Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: estação

Shoppings de BH funcionarão em horário especial neste fim de ano

Durante o mês de dezembro, os estabelecimentos adotam horários especiais nos próximos feriados e nas vésperas de Natal e Ano Novo

Del Rey. Testou a iluminação de Natal na última sexta-feira, encantando que estava no local

Mesmo com a crise, a expectativa de aumento nas vendas é de cerca de 20%

Neste mês de dezembro, os shoppings de Belo Horizonte e região metropolitana funcionarão em horários especiais. Confira abaixo a lista dos comércios e o horário que ficarão abertos nos dias úteis e feriados de final de ano.

.

Shopping Cidade
Dia 08/12 (Feriado) – Lojas: 9h às 22h; Praça de Alimentação: 10h às 22h.
Dias 11/12 e 18/12 (Domingo) – Lojas: 10h às 22h; Praça de Alimentação: 10h às 22h.
Dias 19/12 a 23/12 – Lojas: 9h às 22h; Praça de Alimentação: 10h às 22h.
Dia 24/12 (Véspera de Natal) – Lojas: 9h às 18h; Praça de Alimentação: 9h às 18h; Cinema só exibirá sessões iniciadas antes das 18h.
Dia 25/12 (Natal) – Lojas estarão fechadas e a Praça de Alimentação funcionará em ponto facultativo das 10h às 22h; Cinemas exibirá sessões iniciadas após às 15h.
Dias 26/12 a 30/12 – Lojas: 9h às 22h; Praça de Alimentação: 10h às 22h.
Dia 31/12 (Véspera de Ano Novo) – Lojas: 9h às 18h; Praça de Alimentação: 10h às 18h; Cinema só exibirá sessões iniciados antes das 18h.

.

Boulevard Shopping
Dia 08/12 (Feriado) – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 22h.
Dia 11/12 (Domingo) – Lojas: 10h às 22h; Praça de Alimentação: 10h às 23h.
Dias 17/12 a 23/12 – Lojas: 10h às 23h; Praça de Alimentação: 10h às 0h.
Dia 24/12 (Véspera de Natal) – Lojas e Praça de Alimentação: 9h às 18h
Dia 25/12 (Natal) – Lojas estarão fechadas e Praça de Alimentação funcionará em ponto facultativo das 10h às 22h.
Dia 31/12 (Véspera de Ano Novo) – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 18h.
Dia 1º de Janeiro (Ano Novo) – Lojas estarão fechadas e Praça de Alimentação funcionará em ponto facultativo das 10h às 22h.

.

Minascasa
Dia 08/12 (Feriado) – Lojas e Praça de Alimentação: 14h às 20h.
Segundo assessoria do Minascasa, o shopping ainda não estabeleceu horário especial de funcionamento para os dias 24, 25 e 31 de dezembro e para 1º de Janeiro. Nos demais dias deste mês, o horário de funcionamento será das 10h às 22h, de segunda a sábado, e das 14h às 20h nos domingos.

.

Ponteio Lar Shopping
Dia 08/12 (Feriado) – Lojas e Praça de Alimentação: 14h às 20h.
Segundo assessoria do Ponteio Lar Shopping, ainda não foi estabelecido o horário especial de funcionamento para os dias 24, 25 e 31 de dezembro e para 1º de Janeiro. Nos demais dias deste mês, o horário de funcionamento será das 10h às 22h, de segunda a sábado, e das 14h às 20h nos domingos.

.

Minas Shopping
Dia 08/12 (Feriado) – Lojas: 10h às 22h; Praça de Alimentação: 10h às 23h.
Dias 11/12 e 18/12 (Domingo) – Lojas: 12h às 20h; Praça de Alimentação: 10h às 23h.
Dias 16/12 a 21/12 – Lojas: 10h às 23h; Praça de Alimentação: 10h às 23h.
Dia 24/12 (Véspera de Natal) – Lojas e Praça de Alimentação: 9h às 18h.
Dia 25/12 (Natal) – Lojas estarão fechadas e a Praça de Alimentação funcionará das 10h às 23h.
Dia 31/12 (Véspera de Ano Novo) – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 16h.
A assessoria do Minas Shopping informa que em todas as datas acima o cinema estará aberto conforme a programação do Cineart.

.

Diamond Mall
Dia 11/12 (Domingo) – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 22h; Empório Verdemar: 7h às 21h; Cinema funcionará normalmente.
Dia 18/12 (Domingo) – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 22h; Empório Verdemar: 7h às 22h; Cinema funcionará normalmente.
Dias 15/12 a 23/12 – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 23h; Empório Verdemar: 6h às 22h; Cinema funcionará normalmente.
Dia 24/12 (Véspera de Natal) – Lojas e Praça de Alimentação: 9h às 18h; Empório Verdemar: 6h às 20h; Cinema funcionará até às 16h.
Dia 25/12 (Natal) – Lojas e Empório Verdemar estarão fechados; Praça de Alimentação: das 10h às 22h; Cinema funcionará a partir das 16h.
Dia 31/12 (Véspera de Ano Novo) – Lojas e Praça de Alimentação: 9h às 18h; Empório Verdemar: 6h às 20h; Cinema funcionará até às 16h.
Dia 1º de Janeiro (Ano Novo) – Lojas e Empório Verdemar estarão fechados; Praça de Alimentação: das 10h às 22h; Cinema funcionará a partir das 16h.
A assessoria do Diamond Mall informa que os horários especiais são facultativos para as lojas.

.

Shopping Estação BH
Dia 11/12 (Domingo) – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 22h.
Dia 17/12 (Sábado) – Lojas: 09h às 23h; Praça de Alimentação: 10h às 23h.
Dia 18/12 (Domingo) – Lojas e Praça de Alimentação: 10h às 22h.
Dias 19/12 a 23/12 – Lojas e Praça de Alimentação: 09h às 23h.
Dia 24/12 (Véspera de Natal) – Lojas e Praça de Alimentação: 09h às 18h.
Dia 25/12 (Natal) – Lojas estarão fechadas; Praça de Alimentação: 11h às 21h.
Dia 31/12 (Véspera de Ano Novo) – Lojas: 09h às 16h; Praça de Alimentação: 10h às 18h.
Dia 1º de Janeiro (Ano Novo) – Lojas estarão fechadas; Praça de Alimentação: 11h às 21h.

.

FONTE: O Tempo.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 10/06/2015, 18:20.

16:34

Segundo a assessoria dos rodoviários,  haverá uma reunião com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH)  às 16h nesta quinta-feira (11) para discutir impasse sobre o pagamento do valor integral relativo à Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

16:31

A greve dos rodoviários será suspensa a partir das 00h desta quinta-feira (11), segundo a assessoria dos rodoviários.

.

10/06/2015

07:44

Na Estação São Gabriel, os grevistas não estão deixando os ônibus saírem.

07:40

Estações Barreiro e Diamante estão paralisadas; as linhas do DER operam na parte externa dos terminais.

07:40

Manifestantes impedem a operação das linhas troncais na estação Pampulha. As linhas alimentadoras operam parcialmente e vão até a área central.

07:28

De acordo com a BHTrans, a Estação Venda Nova está paralisada. Os motoristas das linhas alimentadoras orientados a seguir a Vilarinho para que os passageiros consigam seguir para o centro de Belo Horizonte.

07:24

Move metropolitano e outras linhas gerenciadas pelo DER estão operando, mas do lado externo das estações.

07:04

Ainda não há confirmação sobre os números das linhas que não estão rodando em Belo Horizonte nesta quarta-feira.

Greve na quarta-feira pode ter cerca de 1 mil ônibus parados em Belo Horizonte

Nesta terça-feira, pelo menos 50 linhas de ônibus deixaram de circular durante a madrugada. Ao longo do dia, a paralisação perdeu força, e apenas a Estação São Gabriel ainda é afetada pela paralisação

 

Jair Amaral/Em/DA Press

Depois de encontro com a BHTrans, nesta terça-feira, e a manutenção do impasse na negociação com as empresa de ônibus, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (STTR) pretende entrar em greve com indicativo de que pelo menos 1 mil ônibus deixem de circular em Belo Horizonte na quarta. Com paralisações localizadas, desde a segunda-feira, o protesto atingirá toda categoria. De acordo com o presidente do sindicato, Ronaldo Batista, 470 ônibus deixaram de circular na capital desde do início da manhã e esse número irá mais que dobrar amanhã.  
.

Pela manhã, o presidente da BHTrans, Ramon Victor Cesar, se reuniu com o presidente do STTR para ouvir as reivindicações. O encontro aconteceu às 11h e terminou por volta das 12h30. Segundo Batista, foi uma reunião informal, visto que as negociações trabalhistas acontecem diretamente com as empresas. Cesar ouviu as reivindicações da categoria, que pediu uma intervenção da empresa junto ao sindicato patronal. Também pode haver uma mediação por parte do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). 
.
Os trabalhadores protestam contra o não pagamento da Participação nos Lucros e Resultado (PLR). De acordo com o STTR, até o momento não houve nenhuma manifestação do patronal. Já o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH) afirma que o pagamento da PLR foi adiado, não cancelado, e que aguarda a definição da BHTrans sobre um relatório enviado na semana passada, onde demonstra, por meio de notas fiscais dos custos de operação do sistema, que as empresas estão operando no vermelho.
.
Linhas voltam a circular
Nesta terça-feira, pelo menos 50 linhas de ônibus deixaram de circular durante a madrugada, o que retirou das ruas mais de 500 veículos. Ao longo do dia, a paralisação perdeu força e, às 16h, as estações Diamante, Barreiro, Venda Nova, Vilarinho e José Cândido já funcionavam normalmente. Apenas a Estação São Gabriel ainda é afetada pela greve, com as linhas 806 e 811 operando parcialmente..
16:05

Novo boletim: a BHTRANS informa que as Estações Diamante, Barreiro, Venda Nova, Vilarinho e José Cândido estão funcionando normalmente. Na Estação São Gabriel, apenas as linhas 806 e 811 operam parcialmente. As demais linhas da Estação São Gabriel operam normalmente. Agentes da BHTRANS estão orientando os usuários e monitorando as estações e o trânsito.

15:52
A BHTRANS emitiu nota no meio da tarde desta terça-feira (9), sobre a reunião realizada na manhã de hoje na sede da Empresa com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários.
“A BHTRANS informa que, em reunião realizada na manhã de hoje na sede da Empresa, solicitou ao Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários o fim da greve que atinge parte do sistema de transporte coletivo em Belo Horizonte. A BHTrans alega que uma questão interna – o não pagamento aos rodoviários da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 2014 -, prevista no Acordo Coletivo de Trabalho vigente entre os trabalhadores e as concessionárias, não pode prejudicar os usuários do sistema de transporte urbano, bem como o funcionamento normal das atividades urbanas. Por outro lado, a BHTRANS confirma que recebeu da entidade patronal, o SETRA BH – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte – estudo técnico que busca demonstrar a necessidade imediata de revisão contratual. Considerando a complexidade dos estudos apresentados, a exigir avaliação aprofundada por parte do órgão regulador, não se justifica condicionar o pagamento da PLR às conclusões da referida avaliação.”
13:10

A reunião entre representantes da BHTrans e os trabalhadores do sistema rodoviário de Belo Horizonte, acabou agora há pouco. Em conversa entre o presidente do sindicato Ronaldo Batista, e o presidente do órgão municipal de trânsito Ramon César, ficou decido que o Tribunal Regional do Trabalho deve realizar uma audiência para intermediar as negociações entre a categoria e os patrões. Segundo a assessoria do sindicato, enquanto não houver uma decisão, a paralisação dos ônibus em Belo Horizonte vai continuar nesta quarta-feira (10).

11:47

Rodoviários querem que as empresas de ônibus paguem o valor referente à Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O presidente do STTRBH está reunido com o presidente da BHTrans para falar sobre a reivindicação da categoria.

10:36

Em nota, a BHTrans informou que o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTRBH), Ronaldo Batista de Morais, será recebido pelo presidente da empresa que gerencia o trânsito na capital, Ramon Victor Cesar, em virtude da mudança de agenda do prefeito Marcio Lacerda. O encontro acontece às 11h e será fechado. “O presidente da BHTrans irá ouvir as motivações dos rodoviários para o movimento de paralisação parcial das linhas municipais”, diz o comunicado.

.

FONTE: Estado de Minas e O Tempo.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 09/06/2015, 19:40.
SINDICATO MANTÉM GREVE NA TERÇA E QUARTA
VEJA AQUI!
.
09/06/2015
07:26

Na empresa Torres, 138 veículos não saíram. As linhas são:

5503A (Goiânia A), 5503B (Goiânia B), 9105 (Nova Vista/Sion), 9211 (Caetano Furquim/Havaí), 9214 (Caetano Furquim/Havaí via Alto Havaí), 9250 (Caetano Furquim/Nova Cintra via Savassi), 9208 (Taquaril/Conjunto Santa Maria), 8102(União/Carmo Sion), 815 (Estação São Gabriel/Conjunto Paulo VI), 85 (Estação São Gabriel/Centro via Floresta), 83P ((Estação São Gabriel/Centro – Paradora) e 5506A (Ribeiro de Abreu).

07:11

Na Turilessa, há 117 veículos parados. As linhas afetadas são:

9103 (Santa Teresa/Santo Antônio), 9210 (Santa Teresa/Prado), SC04A (Santa Casa/Savassi/Rodoviária A), SC04B (Santa Casa/Rodoviária/Savassi B), SC02B(Savassi/Praça 7 via Santa Casa – Praça da Liberdade), 9209 (Sagrada Família/Gutierrez), 9550 (Casa Branca/São Francisco via Estação José Cândido),9411 (Casa Branca/São José), 8501 (Maria Goretti/Engenho Nogueira via Ouro Preto), 806 (Estação São Gabriel/Vista do Sol via Nazaré), 811 (Estação São Gabriel/Vista do Sol via PUC), 705 (Estação São Gabriel/São Tomaz), 9410(Sagrada Família/Coração Eucarístico), 9501 (São Lucas Jaraguá) e 9204 (Santa Efigênia/Estoril)

06:42

A greve desta terça-feira afeta as garagens das empresas Turilessa, Torres, Sagrada Família e Jardins. De acordo com o STTRBH, 522 ônibus não estão rodando.

06:41

Nessa segunda-feira, 48 linhas foram afetadas pela paralisação.

06:28

O sindicato ainda não informou quais linhas foram afetadas pela paralisação desta terça-feira.

06:25

Na manhã desta terça-feira, três garagens que ficam próximas a Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, e uma que fica em Venda Nova, estão paradas. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e região (STTRBH), a paralisação afeta os coletivos que rodam na capital

.
08/06/2015
23:17

Com o retorno dos rodoviários ao trabalho, no início da noite desta segunda-feira (8), a cobertura desse primeiro dia de paralisação é encerrada. Porém, o Sindiato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e região (STTRBH) informou que a categoria voltará a cruzar os braços no início dessa terça (8).

19:11

O funcionamento das estações do Barreiro e Diamante está normalizando no início da noite desta segunda (8), de acordo com a BHTrans.

17:30

A greve dos rodoviários será mantida nesta terça-feira (9), segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e região (STTRBH).

17:24

Greve de rodoviários afeta algumas linhas da estação Barreiro e Diamante, de acordo com a Bhtrans.

17:24

As estações Pampulha, São Gabriel, Venda Nova e Vilarinho estão funcionando normalmente na tarde desta segunda-feira (6), segundo a Bhtrans.

16:44

Manifestantes ocupam uma faixa da av. Amazona, próximo ao viaduto Silva Lobo. Ato acontece em protesto à morte de um motorista de ônibus, segundo as informações da Polícia Militar.

15:07

Segue parcial a paralisação dos Rodoviários em Belo Horizonte. Último boletim da BHTrans confirmava a volta das Estações Barreiro e Diamante somente com as linhas do DER

12:55

Linhas 607, 636 e 642 voltam a operar, segundo a BHTrans

12:43

A BHTRANS informa que as estações Venda Nova e Vilarinho estão funcionando normalmente. As Estação Pampulha e São Gabriel estão retomando a operação. As Estações Barreiro e Diamante continuam operando somente com as linhas do DER.

 

.

BH terá greve de ônibus nesta segunda-feira

 .
Os ônibus que prestam transporte coletivo em Belo Horizonte estarão parados nesta segunda-feira. O Sindicato dos Rodoviários confirmou que, à 0h, começa uma greve da categoria sem previsão para acabar. “A ideia é segurar a paralisação até que os patrões efetuem o pagamento da PLR, ou que pelo menos entrem em um acordo para pagar rapidamente”, afirmou Carlos Henrique, diretor de comunicação do sindicato.
.
A razão para a greve é o descumprimento dos patrões de um acordo firmado com os trabalhadores em março. Na época, ficou combinado que o pagamento de Participações nos Lucros e Resultados (PLR) seria pago integralmente até o quinto dia útil de junho. “Porém, o Sindicato foi surpreendido com um ofício do sindicato patronal (Setra-BH) informando o não pagamento do PLR na data prevista na Convenção”, afirma o presidente do STTRBH, Ronaldo Batista. No comunicado, os patrões alegam que não tem condições financeiras de cumprir com o acordo firmado há três meses. 
.
A paralisação incluí todos os ônibus de empresas de Belo Horizonte, inclusive aqueles do Move, mas não os ônibus metropolitanos, já que em boa parte das cidades da Região Metropolitana a PLR foi paga aos funcionários regularmente.
.

BH pode ter greve de ônibus na próxima segunda-feira, diz sindicato

Motivo para a paralisação seria o não pagamento da participação nos lucros aos funcionários por parte das empresas

Usuários do transporte público da capital devem se programar para uma possível paralisação de linhas de ônibus a partir da 0h de segunda-feira (8). O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e região (STTRBH) informou que algumas empresas não cumpriram com o acordado na convenção da categoria.

“Durante a campanha salarial, foi acertado o pagamento de participações nos lucros e resultados aos trabalhadores de forma integral, até o quinto dia útil do mês de junho. Porém, na última quarta-feira (3), recebemos um ofício do sindicato patronal informando o não pagamento na data prevista”, explicou o presidente do STTRBH, Ronaldo Batista. Hoje haverá uma reunião para definir como será o protesto.

Na convenção realizada no início deste ano ficou acertado que os trabalhadores rodoviários com remuneração acima de R$ 1.188 deveriam receber, até o quinto dia útil de junho e em parcela única, R$ 347,52. Aqueles que recebem menos de R$ 1.188 têm direito a R$ 173,76.

Apesar de ainda não ter a definição de quais linhas ficarão paradas, a diretora da Associação dos Usuários de Transporte Coletivo de Belo Horizonte e região metropolitana, Gislene dos Reis, espera que a população não sofra com o ato. “Entendemos como justa a manifestação, mas esperamos que as pessoas consigam utilizar o transporte público”, defendeu.

A reportagem tentou contato com o sindicato patronal e com a prefeitura da capital, mas nenhuma das assessorias atendeu às ligações.

.

FONTE: O Tempo.


Servidores da Cidade Administrativa ganharão creche, academia e restaurante popular

 

cidade

.

Com a promessa de criar um grande projeto de humanização, o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, informou na tarde desta quinta (30) medidas que pretendem beneficiar diretamente os servidores que trabalham na Cidade Administrativa.

.

Antecipando as comemorações do Dia do Trabalhador, o secretário afirmou que a sede do governo mineiro ganhará uma creche para cerca de 470 crianças, entre 0 e 6 anos de idade, além de um restaurante com preços especiais e controlado por nutricionistas, uma academia subsidiada e a criação de uma estação do Move, que ligará a Cidade Administrativa até o Centro da capital.

.

“As salas de reunião vazias também serão ocupadas por salas de leitura. Uma das primeiras medidas a serem tomadas será a implantação de quiosques nos gramados para descanso do servidor. Certamente Niemeyer (arquiteto que projetou a sede do governo) não gostaria da ideia, mas estamos preocupados com o bem-estar das 17 mil pessoas que trabalham aqui”.

.

Segundo o secretário, os projetos serão feitos em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte e já estão em andamento, mas não há previsão de implantação. “Ontem (quarta), por exemplo, já nos reunimos com o presidente da BHTrans (Ramon Victor César) para discutirmos a questão do transporte”, disse. Os anúncios do secretário foram feitos durante um piquenique que reuniu no gramado da sede do governo os servidores da Cidade Administrativa.

 

cidade 2

FONTE: Hoje Em Dia.


Criança de 5 anos tem dedos esmagados em escada da Estação do Move São Gabriel

Acidente aconteceu em uma plataforma do Move Metropolitano, segundo os bombeiros. Menino foi levado para o Hospital João XXIII

São Gabriel 2

.
Um menino de 5 anos ficou gravemente ferido após prender um dos pés em uma escada rolante de uma plataforma do Move Metropolitano da Estação São Gabriel, na Região Nordeste de Belo Horizonte. A criança foi resgada por militares do Corpo de Bombeiros e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). 
.
De acordo com a aspirante Soraya Fernandes Medina, do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros, o menino descia a escada rolante descalço quando, aparentemente, encostou o pé direito entre o corrimão e o degrau. 
.
Os militares posicionaram alavancas e outras ferramentas para aumentar o espaço entre a escada e o corrimão para soltar a criança. Antes disso, o Samu foi acionado para aplicar um analgésico no menino. Logo em seguida, os militares forçaram a lateral da escada. Os trabalhos levaram 20 minutos. Os pais da criança acompanharam o resgate.
.
A criança foi levada na ambulância do Samu para o Hospital João XXIII, onde deve passar por um procedimento para reconstituição dos cinco dedos. Ainda conforme a aspirante Soraia, a escada foi interditada para manutenção. .
.
A reportagem tentou entrar em contato com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG) e a BHTrans, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

FONTE: Estado de Minas.


VEJA TAMBÉM: o que funciona ou não em BH!

Rodoviária e Estação José Cândido recebem operação especial para o Carnaval

 

rodoviária
Movimento intenso na rodoviária de Belo Horizonte
A partir desta quinta-feira (12), a Prefeitura de Belo Horizonte começa a operação especial na Rodoviária e na Estação de Integração José Cândido da Silveira, em função do Carnaval. São esperados 88 mil embarques nos dois terminais apenas entre a próxima sexta-feira (13) e sábado (14).
 .
Segundo a assessoria de imprensa da rodoviária de BH, estima-se que ao todo 75 mil pessoas embarquem pelo terminal no Centro de BH e 13 mil pela Estação José Cândido. Nesses dias serão disponibilizados 2700 ônibus pelas empresas de transporte rodoviário. Os destinos mais procurados são para o litoral capixaba e carioca e para cidades históricas de Minas, como Diamantina, Mariana, Ouro Preto, São João Del Rei, Tiradentes, entre outras.
 .
Estação de Integração José Cândido da Silveira
 .
O embarque e desembarque das viagens com destino ao Nordeste, Espírito Santo, Belém, Brasília, Campos dos Goytacazes (RJ) e São João da Barra (RJ) serão realizados pela Estação José Cândido da Silveira.
 .
O passageiro deverá ficar atento em relação ao terminal em que irá embarcar, pois o mesmo será informado na passagem que também terá anexado um folheto com todas as informações sobre como chegar à Estação José Cândido da Silveira. As passagens para quem embarca no terminal auxiliar podem ser adquiridas tanto na rodoviária quanto na Estação José Cândido.
 .
Mais informações estão disponíveis pelos telefones da rodoviária (31) 3271-3000 ou (31) 3271-8933 e também da BHTrans, pelo 156 da prefeitura.
 .
Confira as linhas que operam na Estação de Integração José Cândido: 
 .
– São Geraldo (Natal, Porto Seguro, Guarapari, Nova Almeida, Mossoró, Anchieta, Ilhéus, Marataízes, Prado e Eunápolis):
.
– Gontijo (Natal, Recife, Salvador, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Vitória, Fortaleza e Conceição da Barra);
.
– Itapemirim (Natal, Recife, Mossoró, Guarapari, Nova Almeida, São João da Barra, Campos dos Goytacazes, Belém e Brasília);
.
– Nacional (Salvador);
.
– Penha União (Vitória e Brasília);
.
– Águia Branca (Conceição da Barra).
.
Dicas para o embarque:
 .
– Chegar com 40 minutos de antecedência;
.
– Utilizar apenas os serviços de táxi e ônibus regulamentados pela BHTrans e DER, respectivamente;
.
– Observe a sinalização de trânsito e as orientações dos agentes da BHTrans;
.
– Não descuidar das bagagens, mantendo-as etiquetadas;
.
– Estar de posse das passagens devidamente preenchidas, quando necessário;
.
– Ficar atento às normas para a troca de passagens: empresas interestaduais – até 3 horas antes / empresas intermunicipais – até 12 horas antes.
.
– Pais, parentes de primeiro grau ou responsável legal embarcam com crianças até 12 anos apenas portando a certidão de nascimento ou identidade das mesmas. Quando a situação não se enquadrar nesses casos, é necessária a autorização do Juizado da Infância e Juventude;
.
– Despeça dos amigos e parentes no hall principal, deixando as plataformas de embarque somente para os passageiros;
.
– Dirija-se às plataformas de embarque somente quando a partida for anunciada, evitando assim o acúmulo de pessoas;
.
– Utilize os elevadores para acesso às plataformas de embarque.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Homem perde parte dos dedos em porta de ônibus do Move

Acidente aconteceu após o desembarque de passageiros na avenida Pedro I; vítima foi encaminhada ao Hospital Odilon Behrens, onde passou por cirurgia

Montese

Um homem perdeu parte dos dedos após ter a mão esquerda prensada pela porta central de um ônibus do Move, na manhã desta terça-feira (27). Segundo a Polícia Militar, o acidente aconteceu quando, após o desembarque de passageiros na avenida Pedro I, na região de Venda Nova, a vítima se apoiou na parte superior da porta e teve os dedos esmagados. Ele foi encaminhado para o hospital e passa bem.
.
De acordo com a PM, o motorista da linha 63 (Estação Venda Nova/Lagoinha) relatou que, por volta das 7h30, estava parado no ponto de desembarque da Estação Montese, no bairro Itapoã, quando foi avisado por passageiros que o usuário Charles de Souza Pereira, de 40 anos, havia se machucado na porta do ônibus. Ainda segundo o motorista, a vítima foi socorrida pelos próprios usuários do transporte público e encaminhada ao Hospital Odilon Behrens.

Passageiro do Move perde parte de dedos da mão em acidente com porta de ônibus

Vítima de 50 anos teve parte de dois dedos amputados depois de se apoiar na porta

 
Ao tentar liberar espaço para outros passageiros entrarem em um ônibus lotado do Move, um homem de 50 anos perdeu parte de dois dedos da mão ao se apoiar na porta do coletivo. O acidente aconteceu na manhã desta terça-feira dentro de um veículo da linha 63 que estava parado na Estação Montese, que fica na Avenida Pedro I, no Bairro Itapoã, na Região da Pampulha.Segundo relato do motorista do ônibus à Polícia Militar, o coletivo que seguiria para o Centro da capital estava parado na estação para o embarque e desembarque de passageiros. Assim que fechou a porta para seguir viagem, ele conta que foi abordado por passageiros informando que o usuário Charles de Souza Pereira, de 50, anos havia machucado a mão. 

Testemunhas disseram o que acidente aconteceu quando Charles, que estava no meio do coletivo, levantou os braços e teria colocado a mão esquerda no mecanismo de fechamento da porta central. Ele teve as falanges do dedo médio e anelar amputados e foi levado para o Hospital Odilon Behrens, no Bairro São Cristóvão, na Região Noroeste da capital.

A Polícia Civil fez perícia no ônibus e o resultado fará parte do inquérito que será aberto pela Delegacia Especializada de Acidentes de Veículos (DAV). O laudo deve apontar se o acidente aconteceu por falha no veículo ou descuido da vítima. A BHTrans disse que só vai se pronunciar sobre o caso depois de receber o boletim de ocorrência. A empresa afirma ainda que vai apurar as responsabilidades após o recebimento do documento.

FONTE: O Tempo e Estado de Minas.



%d blogueiros gostam disto: