Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: mamografia

Hospital da Baleia oferece 1 mil mamografias de graça em outubro: veja como marcar

Agendamento dos exames começa nesta quarta-feira, dia 23. Hospital também vai realizar palestra sobre prevenção na semana que vem

No Outubro Rosa, mês de conscientização sobre o câncer de mama, uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte com o Hospital da Baleia vai permitir a realização de 1 mil mamografias gratuitas. O exame é eficaz para a descoberta precoce da doença. Os agendamentos começam nesta quarta-feira, dia 23.

 

Segundo o hospital, para ser atendida a paciente precisa ter o pedido médico do exame, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), ter entre 50 e 69 anos e não ter realizado mamografia nos últimos 12 meses.

É possível agendar o exame por telefone –  (31) 3489-1650/1669, WhatsApp – (31) 99152-1003 ou e-mail (servicodeimagens@hospitaldabaleia.org.br). O serviço funciona das 7h às 18h. Os exames começam a ser realizados em 24 de outubro, por ordem de agendamento.
O Hospital da Baleia oferece disponibiliza tratamento integral de câncer de mama, da detecção a cirurgia e tratamentos como quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia.

Palestra

“No dia 29 de outubro, às 11h, a coordenadora do Serviço de Mastologia do Hospital da Baleia, Claudia Márcia e Silva, vai palestrar sobre prevenção e a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama”, informa o hospital. “Uma sala de cinema do Shopping Cidade receberá o público, que terá acesso gratuito mediante a retirada de ingresso pela Sympla”.
Ainda segundo o hospital, a coordenadora reforça que o câncer de mama também pode atingir homens. “A conscientização não é só para mulheres”, diz.

.

FONTE: Estado de Minas.


120 mil mamografias gratuitas em Minas Gerais no “Outubro Rosa”

praça da estação - outubro rosa
O rosa tomou conta da Praça da Estação para marcar o mês de alerta contra o câncer de mama
Dez caminhões equipados com mamógrafos irão percorrer sete cidades mineiras, incluindo BH, durante este mês para realizar exames gratuitos em mulheres. A ação faz parte do “Outubro Rosa’, movimento internacional de conscientização sobre a importância dos exames de prevenção do câncer de mama. A previsão é a de que sejam feitas 120 mil mamografias.
Em Belo Horizonte, a campanha foi lançada nesta terça-feira (1º), com o rosa tomando conta da Praça da Estação e outros prédios públicos da capital. Além dos caminhões, este ano a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) vai ampliar o atendimento à mineiras: poderão fazer a mamografia mulheres a partir dos 40 anos até os 69. A faixa etária alvo da campanha, anteriormente, era a partir dos 45 anos.
O secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, acredita que haverá, para 2014, um aumento de 30% na meta estadual de mamografias, beneficiando cerca de 750 mil mulheres. Esse número é mais que o dobro do número de exames realizados em 2010.
Essa mobilização, segundo Sérgio Bicalho, coordenador do Programa Estadual de Controle do Câncer de Mama, reforça a proposta de diagnosticar a doença cada vez mais precocemente e, com isso, aumentar as chances de cura.
Para chamar ainda mais a atenção das mulheres e da sociedade, a secretaria iluminará prédios e monumentos públicos com tons de rosa também em Varginha, Montes Claros, Juiz de Fora, Uberaba, Governador Valadares e Divinópolis.
Santa Casa no Outubro Rosa - Luiz Costa/Hoje em Dia
                Também a Santa Casa de BH aderiu ao movimento “Outubro Rosa”
Alerta
Segundo Antônio Jorge, 39% das mulheres mineiras nunca fizeram exames de mamografia e o objetivo é reduzir ao máximo esse índice. No ano passado, o programa chegou a 99% dos municípios e, neste ano, mantendo a abrangência, a proposta é alcançar 50% das mulheres dentro da nova faixa de idade anunciada.
Em Minas, a projeção é a de que 4.700 novos casos de câncer de mama sejam registrados até o fim do ano. Para Sérgio Bicalho, questões culturais, falta de informação e orientação, problema estrutural nas unidades de saúde e só procurar o médico quando sente dores são os principais motivos para que as mulheres deixem de fazer o exame.
No ranking nacional, Minas saiu do quarto lugar em número de mamografias, para o segundo, com o total de 586.640 mamografias.
Os exames poderão ser feitos, nos caminhões adaptados, sem a necessidade de um pedido médico. Basta apresentar um documento com foto. Informações estão disponíveis no site da SES.

 FONTE: Hoje Em Dia.



%d blogueiros gostam disto: