Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: pregação

Inteligência da PM já tem conhecimento sobre manual que prega violência durante protestos

Os setores de segurança pública de Minas Gerais já têm conhecimento sobre o manual de resistência revolucionária não pacífica que circula na internet e ensina como protestar de maneira violenta durante a Copa do Mundo.

Nas 41 páginas do manual, o autor, anônimo, deixa claro que a violência é o único método revolucionário de embate contra os opressores. O manual ensina como explodir agências bancárias, monumentos públicos, como enfrentar a polícia, além de mostrar como se faz uma bomba.

O assessor de imprensa da Polícia Militar, coronel Alberto Luiz, disse que a PM analisou o manual e já desenvolve estratégias preventivas para evitar protestos violentos em Minas, especialmente em Belo Horizonte, uma das sedes do Mundial.

“Analisando esse manual, intitulado de prático de resistência revolucionária não pacífica, nos preocupa muito. Olhando a história, nós já vivemos isso no Brasil e não nos rendeu uma vida satisfatória. Esses grupos que agora, por ocasião de um grande evento no país, querem se apresentar como operadores revolucionários de uma causa em prol do povo nos assusta, porque o que eles pregam é o que pregavam lá naquela época (ditadura militar) em favor de João Goulart (ex-presidente)”, alertou o coronel, que manda um recado.

“Nossa inteligência já tem muitos detalhes, que inclusive é a base de todo nosso planejamento quanto ao que possa vir a acontecer. Nós estamos preparados, temos equipamentos, a tecnologia está do nosso lado, inclusive com munição menos letal. O que é contrário ao que está sendo pregado nesse manual”, garantiu o coronel.

De acordo com o militar, a polícia já tem a identificação de muitas pessoas que podem ser presas antes mesmo do começo do mundial.

FONTE: Itatiaia.


Nova testemunha denuncia o pastor Marcos Pereira e afirma que religioso cobrava cachês a traficantes para pregar em bailes funk

Rio – A ligação do pastor Marcos Pereira com traficantes pode ter ido muito além da ‘salvação espiritual’. Nova denúncia feita ontem à polícia aponta que o religioso teria recebido altos cachês para pregar em bailes funk e que pedia aos criminosos convertidos doações de 10% de tudo o que eles faturaram durante a vida no tráfico para ‘purificar a alma’.

A testemunha que prestou depoimento ontem na Delegacia de Combate às Drogas contou ainda que foi agredida pelo pastor e ameaçada de morte, porque teria namorado uma fiel da Assembleia de Deus dos Últimos Dias.

Marcos na igreja dele, em São João de Meriti: pura encenação, segundo antigo ajudante do líder religioso


O homem afirmou que trabalhou na igreja e que também chegou a pregar nos bailes das comunidades. Segundo ele, criminosos chegavam a pagar R$ 20 mil pela presença do pastor nos eventos.

Num baile em Acari, a testemunha foi informado por traficante que Marcos teria dito aos bandidos da comunidade que ele era ‘X-9’ (delator).

Segundo o ex-fiel da igreja, ele escapou da morte porque o traficante voltou atrás. “Ele (bandido) disse que ‘o verdadeiro pastor dá a sua vida pelas ovelhas, e não as tira’”, revelou o homem, que saiu da cidade após o fato.

Ainda segundo a testemunha, o pastor agredia crianças que não seguiam a doutrina da igreja. No entanto, na noite de sua prisão, ele levava no Passat (que está registrado em nome da igreja) uma fiel que usava cabelos soltos, o que é contra as normas da Assembleia.

No carro, também havia duas pessoas que seguiriam com Marcos Pereira para apartamento de R$ 8 milhões em Copacabana. Segundo a polícia, o local também era usado para orgias.

Veja também:

DÍZIMO SOBRE RENDA FUTURA

O ‘TRÍZIMO’

FONTE: O Dia.



%d blogueiros gostam disto: