Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: cão

Cão vê alunos comprando lanche em cantina e entrega folha para ganhar biscoito

De tanto observar os alunos entregarem dinheiro e saírem com comida, o cachorro passou a oferecer folhas de árvore aos funcionários da cantina

Cachorros podem ser ensinados a fazer várias coisas. Não é raro ver casos de animais que deitam, rolam ou fingem de mortos apenas com um comando humano. Mas eles também são capazes de aprender sozinhos. Na cidade de Monterrey, na Colômbia, um cão que ‘trabalha’ como vigilante de uma instituição de ensino aprendeu a comprar lanches na cantina.

De tanto observar os alunos entregarem dinheiro e saírem com comida, o cachorro passou a oferecer folhas de árvore aos funcionários da cantina. Em troca, tem recebido biscoitos.

A história foi divulgada no Facebook pela professora Angela Garcia Bernal. Na publicação — que, até a noite desta sexta-feira (27/4) contava com mais de 27 mil reações e 32 mil compartilhamentos —, a docente relata que o cão, que se chama Negro, chega na cantina, abana o rabo e pede o biscoito.

“Não é fiado, nem doado. Negro vê que os estudantes levam notas e recebem algo em troca. Então, pega uma folha do chão e, muito decentemente, se aproxima para fazer a compra”, disse a professora.

.

FONTE: Estado de Minas.


Vídeo flagra mulher furtando cadela em porta de farmácia na Região Centro-Sul de BH

A cachorrinha foi levada em uma sacola; família está desesperada e pede ajuda, já que o animal tem problemas de saúde

ATUALIZAÇÃO: família recupera a cadelinha. VEJA AQUI!
Arquivo Pessoal

Uma família está desesperada em busca da cadelinha ‘Kika’, de 13 anos, que sofre de problemas de saúde. Na manhã desta sexta-feira, uma servidora pública, de 48 anos, que não quis se identificar, parou em uma drogaria na Região Centro-sul de Belo Horizonte e teve o seu animal de estimação furtado enquanto fazia compras. O crime ocorreu na Rua Cláudio Manoel, esquina com Avenida do Contorno, no Bairro Funcionários.

De acordo com a servidora, ela deixou sua poodle amarrada pelo lado de fora, mas quando retornou o animal já não estava mais no local. As câmeras do circuito de segurança da drogaria registraram quando uma mulher observou a movimentação, fez amizade com o animal, desamarrou a coleira e colocou a cachorra dentro de uma sacola

 

 

 

 

FONTE: Estado de Minas.


MEU PET ESTÁ OBESO, E AGORA?

Two Pug dogs sitting against animal print background

Até bicho de estimação tem que fazer regime

Esse negócio de gordura é uma praga mesmo. As pessoas vivem lutando contra a balança. Esta matemática de gastar o que ingere é fatídica e não dá moleza. Se comer mais do que gasta, o excesso vai ser depositado em alguma parte do nosso corpo. Em algumas pessoas a gordura fica nos quadris, outras no abdômen, em outras nos braços ou rosto. Para os mais sortudos deve ir para os dedos dos pés, porque ninguém vê. Porém, para nos matar de raiva, existem aquelas que comem de tudo, não gastam nada e não engordam um grama sequer.

Pelo visto, o mesmo acontece com os animais. Tenho dois cachorros, já disse isso aqui, um casal de schnauzer. O macho é magro, saradão – normal, não é mesmo –, a fêmea está obesa. Sempre teve mais peso que ele, depois que fez histerectomia, acabou de vez com a sua silhueta. Foi só engordando e hoje está bem “roliça”. Só se alimenta de ração, duas vezes por dia, mas não para de engordar. Não sei mais o que eu faço.

Aí, para completar meu desespero, recebo a triste notícia de que no inverno os cães tendem a engordar mais, porque praticam menos exercícios. Tenho que confessar que não saio muito com eles, por falta de tempo e um pouco de preguiça também.
Fiz uma viagem semana passada, fui passar uns dias com minha filha que agora está morando no sertão da Bahia, trabalhando como missionária. Minha irmã fez o favor de cuidar de meus cachorros para mim. Como ela ama fazer exercícios, colocou os bichinhos no seu esquema e passeava com eles duas vezes por dia. Porém me contou que não conseguiu caminhar mais do que quatro ou cinco quarteirões porque a Leka cansava e assentava no meio da rua. Ri muito. Típico de gordinho.

Lembrei de uma vez que fui passear em Escarpas do Lago com meus amigos Adriana e Eloi Oliveira. Eles são desportistas, todos dois já jogaram vôlei. Ele foi capitão da Seleção Brasileira de Vôlei na Olimpíada de Montreal, e eu a sedentária em pessoa. Adriana me chamou para fazer uma caminhada e lá fui eu, toda metida a besta. Depois de horas caminhando, lembrei que teríamos que voltar aquele trecho todo. Quase morri. Se não fosse um pit stop na casa de outra amiga, não chegaria em casa viva.
Voltando à vaca fria, estudos recentes mostram estimativas de que cerca de 40% dos cães e gatos estão obesos, principalmente os animais que moram em apartamentos – é o caso dos meus bichos. Assim como na gente, a obesidade pode causar grandes problemas na saúde nos animais.

Por isso, a Comissão de Animais de Companhia – COMAC, do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Saúde Animal, preparou algumas dicas para ficarmos de olho no peso do nosso pet:

  • Visite um médico veterinário com frequência – é o profissional mais adequado para verificar se o peso do seu cachorro ou gato está ideal para a idade e raça. Cada espécie possui especificidades que interferem na saúde do animal, por exemplo, a obesidade canina caracteriza-se quando um animal apresenta mais de 15% de excesso de peso.
  • Incentive o pet a fazer exercícios – a prática de exercícios é recomendada em todas as idades. Passeie com o seu animal e procure por brincadeiras que ele possa liberar energia, como bolas ou discos. Mas, lembre-se de adequar a intensidade do exercício conforme o limite físico do seu animal. Ouça sempre a recomendação de um médico veterinário.
  • Alimente seu pet de forma balanceada – ofereça sempre alimentos indicados para a espécie do animal, como também de acordo com a raça e condição de vida. Se o seu cão ou gato já tem propensão para ganhar peso, evite snacks e petiscos.

.

FONTE: Estado de Minas.


Menino de 11 anos atira e mata menina de 8 que não o deixou brincar com cão

Um garoto de 11 anos foi acusado de assassinato nos EUA depois que testemunhas disseram que ele teria matado sua vizinha de oito anos. A menina não teria permitido que ele visse o seu filhote de cachorro.

A mãe da menina, Latasha Dyer disse a imprensa americana que sua filha estava brincando no quintal quando o vizinho pediu para brincar com o filhote. A menina, identificada como McKayla, negou o pedido e ele atirou.

O xerife de Jefferson County (Tennessee), Bud McCoig, afirmou que o menino usou a arma do pai. Ele teria atirado de dentro de sua casa com uma pistola calibre 12mm . McKayla foi encontrada com um tiro no peito. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

O menino, que não teve o nome revelado por causa de sua idade, foi levado sob custódia e acusado de homicídio em primeiro grau no sábado (3), dia do crime.

“Espero que o menino tenha aprendido sua lição, já que ele levou a vida do meu bebê e nunca mais a terei de volta”, disse a mãe de McKayla.

Latasha disse ainda que não foi a primeira vez que a família dela teve problemas com o garoto. “Quando nos mudamos, o menino praticava bullying contra McKayla. Ele fazia piadas, a chamava de nomes maldosos. Tive que procurar o diretor da escola em que eles estudavam”, afirmou.

FONTE: UOL.


Filhote de cachorro aciona gatilho de arma e “atira” em dono que tentava matá-lo

Homem tentava se livrar de filhotes por não conseguir encontrar donos para a ninhada. Um deles colocou a pata no gatilho da arma usada na ação, que disparou e feriu o braço do dono

AFP PHOTO/STAN HONDA

 

.
Um homem que tentava se livrar de filhotes de pastor alemão acabou ferido de forma inusitada nesta semana, na Flórida, nos Estados Unidos. Segundo a rede NBC News, Jerry Allen Bradford, de 37 anos, não conseguiu encontrar novos donos para os animais de apenas três meses e resolveu usar um revólver para matá-los. Três dos sete cães já haviam sido mortos, quando um deles, que seria a próxima vítima, salvou o resto da ninhada.
.
O “herói” estava no braço de Bradford, quando acidentalmente colocou a pata no gatilho da arma. O revólver disparou e a bala atingiu o pulso do homem. Os quatro filhotes que sobreviveram à ação foram levados para um órgão de controle animal do condado de Escambia e deverão ser disponibilizados para adoção.
.
Em entrevista à rede americana, o sargento Ted Roy condenou a ação do homem. A polícia local entrou com um pedido de prisão contra Bradford por crueldade contra os animais.

