A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) autuou a academia Pratto Fitness por colocar um “gato” no sistema que mede o consumo de energia. O empreendimento, localizado no bairro Cachoeirinha, tem como sócios os jogadores de futebol Lucas Pratto, do São Paulo, e Léo Silva, do Atlético.

Conforme informou a Cemig, foi colocada uma fiação clandestina desviando a energia para que o consumo não fosse medido pelo relógio. Com isso, a conta de luz ficou mais barata.

A empresa informou ainda que é a segunda vez que a academia utiliza de tal expediente, irregular. Em 31 de agosto deste ano, técnicos da Cemig desmontaram um outro “gato” no mesmo local. Na ocasião, técnicos da Cemig, responsáveis pelo monitoramento eletrônico de empreendimentos, notaram que a conta de luz da Pratto Fitness tinha ficado mais barata. Decidiram então por uma inspeção no local. Pegaram um “gato”. Aplicaram multa e desmontaram a estrutura irregular.

Mas, neste mês, notaram nova redução de consumo. Fizeram uma inspeção na manhã desta quinta-feira e descobriram um “gato” ainda maior.

A reportagem tentou, sem sucesso, contato com a Pratto Fitness.

Academia Pratto Fitness

Técnicos da Cemig fizeram uma inspeção surpresa na academia nesta quinta-feira