Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: melhor

Quatro azeites adulterados em teste da PROTESTE

25 agosto 2016

Quatro azeites adulterados em teste da PROTESTE

Além disso, outros quatro produtos dizem ser extravirgens, mas não são! Confira a avaliação completa das vinte marcas testadas.

De vinte marcas de azeite, quatro estão adicionados de outros óleos vegetais e sete não são o que dizem ser. Essa é a conclusão de nosso mais recente teste desse alimento, que continua a revelar problemas para o consumidor.

Os produtos que não podem ser considerado azeites são Pramesa, Figueira da Foz, Tradição e Quinta d’Aldeia. Eles foram eliminados do teste após nossa análise em laboratório comprovar adulteração.

• Este teste foi produzido graças ao apoio de mais de 250 mil associados em todo o Brasil. Junte-se a esta luta para termos produtos de qualidade! Associe-se agora a PROTESTE!

Na prática, isso significa que ao azeite (proveniente da azeitona) foram adicionados outros óleos vegetais, o que não é permitido por lei. Dessa forma, ao adquirir um desses produtos, você e sua família vão consumir uma mistura de óleos longe de oferecer ao organismo as mesmas vantagens que o verdadeiro extravirgem é capaz de fornecer.

Parecem azeites, mas não são: fuja destas marcas
Infelizmente, esse não foi o único problema que encontramos. Pois além disso, sete marcas não podem ser classificadas como extravirgem. São elas: Qualitá, Beirão, Carrefour Discount, Filippo Berio, Figueira da Foz, Tradição e Quinta d’Aldeia.

Extravirgens? Só no rótulo.

As quatro primeiras foram consideradas virgens. As outras três, que, como já mencionado, apresentaram fraude, possuem características sensoriais de azeite lampante, o qual nem poderia ser levado à mesa, devido a sua acidez intensa, só devendo ser destinado para uso industrial.

• Descubra quais testes foram utilizados para eliminar ou determinar a qualidade dos azeites.

Com exceção dos eliminados, todos os produtos foram bem ou muito bem avaliados no quesito estado de conservação, o que indica que eles vêm sendo armazenados corretamente.

Quais são os tipos de azeite?

Campeão nas vantagens para a saúde, o extravirgem é ideal para a finalização de pratos e saladas. Já o virgem é mais apropriado para o preparo de alimentos quentes – como refogados e cozidos –, enquanto o lampante não deve ser consumido diretamente em sua casa.

Quando você compra um azeite adulterado, acaba comprando gato por lebre: paga o equivalente a um produto mais caro, mas leva outro para casa.

• Saiba quais providências a PROTESTE está tomando para que você não seja prejudicado pelos azeites adulterados.

A alteração sensorial pode não ser percebida pelo consumidor leigo, é que, em algumas situações, o óleo de sementes bem refinado não tem cheiro ou sabor. Assim, quando misturado ao extravirgem, prevalecem o cheiro e o sabor do segundo, o que impede o óleo de ser detectado facilmente durante o consumo.

Cinco marcas mudaram para melhor

Frente a tantos problemas, uma excelente notícia: percebemos a melhora de algumas marcas. Em nosso último teste, La Española, Carbonell, Serrata, Gallo e Borges foram tidos como virgens. Desta vez, contudo, eles provaram ser extravirgens.

Rótulos e embalagens podem melhorar

Embora de vidro, a embalagem do Qualitá é transparente. Esse tipo de recipiente é inadequado. Para melhor conservação do produto, o ideal é que ele seja armazenado em embalagem preferencialmente de vidro escuro. Vale lembrar que, além desse problema, esse azeite foi apontado como virgem em nossa análise sensorial. Por isso, não aconselhamos sua compra.

No geral, os produtos se saíram bem em relação aos rótulos. No entanto, encontramos alguns problemas. A maioria deles não traz o prazo de conservação após a abertura da embalagem e alguns pecam quando o assunto é estreitar e facilitar a interação entre o consumidor e a empresa: falta e-mail e telefone para contato. Além disso, alguns itens obrigatórios por lei foram desconsiderados: o Cocinero deixa de informar a data de envase e nem todos os importados possuem o país de origem estampado na embalagem.

Qual é o melhor azeite?

O Cocinero foi escolhido como O Melhor do Teste e A Escolha Certa. Autêntico azeite extravirgem, apresentou qualidade excelente, além do melhor custo-benefício entre os produtos avaliados em nosso teste.

Porém, embora não tenha pecado no quesito estado de conservação, o fato de sua embalagem ser de plástico pode ser apontado como ponto negativo, pois garrafas de vidro escuro tendem a conservar melhor o alimento. O rótulo precisa de adequações, uma vez que não informa a data de envase do produto.

Você pode encontrar o azeite Cocinero por preços que variam entre R$ 10,15 e R$ 21,49.

Resultados completos do teste,Clique aqui

.

FONTE: Proteste.


Estado de Minas convida três especialistas em gastronomia para realizar um teste às cegas de cinco marcas industrializadas e congeladas do mais tradicional quitute mineiro. Desempenho do produto frustra avaliadores, que sentem falta do principal ingrediente

 (LEANDRO COURI/EM/D. A. PRESS<br />
)

“Não percebi o queijo. O gosto é muito leve, quase uma essência”. “Não tem aroma nenhum.” “Em alguns, percebo um toque ainda meio artesanal.” Comentários como esses entremearam o teste às cegas de cinco marcas de pão de queijo industrializado e congelado que o Estado de Minas promoveu, na semana passada.

.
O chef Américo Piacenza (restaurante Piacenza), o consultor de vinhos Márcio Oliveira e o jornalista Nenel Neto (blog Baixa Gastronomia) avaliaram, segundo os critérios de aparência, aroma, textura e sabor, os pães de queijo das marcas Forno de Minas, Maricota, Pif Paf, Sadia e Sô de Minas. Foram dadas notas de 0 a 10 para cada item.

.
Os avaliadores provaram duas amostras de cada marca – uma assada em forno a gás e outra em forno elétrico, ambas segundo as instruções de temperatura e tempo de preparo indicadas nas embalagens dos produtos. As marcas não foram identificadas. As amostras foram servidas com identificação por número. No geral, o desempenho desse símbolo da cultura alimentar mineira não foi dos mais animadores.
.

“Em geral, falta sentir gosto de queijo. O melhor é o da mamãe ou o da lanchonete”, resume Neto. Ele gosta que o quitute tenha pontinhos de queijo tostados na superfície (nem todas as amostras apresentaram essa característica) e que seja suculento – seu endereço preferido é a lanchonete Pão de Queijo Mania, no Centro. Aliás, estão nessa região da capital mineira todos os demais lugares favoritos dos jurados: Pão de Queijo da Roça, Dona Diva e Tropical Pão de Queijo.

.
“A massa precisa ser aerada, ter aroma de queijo e polvilho. A aparência tem de estimular e deve ser crocante. Tudo isso é fundamental e nem todos tiveram essas características”, afirma Oliveira. Já Piacenza aproveita para apresentar considerações que podem influenciar decisivamente na primeira impressão do produto: “Quando o queijo é ralado, o sabor fica diferente. Assim, muito processado, dá esse ar de linha de montagem”. Ou seja, a aparência lisa e uniforme da casca não funciona como chamariz para todo mundo.
.

A reportagem procurou representantes de todas as marcas, para saber como é seu processo de produção. Os entrevistados não foram previamente informados a respeito da realização do teste.
.
BONITO Marcos Paulo Neto de Castro, gerente de produção da Sô de Minas, diz que a quantidade de queijo empregada na receita, que corresponde a 20% do peso total, é o grande desafio do processo. “Isso dificulta a operação das máquinas. Fora que queijo é caro, e a gente bota muito. É até bonito ver fazendo, ralando aquele tanto de queijo”, afirma o gerente, de 32 anos.

.
A receita da Sô de Minas tem origem familiar, mais precisamente na fórmula da “tia Maria Hermínia”, parente de Neto de Castro natural de Viçosa, mas que hoje vive em Belo Horizonte, onde continua preparando seu pão de queijo. Formado em ciência e tecnologia de laticínios pela Universidade Federal de Viçosa (cidade vizinha à Coimbra), ele informa que a fábrica compra queijo minas padrão (cujo leite é pasteurizado) das marcas Porto Alegre, Dona Beja e Paladar, para fazer o pão de queijo – as duas últimas desenvolveram versão do queijo sob medida para a receita da Sô de Minas, que vende 30 toneladas mensalmente.

.
A Forno de Minas esclarece que também é de 20% a medida de queijo na massa do seu pão de queijo. Para atender à demanda de 1.600 toneladas de pão de queijo por mês, a marca possui laticínio para produzir seu próprio queijo minas padrão – em blocos de 20 quilos curados por 90 dias –, elaborado com leite de cerca de 200 fazendas em torno de Conceição do Pará, onde fica a fábrica.

.
“Minha mãe, minha sogra, todo mundo faz. O pão de queijo daquela região de João Pinheiro, de onde vem minha família, é igualzinho. É um pão de queijo mais fofinho, que não endurece de um dia para o outro. Nossa receita é de família, a que fizemos toda a vida. É um pão de queijo normal, o difícil é transformar um quilo em uma tonelada”, conta Maria Dalva Couto Mendonça, fundadora e uma das diretoras da Forno de Minas. Essa receita, diz ela, é a mesma usada antes do período em que a empresa pertenceu à multinacional General Mills.

.
A Pif Paf não informa a porcentagem de queijo usada em sua receita, mas revela incorporar à massa não apenas queijo minas padrão, mas também parmesão. Atualmente, a fábrica, que fica em Leopoldina, usa exemplares mineiros, mas ocasionalmente compra queijo minas de outros estados, como São Paulo. “Compramos de fornecedores variados, analisando teor de gordura e a palatabilidade, para que o queijo não seja salgado ou ácido demais, por exemplo”, explica Cláudio Faria, gerente de relações institucionais da empresa.

.
A Maricota, por sua vez, emprega exclusivamente parmesão no seu pão de queijo, ingrediente que representa 14,5% do volume total da massa. A assessoria de imprensa da Sadia não atendeu o pedido de entrevista do Estado de Minas.

O chef Américo Piacenza (à esq.), o consultor de vinhos Márcio Oliveira<br />
(ao fundo) e o jornalista Nenel Neto durante a realização do teste<br />
às cegas de cinco marcas de pão de queijo (LEANDRO COURI/EM/D. A. PRESS<br />
)

O chef Américo Piacenza (à esq.), o consultor de vinhos Márcio Oliveira (ao fundo) e o jornalista Nenel Neto durante a realização do teste às cegas de cinco marcas de pão de queijo

.

Como ficou a avaliação
.

A marca de pão de queijo industrializado mais bem avaliada pelos especialistas convidados pelo Estado de Minas para o teste às cegas é a Sô de Minas, que obteve nota 92,5 pontos (em 120). A fábrica da Sô de Minas, que comercializa 30 toneladas do produto por mês, fica em Coimbra, na Zona da Mata. O segundo lugar (nota 89,5) foi para a gigante Sadia. A Pif Paf (nota 84) ocupa o terceiro lugar, enquanto a quarta e penúltima colocação ficou com a marca mais tradicional no mercado mineiro, Forno de Minas (nota 73). O quinto colocado, com nota 62,5, foi o pão de queijo Maricota. Confira no quadro abaixo o desempenho de cada marca.
.
Marcas avaliadas, jurados e notas:
Américo Piacenza
Forno de Minas – Aparência 7 / Aroma 5,5 / Textura 7 / Sabor 6 – TOTAL – 25,5 – “Cresceu bem, mas o queijo parece mais processado”
Maricota – Aparência 3,5 / Aroma 4 / Textura 3,5 / Sabor 4 – TOTAL – 15 – “O queijo é muito processado e a textura é mais emborrachada”
Pif Paf – Aparência 5,5 / Aroma 5,5 / Textura 5 / Sabor 5,5 – TOTAL – 21,5 – “Desenvolveu menos e o queijo parece mais curado”
Sadia – Aparência 7,5 / Aroma 5 / Textura 6,5 / Sabor 6,5 – TOTAL – 25,5 – “Aparência boa e casca mais crocante, mas sem muito aroma”
Sô de Minas – Aparência 8,5 / Aroma 6,5 / Textura 8 / Sabor 8 – TOTAL – 31 – “Desenvolveu bem, o sabor de queijo é mais equilibrado. O melhor da degustação”
.
Márcio Oliveira
Forno de Minas – Aparência 7 / Aroma 7 / Textura 8 / Sabor 8 – TOTAL – 30 – “Sabor leve de queijo, com predomínio do polvilho doce”
Maricota – Aparência 8 / Aroma 8 / Textura 9 / Sabor 9 – TOTAL – 34 – “Aspecto menor, menos corado e sabor leve de queijo e farinha”
Pif Paf – Aparência 9 / Aroma 10 / Textura 10 / Sabor 9 – TOTAL – 38 – “Provoca pouca salivação, seca a boca. Massa de textura leve”
Sadia – Aparência 10 / Aroma 9 / Textura 10 / Sabor 10 – TOTAL – 39 – “Aroma de polvilho e de tostado não dá ideia de queijo. Massa com textura crocante”
Sô de Minas – Aparência 10 / Aroma 10 / Textura 10 / Sabor 9,5 – TOTAL – 39,5 – “Sabor equilibrado de polvilho e queijo. Boa crocância e um pouco salgado”
.
Nenel Neto
Forno de Minas – Aparência 4,5 / Aroma 3,5 / Textura 5 / Sabor 4,5 – TOTAL – 17,5 – “Faltou suculência”
Maricota – Aparência 4,5 / Aroma 2 / Textura 3 / Sabor 4 – TOTAL – 13,5 – “Não tem aroma nenhum e não senti gosto de queijo”
Pif Paf – Aparência 6 / Aroma 7 / Textura 5 / Sabor 6,5 – TOTAL – 24,5 – “Senti o queijo no gosto, mas ele chega a incomodar no final”
Sadia – Aparência 8,5 / Aroma 5 / Textura 5,5 / Sabor 6 – TOTAL – 25 – “Aparência bonita, mas queria sentir mais gosto de queijo”
Sô de Minas – Aparência 8 / Aroma 3 / Textura 5 / Sabor 6 – TOTAL – 22 – “Pontinho bonitos na massa. Se tivesse mais gosto de queijo, talvez fosse o melhor”
.
Pontuação total das marcas:
Forno de Minas – 73
Maricota – 62,5
Pif Paf – 84
Sadia – 89,5
Sô de Minas – 92,5

.

FONTE: Estado de Minas.


10 hambúrgueres artesanais para conhecer e comer em Belo Horizonte

 

10 hambúrgueres artesanais para conhecer em Belo Horizonte
A capital mineira nunca teve tantas e boas opções do gênero

.

Dois hambúrgueres, queijo, molho especial, cebola, picles, um pão com gergelim. Durante bastante tempo, esse foi o conceito de hambúrguer para muitas pessoas.
 .
Felizmente, nos últimos anos, Belo Horizonte passa por um momento de expansão de hamburguerias e o lanche feito na chapa quente volta a ter preferência no gosto do belo-horizontino.
.
O sanduíche ganhou status de prato principal e acompanhamentos que vão além da batata frita. Com a explosão de estabelecimentos com roupagem artesanal ou cara de lanchonete retrô, já é possível passar um bom tempo comendo hambúrguer sem precisar apelar para as grandes cadeias de fast food.
.
Após os excessos dos lanches gourmets – que, ainda bem, estão saindo de moda –, voltam a reinar nas mesas os sanduíches menos complicados, feitos para ser devorados com as mãos.
.
Abra a sua mente para seguir este guia. Esqueça o colesterol, o nível do triglicérides ou qualquer outro nome científico apavorante. Nós, do caderno Territórios Gastronômicos, queremos, com o nosso pequeno guia de hambúrgueres especiais, ajudar a você que quer comer um lanche bem preparado.
.
Escolhemos casas de várias regiões da cidade e que trabalham com diferentes métodos de preparo, montagem e ingredientes, para chegar perto da combinação e do gosto perfeitos. Bom apetite!
.
– J. Thompson
Preço: R$ 24,90
Bebida: Itubaína Retrô
J. Thompson - James Burger
.
Todos os hambúrgueres da casa começam com James. O James Thompson é uma espécie de “x-tudo gourmet” preparado de forma combinada, bem montada, bastante suculenta e primorosa, para agradar os mais gulosos. Música ambiente com rock internacional, estilo vintage, muitos James inspiradores nas paredes e um excelente atendimento. Escolha o seu James favorito e aproveite!
.
James Burger
Endereço: Rua Sergipe, 1093 – Savassi
Horário de funcionamento: dom/qui: de 18 a 00h – sex: de 11h30 a 15h e de 18 a 02h – sáb: de 18 a 02h.
Telefone: (31) 3227-7821
 .
– The Boss
Preço: R$ 59,90
Bebida: Cosmopolitan
The Boss - Deli’s Handmade
.
Uma pequena e aconchegante loja, bem na meiúca de Lourdes, abriga lanches de grandes sabores. A Deli’s apresenta a proposta de hambúrgueres artesanais e especiais ao seu extremo. A prova disso está no ‘The Boss’, que leva pão de brioche, blend de Wagyu (gado japonês) de 200g, queijo gruyère, ovo frito com a gema mole, sauté de alho poró e maionese trufada da casa.
.
Deli’s Handmade
Endereço: Rua Antonio Aleixo, 591 – Lourdes
Horário de funcionamento: ter/dom: de 18h30 a 0h
Telefone: (31) 3564-6370
 .
– Lendário
Preço: R$ 66,90
Bebida: Milkshake de Bacon
Lendário - Bacon Paradise
.
Há menos de dois anos em funcionamento e com três unidades, o Bacon Paradise conquistou um lugar cativo no estômago e no imaginário dos belo-horizontinos. É possível fazer um lanche completo com bacon na entrada, no burger, na sobremesa e na bebida! Quer um desafio: o lanche ‘Lendário’ leva 5 hambúrgueres de 200g (1kg de carne), 6 tipos de queijo, e bacon crocante.
.
Bacon Paradise Santo Antônio
Endereço: Rua Montes Claros, 1004 – Anchieta / Rua Teixeira de Freitas, 475 – Santo Antônio / Avenida Mário Werneck, 3379 – Buritis
Funcionamento: ter/sáb: de 18h às 00h / dom: de 16h às 23h
Telefone: (31) 3327-4333 / 2531-1740 / 3377-6812
 .
– Tommy’s Verão
Preço: R$ 22,90
Bebida: Stella Artois
Tommy's Verão - Tommy's Burger
.
Inspirada em lanchonetes do in­terior dos Estados Unidos da década de 50 e 60, com bancos e sofás vermelhos e quadros com fotos de pin-ups e de atores como James Dean, lanchar no Tommy’s Diner & Burger é como voltar no tempo. Nos sanduíches, o ingrediente de destaque é a carne, fornecida pela churrascaria Farroupilha Grill.
.
Tommy’s Diner & Burger
Endereço: Avenida Olegário Maciel, 180 – Lourdes
Funcionamento: todos os dias: de 18h às 00h
Telefone: (31) 8857-4153
 .
– Blade
Preço: R$ 24,80
Bebida: Milkshakes de Nutela
Sholl's - Blade - Juliana Flister
.
Casa no coração da Savassi traz decoração e sanduíches inspirados na Sétima Arte. Logo na entrada, uma tv de 70’’ já mostra um pouco do clima. Os hambúrgueres, verdadeiras estrelas da Sholl’s, são preparados com 160 gramas de carne fresca in natura, como o Blade, sanduíche com hambúrguer de cordeiro, creme de hortelã e muçarela de búfala.
.
Sholl’s Fine Burger
Endereço: Av. Getúlio Vargas, 1.238 – Savassi
Funcionamento: Seg/Qui: de 18h às 1h – Sex: de 18h às 4h – Dom: de 16h às 0h
Telefone: (31) 3077-9562
.
– King Filé com Fritas
Preço: R$ 21
Bebida: Budweiser
King Filé com Fritas - Lord Pub
.
Ambiente agradável, música de qualidade e clientela bonita. Esses são fatores que fazem do Lord Pub um dos lugares preferidos para quem quer curtir a balada em BH. Mas além do entretenimento, a comida também faz sucesso na casa. Com o King Filé com Fritas, você não precisa esperar a festa acabar para ficar de barriga cheia.
.
Lord Pub
Endereço: Rua Viçosa, 263 – São Pedro
Funcionamento: qui a dom: de 21h às 5h
Telefone: (31) 3223-5979
.
– Sinatra
Preço: R$31,30
Bebida: Wäls Dubbel
Duke´n´ Duke - Sinatra
.
Considerada por muitos como a melhor casa de BH de hambúrgueres gourmet, o Duke´n´ Duke consegue transformar receitas tradicionais em lanches adorados e cultuados. O mafioso parmigiano, inspirado no Mr. Blue Eyes, leva burger empanado de picanha 180g, presunto, mussarela de búfala (finalizada com maçarico) e barbecue flambado em Jack Daniel’s.
.
Duke´n´ Duke
Endereço: Rua Alagoas, 1470 – Savassi
Horário de funcionamento: 11h30/14h30 e 18h/0h (sex. até 2h; sáb. 12h/2h; dom. e feriados 12h/0h; fecha seg.)
Telefone: (31) 3264-9857
.
– Ataque Cardíaco
Preço: R$ 29,90
Bebida: Chope artesanal Küd
Ataque Cardíaco - Rima dos Sabores
.
Um lugar diferente, com pratos exóticos, cerveja de qualidade e ambiente super agradável. Assim se resume o Rima dos Sabores. Decorado com peças de artesanato produzidas de materiais reciclados, é especialista em carnes excêntricas. O Ataque Cardíaco assusta pelo nome e parece ser gorduroso. Apesar dos 2 hambúrgueres, das fatias de bacon, queijo e molho barbecue, ele fica bem leve devido à forma de preparo.
.
Rima dos Sabores
Endereço: Rua Esmeralda, 522 – Prado
Funcionamento: ter/sab: de 18h à 0h
Telefone: (31) 3243-7120
.
– West Burger
Preço: R$ 25,90
Bebida: Milkshake de Ovomaltine
West burger - Bistrô Burger
.
O que antes era uma pequena e simples lojinha no Padre Eustáquio, agora virou uma grande e aconchegante burgueria no bairro. A decoração segue a temática dos anos de ouro do rock americano. Com um cardápio simples e direto, sem rodeio, o Bistrô Burger serve apenas hambúrgueres e batata frita. Ponto. Uma dica: a batata frita que vem temperada com pó de bacon.
.
Bistrô Burger 
Endereço: R. Cel. José Benjamim, 615 – Padre Eustáquio
Horário de funcionamento: ter/dom: de 18h a 00h
Telefone: (31) 2514-0041
.
– Yankee
Preço: R$ 21,90
Bebida: Coca-Cola
Yankee - J's Fine Burger
.
Um pouco distante da rota ‘burgueria’ da região Centro-Sul, o J’s Fine Burger aparece como uma grata e saborosa surpresa na região do Santa Amélia. Instalada em uma área residencial, a lanchonete leva a sério a filosofia de servir lanches artesanais grandes e gostosos, com preços bem honestos. São ao todo 16 versões com recheios saborosos e carnes suculentas.
.
J’s Fine Burger
Endereço: Rua das Canárias, 651 – Santa Amélia?Funcionamento: ter a quinta: de 18h às 5h – sex: de 18h à 1h30 – sáb e dom: de 16h à 1h30
Telefone: (31) 3443-8602
.

FONTE: Hoje Em Dia.


Estudante confere lista do vestibular


São Paulo – O principal indicador de qualidade das instituições de ensino superior no Brasil é o Índice Geral de Cursos (IGC). Em uma escala que vai de 1 a 5, o índice leva em conta a situação de cursos de graduação, por meio da média dos últimos resultados disponíveis do Conceito preliminar de Cursos (CPC) dos cursos avaliados da instituição no ano do cálculo e nos dois anteriores, ponderada pelo número de matrículas em cada um dos cursos computados, e também a nota Capes, que mede o desempenho na pós-graduação (mestrado e doutorado).

No último ciclo de avaliação, em 2013, o Ministério da Educação (MEC) classificou cursos na área de saúde e os resultados foram divulgados nesta semana no portal do Inep. Cada área do conhecimento é avaliada de três em três anos pelo Enade. Por isso o IGC tem como base os cursos avaliados nos últimos 3 anos pelo MEC.

As instituições que não conseguem atingir 3 pontos no IGC são consideradas insatisfatórias e entram na mira do MEC, podendo sofrer sanções e medidas para sanar os problemas encontrados pelo ministério.

Confira as instituições de ensino superior que o MEC classificou como insatisfatórias:

Veja também: As melhores universidades do Brasil, segundo o MEC

1. As piores universidades, segundo o MEC:

Ano Nome da instituição Categoria Estado  Cursos Avaliados nos últimos 3 anos IGC (Contínuo) IGC (faixa)
2013 UNIVERSIDADE SANTA ÚRSULA Privada RJ 1 1,1160 2
2013 UNIVERSIDADE DO TOCANTINS Pública TO 1 1,3915 2
2013 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre Pública AC 1 1,6770 2
2013 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ Pública PA 15 1,8605 2
2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ Pública PA 1 1,9306 2
2013 UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES Privada RJ 26 1,9346 2

2. Os piores centros universitários, segundo o MEC:

Ano Nome da instituição Categoria Estado Cursos Avaliados nos últimos 3 anos IGC (Contínuo) IGC (faixa)
2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG Pública TO 15 1,7730 2
2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA CIDADE – Descredenciada Privada RJ 17 1,7839 2
2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO PAULISTANO Privada SP 7 1,7897 2
2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE DESENVOLVIMENTO DO CENTRO-OESTE Privada GO 13 1,8143 2

3. As piores faculdades, segundo o MEC:

Ano Nome da instituição Categoria Estado Cursos Avaliados nos últimos 3 anos IGC (Contínuo) IGC (faixa)
2013 FACULDADE BRASÍLIA DE SÃO PAULO Privada com fins lucrativos SP 1 0,3943 1
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA IAPEC Privada PR 1 0,6270 1
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS DO CABO DE SANTO AGOSTINHO Pública PE 1 0,7186 1
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA CETEP Privada PR 1 0,7211 1
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DE ARARIPINA Pública PE 1 0,7441 1
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE NOVA ANDRADINA Privada MS 1 0,8045 1
2013 FACULDADE COTEMIG Privada MG 1 0,8576 1
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Leopoldina Privada MG 1 0,9205 1
2013 FACULDADE DO DESCOBRIMENTO Privada BA 1 0,9216 1
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Barão de Cocais Privada MG 1 0,9385 1
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS DE MACEIÓ Privada AL 1 1,0030 2
2013 FACULDADE DIOCESANA SÃO JOSÉ Privada AC 1 1,0140 2
2013 FACULDADE BARDDAL Privada SC 1 1,0496 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DE PENEDO Privada sem fins lucrativos AL 1 1,0822 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ARCHIMEDES THEODORO Pública MG 3 1,1028 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DE ALAGOAS Privada sem fins lucrativos AL 1 1,1057 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA INFORMÁTICA Privada CE 1 1,1072 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS CORAÇÃO DE JESUS Privada SP 1 1,1100 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS SOARES DE OLIVEIRA Privada SP 1 1,1146 2
2013 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA Privada MG 1 1,1249 2
2013 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GOIANA Pública PE 4 1,1257 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Congonhas Privada MG 3 1,1268 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DO SERTÃO CENTRAL Pública PE 5 1,1272 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE ITAPETININGA Privada SP 2 1,1460 2
2013 FACULDADE RORAIMENSE DE ENSINO SUPERIOR Privada RR 4 1,1569 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DE FORTALEZA Privada CE 1 1,1687 2
2013 FACULDADE DE ENGENHARIA DE RESENDE Privada RJ 2 1,1743 2
2013 ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE Privada MG 2 1,1913 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Privada RJ 1 1,1930 2
2013 INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Privada GO 1 1,1972 2
2013 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE ARCOVERDE Pública PE 5 1,2127 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PESQUEIRA Privada PE 2 1,2190 2
2013 FACULDADE SANT’ANA Privada PR 4 1,2213 2
2013 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA MATA SUL Pública PE 6 1,2227 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE FLORESTA Privada PE 1 1,2428 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO SUL DO PIAUÍ Privada PI 1 1,2433 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA IPEP DE CAMPINAS Privada SP 1 1,2466 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA EVOLUÇÃO Privada CE 2 1,2496 2
2013 FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS NOSSA SENHORA DE SION Privada sem fins lucrativos MG 1 1,2517 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MACAPÁ Privada AP 2 1,2567 2
2013 FACULDADE JK – BRASÍLIA – UNIDADE PLANO PILOTO Privada DF 2 1,2580 2
2013 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR SANTA CECÍLIA Privada AL 3 1,2730 2
2013 FACULDADE CRISTO REI Privada PR 1 1,2791 2
2013 FACULDADE EVANGÉLICA DO MEIO NORTE Privada MA 2 1,2832 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE GOIANA Pública PE 1 1,2999 2
2013 FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ECON E CONTÁBEIS DE GUARATINGUETÁ Privada SP 2 1,3064 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA INESUL DO PARANÁ Privada PR 1 1,3076 2
2013 FACULDADE INTEGRADA DE ENSINO SUPERIOR DE COLINAS Pública TO 2 1,3093 2
2013 ÁREA1 – FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA Privada BA 5 1,3095 2
2013 FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE MANAUS Privada AM 1 1,3101 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO PROFESSORA NAIR FORTES ABU-MERHY Pública MG 2 1,3124 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO Privada ES 1 1,3159 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Itanhandu Privada MG 2 1,3312 2
2013 INSTITUTO BATISTA DE ENSINO SUPERIOR DE ALAGOAS Privada AL 3 1,3376 2
2013 FACULDADE CENTRAL DE CRISTALINA Privada GO 2 1,3447 2
2013 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE ARAPIRACA Privada AL 1 1,3451 2
2013 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ Privada GO 2 1,3485 2
2013 FACULDADE INTESP Privada SP 1 1,3513 2
2013 FACULDADE BRASIL CENTRAL Privada GO 2 1,3533 2
2013 FACULDADE DE CALDAS NOVAS Privada GO 5 1,3544 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SÃO JUDAS TADEU Privada PI 1 1,3626 2
2013 Faculdade do Bico do Papagaio Privada TO 3 1,3631 2
2013 FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO Pública SP 3 1,3653 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Vazante Privada MG 1 1,3679 2
2013 FACULDADE ITANHAÉM Privada SP 2 1,3706 2
2013 FACULDADE AFIRMATIVO Privada MT 4 1,3726 2
2013 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DE SAMAMBAIA Privada DF 5 1,3735 2
2013 FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE ITAPETININGA Privada SP 3 1,3759 2
2013 Faculdade JK Sobradinho Privada DF 3 1,3836 2
2013 FACULDADE DE ENFERMAGEM DE BELO JARDIM Pública PE 1 1,3852 2
2013 FACULDADE MACHADO DE ASSIS Privada RJ 5 1,4063 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ponte Nova Privada MG 2 1,4082 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE GRAVATAÍ Privada RS 2 1,4154 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA AMÉRICA DO SUL Privada PR 1 1,4158 2
2013 FACULDADE CANDIDO MENDES DE VITÓRIA Privada ES 2 1,4195 2
2013 FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DE PASSOS Privada sem fins lucrativos MG 1 1,4229 2
2013 FACULDADE BRASIL NORTE Privada AP 3 1,4291 2
2013 FACULDADE ATENEU Privada ES 1 1,4324 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ALVORADA PLUS Privada SP 1 1,4334 2
2013 FACULDADE DO INSTITUTO BRASIL Privada GO 5 1,4428 2
2013 FACULDADE PAN AMERICANA Privada PA 1 1,4449 2
2013 FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS Privada TO 4 1,4528 2
2013 FACULDADE FERNÃO DIAS Privada SP 9 1,4569 2
2013 Faculdade de Pinhais Privada PR 3 1,4631 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE BARRETOS Privada SP 2 1,4631 2
2013 FACULDADE ANHANGUERA DE CUIABÁ Privada MT 1 1,4634 2
2013 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE BELO JARDIM Pública PE 5 1,4739 2
2013 FACULDADE APOGEU Privada DF 1 1,4825 2
2013 INSTITUIÇÃO DE ENSINO SÃO FRANCISCO Privada SP 5 1,4835 2
2013 FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE RECIFE Privada PE 10 1,4859 2
2013 FACULDADE ENTRE RIOS DO PIAUÍ Privada PI 1 1,4903 2
2013 FACULDADE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Privada RJ 1 1,4929 2
2013 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA Privada AP 2 1,4999 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Itabira Privada MG 1 1,5010 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS Privada BA 4 1,5010 2
2013 FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA Privada MG 1 1,5045 2
2013 FACULDADE DE INFORMÁTICA LEMOS DE CASTRO Privada RJ 1 1,5053 2
2013 FACULDADE UNIÃO BANDEIRANTE Privada SC 9 1,5054 2
2013 FACULDADE PAULISTA DE SERVIÇO SOCIAL Privada SP 1 1,5066 2
2013 FACULDADE DE CARIACICA Privada ES 1 1,5123 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA Privada MS 4 1,5209 2
2013 Faculdade IPEMED de Ciência Médicas Privada MG 1 1,5245 2
2013 FACULDADE DEL REY Privada MG 1 1,5298 2
2013 FACULDADE ORÍGENES LESSA Privada SP 5 1,5358 2
2013 FACULDADE ÚNICA DE TIMÓTEO Privada MG 1 1,5439 2
2013 FACULDADES SPEI Privada PR 5 1,5459 2
2013 FACULDADE MARANHENSE SÃO JOSÉ DOS COCAIS Privada MA 3 1,5501 2
2013 FACULDADE LIONS Privada GO 3 1,5535 2
2013 FACULDADE SÃO MARCOS Privada TO 1 1,5556 2
2013 FACULDADE METROPOLITANA DE ANÁPOLIS Privada GO 4 1,5628 2
2013 FACULDADE REGIONAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE CANDEIAS Privada BA 2 1,5646 2
2013 FACULDADE NORTE PARANAENSE Privada PR 3 1,5649 2
2013 FACULDADE ASSOCIADA BRASIL Privada SP 2 1,5680 2
2013 FACULDADE SUL FLUMINENSE Privada RJ 4 1,5693 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DE PARAÍSO DO TOCANTINS Privada TO 1 1,5697 2
2013 FACULDADE SUL DA AMÉRICA Privada GO 2 1,5718 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ANÍSIO TEIXEIRA Pública Estadual MG 5 1,5770 2
2013 FACULDADE DO SUL DA BAHIA Privada BA 5 1,5791 2
2013 FACULDADE HÉLIO ROCHA Privada BA 3 1,5840 2
2013 FACULDADE MORUMBI SUL Privada SP 4 1,5846 2
2013 Faculdade Única de Contagem Privada MG 4 1,5902 2
2013 FACULDADE CAMAQÜENSE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS Privada RS 3 1,5912 2
2013 SINAL – FACULDADE DE TEOLOGIA E FILOSOFIA Privada AC 1 1,5917 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA SERRA Privada ES 1 1,5935 2
2013 FACULDADE ZACARIAS DE GÓES Privada BA 4 1,5953 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA Privada BA 6 1,5983 2
2013 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE PENEDO Privada sem fins lucrativos AL 1 1,5994 2
2013 FACULDADE PADRÃO Privada GO 2 1,5998 2
2013 FACULDADE DE MODA DE PASSOS Privada sem fins lucrativos MG 1 1,6015 2
2013 FACULDADE SANTA HELENA Privada PE 3 1,6026 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS DE SÃO GOTARDO Privada MG 1 1,6072 2
2013 FACULDADE DO ESTADO DO MARANHÃO Privada MA 3 1,6097 2
2013 FACULDADE DE ITAITUBA Privada PA 4 1,6101 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO SANTA TEREZINHA Privada MA 3 1,6115 2
2013 FACULDADE ALBERT EINSTEIN Privada DF 1 1,6142 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DO AMAPÁ Privada AP 1 1,6213 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E LETRAS DE PARAÍSO Pública TO 1 1,6214 2
2013 FACULDADE BARDDAL DE ARTES APLICADAS Privada SC 2 1,6217 2
2013 INSTITUTO EDUCACIONAL DE CASTRO Privada PR 3 1,6233 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO TRIÂNGULO MINEIRO Privada MG 2 1,6249 2
2013 FACULDADE METROPOLITANA DO PLANALTO NORTE Privada SC 1 1,6252 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS DE ANICUNS Pública GO 3 1,6263 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS GERENCIAIS DE SÃO PAULO Privada SP 2 1,6314 2
2013 FACULDADE FORTIUM Privada DF 7 1,6341 2
2013 LIBERTAS – FACULDADES INTEGRADAS Privada MG 5 1,6351 2
2013 FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUI Privada PI 2 1,6376 2
2013 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR INTEGRADO-IESI Privada MG 2 1,6419 2
2013 INSTITUTO MANCHESTER PAULISTA DE ENSINO SUPERIOR Privada SP 1 1,6464 2
2013 FACULDADE DE ARUJÁ Privada SP 2 1,6487 2
2013 ESCOLA DE ENGENHARIA KENNEDY Privada MG 1 1,6489 2
2013 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE FORTALEZA Privada CE 3 1,6497 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DE ARARIPINA – FACISA Pública PE 2 1,6599 2
2013 FACULDADE DE MEDICINA ESTÁCIO DE JUAZEIRO DO NORTE Privada CE 3 1,6630 2
2013 FACULDADE DE ENGENHARIA DA FUNDAÇÃO ARMANDO ALVARES PENTEADO Privada SP 2 1,6672 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ATENEU Privada ES 2 1,6689 2
2013 FACULDADE DOM BOSCO DE UBIRATÃ Privada PR 2 1,6695 2
2013 FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA Privada SP 6 1,6709 2
2013 FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES Privada GO 4 1,6773 2
2013 FACULDADE UNIÃO ARARUAMA DE ENSINO S/S Ltda. Privada RJ 1 1,6849 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA PENTÁGONO Privada SP 1 1,6864 2
2013 FACULDADE CALAFIORI Privada MG 1 1,6900 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS SANTO AGOSTINHO – FACET Privada MG 5 1,6908 2
2013 FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE CATAGUASES Privada MG 1 1,6925 2
2013 FACULDADE SUDOESTE PAULISTANO Privada SP 2 1,6932 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Conselheiro Lafaiete Privada MG 6 1,6957 2
2013 ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE ASSIS Privada SP 1 1,6960 2
2013 FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE FÁTIMA DO SUL Privada MS 3 1,6964 2
2013 FACULDADE GUARAÍ Privada TO 5 1,6982 2
2013 FACULDADE MODELO Privada PR 3 1,7011 2
2013 FACULDADE JK – UNIDADE II – GAMA Privada DF 2 1,7029 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA MATER CHRISTI Privada RN 4 1,7039 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO PARANÁ Privada PR 5 1,7040 2
2013 FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS SOUZA MARQUES Privada RJ 8 1,7043 2
2013 FACULDADE EVANGÉLICA DE SALVADOR Privada BA 2 1,7051 2
2013 INSTITUTO MACAPAENSE DE ENSINO SUPERIOR Privada AP 5 1,7069 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI JOINVILLE Privada SC 2 1,7088 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE ASSIS Privada SP 1 1,7125 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS DE SOROCABA Privada SP 2 1,7154 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS DE SÃO PAULO Privada SP 2 1,7162 2
2013 FACULDADE DE PEDAGOGIA Privada MS 1 1,7167 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS DE VÁRZEA GRANDE Privada MT 1 1,7171 2
2013 FACULDADE JK – ASA NORTE Privada DF 3 1,7177 2
2013 FACULDADE SÃO TOMÁS DE AQUINO Privada AL 1 1,7181 2
2013 FACULDADE DO NORTE GOIANO Privada GO 2 1,7191 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA ASSESSORITEC Privada SC 1 1,7212 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DO COMÉRCIO Privada MG 4 1,7218 2
2013 FACULDADE EUROPÉIA DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING Privada PE 1 1,7247 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA CÉSAR LATTES Privada SP 3 1,7254 2
2013 FACULDADE EDUCACIONAL DE CORNÉLIO PROCÓPIO Privada PR 1 1,7274 2
2013 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE PIEDADE Privada PE 1 1,7275 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS ALVES FORTES Pública MG 3 1,7331 2
2013 FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA DA FUNDAÇÃO ARMANDO ALVARES PENTEADO Privada SP 1 1,7355 2
2013 FACULDADE DE COMPUTAÇÃO DE MONTES CLAROS Privada MG 2 1,7369 2
2013 FACULDADE CIDADE DE JOÃO PINHEIRO Privada MG 5 1,7373 2
2013 FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DE GOIATUBA Pública GO 10 1,7388 2
2013 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE SERRA TALHADA Pública PE 5 1,7398 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE FORTALEZA Privada CE 1 1,7400 2
2013 FACULDADE JUVÊNCIO TERRA Privada BA 2 1,7405 2
2013 FACULDADE SANT´ANNA DE SALTO Privada SP 1 1,7448 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA SAINT PASTOUS Privada RS 1 1,7479 2
2013 FACULDADE SALESIANA DOM BOSCO Privada AM 5 1,7520 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE ITUIUTABA Privada sem fins lucrativos MG 3 1,7531 2
2013 FACULDADE ALFACASTELO Privada SP 2 1,7548 2
2013 FACULDADE DE RIBEIRÃO PRETO Privada SP 6 1,7564 2
2013 FACULDADE VASCO DA GAMA Privada BA 4 1,7603 2
2013 FACULDADE AUM Privada MT 3 1,7637 2
2013 FACULDADE RAIMUNDO MARINHO Privada AL 4 1,7640 2
2013 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ARARIPINA Pública PE 3 1,7642 2
2013 FACULDADE JOSÉ LACERDA FILHO DE CIÊNCIAS APLICADAS Privada PE 3 1,7664 2
2013 FACULDADE ALIANÇA Privada GO 2 1,7741 2
2013 FACULDADE CUIABÁ Privada MT 2 1,7765 2
2013 Faculdade Regional da Bahia Privada BA 2 1,7775 2
2013 FACULDADE HORIZONTES Privada sem fins lucrativos SP 1 1,7785 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA Privada BA 5 1,7799 2
2013 FACULDADE SERRA DO CARMO Privada TO 3 1,7812 2
2013 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GARÇA Privada SP 1 1,7822 2
2013 FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO REGIONAL Privada PE 3 1,7822 2
2013 FACULDADE DOS IMIGRANTES – FAI Privada RS 3 1,7833 2
2013 FACULDADE DA AMAZÔNIA Privada RO 4 1,7851 2
2013 FACULDADE DO VALE DO ITAPECURÚ Privada MA 3 1,7937 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO CARLOS CHAGAS Pública MG 1 1,7953 2
2013 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MANDAGUARI – UNIMAN Pública PR 10 1,7972 2
2013 FACULDADE PARANAPANEMA Privada PR 1 1,7972 2
2013 FACULDADE UNISSA DE SARANDI Privada PR 3 1,7982 2
2013 FACULDADE DE ENFERMAGEM LUIZA DE MARILLAC Privada RJ 1 1,7991 2
2013 FACULDADE SÃO CAMILO Privada BA 2 1,8001 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS E SOCIAIS DE PETROLINA Pública PE 7 1,8028 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS APARÍCIO CARVALHO Privada RO 18 1,8052 2
2013 FACULDADE ANGLO-AMERICANO DE CAXIAS DO SUL Privada RS 6 1,8079 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA EGÍDIO JOSÉ DA SILVA Privada MG 2 1,8091 2
2013 FACULDADE DE SÃO PAULO Privada SP 12 1,8132 2
2013 FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES Privada SP 2 1,8140 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA ÁLVARES DE AZEVEDO Privada SP 3 1,8141 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ MENDES Privada PB 2 1,8144 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS DE ARIQUEMES Privada RO 6 1,8182 2
2013 FACULDADE SALESIANA DO NORDESTE Privada PE 5 1,8192 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DO VALE DO RIO GRANDE Privada SP 1 1,8199 2
2013 FACULDADE ANÍSIO TEIXEIRA DE FEIRA DE SANTANA Privada BA 8 1,8200 2
2013 FACULDADE PARQUE Privada BA 1 1,8222 2
2013 FACULDADE MACHADO SOBRINHO Privada MG 2 1,8229 2
2013 FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ DE ARAPUTANGA Privada MT 4 1,8240 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Privada BA 1 1,8256 2
2013 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR UNYAHNA DE SALVADOR Privada BA 1 1,8278 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS SÃO JUDAS TADEU Privada RS 5 1,8280 2
2013 FACULDADE PARAÍSO Privada RJ 7 1,8287 2
2013 FACULDADE SANTA RITA Privada SP 1 1,8327 2
2013 UNIÃO LATINO-AMERICADA DE TECNOLOGIA Privada PR 1 1,8358 2
2013 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE MATO GROSSO Privada MT 4 1,8386 2
2013 UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE NOVA MUTUM Pública MT 3 1,8386 2
2013 ESCOLA SUPERIOR DE MARKETING Privada PE 2 1,8452 2
2013 FACULDADE PORTO DAS ÁGUAS Privada SC 1 1,8471 2
2013 FACULDADE BÉTHENCOURT DA SILVA Privada RJ 2 1,8471 2
2013 FACULDADE DE MÚSICA DO ESPÍRITO SANTO Pública ES 1 1,8492 2
2013 FACULDADE VIZINHANÇA VALE DO IGUAÇU Pública PR 4 1,8505 2
2013 FACULDADE DE DIREITO DA ALTA PAULISTA Privada SP 1 1,8514 2
2013 FACULDADE TOBIAS BARRETO Privada SE 2 1,8519 2
2013 INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Privada MG 1 1,8551 2
2013 FACULDADE IMPACTA DE TECNOLOGIA Privada SP 4 1,8564 2
2013 FACULDADE DE PORTO VELHO Privada RO 3 1,8568 2
2013 FEFISA – FACULDADES INTEGRADAS DE SANTO ANDRÉ Privada SP 4 1,8573 2
2013 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA REUNIDA Privada PA 6 1,8591 2
2013 FACULDADE TRIÂNGULO MINEIRO Privada MG 3 1,8595 2
2013 FACULDADE BRASILEIRA DE TECNOLOGIA Privada SE 2 1,8612 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA INTENSIVA Privada CE 7 1,8643 2
2013 FACULDADE CASA DO ESTUDANTE Privada ES 2 1,8650 2
2013 ESCOLA SUPERIOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS Privada PE 1 1,8651 2
2013 FACULDADE CAMBURY Privada GO 4 1,8653 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE AGUAÍ Privada SP 2 1,8655 2
2013 FACULDADE DO INSTITUTO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Privada SP 1 1,8681 2
2013 FACULDADE DE VINHEDO Privada SP 1 1,8686 2
2013 FACULDADE INTEGRADA DO BRASIL Privada PI 1 1,8688 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS DE GUARULHOS Privada SP 3 1,8688 2
2013 FACULDADE PADRÃO Privada GO 7 1,8709 2
2013 FACULDADE FILADÉLFIA Privada SP 1 1,8711 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Uberaba Privada MG 5 1,8716 2
2013 Faculdade Itaboraí Privada RJ 2 1,8734 2
2013 FACULDADE ITOP Privada TO 2 1,8735 2
2013 FACULDADE METROPOLITANA DE CURITIBA Privada PR 5 1,8750 2
2013 Faculdade Uberlandense de Núcleos Integrados de Ensino, Serviço Social e Aprendizagem Privada MG 4 1,8772 2
2013 FACULDADE DO ESPÍRITO SANTO Privada ES 6 1,8780 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÃ DO NORTE Privada MT 3 1,8781 2
2013 FACULDADE SEAMA Privada AP 10 1,8785 2
2013 FACULDADE CECAP DO LAGO NORTE Privada DF 2 1,8788 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO FRANCISCO Privada MA 3 1,8808 2
2013 FACULDADE TERRA NORDESTE Privada CE 3 1,8824 2
2013 FACULDADE DE RONDÔNIA Privada RO 7 1,8824 2
2013 FACULDADE PAULISTA DE PESQUISA E ENSINO SUPERIOR Privada SP 1 1,8833 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS DA BAHIA Privada BA 2 1,8834 2
2013 FACULDADE PADRE ANCHIETA DE VÁRZEA PAULISTA Privada SP 3 1,8841 2
2013 FACULDADE ESTÁCIO DE NATAL Privada RN 6 1,8859 2
2013 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE ALAGOAS Privada AL 7 1,8882 2
2013 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DE CAMPINAS Privada SP 5 1,8883 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DO PIAUÍ Privada PI 2 1,8913 2
2013 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BOITUVA Privada SP 4 1,8919 2
2013 FACULDADE DE REABILITAÇÃO DA ASCE Privada RJ 2 1,8934 2
2013 FACULDADE DE PARÁ DE MINAS Privada MG 4 1,8956 2
2013 Faculdade Estácio do Pará – Estácio FAP Privada PA 6 1,8964 2
2013 FACULDADE ASTORGA Privada PR 2 1,8964 2
2013 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RAIMUNDO SÁ Privada PI 7 1,8975 2
2013 FACULDADE FLEMING Privada SP 2 1,8989 2
2013 FACULDADE INTEGRADA DE ARAGUATINS Pública TO 1 1,9004 2
2013 FACULDADE DE ARAÇATUBA Privada SP 1 1,9015 2
2013 FACULDADE ANGLICANA DE ERECHIM Privada RS 2 1,9016 2
2013 FACULDADE ARTHUR THOMAS Privada PR 2 1,9023 2
2013 FACULDADE SANTO ANTONIO Privada BA 5 1,9026 2
2013 FACULDADE DE ECONOMIA E FINANÇAS DO RIO DE JANEIRO Privada RJ 2 1,9054 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ubá Privada MG 9 1,9084 2
2013 FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ Privada PA 4 1,9088 2
2013 FACULDADE SERRA DA MESA Privada GO 3 1,9089 2
2013 FACULDADE DE ODONTOLOGIA DO RECIFE Privada PE 1 1,9093 2
2013 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VITÓRIA Privada ES 2 1,9104 2
2013 FACULDADE CASTRO ALVES Privada BA 3 1,9125 2
2013 FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II Privada SP 4 1,9127 2
2013 FACULDADE PAN AMAZÔNIA Privada PA 10 1,9134 2
2013 FATECE – FACULDADE DE TECNOLOGIA, CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO Privada SP 3 1,9163 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA MACHADO DE ASSIS Privada PR 3 1,9170 2
2013 FACULDADE MONTESSORIANO DE SALVADOR Privada BA 2 1,9170 2
2013 FACULDADE LUSO-BRASILEIRA Privada PE 4 1,9179 2
2013 FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE PASSOS Privada sem fins lucrativos MG 3 1,9187 2
2013 FACULDADE INESP – INSTITUTO NACIONAL DE ENSINO E PESQUISA Privada SP 1 1,9191 2
2013 Faculdade Presidente Antônio Carlos de São Lourenço Privada MG 1 1,9192 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DE PERNAMBUCO Privada PE 1 1,9211 2
2013 FACULDADE DE ALTA FLORESTA Privada MT 3 1,9215 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE SANTOS DUMONT Privada MG 1 1,9237 2
2013 FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO Privada RJ 4 1,9240 2
2013 FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS DE ALEGRE Pública ES 8 1,9258 2
2013 FACULDADE MORAES JÚNIOR – MACKENZIE RIO Privada RJ 4 1,9268 2
2013 FACULDADE DO CENTRO EDUCACIONAL MINEIRO – FACEM Privada MG 2 1,9274 2
2013 Faculdade de Ciencias Humanas e Sociais de Serra Talhada Pública PE 1 1,9284 2
2013 ESCOLA SUPERIOR DE ESTUDOS EMPRESARIAIS E INFORMÁTICA – Descredenciada Privada PR 1 1,9286 2
2013 ESCOLA SUPERIOR PAULISTA DE ADMINISTRAÇÃO – ESPA Privada SP 3 1,9288 2
2013 FACULDADE DE PRESIDENTE VENCESLAU Privada SP 3 1,9302 2
2013 FACULDADE EDUCACIONAL DE COLOMBO Privada PR 7 1,9321 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE BIRIGUI Pública SP 3 1,9348 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA FRANCISCO MORATO Privada SP 3 1,9405 2
2013 FAL ESTÁCIO – FACULDADE ESTÁCIO DE NATAL Privada RN 6 1,9406 2
2013 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FRANCISCANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Privada DF 2 1,9423 2
2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TERESINA Privada PI 6 1,9424 2
2013 FACULDADE DE SÃO ROQUE Privada SP 2 1,9426 2
2013 FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS Privada SC 7 1,9432 2
2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE Privada RO 3 1,9441 2
2013 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR KM 125 Privada PR 1 1,9448 2
2013 FACULDADE GUARAPUAVA Privada PR 3 1,9449 2
2013 FACULDADE DE REALEZA Privada PR 2 1,9449 2

FONTE: MEC e Exame.


Minas tem sete escolas entre as 20 melhores do Enem 2013

A lista foi divulgada na tarde desta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)

Minas Gerais novamente ganhou destaque no cenário nacional com a qualidade na educação. O estado tem sete escolas no ranking das 20 melhores médias no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013. A lista foi divulgada na tarde desta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

enem

A escola com a nota mais alta nas provas objetivas, sem a redação, foi o Colégio Objetivo Integrado, de São Paulo, com uma média de 741,94 na parte objetiva. Em seguida, está o Colégio Bernoulli, unidade Lourdes, em Belo Horizonte, com média de 722,64. Vale ressaltar que a instituição paulista participou do exame com 44 estudantes, enquanto que a mineira com 254.

Um dos proprietários do Bernoulli, Rommel Domingos, comemorou os resultados do colégio no ranking. “Recebi com muita felicidade e orgulho. Esse resultado é dos alunos, a nota é deles e nos dá muito orgulho”, comentou. Segundo ele, a instituição está há oito anos consecutivos entre as dez melhores do Enem. 

A receita de sucesso para Domingos, é o empenho e interesse dos alunos. “Não dá para resumir em uma coisa só, mas se eu fosse resumir seria trabalhar de mais. Mas, eu considero três fatores muito importantes. O primeiro deles é o aluno ser interessado e esforçado. Depois uma aula de alta qualidade devido ao nível dos professores e por último a qualidade de todo material que é produzido por nós e exclusivo, esse é um diferencial importantíssimo”, afirma. 

Outras escolas mineiras entre as 20 melhores médias são o Colégio Santo Antônio, com 713,44, o Colégio Elite Vale do Aço, com 707,57, de Ipatinga, o Coleguium, 707,55, o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV) – Coluni, com 702,99, – e o Colégio Magnum Agostiniano, com 694,80.   

Levando em conta as melhores médias entre as notas de redação, Minas também está na frente. O Coleguium obteve média de 869, a maior do Brasil, seguida do Colégio São Bento, do Rio de Janeiro, e CEMP Ensino Médio, também da capital carioca.

Em relação às escolas públicas, Minas Gerais tem quatro das 10 maiores notas, inclusive a mais alta. O Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV) obteve média de 702,99 pontos. Em segundo, está o Colégio de Aplicação do CE da UFPE, de Recife, com 670,66, e Colégio Militar de Juiz de Fora, com 663,09. Também figuram na lista o Colégio Técnico da UFMG (Coltec), com 660,80, o Colégio Militar de Belo Horizonte, com 659,42, e a Escola Preparatória de Cadetes do Ar, de Barbacena, com uma média de 653,35. 

A divulgação deste ano contou com algumas novidades. A principal foi a classificação do índice socioeconômico da escola. No nível classificado como Muito baixo, a mais bem posicionada foi uma escola estadual do Ceará – a Escola de ensino médio de Aiuaba, na cidade de mesmo nome. A unidade teve média de 474,32 na parte objetiva – e ficou como 11.004º posição no País.

FONTE: Estado de Minas.


Belo Horizonte conquista primeiro lugar em ranking das maiores e melhores cidades do país

Ranking levou em conta desempenho em áreas como educação, saúde, bem-estar e governança

 
Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press  9/2/11

Os índices de Belo Horizonte em áreas como governança, bem-estar, saúde e educação e outros levaram a cidade ao primeiro lugar entre as capitais brasileiras no ranking das maiores e melhores cidades do país, segundo a empresa de consultoria Delta Economics & Finance. A empresa fez uma compilação de diferentes indicadores disponibilizados pelos órgãos de estatísticas oficiais e chegou à conclusão de que a capital mineira alcançou 72,42% dos pontos possíveis em 10 áreas diferentes. Ontem, o prefeito Marcio Lacerda e representantes da cúpula da prefeitura se reuniram para participar do Fórum Municipal de Assuntos Estratégicos de Belo Horizonte, onde o resultado da pesquisa foi apresentado com detalhes.

Segundo a diretora da Delta Economics & Finance, Cláudia Regina Belucio Araújo, de todas as áreas pesquisadas, a que mais se destacou em Belo Horizonte e puxou a nota da capital foi a de governança, representada por questões como planos diretores, Lei de Uso e Ocupação do Solo, entre outros. “Isso significa que há um comprometimento da administração com uma política de longo prazo”, afirma Cláudia. A pesquisa verificou dados de 5.564 municípios do país para chegar a um grupo das 100 melhores. No quadro geral, a capital perdeu apenas para Santos, no litoral paulista. O principal desafio da cidade é controlar a violência, medida na pesquisa pela taxa de homicídios geral e também de jovens. “Belo Horizonte não teve uma classificação tão forte em questão de segurança, que talvez seja o ponto negativo mais relevante”, completa Cláudia.

O prefeito Marcio Lacerda comemorou a posição da cidade destacando que as informações colhidas são importantes para o planejamento a longo prazo. “Nós achamos esse ranking interessante porque foram 77 indicadores de qualidade de vida. No próximo ano vamos fazer a revisão do plano BH 2030. O importante é que se trabalhe com visão de longo prazo e que as metas sejam definidas com participação social relevante”, diz o chefe do executivo municipal. 

INCÔMODOS Durante o fórum que apresentou o detalhamento da pesquisa, o prefeito mencionou que outro incômodo, além da violência, é a pichação. “É uma verdadeira praga urbana. A única solução é punição, não há o que fazer”, afirma. Lacerda espera tentar junto ao governo de Fernando Pimentel (PT) a instalação de uma delegacia especializada em crimes ambientais urbanos, para acelerar a investigação dos casos, o que não foi possível no governo anterior, segundo o prefeito.

FONTE: Estado de Minas.


Resultados positivos no Ideb vêm de ideias simples, que levam aluno a gostar das aulas

Escolas estaduais de Minas, uma delas pela terceira vez consecutiva, estão em primeiro lugar no Ideb e revelam o segredo do bom desempenho

 

O pequeno Denys, da Escola Estadual Duque de Caxias, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, no dia de aprender a ler as horas: liberdade para interpretar as lições<br /><br /><br />
 (Gladyston Rodrigues/EM/D.A PRESS)
O pequeno Denys, da Escola Estadual Duque de Caxias, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, no dia de aprender a ler as horas: liberdade para interpretar as lições

Direção e professores da Escola Estadual Duque de Caxias, no Bairro Santa Helena, na Região do Barreiro, conjugam diariamente quatro verbos que garantem o bom desempenho dos alunos: planejar, monitorar, avaliar e corrigir. Foi com esse direcionamento que a escola alcançou, pela terceira vez consecutiva, o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nos anos iniciais (1º ao 5º ano), em Belo Horizonte. Obteve 7,9, nota superior aos 7,7 de 2011 e aos 7,5 conquistados em 2009.

A nota divulgada pelo Ministério da Educação (MEC), com base em dados do ano passado, está acima da média na rede estadual de Minas, que foi de 6,2 para essa faixa de ensino, e é ainda superior ao Ideb da rede particular, 7,6. Mas qual é a fórmula do sucesso da Duque de Caxias e de outras instituições mineiras que ocupam lugar de destaque no levantamento? A diretora Maria Eliza Mendes de Almeida Resende, há 14 anos no cargo, garante: “Não há segredo, apenas defendemos o direito de o estudante aprender, o que é dever da escola”.

O dia de ontem foi de muitas atividades e também de alegria para educadores, funcionários e estudantes da unidade. Na sala dos professores, havia o recado sobre o resultado de Ideb. “Estamos realmente muito felizes, pois o nosso objetivo é fazer o aluno aprender. Esse é o princípio básico e trabalhamos com vários projetos. Se há algum problema, o resolvemos com intervenções pedagógicas na hora certa. Todos os projetos obedecem a um diagnóstico contínuo, dentro de um planejamento bem feito e avaliação permanente. Temos uma filosofia de trabalho bem definida”, diz a diretora.

Logo na entrada da escola está a frase do educador Paulo Freire: “Só desperta paixão de aprender quem tem paixão de ensinar”. Maria Eliza se orgulha de levar adiante o lema e explica que a espinha dorsal da escola está no projeto de leitura para os 560 alunos na faixa etária de 6 a 10 anos. “Articulamos as diversas disciplinas com projetos de leitura. O estudante precisa gostar de ler para entender e interpretar.” Maria Eliza destacando ainda a participação das famílias dos alunos.

Na aula da professora Marise de Oliveira Rodrigues, meninos e meninas estudam a história da Branca de Neve, enquanto aprendem a ler as horas. O jeito bem criativo de ensinar está numa maçã e num relógio. “É preciso haver encantamento e as aulas precisam ser atrativas”, diz Maria Eliza. Ingrid Mel Silva, de 8 anos, conta que gosta muito de ler e tem entre suas histórias preferidas A pequena sereia. Também na primeira fila, Denis Lopes de Carvalho faz coro às palavras da colega e, como toda criança, avisa que adora a hora do recreio.

Em BH, outra escola estadual alcançou o primeiro lugar do Ideb pela atuação nos anos finais (6º ao 9º ano). Com nota 6,2, a Escola Estadual Pedro II, no Bairro Santa Efigênia, superou a média da rede de educação mineira (4,7) e se manteve acima da média das unidades estaduais no Brasil, que tiveram nota 4. Para o diretor Tiago Dias, o sucesso é resultado de uma soma de ações. “Trabalhamos com o aluno de forma personalizada. Desse modo, ele recebe atenção especializada e é atendido, pontualmente, naquele conteúdo em que apresenta deficiência. Temos um forte trabalho de intervenção pedagógica”, afirma.

Como a Pedro II funciona em tempo integral, os estudantes têm atividades complementares no contraturno escolar, como música, artes cênicas, aulas de espanhol, educação patrimonial e reforço, que, segundo o diretor, fazem diferença no aprendizado. Todas essas iniciativas, de acordo com Tiago, superam uma grande dificuldade da instituição, que é o caráter heterogêneo das turmas. “Por estar localizada na Região Central, a Pedro II recebe alunos de todas as classes sociais, das mais diversas regiões da cidade e também de municípios vizinhos. Ainda assim, conseguimos alcançar um equilíbrio.”

No interior, duas escolas estaduais tiveram nota ainda maior do que as unidades de BH. A Professor Modesto, em Patos de Minas (Alto Paranaíba), e Antero Magalhães e Aguiar, em Santa Rosa do Serro, estão empatadas com 8,2. “A educação em tempo integral faz toda a diferença. Fora do horário normal das aulas, todos os funcionários se envolvem naqueles pontos em que os alunos têm maior dificuldade”, diz o diretor da Antero Magalhães e Aguiar, Walisson de Souza. A unidade funciona desde 2007 em um prédio antigo, sem sala de informática e quadra de esportes. “Estamos felizes. A pontuação mostra que o trabalho dá bom resultado mesmo sem a melhor infraestrutura.”

CAMPEÃO As notas do Ideb 2013 mostram que Minas vai bem no ensino fundamental. Com os resultados, a rede estadual se consolidou em primeiro lugar no ranking nacional, tanto nos anos iniciais (1º ao 5º ano) quanto nos finais (6º ao 9º ano). Para as primeiras séries, esta é a terceira vez que o estado se destaca como campeão no país. Já o ensino médio ainda é o grande desafio. Entre as 27 unidades da federação, 23 não atingiram a meta estabelecida pelo MEC. Com o índice de 3,6, Minas ficou 0,4 ponto abaixo da meta de 4 pontos determinada pelo órgão e, na média nacional, o índice de 3,4 do Brasil se manteve igual ao de 2011, também inferior ao previsto para 2013, que era de 3,6.

Saiba mais

Como é feita a Avaliação

Feito a cada dois anos, o Ideb é um instrumento usado pelo Ministério da Educação desde 2005 para medir a qualidade do ensino no Brasil. O índice é calculado a partir da combinação do desempenho dos alunos no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e rendimento escolar (taxa de aprovação). O fator desempenho é medido com base nas notas dos alunos na Prova Brasil, nas disciplinas língua portuguesa e matemática, aplicadas para todos os alunos do ensino fundamental no país. No ensino médio, a análise é feita por amostragem estatística. Em 2013, 75 mil estudantes foram avaliados nas provas do Saeb, nas redes pública e privada do país. Já os dados que indicam as taxas de aprovação são obtidos por meio do Censo Escolar.

Desafios que a rede tem de superar

Enquanto algumas unidades de ensino celebram bons resultados, outras têm missões desafiadoras para melhorar a aprendizagem. Em BH, as escolas Municipal Oswaldo Cruz e Estadual Professor Ricardo de Souza Cruz foram as piores colocadas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A primeira, com nota 2,2, ocupa o último lugar no ranking dos anos iniciais do nível fundamental (1º ao 5º ano), ao passo que a estadual alcançou 2,4 nos anos finais (6º ao 9º ano).

Diretora da Oswaldo Cruz, Jaqueline Correa atribui a má classificação ao perfil heterogêneo das turmas recém-chegadas à escola. “Este é o segundo ano que atendemos alunos nos anos iniciais. É um público que veio de diversas escolas da região e com características socioculturais variadas.” Apesar disso, ela diz ter ficado surpresa com o resultado: “Não imaginei que a nota fosse tão abaixo da média. Mas isso confirma o déficit na aprendizagem, que precisa de prazo para ser trabalhado”.

No ensino socioeducativo, a Escola Estadual Jovem Protagonista, que atende 380 alunos na faixa etária de 15 a 20 anos, sendo 90% do sexo masculino, obteve o pior resultado da capital (nota 1,1) entre os anos finais do ensino fundamental. A diretora da instituição que atende a sete centros socioeducacionais, Cláudia Alves, diz que a escola tem características diferentes das demais, pois educa jovens que aguardam sentença, num prazo de 45 dias, ou cumprem, por até três anos, as determinações judiciais.

“Mesmo assim, temos resultados de aprendizagem acima do esperado. Nosso desafio é duplo: ensinar e reatar os laços que os internos perderam com a escola, em média de cinco anos”, disse Cláudia, que se mostra triste com a avaliação.

De acordo com a secretária de Estado da Educação, Ana Lúcia Gazzola, várias razões podem explicar os abismos de aprendizado entre escolas de uma mesma rede. Segundo ela, como o sistema público de ensino é democrático, recebe alunos heterogêneos e uma rede também diversificada, com unidades na sede do município, nos distritos, na zona rural, em comunidades indígenas e assentamentos, entre outros locais. Ainda segundo Ana Lúcia, nem sempre o ambiente familiar, no sistema público, reforça o significado e o valor da escola e, assim, não se envolve na vida do aluno dentro da instituição.

Outro desafio, que vem sendo vencido, de acordo com a secretária, é a distorção idade série, com alunos fora da faixa etária para a classe escolar. “Temos programas específicos para atuar nessas dificuldades. O PIP (Programa de Intervenção Pedagógica) é um deles, com atuação direta nas dificuldades dos estudantes. Também temos investimentos em infraestrutura e um trabalho permanente de capacitação para todos os educadores da rede”, afirma.

FONTE: Estado de Minas.


%d blogueiros gostam disto: