Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: lista


Eleitores de Minas Gerais vão às urnas escolher conselheiros tutelares neste domingo (6) — Foto: Reprodução/TV GloboEleitores de Minas Gerais vão às urnas escolher conselheiros tutelares neste domingo (6) — Foto: Reprodução/TV Globo

Eleitores de Minas Gerais vão às urnas escolher conselheiros tutelares neste domingo (6)

Eleitores de Minas Gerais escolhem neste domingo (6) representantes para 880 conselhos tutelares no estado. A votação elege conselheiros que tomam posse em janeiro de 2020.

Qualquer cidadão maior de 16 anos e com título de eleitor pode votar na eleição. O Conselho Tutelar é um órgão municipal responsável por zelar pelos direitos da criança e do adolescente.

O órgão é chamado a agir por meio de denúncia de ameaça ou violação consumada de direitos da criança e do adolescente. Outras vezes, se antecipa à denúncia, age preventivamente quando fiscaliza entidades, mobiliza a sua comunidade para o exercício de direitos assegurados a todo cidadão. Cobra ainda o melhor acompanhamento e o atendimento à criança e ao adolescente, bem como a sua família.

A coordenadora especial de Política Pró-Criança e Adolescente, da Subsecretaria de Direitos Humanos do estado, Eliane Quaresma destaca a relevância da eleição. “A importância da participação popular é fundamental na escolha dos conselheiros, para garantir os direitos humanos das crianças e adolescentes”, ressaltou.

Os eleitores devem procurar informações nas prefeituras para saberem sobre os pontos de votação e candidatos em cada município.

Em 26 cidades do estado serão usadas urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Esta é a primeira vez que a tecnologia vai ser usada nas eleições dos conselhos.

Belo Horizonte

A votação também será eletrônica na capital mineira com um sistema desenvolvido pela Prefeitura. Para esta eleição foram deferidas 233 candidaturas. Serão eleitos 45 conselheiros, sendo cinco para cada uma das regionais.

A Prefeitura espera que 80 mil eleitores compareçam às urnas. A eleição vai contar com 60 pontos de votação, com duas seções eleitorais em cada um, somando 120 seções nas nove regionais do município. A votação vai ocorrer das 8h às 17h.

A Ouvidoria do Município estará de plantão durante o processo, para sanar dúvidas, receber eventuais reclamações e outras manifestações dos cidadãos do município. O contato é feito por este link.

.

FONTE: G1.


Confira a lista de feriados nacionais e pontos facultativos de 2019

Quatro dos dez feriados caem sábado ou domingo

O governo federal publicou hoje (28) no Diário Oficial da União a lista com os feriados e pontos facultativos da administração federal em 2019. A lista não inclui feriados estaduais e municipais.

No próximo ano, os feriados que cairão no final de semana serão: Tiradentes (domingo), Independência (sábado), Dia de Nossa Senhora da Aparecida (sábado) e Finados (sábado). Os demais vão cair em dias de semana.

A portaria, publicada pelo, Desenvolvimento e Gestão, diz que os dias de guarda dos credos e religiões, não relacionados, poderão ser compensados, desde que “previamente autorizados pelo responsável pela unidade administrativa do exercício do servidor.”

O texto diz ainda que o cumprimento dos feriados não deve trazer prejuízo da prestação dos serviços considerados essenciais e que caberá aos dirigentes dos órgãos e entidades “a preservação e o funcionamento dos serviços essenciais afetos às respectivas áreas de competência”.

Em relação aos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal, eles ficam proibidos de antecipar ou postergar ponto facultativo.

Calendário

Veja a lista completa:

– 1º de janeiro, terça-feira: Confraternização Universal (feriado nacional)

– 4 de março, segunda-feira: Carnaval (ponto facultativo)

– 5 de março, terça-feira: Carnaval (ponto facultativo)

– 6 de março, quarta-feira: quarta-feira de cinzas (ponto facultativo até as 14 horas)

– 19 de abril, sexta-feira: Paixão de Cristo (feriado nacional)

– 21 de abril, domingo: Tiradentes (feriado nacional)

– 1º de maio, quarta-feira: Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional)

– 20 de junho, quinta-feira: Corpus Christi (ponto facultativo)

– 7 de setembro, sábado: Independência do Brasil (feriado nacional)

– 12 de outubro, sábado: Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional)

– 28 de outubro, segunda-feira: Dia do Servidor Público – art. 236 da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (ponto facultativo)

– 2 de novembro, sábado: Finados (feriado nacional)

– 15 de novembro, sexta-feira: Proclamação da República (feriado nacional)

– 24 de dezembro, véspera de natal, terça-feira (ponto facultativo após as 14 horas)

– 25 de dezembro: Natal, quarta-feira (feriado nacional) e

– 31 de dezembro, véspera de ano novo, terça-feira (ponto facultativo após as 14 horas)

.

FONTE: O Tempo.


Mais de 200 bairros da capital e Grande BH terão abastecimento de água interrompido no domingo

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Uma manutenção na rede de água do sistema produtor do Rio das Velhas vai interromper o abastecimento em mais de 200 bairros de Belo Horizonte e outras cidades da Região Metropolitana neste domingo (16). Além da capital, Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia terão o abastecimento suspenso entre em 6h e 18h.

De acordo com a Copasa, a situação deve se normalizar de forma gradativa até a madrugada de segunda-feira (17).

Confira os locais onde o abastecimento será interrompido:

Belo Horizonte:
Aarão Reis, Aeroporto, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Alípio de Melo, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim,  Borges, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, ETE/Arrudas, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto  Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim  Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardim das Rosas, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto ,Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa  Efigênia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São João Batista, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, Universitário, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho e Vista do Sol, Vila Silveira.

Nova Lima: 
Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.

Raposos: 
Todo o município.

Sabará: 
Todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Santa Luzia: 
Todo o município, exceto a região do São Benedito e do Frimisa.


Confira a lista de 43 marcas de azeite reprovadas pelo Ministério da Agricultura

O principal problema apresentado é a presença de azeite não refinado e misturado com óleo de soja

 Após análises realizadas no Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro), no Rio Grande do Sul, o Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (Mapa) decidiu retirar do mercado 43 marcas de azeites de oliva consideradas impróprias para o consumo, com indícios de fraude. Foram avaliados 76 produtos de empresas brasileiras. Segundo o Mapa, entre os problemas encontrados, o principal foi a presença de azeite “lampante” (não refinado) e outros óleos, como o de  soja, que não são permitidos pela legislação. Em 311 amostras coletadas em todo o país também havia erros de informação nos rótulos.
De acordo com a auditora fiscal federal agropecuária Fátima Parizzi, coordenadora geral de Qualidade Vegetal do departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal, no período de abril a novembro de 2017 foram fiscalizadas 76 marcas e realizadas 240 ações fiscais em todo o Brasil.
PexelsO Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento avaliou 76 marcas de azeite de todo o Brasil e encontrou problemas em 43 delas, especialmente a presença de óleo não refinado
Das amostras encaminhadas ao Lanagro, laboratório oficial do Mapa, 33 apresentaram resultados dentro dos padrões de qualidade estabelecidos pelo ministério. Para o azeite de oliva, em 43 amostras, os exames laboratoriais resultaram em problemas, por se enquadrarem como “fora do tipo” ou “desclassificado”. O Mapa já proibiu a comercialização e os produtos estão sendo retirados do mercado.

Conforme a auditora fiscal, de outubro de 2016 a fevereiro de 2017, o Brasil importou 650 mil l de “azeite lampante”. A partir de março de 2017, quando se intensificaram as ações de fiscalização e o acompanhamento técnico dos lotes, desde a origem até o processamento, a importação passou para “apenas” 84 mil l.

“Além das medidas punitivas aplicadas pelo Mapa, as informações sobre as empresas fraudadoras foram repassadas aos Ministérios Públicos Estaduais e também ao Federal. Até o momento, foram assinados quatro Termos de Ajustamento de Conduta no Paraná. Processos de investigação estão em andamento em outros estados que, com certeza, demandarão novas ações corretivas e consequentes punições”, esclarece Fátima Parizzi.

Alerta para os consumidores

“Praticamente 100% das marcas envasilhadas no Brasil apresentaram problemas, enquanto que nas marcas envasilhadas no país de origem são mínimos os índices de não conformidade”, comenta a auditora.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento orienta os consumidores a ficarem atentos à denominação de venda do produto descrito no rótulo. O termo “azeite de oliva” pode aparecer em destaque, mas, nas letras miúdas podem constam as expressões “óleo misto ou composto, temperos e molhos”. É preciso atentar para as promoções, pois, um frasco de azeite de oliva contendo 500 ml, raramente, será comercializado com preços inferiores a R$ 10.

As informações relativas à qualidade do azeite de oliva virgem devem constar em área importante do rótulo – pode ser usada a expressão “extra virgem”. Para o azeite descrito como composto, devido à mistura de azeite de oliva virgem com o refinado, é preciso constar a informação “tipo único”.

Aqui estão os azeites reprovados nos testes do Mapa:

  1. Aldeia da Serra
  2. Andaluzia
  3. Anna
  4. Barcelona
  5. Casablanca
  6. Castelo Real
  7. Chef Ávilo Clássico
  8. Conde de Torres
  9. Do Chefe
  10. Dom Gameiro
  11. Donana Premium
  12. Don Léon
  13. Faisão Real
  14. Faisão Real Gourmet
  15. Figueira da Foz
  16. Imperatore
  17. La Española (lote 20616)
  18. Lisboa
  19. Lisboa Premium
  20. Malaguenza
  21. Marisa
  22. O Vira
  23. Olivenza
  24. Paschoeto
  25. Pazze
  26. Porto Valência
  27. Pramesa
  28. Quinta D’Aldeia
  29. Quinta da Boa Vista
  30. Quinta do Cais
  31. Quinta do Fijô
  32. Restelo
  33. Rioliva
  34. San Domingos
  35. Santa Isabel
  36. Serra de Montejunto
  37. Temperatta
  38. Tordesilhas
  39. Torezani Premium
  40. Torres de Mondego
  41. Tradição
  42. Vale Fértil
  43. Vila Verona

Abaixo, a lista das marcas aprovadas nos testes do Mapa:

  1. Andorinha
  2. Báltico
  3. Beirão
  4. Belo Porto
  5. Bom Dia
  6. Borges
  7. Borges Clássico
  8. Carbonell
  9. Castelo
  10. Coccinero
  11. D’Aguirre
  12. De Cecco
  13. Dia %
  14. EA
  15. Felippo Berio
  16. Gallo
  17. Great Value
  18. Herdade do Esporão
  19. La Española
  20. La Violeteira
  21. Maria
  22. Monde
  23. Monini
  24. Nova Oliva
  25. Olitalia
  26. O-Live
  27. Oliveira da Serra Clássico
  28. Serrata
  29. TAEQ
  30. Terrano
  31. Verde Louro – Arbosana
  32. Verdemar
  33. Y Barra

FONTE: Estado de Minas.


Comida di Buteco começa nesta sexta-feira em BH; veja lista dos bares

Neste ano, 49 estabelecimentos participam do festival. O evento vai até o dia 14 de maio.

Começa nesta sexta-feira (14) o festival Comida di Buteco em Belo Horizonte. O evento já é tradicional na “capital dos bares” e vai até o dia 14 de maio. Em 49 bares e botecos da cidade.

A missão dos estabelecimentos neste ano é apresentar um petisco exclusivo que tenha entre os ingredientes algum cereal, tema desta edição. Ao propor um tema, a ideia do concurso é estimular a criatividade e pesquisa da cultura gastronômica brasileira. Este ano, o desafio é explorar a pluralidade dos cereais – tidos como base da cadeia alimentar do brasileiro de norte a sul do país. Entre as sugestões de criação estão: arroz, aveia, cevada, linhaça, milho, quinoa, trigo, entre outros.

E quem escolhe o quitute vencedor é o público e um corpo de jurados, que vão eleger o melhor boteco da cidade. Para isso, cada concorrente é avaliado nas categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida. O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%.

Veja a lista de bares participantes

222

BEBO PORQUE É LÍQUIDO, SE FOSSE SÓLIDO EU COMIA

(Moela ao molho de Caracu, acompanhada de ciabatta e um queijinho para finalizar o sanduíche)

Endereço: Avenida Francisco Deslandes, 222 – Anchieta

Contato: (31) 3287-7712

Funcionamento – terça a sexta: 18h a 0h / sábado: 14h a 0h / domingo: 14h a 22h

Preço: R$25,90

Ali Ba Bar

MORDE E ASSOPRA

(Rabada flambada na cachaça com polenta de milho verde e parmesão)

Endereço: Rua Matias Cardoso, 345 – Santo Agostinho

Contato: (31) 3337-9114

Funcionamento – segunda a sexta: 17h a 0h / sábado: 11h a 0h / domingo: NÃO ABRE

Preço: R$25

Amigos e Memórias (Bar do Paulinho)

SE PÁ, EU QUERO

(Medalhões de frango cobertos com creme de milho e farofa crocante de torresmo)

Endereço: Rua Daniel de Carvalho, 1061 – Gutierrez

Contato: (31) 3334-3970

Funcionamento – terça a sexta: 17h a 23h / sábado: 12h a 23h / domingo: 12h a 20h / feriado: NÃO ABRE

Preço: R$25,90

Armazém do João

BRASILEIRINHO EMBRIGADO

(Almôndegas de carne de porco sobre cama de polenta e cobertas com crispy de couve)

Endereço: Rua Major Lopes, 79 – São Pedro

Contato: (31) 3223-3181

Funcionamento – terça a domingo: 16h a 0h

Preço: R$25,90

Baiúca

TILÁPIA ARRETADA DA BAIANA!

(Iscas de tilápia empanadas com flocos crocantes de arroz, acompanhadas de maionese picante. Sem glúten)

Endereço: Rua Piauí, 1884 – Funcionários

Contato: (31) 3225-5602

Funcionamento – terça a sexta: 17h a 0h / sábado: 12h a 0h / domingo: 12h a 17 h

Preço: R$25,90

Bar Bambú

BOI EU LAÇO

(Fatias de “lagartinho” cozidas na cerveja preta, acompanhadas de champignons gigantes recheados com tomate seco e manjericão e de torradas de pão caseiro com quinoa)

Endereço: Rua Divisa Nova, 670 – Salgado Filho

Contato: (31) 3052-1883

Funcionamento – terça a domingo: 17h a 23h30

Preço: R$25,90

Bar Bocaiúva

PAÇOBOC

(Paçoca de carne de sol acompanhada de ovo de codorna, tomate seco, pimenta biquinho e abacaxi)

Endereço: Rua Paraisópolis, 550 – Santa Tereza

Contato: (31) 3463-2812

Funcionamento – segunda a sábado: 16h a 0h

Preço: R$25,90

Bar da Adriana

TÁ FAVORÁVEL

(Almôndega assada e recheada com queijo minas e catupiry, enrolada em tiras de bacon e acompanhada por farofa especial e vinagrete)

Endereço: Avenida Valdomiro Lobo, 1841 – São Bernardo

Contato: (31) 3494-0023

Funcionamento – segunda a sábado: 18h a 23h

Preço: R$25,90

Bar do Antônio – Pé de Cana

PÉ NA TÁBUA

(Linguiça com páprica picante, carne de sol, salada de batata, picles de cebola roxa e molho de rapadura com cachaça. Acompanham duas fatias de pão com fermentação natural)

Endereço: Rua Flórida, 15 – Sion

Contato: (31) 3221-2099

Funcionamento – segunda a sábado: 11h a 1h / domingo: 11h a 19h

Preço: R$25,90

Bar do Cláudio – O Rei da Omelete

BOLIM NA VEIA

(Almôndegas ao molho com pão de centeio)

Endereço: Avenida Brasil, 125 – Santa Efigênia

Contato: (31) 3037-2601

Funcionamento – segunda a sexta: 17h a 0h / sábado: 13h a 23h

Preço: R$25,90

Bar do Dedinho

JÁ TÔ CHEGANNO

(Bolinho de frango recheado com brócolis e catupiry, bolinho de carne recheado com couve-flor e cheddar e tomate recheado com carne de boi ao molho de catupiry com gorgonzola e manjericão)

Endereço: Av. Deputado Anuar Menhen, 231 – Santa Amélia

Contato: (31) 3495-4251

Funcionamento – segunda: fechado / terça a quinta: 17h30 a 0h / sexta: 11h a 1h30 / sábado: 11h a 1h / domingo: 11h a 23h / feriado: 13h a 0h

Preço: R$25,90

Bar do Gil

VERSO E PROSA

(Rabada com polenta, acompanhados de bolinho de fubá)

Endereço: Rua Mar de Espanha, 343 – Santo Antônio

Contato: (31) 3297-1564

Funcionamento – segunda a sexta: 17h a 0h / sábado: 12h a 0h

Preço: R$25,90

Bar do João (Santa Branca)

TÔ BICUDINHO

(Filé mignon ao molho de cerveja preta, com champignon e cebola, acompanhados de mini batatas com gergelim e molho especial da casa)

Endereço: Rua Mário de Andrade 9 / Lj 15 – Santa Branca

Contato: (31) 3491-3122

Funcionamento – segunda a sexta: 17h a 0h / sábado: 12h a 0h / domingo: 12h a 21h

Preço: R$25,90

Bar do João (São João Batista)

CUPIM EMBRIAGADO

(Cupim ao molho madeira da casa, acompanhado por torradas com molho verde, pimenta biquinho e batatas gratinadas com creme de milho e muçarela)

Endereço: Rua Geralda Marinho, 117 – São João Batista

Contato: (31) 3451-1344

Funcionamento – segunda a sexta: 17h a 0h / sábado: 12h a 23h30 / domingo: 12h a 23h

Preço: R$25,90

Bar do Louro

BATATOXINHA

(Coxinha da asa empanada, batata sauté e coxinhas de carne moída com proteína de soja recheadas com queijo ao molho de pimenta biquinho com cerveja preta)

Endereço: Edifício Maletta (Avenida Augusto de Lima, 233 – Loja 42 – Centro)

Contato: (31) 3222-4862

Funcionamento – terça a sexta: 18h a 0h / sábado: 11h a 0h / domingo: 11h as 17h

Preço: R$25,90

Bar do Romeu

INSTANTÂNEO

(Bolinho de rabada empanado na aveia e bolinho de feijão recheado com couve e bacon. Acompanha geleia de grão-de-bico)

Endereço: Avenida Valdomiro Lobo, 1050, com entrada na Rua Aniri, 8 – Guarani

Contato: (31) 3433-1845

Funcionamento – quarta a segunda: 17h a 0h

Preço: R$19,90

Bar do Tonho

CISCA QUE ACHA!

(Canjiquinha acompanhada de costelinha, muçarela e couve)

Endereço: Rua Demétrio Ribeiro, 50 – Vera Cruz

Contato: (31) 3483-7560

Funcionamento – terça a sexta: 18h a 23h / sábado: 15h a 21h / domingo: 12h a 18h

Preço: R$8,50 (individual)

Bar Mania Mineira

COSTELETA DO SERRADO

(Costela suína ao coulis de tamarindo, crosta de quinoa e tropeiro do rancho)

Endereço: Rua Paracatu, 1099 – Santo Agostinho

Contato: (31) 2515-5038

Funcionamento – segunda a sexta: 17h a 23h / sábado: 12h a 0h

Preço: R$25,90

Bar Mercado Central

BOLINHO CERVEJEIRO

(Bolinho de malte com bacon, recheado com queijo minas)

Endereço: Mercado Central (Avenida Augusto de Lima 744 / loja 45 – Centro)

Contato: (31) 3273-2333

Funcionamento – segunda a sexta: 11h a 18h / sábado: 9h a 18h / domingo: 9h a 13h

Preço: R$25,90

Bar Pompéu

PITACO NO FILET EM FLOCOS

(Filé mignon empanado em flocos de arroz e regado ao molho de cream cheese com alho poró, acompanhado de batata rústica e molho agridoce)

Endereço: Rua São Miguel, 1243 – Itapoã

Contato: (31) 3443-5760

Funcionamento – segunda a segunda: 11h a 1h

Preço: R$25,90

Boi Bento

COMBINADO BENTO

(Carne de panela ao vinho, acompanhada de farofa de farinha de milho, couve e purê de milho verde)

Endereço: Rua Kepler, 272 – São Bento

Contato: (31) 3344-2666

Funcionamento – segunda a sábado: 16h a 0h / domingo: 16h a 22h

Preço: R$25,90

Boogie Oogie

MISTÉRIOS

(Suíno e seus convidados!)

Endereço: Rua Lindolfo de Azevedo, 1587 – Jardim América

Contato: (31) 2573-0651

Funcionamento – segunda a quinta: 17h30 a 23h / sexta e sábado: 17h30 a 1h

Preço: R$25,90

Buteco do Lili

7 GRÃOS MINEIROS

(Filé mignon bovino empanado e gratinado no forno com queijo minas e molho de tomate. Acompanham três outros tipos de molho e batata recheada e empanada com 7 grãos)

Endereço: Rua Líbero Badaró, 493 – Dona Clara

Contato: (31) 3582-5246

Funcionamento – terça a sexta: 16h a 0h / sábado: 12h a 23h / domingo: 12h a 20h / feriado: NÃO ABRE

Preço: R$25,90

Buteco’s Bar

BOLERO DE RAVEL

(Trança de lombo com bacon e figo turco, flambada na cachaça e refogada ao molho gorgonzola com ervas finas. Acompanha pão australiano)

Endereço: Rua Ernesto Braga, 02 – Lj 02 – Santa Amélia

Contato: (31) 3047-1578

Funcionamento – segunda a sexta: 18h30 a 1h / sábado: 14h a 1h / domingos e feriados: 14h a 23h

Preço: R$25,90

Café Bahia

PORCO NA LAMA

(Torresmo de barriga, costelinha frita e carne louca de porco sobre cama de polenta)

Endereço: Rua Tupis, 369 – Centro

Contato: (31) 3274-4530

Funcionamento – segunda a sexta: 12h a 0h – sábado: 10h a 0h / domingos e feriados: a consultar

Preço: R$25,90

Café Palhares

HILDA FURACÃO – O RETORNO

(Carne bovina ao molho de cerveja preta, mandioca cozida, ovo de codorna e pães fatiados)

Endereço: Rua dos Tupinambás, 638 – Centro

Contato: (31) 3201-1841

Funcionamento – segunda a sexta: 12h a 22h / sábado: 12h a 21h / domingos e feriados: NÃO ABRE

Preço: R$25,90

Cantim Noir

EL CONIN

(Cones de milho e biomassa de banana verde, recheados com abobrinha e quatro queijos – gorgonzola, parmesão, provolone e muçarela – ou com carne de sol, mandioca e manteiga de garrafa. Acompanham tortilhas de milho e biomassa de banana verde e guacamole de abacate)

Endereço: Rua Nisio de Oliveira, 266 – São Lucas

Contato: (31) 3789-8756

Funcionamento – terça a sábado: 17h a 1h / domingo: 11h a 17h

Preço: R$25,90

Chácara Grill

SIMPLES ASSIM

(Pastéis recheados com carne de sol e mandioca ou com bobó de camarão. Acompanham mentira com conserva de jiló)

Endereço: Rua Deputado Cláudio Pinheiro de Lima, 366 – Glória

Contato: (31) 2516-6775

Funcionamento – terça a quinta: 18h a 0h / sexta e sábado: 17h a 1h / domingo: 12h a 16h

Preço: R$25,90

Dona Suica

MINEIRINHO

(Costelinha assada com farofa de farinha de milho com linguiça defumada e ora-pro-nóbis. Acompanha creme de batata doce com queijo minas e molho de goiabada cascão)

Endereço: Rua João Samaha, 390 A – São João Batista

Contato: (31) 2538-2530

Funcionamento – segunda a sábado: 18h a 0h

Preço: R$25,90

Em Canto (Bar du Beto)

JUNTOS E MISTURADOS

(Cubos de frango e cubos de carne ao molho, acompanhados de creme de arroz picante)

Endereço: Rua Deputado Bernardino de Sena Figueiredo, 1011 – Cidade Nova

Contatos: (31) 3484-5313

Funcionamento – terça a sexta: 19h a 23h / sábado, domingo e feriado: 13h a 18h

Preço: R$25,90

Era Uma Vez Um Armazém

NINHO DE MINAS

(Bolinho de paella mineira com queijo canastra, servido em ninho de crispy de couve. Acompanha molho à base de geleia de cachaça e pimenta rosa)

Endereço: Avenida Professor Mário Werneck, 3200 – Buritis

Contatos: (31) 3879-2120

Funcionamento – terça a sexta: 13h a 22h / sábado: 15h a 22h

Preços: R$25,90

Já Tô Inno

TU DI MÍ

(Milho tropeiro acompanhado de carne de panela cozida com milho verde, especiarias e molho à base de cerveja artesanal)

Endereço: Rua Benjamin Dias, 379 – Barreiro

Contato: (31) 3384-1198

Funcionamento – segunda a sexta: 17h:30 a 23h30 / sábados e feriados: 12h a 23h30

Preço: R$25,90

Koqueiro’s Bar

TRIÂNGULO MINEIRO

(Filé suíno em cubos com ervas, finalizado com pipoca de quinoa, mini cebolas caramelizadas no aceto balsâmico, vinho branco e açúcar mascavo reduzido, com creme de mandioca com ervas)

Endereço: Av. Silviano Brandão, 1293 – Sagrada Família

Contato: (31) 2510-7025

Funcionamento – terça a sexta: 18h a 0h / sábado: 13h a 0h / domingo: 13h a 19h

Preço: R$25,90

Magrelo’s Bar (Bar do Zé)

TULIPAS DA DONA CLEIDE

(Tulipas de frango empanadas e recheadas com bacon, acompanhadas de bolinhos de arroz e molho especial da casa)

Endereço: Avenida Serrana, 635 – Serrano

Contato: (31) 3475-0113

Funcionamento – terça a sexta: 17h a 0h / sábado: 16h a 0h / domingo: 16h a 22h

Preço: R$25,90

Mulão

PRATA DA CASA

(Pimentão recheado com carne de boi moída, bacon, azeitonas fatiadas, cebola, tomate, salsinha, cebolinha e arroz. Acompanham molho caseiro de tomate e queijo parmesão)

Endereço: Rua Marambaia, 291 – Caiçara

Contato: (31) 3412-6505

Funcionamento – segunda a sexta: 17h a 0h / sábados e feriados: 11h a 19h

Preço: R$22,90

Old Bar

DELÍCIA MINEIRA

(Polenta frita especial da casa, acompanhada de pãozinho francês, geleia de pimenta e carne de panela)

Endereço: Rua Alvinópolis, 122 A – Santa Tereza

Contato: (31) 3075-0691

Funcionamento – segunda a sábado: 18h a 0h

Preço: R$25,90

Pé de Goiaba

MAR MINEIRO

(Bolinhos de carne recheados com muçarela e goiabada e de arroz recheados com queijo minas. Acompanha molho da casa)

Endereço: Rua José de Alencar, 780 – Nova Suíça

Contato: (31) 2555-3906

Funcionamento – segunda a sábado: 17h a 0h / domingos e feriados: NÃO ABRE

Preço: R$25,90

Prosa Mineira

PAR DE COXAS BRONZEADAS

(Sobrecoxas assadas e recheadas com farofa de farinha de milho, regadas com manteiga de garrafa. Acompanha bolinho de farinha de milho recheado com bacon, queijo e azeitona)

Endereço: Rua Américo Magalhães, 617 – Barreiro

Contato: (31) 2516-5911

Funcionamento – todos os dias: 16h a 0h

Preço: R$25,90

Recanto da Vovó Tela

COLA NA VÓ

(Oicanha suína com chutney de manga, acompanhada de tapiocas recheadas, bolinhos de espinafre com chia e farofa de aveia enriquecida)

Endereço: Rua Tenente Marino Freire, 270 – Maria Helena

Contato: (31) 3456-7817

Funcionamento – terça a quinta: 18h a 1h / sexta e sábado: 18h a 2h / domingo: 15h a 0h

Preço: R$25,90

Rock and Gol

PALETA N’AVEIA

(Panhoca de trigo integral, recheada com paleta cozida na cerveja preta e em reduzido de legumes e champignon, coberta com muçarela gratinada. Acompanha creme bechamel de aveia com queijo parmesão, queijo canastra e temperos especiais)

Endereço: Rua José Gonçalves, 925 – Barreiro

Contato: (31) 2512-2413

Funcionamento – segunda a sábado: 18h a 1h

Preço: R$25,90

Samildão Grill

SASSAMI TRIUNFAL!

(Filezinho de frango a dorê, acompanhado de molho de cenoura especial da casa)

Endereço: Rua São Paulo da Cruz, 357 – Barreiro

Contato: (31) 3243-2574

Funcionamento – segunda a segunda: 17h a 0h

Preço: R$25,90

Santuário Retrô Botequim Temático

OSSOBUCO “DU RETRÔ”

(Ossobuco italiano ao molho retrô mineiro, acompanhado de torradas e guisado de quinoa peruana)

Endereço: Praça Capela Nova, 122 / Lj 01 – Minas Brasil

Contato: (31) 3412-1305

Funcionamento – terça a sexta: 17h a 0h / sábado: 16h a 0h / domingo: 15h30 a 22h

Preço: R$25,90

Sapão Taioba

CEREAL KILLER

(Tacos de milho recheados com carne de panela desfiada, requeijão, pimenta jalapeño, alface, tomate, pimentão e cebola. Acompanham molho de iogurte e molho de pimenta)

Endereço: Rua Conselheiro Galvão, 71 – Jaraguá

Contato: (31) 3427-7777

Funcionamento – segunda a sexta: 11h a 14h:30 e 17h a 0h / sábados e feriados: 11h a 0h / domingo: 11h a 19h

Preço: R$25,90

Sinhá Erozitha Bistroteco

BELA, RECATADA E DA ROÇA

(Língua ao molho de vinho, acompanhada de farofa de pipoca e purê de banana da terra)

Endereço: Rua Santo Amaro, 257 – Sagrada Família

Contato: (31) 3347-0319

Funcionamento – terça a domingo: 17h a 0h

Preço: R$25,90

Tanganica Art Bar

O SORRISO DO LAGARTO

(Lagarto marinado ao molho de vinho tinto, acompanhado de torresmo de polenta e ovos de codorna com tomatinho)

Endereço: Rua Padre Demerval Gomes, 380 – Coração Eucarístico

Contato: (31) 3376-7047

Funcionamento – terça a sábado: 18h a 0h / domingo: 14h a 20h

Preço: R$25,90

Toninho – Alto Forno

PÉ NA JACA

(Costelinha, milho cozido, ora-pro-nóbis e polenta)

Endereço: Rua Miracema, 100 – Santo André

Contato: (31) 3654-4064

Funcionamento – terça a sexta: 18h até o último cliente / sábado: 16h até o ultimo cliente / domingo: 14h a 0h

Preço: R$25,90

Us Motoca

BOM PRA 2

(Músculo cozido ao vinho com batatas baby ao murro gratinadas com muçarela e quinoa. Acompanha baguete com gergelim)

Endereço: Rua Zircônio, 531 – Camargos

Contato: (31) 2127-1914

Funcionamento – terça a sábado: 18h a 0h / domingo: 11h a 18h / feriados: sob consulta

Preço: R$25,90

Vereda

NUM É QUE É BÃO, SÔ…

(Cupim bovino regado na cerveja, acompanhado de mousseline de milho verde com abóbora moranga e mini cebolas caramelizadas)

Rua Junquilhos, 1269 – Jardim América

Contato: (31) 3373-3800

Funcionamento – terça a sábado e feriados: 17h a 0h / Sexta-Feira da Paixão: NÃO ABRE

Preço: R$25,90

Zé Pretinho

COXINHAS ASSANHADAS

(Medalhão de coxinha ao creme de milho com batata frita)

Endereço: Rua Gravataí, 260 – Serra

Contato: (31) 2510-8190

Funcionamento – terça a sexta: 18h a 0h / sábado: 12h a 0h / domingo: 12h a 19h

Preço: R$25,90

.

FONTE: G1.


Mapa identifica 45 marcas de azeite fraudados

Irregularidades são praticadas por envazadoras que misturam óleos vegetais a derivado de azeite impróprio para consumo

Irregularidade mais comum é a mistura de óleos com azeite impróprio para o consumo

Irregularidade mais comum é a mistura de óleos com azeite impróprio para o consumo

 

 O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) identificou irregularidades em 45 marcas de azeite entre 140 coletadas nos últimos dois anos. As amostras foram colhidas em 12 estados e no Distrito Federal, num total de 322.329 litros (dos quais 114.750 litros considerados conformes e 207.579 litros com problemas). A equipe de fiscalização inspecionou 279 amostras de 214 lotes. Do total, 38,7% dos lotes tinham problemas e 79% das irregularidades eram relacionadas a baixa qualidade (produto ruim vendido como bom).

A fraude mais comum praticada por empresas envazadoras é a utilização de óleo vegetal com azeite lampante, que tem cheiro forte e acidez elevada, (extraído de azeitonas deterioradas ou fermentadas) e que não deve ser destinado à alimentação. No Paraná, foram identificadas empresas que vendiam produto como azeite de oliva, mas com composição de 85% de óleo de soja e 15% de lampante. As fraudadoras foram autuadas, multadas em até R$ 532 mil por irregularidade encontrada e os produtos foram apreendidos para descarte. As empresas também foram denunciadas ao Ministério Público. O próximo passo é a abertura de inquérito policial.

Clique nos links abaixo para ver as listas completas.

Entre as  marcas que apresentaram irregularidades estão a Astorga, Carrefour, Almeirim, Conde de Torres, entre outras. E entre as marcas que passaram nos testes, encontram-se Andorinha, Aro, Apolo, Borges, Belo Porto, Carrefour Discount e outras.

O azeite de oliva virgem pode ser classificado em três tipos: o extra virgem (acidez menor que 0,8%), virgem (acidez entre 0,8% e 2%), lampante (acidez maior que 2%). Os dois primeiros podem ser consumidos in natura, mantendo todos os aspectos benéficos ao organismo. O terceiro, tipo lampante, deve ser refinado para ser consumido, quando passa a ser classificado como azeite de oliva refinado. A análise é complexa, exige treinamento e equipamentos sofisticados. As análises também apontaram azeites desclassificados (que podem não ser considerados como azeite) e fora de tipo (não tem boa qualidade).

Os estados onde foram registradas mais irregularidades foram São Paulo, Paraná, Santa Catarina e o Distrito Federal, onde se concentram o maior número de empresas que envazam o produto. Os envazadores, que importam a granel, principalmente da Argentina, foram os que apresentaram maiores irregularidades.

Segundo o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Luis Rangel, os resultados obtidos com a fiscalização do azeite de oliva demonstram a eficiência das ações de fiscalização, evitando que esses produtos cheguem à mesa do consumidor”. As análises são realizadas pelos Laboratórios Nacionais Agropecuários (LANAGRO) do Rio Grande do Sul e de Goiás.

O Mapa intensificou a fiscalização de azeite de oliva, desde a semana passada, coletando amostras direcionadas, junto às empresas que apresentaram irregularidades nos últimos dois anos. Os resultados de 2017 serão divulgados posteriormente. Apenas na primeira semana de abril de 2017, foram recolhidos 243 mil litros do produto com suspeita de fraude.

O Brasil é o terceiro maior importador de azeite de oliva do mundo, segundo dados do Comitê Oleícola Internacional (COI). Em 2016, importamos cerca de 50 milhões de toneladas do produto.

Dicas
Para o consumidor evitar ser enganado, a primeira coisa na qual deve prestar atenção é o preço: desconfie se estiver muito abaixo do padrão. Verificar no rótulo o local em que foi envazado, se no país de origem, por exemplo, pode dificultar fraude, como misturas. Além disso, especificações como o termo tempero em letras miúdas e, em destaque, azeite de oliva. Não se trata de azeite adicionado de especiarias, mas de tempero vendido como azeite de oliva. Qualquer adição ou mistura com outros óleos vegetais requer que o produto seja rotulado como “Óleo misto ou composto”, devendo o consumidor ser obrigatoriamente informado sobre os percentuais que compõem a mistura. Também é importante estar atento à data de validade e aos ingredientes contidos.

.

FONTE: MAPA.


Veja quem são os políticos citados na delação de Cláudio Melo, ex-diretor da Odebrecht

.

A delação premiada do ex-executivo da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, joga sombras sobre toda a cúpula do governo de Michel Temer (PMDB), estando ele próprio sido relacionado em casos de corrupção, e revela como uma empreiteira comprou o Senado, a Câmara e integrantes do governo. Melo é apenas um dos 77 executivos que vão abrir a boca. Ele ocupou os cargos de diretor de Relações Institucionais e vice-presidente da Odebrecht. Conviveu como poucos com o poder.

.

Nas 82 páginas em que mostra como comprou Brasília, ele cita, além de Temer, os principais auxiliares do presidente, como os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco – ambos do PMDB – e os presidentes do Senado, Renan Calheiros (também peemedebista) e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM).

.

Medida provisória

Segundo o executivo, medidas provisórias, projetos de lei e Comissões Parlamentares de Inquérito eram negociados nas duas casas legislativas. Medidas importantes para o país entraram no balcão de negócios, como a MP que ficou conhecida como Guerra dos Portos, a tributação de lucros no exterior, e a alterações no Imposto sobre Produtos Importados (IPI).

.

No Senado, conforme relatou Melo, quem comandava o esquema era Romero Jucá (PMDB), hoje líder do governo Temer. Ele teria recebido R$ 22 milhões em propina, que dividiu com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB), e com o senador Eunício Oliveira (PMDB), além de outros parlamentares.

.

“De forma clara e objetiva: eu e o Senador tínhamos a convicção de que os apoios aos pleitos da empresa seriam posteriormente equacionados no valor estabelecido para contribuição a pretexto de campanha eleitoral, fosse ela realizada de forma oficial ou via caixa 2. Eu solicitava a aprovação das contribuições ao senador Romero Jucá e a Marcelo Odebrecht. Essas contribuições eleitorais eram medidas, definidas e decididas de acordo com a relevância dos assuntos de nosso interesse que tinham sido defendidos pelo parlamentar”, afirma Melo.

.

“Ao longo dos anos que mantive interlocução com o senador Romero Jucá, participei de pagamentos a ele que hoje superam R$ 22 milhões. Como tive conhecimento, esses valores eram centralizados no senador Romero Jucá e posteriormente redistribuído dentro de seu grupo no PMDB”, afirma outro trecho.

.

Era Jucá quem intermediava a propina a Calheiros, segundo o delator. “A Odebrecht sempre ajudou Renan Calheiros, de forma indireta, através de Romero Jucá”, diz Melo.
.
Ajuda
Em uma reunião para tratar de assuntos de interesse da Odebrecht, de acordo com o executivo, o próprio Renan lhe pediu ajuda para a candidatura do filho em Alagoas. “Em determinado momento da conversa, ele me disse que seu filho seria candidato ao governo de Alagoas e me pediu expressamente, que eu verificasse se a empresa poderia contribuir. Acredito que o pedido de pagamento de campanha a seu filho ao governo do Estado de Alagoas, justamente no momento em que se apresentavam os aspectos técnicos relevantes, era uma contrapartida para o forte apoio dado à renovação dos contratos de energia, inclusive publicamente, e que culminou na edição da MP n. 677/15”, concluiu.

.
Na Câmara, a empreiteira contava com um grupo do PMDB formado por Temer (então deputado), Eliseu Padilha e Moreira Franco. “Para fazer chegar a Michel Temer os meus pleitos, eu me valia de Eliseu Padilha ou Moreira Franco, que o representavam. Essa era uma via de mão dupla, pois o atual Presidente da República também utilizava seus prepostos para atingir interesses pessoais, como no caso dos pagamentos que participei, operacionalizado via Eliseu Padilha”, resumiu o delator.

.

Temer
Ele contou que, quando Temer já era vice-presidente, pediu a Marcelo Odebrecht R$ 10 milhões. O dinheiro foi entregue a Eliseu Padilha e Paulo Sckaf, presidente da Fiesp. Michel Temer solicitou, direta e pessoalmente para Marcelo, apoio financeiro para as campanhas do PMDB no ano de 2014”, relatou ao revelar um jantar com o hoje presidente no Palácio do Jaburu.

.

Cláudio Melo cita 36 personalidades do mundo político. A delação dele terá que ser confirmada com documentos, que forneceu aos investigadores da “Lava Jato”. Segundo o delator, os repasses eram feitos a campanhas eleitorais por meio de caixa 2 ou doação oficial. Mas, mesmo os repasses oficiais tinham interesses da Odebrecht no atendimento a alguma demanda da empreiteira. Os depoimentos dos delatores serão analisados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que decidirá quais os políticos serão alvo de pedido de abertura de inquérito.

.

FONTE: Hoje Em Dia.



%d blogueiros gostam disto: