Calor - BH
Previsão para BH – sol quente, calor e pancadas de chuva à tarde
A sensação de estar em um deserto em Belo Horizonte não é à toa. Por dois dias seguidos, a capital mineira bate recordes de temperatura e de baixa umidade relativa do ar. Segundo o 5º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia, os termômetros chegaram a 34,6º Celsius nesta segunda-feira (13). Esta é a segunda maior temperatura no ano, perdendo apenas para este domingo (12), que chegou a 34,9º C.
.
A umidade relativa do ar também é similar a registra em regiões desérticas, segundo o meteorologista Claudemir Azevedo. Nesta segunda o índice é de apenas 15% e o recorde também pertence ao Dia das Crianças, com apenas 12%. Quando o número fica abaixo de 30% há um sinal de alerta e doenças respiratórias podem se manifestar mais facilmente.
 .
Para piorar a situação, não há nenhuma previsão de chuva para a semana. A situação está agravada pelas fumaças causadas por incêndios e os fogos do fim de semana, em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, que ajudaram a levantar uma massa cinzenta sobre a capital mineira.
 .
Em função do clima seco e altas temperaturas, a recomendação é beber muito líquido, especialmente água e sucos naturais; preferir alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas; evitar frituras; dormir em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores ou, ainda, colocar uma bacia com água; evitar atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e 17 horas; evitar banhos com água muito quente, pois ressecam ainda mais a pele; em caso de problemas respiratórios procurar um especialista; e em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil ou a Polícia.
.