.

FONTE: Estado de Minas.


Piloto de companhia aérea canadense desvia voo internacional para salvar cão

Um piloto da companhia aérea Air Canada salvou a vida de um cachorro ao tomar a decisão de desviar um voo que ia de Tel Aviv (Israel) a Toronto (Canadá) depois de um mau funcionamento do sistema de aquecimento na área de carga da aeronave.

O buldogue francês de sete anos, de nome Simba, estava viajando de avião pela primeira vez quando o piloto notou o problema. O voo está prestes a começar a atravessar o oceano Atlântico, onde a temperatura despenca.

Com o bem-estar do cão em perigo o piloto decidiu pousar o avião em Frankfurt, na Alemanha. Simba foi colocado em outro voo e o avião seguiu viagem para o Canadá.

O dono do cachorro ficou muito grato. “É meu cachorro, é como meu filho. É tudo para mim”, ele disse após os dois se encontrarem novamente no aeroporto Pearson.

De acordo com o especialista em avião citado pela reportagem da “City News“, Phyl Durby, o piloto fez a coisa certa, apesar de ter gasto quase R$ 30 mil com combustível extra pela parada e ter atrasado o voo e 1h15.

“A temperatura exterior fica em -50ºC, não existe isolamento. O piloto é responsável por todas as vidas a bordo, seja humana ou canina”, afirmou.

FONTE: UOL.


Depois de comover moradores do Bairro Prado, Xerife, o cachorro de rua que corteja há meses uma cadela adotada na Rua Turquesa, ganha oportunidade de ficar com ela

 Xerife e Olívia Palito: dona de imóvel na Rua Turquesa vai tentar ficar com os dois, mas as brigas dele com outro cachorro têm de diminuir (Beto Novaes/EM/D.A Press - 29/5/15)

Moradores do Bairro Prado, na Região Oeste de Belo Horizonte, e voluntários na defesa dos direitos dos animais não medem esforços para que Xerife, ou Lord Voldemort, possa ter um final feliz com Olívia Palito. Depois de ficar cinco dias desaparecido, Xerife voltou para a vizinhança da Rua Turquesa, encontrou a companheira, mas também o rival Kurt Cobain. A animosidade entre os machos tem sido um dos impedimentos para a adoção do cão abandonado que faz a corte, do lado de fora do portão, à cadela adotada pela funcionária pública Tatiana Azeredo Coutinho desde o carnaval.
 .
Para que Xerife possa viver sob o mesmo teto de Olívia, é preciso que a paz com o rival seja selada. Para a boa convivência dos cães, Xerife e Kurt deverão ser castrados amanhã. “Lord Voldemort e Kurt continuam se estranhando muito”, disse Tatiana.Depois de algumas pessoas mostrarem interesse em adotar Xerife, Tatiana concluiu que não é bom separá-lo de Olívia. Ela pretende abrigar os três cachorros. Mas para que esse capítulo seja escrito é importante que os rivais passem a ter uma boa convivência. A castração é o primeiro passo. Tanto Xerife quanto Kurt serão esterilizados. “É preciso castrar também o Kurt, porque é ele, apesar de ser menor, que avança no Xerife”, disse.
 .
Com a castração, os machos param de demarcar território, o que reduz a disputa entre eles. Dentro de dois meses, Olívia também deverá passar por procedimento semelhante. “A castração é uma medida positiva para os cães. No caso da Olívia, é melhor que ela não tenha outra gestação. As cadelas ficam muito fracas”, defende Tatiana. No procedimento cirúrgico, são retirados os testículos dos machos e os ovários das fêmeas. 
.
Adestramento O próximo passo será o adestramento de Xerife, que por viver muitos anos na rua, se mostra arredio. Em contato com protetores de animais, Tatiana deverá conhecer ainda hoje um possível voluntário para ajudar Xerife a se ajustar à vida doméstica. “Ele entra em casa, mas fica muito arredio. Ao primeiro som de o portão se abrir, ele foge”, conta. A liberdade parece falar mais alto a Xerife, que já escapou de um táxi dog no Bairro Cidade Nova, Região Nordeste, em uma outra vez que foi levado para ser castrado. 

.

Por enquanto, Xerife e Olívia também estão com a ninhada. Mas nos próximos dias, os dez filhotes deverão seguir para outros donos. Todos foram doados e estão sendo desmamados.

.
FONTE: Estado de Minas.


%d blogueiros gostam disto: