Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: criminosos

Uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) determinou nesta quinta-feira (18) que o Google Brasil quebre o sigilo de comunicações por e-mail de usuários investigados pelo MPF (Ministério Público Federal) em até dez dias. Caso descumpra a ordem, a empresa terá de pagar multa diária de R$ 50 mil. A identidade dos investigados não foi revelada.

Em comunicado oficial divulgado nesta sexta-feira (19), o Google Brasil afirmou não operar o serviço do Gmail e não ter acesso às informações solicitadas pelo tribunal.

Google inaugura novo escritório em São Paulo para 300 funcionários

Nova sede do Google, no Itaim Bibi (SP), ocupa três andares onde 300 funcionários trabalharão. Nas instalações da companhia, há videogames, sala de massagem, restaurantes e mesa de sinuca. Há até uma Kombi com frutas.

“Para permitir a troca de informações judiciais, o governo americano tem acordos de assistência judiciária com mais de 50 países, dentre os quais o Brasil. Através do MLAT [acordo de assistência mútua legal], um governo pode pedir ao governo dos Estados Unidos ajuda na obtenção de provas detidas por entidades naquele país, inclusive por empresas como o Google”, diz o texto.

A empresa diz ainda que mantém “contato direto e regular com as autoridades brasileiras para esclarecer como o Gmail funciona e incentivá-los a usar o processo estabelecido pelo MLAT para solicitar as informações de interesse, como já fizeram com sucesso no passado. O encaminhamento de solicitações de dados por meio dos canais legais corretos permite às autoridades conduzirem investigações e ao Google proteger a privacidade e a segurança de seus usuários”.

Para o MPF (Ministério Público Federal), no entanto, “remeter o Poder Judiciário Brasileiro à via diplomática para obter os dados é afrontar a soberania nacional, sujeitando o Poder Estatal à inaceitável tentativa da empresa em questão de se sobrepor às leis pátrias”.

O MPF afirma que a quebra do sigilo é necessária para elucidar “seríssimos crimes, dentre eles, o de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, fraude à licitação, lavagem de dinheiro, advocacia administrativa e tráfico de influência” e que há razoável expectativa de se obter importantes elementos de prova com a comunicação estabelecida por mensagens de e-mail entre os investigados.

FONTE: UOL.


PM prende terceiro John Lennon envolvido em crimes na Grande BH em menos de um mês.

E o mundo todo fala: https://universobh.wordpress.com/2013/02/07/prisoes-de-lennons-repercurtem-no-mundo/

A Polícia Militar (PM) atendeu a quarta ocorrência, em menos de um mês, envolvendo homens com o nome de John Lennon. Foi preso nesta sexta-feira, suspeito de planejar o assalto a um casa lotérica, John Lennon Ribeiro Siqueira, 19 anos. Ele e o comparsa Leandro Henrique Trigston, 19 anos, foram vistos rondando a loja na Rua Niquelina, Bairro Santa Efigênia, Região Leste de Belo Horizonte.

John Lenon Gomes
John Lenon Gomes Camargos, 22 anos

Funcionários acionaram a Polícia Militar (PM), antes de abrir a loteria, porque reconheceram os dois suspeitos. Segundo a polícia, a dupla já havia roubado o mesmo comércio em novembro do ano passado. John Lennon Ribeiro estava preso por roubo e foi liberado da cadeia há três dias, conforme informaram militares do 22º Batalhão da PM. Nesta sexta, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 com os dois suspeitos.

Outros casos

No dia 22 de dezembro a Polícia Civil apresentou um homicida violento que aterrorizava moradores dos bairros da Região Norte de Belo Horizonte. John Lenon Gomes Camargos, 22 anos, que mora no Novo Aarão Reis, é suspeito de pelo menos cinco assassinatos e duas tentativas de homicídio. Segundo a delegada Alessandra Wilke, o desejo do preso era dominar o tráfico de drogas no bairro vizinho, o Aarão Reis, e para isso matou supostos inimigos, espalhou medo e decretou toque de recolher para a população.

John Lennon Fonseca
John Lennon Fonseca Ferreira, de 22

No dia 8 de janeiro um dos criminosos mais procurados de Minas Gerais foi preso ao assaltar uma casa no Bairro Amazonas, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. John Lennon Fonseca Ferreira, de 22 anos, faz parte da lista do Procura-se.

Ele e um comparsa invadiram o imóvel quando a moradora abriu o portão da residência para guardar o carro. Um terceiro assaltante ficou na rua para dar cobertura. Duas pessoas foram feitas reféns.

Jonh Lennon Fonseca tinha mandados de prisão em aberto por homicídio, tentativa de homicídio, falsidade ideológica, porte ilegal de armas e roubo.

Preso criminoso que matou cinco e aterrorizou moradores do Aarão Reis

Um dos criminosos mais procurados de MG é preso ao roubar casa e fazer moradores reféns Na noite do dia 9 de janeiro, o jovem John Lennon Sebastião da Silva, 18 anos, foi encontrado morto no banco de trás de uma Parati na Região Norte de Belo Horizonte. Ele foi baleado no bairro Tupi e um dos suspeitos do crime foi preso horas depois do atentando. De acordo com a PM, o crime pode estar relacionado a uma vingança.

FONTE: Estado de Minas.



%d blogueiros gostam disto: