidade não funcionarão na quinta-feira. Na sexta-feira, o expediente será das 7h às 16h.
Segurança Municipal

• A Guarda Municipal trabalhará normalmente na quinta-feira e na sexta-feira.

• O Centro de Operações de Belo Horizonte (COP-BH) manterá seu funcionamento normal na quinta-feira e na sexta-feira. Exceto para atendimento ao público.
BHTrans

• Todas as linhas do transporte coletivo convencional operarão na quinta-feira, com quadro de horário de feriado; e na sexta-feira, com quadro horário atípico.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Serviços da Prefeitura de BH podem ser resolvidos online ou pelo 156

Quase 200 procedimentos podem ser resolvidos sem sair de casa.

Portal da Prefeitura de Belo Horizonte oferece soluções para quase 200 serviços

Portal da Prefeitura de Belo Horizonte oferece soluções para quase 200 serviços

Quase 200 serviços da Prefeitura de Belo Horizonte podem ser resolvidos de forma online ou por telefone, sem que o cidadão precise sair de casa. É o caso de manutenção de lâmpada apagada, fiscalização de elevadores, emissão de guias de alguns impostos, dentre outros.

Por meio da internet, o cidadão pode acessar o Portal de Informações e Serviços. O canal de atendimento telefônico é 156.

.

FONTE: G1.


Veja o que abre e o que fecha no feriado do Dia do Trabalhador em BH

O comércio não abre as portas nesta segunda-feira, de acordo com a CDL. Serviços essenciais atendem em esquema de plantão.

Bancos

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Frebraban), as agências bancárias fecham para atendimento ao público.

Cemig

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) atende em plantão de 24 horas, pelo telefone 116. Além disso, haverá atendimento no site da Cemig e por meio de mensagens de texto (SMS) para o número 29810.

Copasa

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) atende em plantão de 24 horas, pelo telefone 115.

Limpeza

Nenhum serviço de limpeza (coleta domiciliar, seletiva e hospitalar; varrição de vias; Unidades de Recebimento e Pequenos Volumes) será realizado.

BH Resolve

Não há atendimento ao público nesta segunda-feira (1º).

Comércio

A CDL-BH informou que o comércio fica fechado.

Defesa Civil

A Defesa Civil fica de plantão 24 horas, e os telefones de contato são 199 e 3277-8864.

Transporte

As linhas de ônibus circulam nesta segunda-feira com quadro de horários de domingos e feriados. Informações sobre cada linha podem ser consultadas no site da BHTrans.

Abastecimento

O Mercado do Cruzeiro fica aberto das 7h às 13h.

A Central de Abastecimento Municipal e a Feira Coberta do Padre Eustáquio funcionam das 7h às13h.

As feiras livres funcionam das 7h às 13h.

A Feira de Orgânicos não funciona nesta segunda-feira.

O Refeitório Popular da Câmara Municipal e os Restaurantes Populares I, II, III e IV ficam fechados.

O funcionamento do Direto da Roça é facultativo.

O Banco de Alimentos não funciona nesta segunda-feira.

Os Sacolões Abastecer abrem das 7h às 13h.

Ceasa

A Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas), em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, não abre na segunda-feira.

Cultura

O Museu Histórico Abílio Barreto abre nesta segunda-feira das 10h às 17h. O Museu de Arte da Pampulha, o Arquivo Público da Cidade, Museu de Arte da Pampulha, Museu da Imagem e do Som, Casa Kubitschek e o Museu da Moda ficam fechados no feriado. A Casa do Baile funciona apenas na área externa.

O Parque Municipal Américo Renné Giannetti fica aberto das 6h às 18h nesta segunda-feira e fecha na terça-feira para manutenção. Os demais parques funcionam das 7h às 18h.

Os parques das Mangabeiras, da Serra do Curral, Mirante do Mangabeiras e Jacques Cousteau permanecem fechados por causa do trabalho de combate e prevenção à febre amarela.

O Jardim Zoológico, o Jardim Botânico e o Aquário da Bacia do Rio São Francisco não vão abrir.

O Parque Ecológico da Pampulha está fechado desde o fim do contrato dos funcionários terceirizados.

Postos de informação turística

O Centro de Atendimento ao Turista Álvaro Hardy fica fechado no feriado. Já o posto da rodoviária funciona das 8h às 17h. O localizado no Mercado das Flores fica aberto das 8h às 15h, no dia 1º de maio. O Centro de Atendimento ao Turista do Mercado Central funciona das 8h às 13h nesta segunda-feira.

Saúde

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o Hospital Municipal Odilon Behrens, a Central de Internação, os laboratórios das UPAs e o Samu funcionam durante 24 horas por dia.

Centros de Saúde, Centro de Controle de Zoonoses, Laboratório de Zoonoses e as sedes de distrito não vão funcionar no dia 1º de maio.

Centros de Especialidades Médicas (CEMs), Centro de Treinamento e Referência (CTR), Unidades de Referência Secundária (URSs), Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI), Centro Médico de Oftalmologia (CMO), Centro de Referência a Saúde do Trabalhador (CERSAT), Centro de Treinamento e Referência (CTR), Centros de Reabilitação (CREABs), centros de convivência ficam fechados.

Os Centros de Referência em Saúde Mental (Cersams) funcionam em escala mínima pela manhã. Serviço de Urgência Psiquiátrica funciona normalmente.

Os Centros de Esterilização de Cães e Gatos, o Serviço de Atendimento ao Viajante e as Academias da Cidade não funcionam no feriado.

O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) funciona com equipe de plantão.

.

FONTE: G1.


ABASTECIMENTO

• Banco de Alimentos (Rua Tuiutí, 888, bairro Padre Eustáquio) – Não funciona de sexta-feira, dia 21/04, a domingo, dia 23/04.

• Central de Abastecimento Municipal (Rua Maria Pietra Machado, 125, Bairro São Paulo). Funciona das 7h às13h, na sexta-feira, dia 21/04. No sábado, dia 22/04, abre das 7h às 19h. No domingo, dia 23/04, abre das 7h às 13h.

• Direto da Roça – De sexta (21/04) a domingo (23/04) o funcionamento será facultativo.

• Feira Coberta do Padre Eustáquio (Rua Pará de Minas, 821, Padre Eustáquio) – Funciona das 7h às 13h, na sexta-feira, dia 21/04. No sábado, dia 22/04, funciona das 7h às 19h. Domingo, dia 23/04, funciona das 7h às 13h.

• Feira de Orgânicos – De sexta-feira, dia 21/04, a domingo, dia 23/04, o funcionamento será facultativo.

• Feiras Livres – Funcionam normalmente na sexta (21/04), sábado (22/04) e domingo (23/04), das 7h às 13h.

• Feira Modelo da Savassi (Rua Tomé de Souza, entre Av. Cristóvão Colombo e Rua Pernambuco). Funciona normalmente na quinta, dia 20/04, das 17h às 22h.

• Mercado do Cruzeiro (Rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro) – Na sexta (21/04), abre das 8h às 13h. No sábado (22/04), abre das 8h às 18h. E, no domingo (23/04), abre das 8h às 13h.

• Refeitório Popular da Câmara Municipal (Avenida dos Andradas, 3.100, Santa Efigênia) – Encontra-se fechado.

• Restaurantes Populares I, II, III e IV – Ficam fechados na sexta (21/04), no sábado (22/04) e no domingo (23/04). Reabrem na segunda, dia 24/04.

• Sacolões Abastecer – Na sexta, dia 21/04, funcionam das 7h às 13h. No sábado, dia 22/04, funcionam das 7h às 19h e, no domingo, dia 23/04, das 7h às 13h.

BH RESOLVE

• Fechado para atendimento ao público na sexta-feira, dia 21 de abril.

SHOPPINGS

BELO HORIZONTE

– Boulevard Shopping

Lojas: Funcionamento Normal
Praça de Alimentação: Funcionamento Normal
Lazer e Cinema: Funcionamento Normal
Carrefour: 8h às 22h

– Shopping Cidade

Shopping: 10h às 22h
Lojas: 10h às 16h
Praça de Alimentação: 10h às 22h
Cinema: normal

– Minas Shopping

Lojas e Quiosques: 14h às 20h
Praça de Alimentação e lazer: 10h às 23h
Cinema: aberto conforme programação do Cineart

– Diamond Mall

Lojas: funcionamento normal
Praça de Alimentação: funcionamento normal
Cinema: funcionamento normal
Empório Verdemar: 7h às 21h

– Shopping Estação BH

Lojas: 10h às 22h
Praça de Alimentação: 10h às 23h
Cinema: 12h às 23h

– Shopping Del Rey

Lojas: 10h às 22h
Praça de Alimentação: 10h às 23h
Cinema: 13h às 22h
Carrefour: 8h às 22h

EQUIPAMENTOS CULTURAIS

•    Casa do Baile
Abre normalmente para o público de sexta a domingo, das 9h às 18h

•    Museu Histórico Abílio Barreto
Abre normalmente de terça a domingo, das 10h às 17h

•    Museu de Arte da Pampulha
Abre normalmente de terça a domingo, das 9h às 17h30

•    Casa Kubitschek
Abre normalmente de sexta a domingo, das 9h às 17h

•    Museu da Moda
Fechado ao público na sexta. Aberto no sábado e domingo, das 10h às 14h

•    Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte
Fechado ao público de sexta a domingo

•    Museu da Imagem e do Som
Fechado ao público de sexta a domingo

LIMPEZA URBANA

Coleta domiciliar funcionará normalmente, na sexta-feira, dia 21 de abril.

PARQUES E ZOOLÓGICOS

• Os parques das Mangabeiras, da Serra do Curral, Mirante do Mangabeiras e Jacques Cousteau – Em atendimento à nota técnica da Secretaria Municipal de Saúde, que recomendou a interdição do Parque das Mangabeiras como medida preventiva à propagação da febre amarela, a Fundação de Parques Municipais o manterá fechado à visitação por tempo indeterminado. Por precaução, também ficarão interditados, por tempo indeterminado, o Mirante do Mangabeiras (Rua Pedro José Pardo, 1.000), o Parque da Serra do Curral, situados em áreas contíguas ao Parque das Mangabeiras e o Parque Jacques Cousteau (Rua Augusto José dos Santos, 366, Bairro Betânia)

• O Parque Municipal, no Centro, fica aberto das 6h às 18h. Os outros parques administrados pela Fundação de Parques Municipais abrem das 7h às 18h. Todos eles ficam abertos entre terça-feira, domingo e feriados. Na segunda-feira ficam fechados para manutenção.

SAÚDE

• As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o Hospital Municipal Odilon Behrens, a Central de Internação, o Samu e os laboratórios das UPAs funcionam normalmente durante 24 horas por dia.

• Os centros de saúde, Centro de Controle de Zoonoses, os Laboratórios de Zoonose e as sedes de distrito não terão expedientes.

• Os Centros de Esterilização de Cães e Gatos não terão expedientes.

• Os centros de convivência, os Centros de Especialidades Médicas (CEMs), o Centro de Treinamento e Referência (CTR), as Unidades de Referência Secundária (URSs), o Centro Municipal de Imagem (CMI), o Centro Médico de Oftalmologia (CMO), os Centros de Reabilitação (Creabs) e a Farmácia Distrital não tem expediente.

• Cersams funcionam na parte da manhã em escala mínima de feriados. No turno da noite o expediente será normal.

• Serviço de Urgência de Psiquiátrica Noturno funciona com expediente normal.

• Serviço de Atendimento ao Viajante não terá expediente.

.

FONTE: O Tempo.


Cerimonial dá calote em formandos e avisa pelo WhatsApp 3 dias antes

Estudantes de pedagogia da Faculdade Pedro II estavam com baile de formatura agendado para este sábado (15); no total, alunos pagaram R$ 57.600

“Você não tem ideia da frustração que estamos passando”. Foi assim que o formando em pedagogia, Aenderson Vieira dos Santos, 37, tentou resumir o sentimento dele e da turma de um total de 18 estudantes da Faculdade Pedro II, em Belo Horizonte. O grupo contratou um cerimonial para realizar o culto, a colação e o baile de formatura, mas sofreu um calote e foi comunicado que não teria a festa pelo WhatsApp, apenas três dias antes do evento.

A turma contratou o Saff’s Cerimonial e Eventos em dezembro de 2014 e dividiu os R$ 57.600 em 26 prestações. No contrato estava firmado que a empresa realizaria o culto, a colação e o baile, incluindo os serviços de decoração, buffet e banda.

“Nós começamos a identificar o problema quando o rapaz do local onde a festa ia ser feita me ligou, em janeiro (de 2017), querendo saber se a festa tinha sido cancelada. Ele disse que não tinham pago nada para ele. Eu entrei em contato com a representante do cerimonial e ela me disse que assim que voltasse de férias resolveria tudo. Em fevereiro, fizemos ela assinar um documento com a gente, onde ela se comprometeu de pagar todos os serviços contratados, e fizemos um boletim de ocorrência para nos resguardar. Ela teria que pagar todo mundo (fornecedores) até sete de março”, lembrou.

A missa e a colação dos estudantes aconteceu nos dias 31 de março e 1º de abril, respectivamente, mas não como estava acordado. “Foi um caos, não tinha nem um terço do que nos foi prometido. As rosas estavam murchas, não tinha missal (livro para se acompanhar o conteúdo de missa) para os nossos familiares, apenas uma pessoa do cerimonial estava lá e não três, não foi legal”, reclamou.

Passado o susto, os alunos se preparavam para o grande baile de gala, mas nessa quarta-feira (12), por volta das 13h30, receberam uma mensagem no WhastApp, da dona do cerimonial, dizendo que a empresa não teria condições de fazer a festa deles.

formatura, calote, pedagogia, cerimonial, whatsapp
A festa de formatura era para 320 convidados e alguns dos participantes viriam de outros estados. Questionada pelos alunos onde estava o dinheiro e porque ela só avisou em cima da hora, a empresária respondeu que tinha mais o que fazer, que não tinha dinheiro para fazer a festa e que eles poderiam procurar pelos direitos.Todo o valor, pelo qual o serviço foi contratado, foi quitado até o final de fevereiro, mas nos mais mais de 30 dias que se passaram, a prestadora de serviço só os comunicou dias antes da festa.
“É um descaso total, eu vejo má-fé e tentativa de estelionato”, afirmou Santos.

O grupo procurou a Defensoria Pública, nesta manhã de quinta-feira (13), mas não foi atendido, devido ao feriado de Semana Santa e por não ser um caso de urgência. Os estudantes contam com a ajuda de um advogado para os orientar como proceder a partir de agora.

A reportagem de O TEMPO ligou várias vezes para a dona do Saff’s Cerimonial e Eventos, mas não foi atendida.

Empresa responde a três processos na Justiça

Em uma consulta ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), foram encontrados três processos, em andamento, onde a Saff’s é ré. Um deles é por “rescisão do contrato e devolução do dinheiro”, indenização de R$ 4.800, um segundo que pede danos morais de R$ 13 mil e o último de danos materiais a R$ 8.000.

Ainda, o cerimonial consta em site de reclamações de clientes na internet. Uma pessoa registrou uma reclamação, em janeiro deste ano, no site “Reclame Aqui”. Ela disse que sua festa de formatura foi em março de 2016 e que desde 2014 alguns colegas da turma de Letras da FACISA-BH estavam pagando para a Saff’s Cerimonial e Eventos realizar a colação de grau e baile de formatura. O estudante se diz surpreendido pelo descaso como era tratado o evento.

Segundo a reclamação, no dia da colação de grau a representante do cerimonial chegou atrasada com o coffee break (garantido em contrato) e até para passar o slide uma das funcionárias teve dificuldades. Já o baile foi “terrível”, afirmou. “A boate (se é que posso chamar aquilo de boate) tinha quatro luzes pequenas no meio do salão. O cantinho mineiro (garantido em contrato) não existiu e serviram um feijão tropeiro dentro de copinhos de café de porcelana (deveria ter em média 30g de tropeiro em cada copo). Houve também um frango à passarinho super seco, os garçons mal iam nas mesas e as bebidas nunca chegavam aos convidados!”, reclamou.

O estudante diz ainda que apesar da cerveja estar gelada, os coquetéis de frutas eram umas “batidas horrorosas dessas feitas com vinho barato servidos em festinhas de adolescentes”.

“Não bastasse essa festa desastrosa e ridícula (que pagamos caro por isso), a Saffs Cerimonial e Eventos fez uma rifa para vendermos e não sorteou a rifa! É isso mesmo! A empresa se comprometeu a sortear um X-Box e não fez o sorteio!”, publicou o universitário.

O rapaz finaliza a reclamação falando que o cerimonial disse que a página da empresa no Facebook foi hackeada: “não atende mais nossas mensagens e para piorar tudo: não entrega nossas fotos do evento”.

.

FONTE: O Tempo.


Bairros de BH e de três cidades da região metropolitana ficam sem água

Previsão é de que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da tarde do mesmo dia, 02

torneira

Abastecimento será interrompido nesta madrugada

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informa que o abastecimento de água em bairros de Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano, será interrompido na madrugada deste domingo (02), em função de manutenção em registro, localizado no encontro entre a rua dos Menezes com a avenida Denise Cristina Rocha, no bairro Letícia, e em registro localizado na avenida Padre Pedro Pinto, esquina com a rua Antônio Rodrigues Froes, no bairro Candelária, em Belo Horizonte.

A previsão é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da tarde do mesmo dia (02/04).

Belo Horizonte

Aeroporto, Braúnas, Campo Alegre, Canaã, Céu Azul, Copacabana, Esplendor, Etelvina Carneiro,  Europa, Floramar, Frei Leopoldo, Garças, Granja Werneck, Heliópolis, Itapoã, Jaqueline, Jardim, Atlântico, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Felicidade, Jardim Guanabara, Jardim Leblon, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Leblon, Leticia, Mantiqueira, Maria Helena, Minas Caixa, Nova América, Nova Pampulha, Planalto, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Santa Amélia, Santa Branca,  Santa Monica, São Bernardo, São Gabriel, São João Batista, São Tomaz, Serra Verde, Solimões, Trevo, Tupi A, Venda Nova e Vila Cloris.

Ribeirão das Neves

Adriana, Atalaia, Belo Vale, Botafogo, Canoas, Cerejeira, Céu Anil, Cruzeiro, Delma, Eliane, Elizabeth, Esperança, Evereste, Fazenda Misongue, Felixlândia, Flamengo, Fortaleza, Girassol, Guadalajara, Havaí, Iolanda, Itapoã, Jardim Florença, Jardim Primavera, Jardim São Judas Tadeu, Katia, Labanca, Lagoa, Laredo, Lidici, Maracanã, Maria Helena, Menezes, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Piedade, Núcleo Tradicional, Paraiso das Piabas, Penha, Santa Branca, Santa Fé, São Januário, São João de Deus, São José, São Miguel Arcanjo, Sonia, Toni, Tropical, Urca, Vera Lucia, Viena, Vila Braúna e Vila Papine.

Santa Luzia

Asteca, Baronesa, Barreiro do Amaral, Bela Vista, Belo Vale, Castanheira, Chácaras Santa Inês, Cristina, Duquesa I e II, Liberdade, Londrina, Luxemburgo, Maria Antonieta, Monte Carlo, Nova Conquista, Nova Esperança, Novo Centro, Parque Nova Esperança, Perola Negra, Pousada Del Rey, São Benedito, São Cosme, São Cosme de Cima, Vale das Acácias e Vila Santa Rita de Cássia.

Vespasiano

Angicos, Bernardo de Souza, Condomínio são José, Gávea, Gávea II, Imperial, Jardim Daliana, Maria José, Morro Alto, Morro do Cruzeiro, Nova Pampulha, Parque Norte, Santa Clara, Serra Dourada e Vila Esportiva.

.

FONTE: O Tempo.


Capivara de 100 kg é capturada dentro de casa em BH

Uma capivara de aproximadamente 100 quilos foi capturada dentro de uma casa na rua Miramar, no bairro Ribeiro de Abreu, na região Nordeste de Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira (23).

O dono da casa acionou o Corpo de Bombeiros, que conseguiu retirar o animal do local. Ele foi levado para a Instituição Cães e Amigos, que fica no bairro São Luiz, na Região da Pampulha.

A orientação nesses casos é sempre chamar o apoio especializado. Ninguém ficou ferido.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Veja o itinerário dos ônibus gratuitos que circularão no Carnaval

Rota foi pensada para atender local de maior concentração de blocos e foliões e também facilitar a conexão para outras regiões via metrô

ônibus skol

Este ano serão 20 ônibus personalizados circulando pelo centro da capital

Com capacidade para atender mais de 50 mil pessoas durante a folia, o transporte funcionará de 11h às 22h, com saídas a cada 5 minutos da avenida dos Andradas, no bairro Floresta.

O Ponto de Concentração (PC) dos ônibus ficará localizado na avenida dos Andradas, número 2.407 (entre a praça Perrela e a avenida do Contorno). Os ônibus terão o seguinte itinerário: avenida dos Andradas (PC), avenida do Contorno, retorno sob viaduto da Floresta, avenida do Contorno, avenida Olegário Maciel, rua Antônio Aleixo, rua Santa Catarina, avenida do Contorno, rua Pacífico Mascarenhas, avenida dos Andradas (PC).

.

FONTE: O Tempo.


Justiça emite liminar que impede monopólio da Ambev no Carnaval de BH

Ambulantes não precisarão vender apenas Skol, mas outros produtos da Ambev

Ambulantes não precisarão vender apenas Skol, mas outros produtos da Ambev

A Justiça emitiu uma liminar, nesta quinta-feira (23), pedindo a suspensão do monopólio da Ambev no Carnaval da capital mineira. A decisão foi tomada pelo juiz Rinaldo Kennedy Silva, da 2ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública Municipal da Comarca de Belo Horizonte.

Segundo o documento, permitir que apenas produtos de uma empresa sejam comercializados no evento fere o direito de livre concorrência ou livre iniciativa. No processo, o juiz explica que “é nítida a ocorrência de infração da ordem econômica cometida pelo Município de Belo Horizonte, tendo em vista que trata-se de uma festa aberta ao público de toda a cidade”.

Silva também destaca que o monopólio gera efeitos prejudiciais tanto para os vendedores ambulantes quanto para a população consumidora, que sofrerão uma limitação em seus direitos, “garantias constitucionalmente asseguradas e que devem ser respeitadas pelas decisões e atos municipais”.

Ainda de acordo com o documento, caso descumpra a liminar, a prefeitura terá que arcar com uma multa diária de R$10.000,00.

Procurada pela reportagem, a Belotur afirmou que ainda não recebeu nenhuma notificação e que aguardará o envio do processo para se posicionar.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Temporal, medo e prejuízo

Queda de árvore de grande porte, situação recorrente em BH, esmaga carro no cruzamento mais movimentado da capital. Cidade começa a semana sob a ameaça de mais tempestades

Tronco atingiu em cheio o veículo que passava pela Avenida Afonso Pena, na Praça Sete, por pouco não ferindo o motorista José Ricardo Soares (GLADYSTON RODRIGUES/EM/D.A PRESS)Tronco atingiu em cheio o veículo que passava pela Avenida Afonso Pena, na Praça Sete, por pouco não ferindo o motorista José Ricardo Soares

Belo Horizonte começa a semana com um alerta de tempestade da Defesa Civil municipal e sob o impacto de mais uma queda de árvore de grande porte no Centro, ameaça recorrente que desta vez ocorreu em um dos pontos mais movimentados da cidade e só não teve consequências mais graves por se tratar de um domingo. O incidente aconteceu na Praça Sete, quando um espécime tombou na Avenida Afonso Pena (sentido Bairro Mangabeiras), durante temporal na tarde de ontem. Mais do que surpresos, dois motoristas ficaram aterrorizados, já que o tronco, com cerca de 20 metros de altura, que ficava no canteiro central, tombou, por volta das 15h, sobre os carros que conduziam. “Estava começando a chover e achei que o barulho fosse de um trovão. Eu estava passando e, por pouco, não fui atingido”, disse, ainda assustado, o instalador de telefones José Ricardo Soares, morador de Ribeirão das Neves, na Grande BH. O outro veículo atingido foi um táxi, que também trafegava pelo local.
.
Equipe dos bombeiros trabalhou para serrar a árvore que despencou sobre o cruzamento. Além de um policial militar, um agente da BHTrans esteve no local, já que o trânsito ficou impedido. “Veja só, fui informado de que vou ter que providenciar o reboque do meu carro. A árvore cai e ainda sou obrigado e pagar pelo serviço de retirada. Com vou fazer, se ele está debaixo da árvore e destruído por cima?”, perguntava José Ricardo, enquanto o táxi era rebocado.
.
A cidade pode começar a semana enfrentando problemas semelhantes, já que a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil emitiu alerta de chuva forte válido pelo menos até a manhã de hoje. A previsão é de pancadas acompanhadas de raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h em Belo Horizonte. O volume de precipitação está estimado entre 40 e 60 milímetros. Mas as condições favoráveis à formação de nuvens e pancadas a qualquer hora do dia persistem até amanhã, com um pequeno alívio na quarta-feira, quando há previsão de sol durante o dia e mais chuva à noite. Na quinta e na sexta-feira devem ocorrer mais pancadas de fim de tarde, típicas de verão. Não há previsão de granizo.
.
De acordo com a meteorologista Anete Fernandes, do 5º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia, a semana chuvosa é resultado da circulação de ventos que trazem umidade do Oceano Atlântico em direção ao continente. “Está havendo uma convergência de umidade sobre a parte Central e Sudeste do Brasil, e, com isso, as condições de instabilidade estão sendo mantidas e favorecendo a ocorrência de pancadas de chuva”, afirmou. Segundo ela, choveu em fevereiro, até ontem 27 milímetros. A média do mês é de 188,4.
.
ESTRAGOS No sábado, forte chuva que atingiu Barbacena, na Região do Campo das Vertentes, deixou imóveis destelhados, provocou queda de árvores e de muros, deslizamentos de terra e alagamentos. O Corpo de Bombeiros atendeu a um total de 18 ocorrências relacionadas ao temporal. No Estádio Walter Antunes, campo do Andaraí Esporte Clube, parte da estrutura de concreto de uma arquibancada chegou a ceder com a queda de um barranco, mas ninguém ficou ferido.
.

MEMÓRIA – Dos sustos ao acidente fatal

Acidentes com árvores de grande porte têm se tornado uma ameaça constante para cidadãos de Belo Horizonte, especialmente em áreas de intensa circulação de pedestres e veículos. Antes do incidente de ontem, um dos mais recentes e preocupantes aconteceu em 12 de outubro do ano passado, na Região Hospitalar da capital, quando uma paineira centenária tombou na Praça Hugo Werneck, quase atingindo um dos veículos que passavam.  Mas o caso mais grave ocorreu há seis anos, em 12 de janeiro de 2011, também na estação das águas, quando a secretária aposentada Maria de Fátima Ferreira, de 57 anos, morreu depois de ser atingida por uma árvore de grande porte, cuja raiz estava infestada de cupins. No momento ela caminhava no Parque Municipal Américo René Giannetti, no Centro de Belo Horizonte. Segundo testemunhas, um grupo percebeu que a árvore estava caindo e avisou a mulher, que tentou correr, mas foi atingida pelo tronco do jatobá de 20 metros de altura. Depois do episódio, a prefeitura começou um trabalho, ainda não concluído, de inventário das árvores da capital.

.

FONTE: Estado de Minas.


ATUALIZAÇÃO: 17 Jan 2017 – termina a rebelião

Rebelião na penitenciária Dutra Ladeira termina sem mortes

Motim foi controlado na madrugada desta terça-feira (17); cerca de 1.200 detentos participaram do ato

Detentos fazem rebelião no presídio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves

Ato foi divulgado pelos próprios presos, em vídeos

A rebelião que tomou conta de três pavilhões da penitenciária Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi encerrada na madrugada desta terça-feira (17), sem registro de mortos ou feridos. Segundo o comandante do 40º Batalhão da Polícia Militar (PM), tenente-coronel Evandro Borges, a situação, que começou no fim da tarde dessa segunda-feira (16), foi controlada por volta de 1h30 da manhã.

O motim envolveu cerca de 1.200 detentos. Eles não conseguiram sair das celas, mas atearam fogo em colchões para protestar contra as mudanças na direção do presídio. A retomada dos três pavilhões que se rebelaram foi feita pelo Corpo de Bombeiros, que apagou o fogo, e pelos agente do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) e do Comando de Operações Especiais (COPE). Segundo o tenente-coronel Borges, não foi necessária a atuação da PM, que deslocou cerca de 200 policiais para o local.

Para o comandante, o fato dos presos não conseguirem fugir evitou um cenário mais trágico. “Eles permaneceram detidos, sem tomar os prédios. Então botaram fogo nos colchões e jogaram nos pátios. Depredaram algumas celas, mas nada significativo”, detalhou. Ambulâncias do Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu) foram chamadas, mas ficaram apenas de sobreaviso e estavam preparadas para atender eventuais intoxicações provocadas pela fumaça.

Do lado de fora do presídio, era possível ver nuvens de fumaça subindo e ouvir bombas de efeito moral enquanto os pavilhões eram retomados. Na portaria, familiares dos presos passaram momentos de angústia enquanto esperavam notícias sobre o andamento da operação.

Regalias

A troca de comando no presídio, apontada como estopim para a revolta, foi defendida pelo secretário adjunto de Estado de Administração Prisional, Robson Lucas da Silva. Segundo ele, a antiga gestão permitia “regalias” para os detentos.

“A partir de levantamentos do serviço interno da secretaria, onde constatamos irregularidades, foi necessária a substituição da direção como um todo. E com isso, os procedimentos de rotina voltaram a ser aplicados, como a entrada do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) nos pavilhões quando necessário”, afirmou.

“Os que perderam algumas mordomias, se organizaram internamente e iniciaram esse motim”, afirmou. A tentativa de derrubar a nova direção, no entanto, saiu pela culatra, segundo o subsecretário. “Apoiamos incondicionalmente o novo diretor Rodrigo Machado, que é uma pessoa séria. Estamos satisfeitos com o fim das regalias ilegais que favoreciam os presos”, afirmou.

A expectativa agora é que os líderes da rebelião sejam transferidos para outros presídios nos próximos dias.

 

Presos colocam fogo em colchões na Penitenciária Dutra Ladeira

Em vídeo postado nas redes sociais, presos ameaçam ‘colocar fogo em tudo” e “matar muita gente”

Reprodução/Youtube

Detentos da Penitenciária Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, fazem um motim na noite desta segunda-feira. De acordo com informações da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), os presos colocaram fogo em colchões. Viaturas da Polícia Militar (PM) ajudam a conter a confusão.

O advogado Fábio Piló, presidente da Comissão de Assuntos Carcerários da OAB/MG, está no local para ajudar a conter o tumulto. “Está acontecendo um motim. Os presos chegaram a colocar fogo em colchões e a PM já está aqui. Ainda não tenho muitas informações sobre a confusão”, explicou. De acordo com a PM, cinco viaturas estão no local.

Os policiais foram chamados, inicialmente, para conter uma manifestação de familiares dos detentos. Os parentes informaram à PM que a direção do presídio tirou algumas regalias dos presos, o que estaria provocando revolta.

Segundo a OAB, integrantes da Comissão de Direitos Humanos estiveram no presídio na tarde desta segunda-feira, depois que mulheres e mães de preso denunciaram maus-tratos contra os detentos.

O em.com.br entrou em contato com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) e ainda aguarda um posicionamento do órgão

.

FONTE: Estado de Minas.


Família recupera cachorra que foi roubada em drogaria da Savassi

A dona da cadela Kika contou que a mulher que a roubou tentou vendê-la por 50 reais na vila Cafezal, na região Centro-Sul de Belo Horizonte

Cachorrinha está com a família há 13 anos

Cachorrinha está com a família há 13 anos

A família da cachorra que foi roubada nesta sexta-feira (13) em frente a uma drogaria na Savassi conseguiu recuperar o animal neste sábado  (14). A dona da cadela Kika contou que a mulher que a roubou tentou vendê-la por 50 reais na vila Cafezal, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Uma mulher que tinha visto o vídeo divulgado pela família com o roubo da cachorra avisou a engenheira civil Luciana Curi.
.
De acordo com Luciana, a mulher comprou a cadela e avisou a família que estava com Kika. “Uma mulher caridosa viu a ladra oferecendo a Kika por R$ 50 em um salão de beleza, como ela tinha visto as reportagens, ela acabou me devolvendo ela”, contou Luciana. Ela registrou boletim de ocorrência e espera que a mulher seja encontrada e punida.

.

Entenda o caso

O crime ocorreu na manhã desta sexta-feira (13) na esquina da rua Cláudio Manuel com avenida do Contorno, no bairro Funcionários.

.

“Eu amarrei minha cachorrinha na grade na entrada da drogaria e entrei para fazer compras. A fila estava muito grande e acabei demorando. Eu fui algumas vezes até a porta e vi que ela estava bem. Depois, quando eu sai, ela já não estava mais lá e descobri que a tinham roubado”, conta Luciana.

.

Desesperada, a engenheira ainda tentou correr atrás da mulher que estava com sua cadela pelas ruas Cláudio Manuel, Maranhão e avenida Getúlio Vargas, mas não conseguiu alcançá-la. Ela, então, voltou a drogaria e conseguiu as imagens da câmera de segurança. Nas imagens, é possível ver que a mulher fica parada muito tempo próxima a cachorra e depois conversa com ela e a rouba. Luciana está divulgando as imagens afim de encontrar a mulher.

Veja o vídeo CLICANDO AQUI!

.

FONTE: O Tempo.



%d blogueiros gostam disto: