Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo da tag: Sabará

Abastecimento de água será interrompido em BH no domingo; veja a lista dos bairros

A interrupção vai acontecer, ainda, em Contagem, Nova Lima, Raposos, Sabará, e Santa Luzia. Copasa vai realizar manutenção no Sistema Rio das Velhas


Moradores de Belo Horizonte e de cinco cidades da região metropolitana devem ter atenção e economizar água. No próximo domingo, o abastecimento será interrompido para a manutenção no Sistema Rio das Velhas. Somente na capital mineira, mais de 130 bairros serão afetados em diferentes regiões.
De acordo com a Copasa, a paralisação do abastecimento será realizada a partir das 7h de domingo. A previsão é que seja normalizado, gradativamente, a partir de 15h do mesmo dia. Desta forma, é recomendado aos moradores que economizem água.

Além de Belo Horizonte, bairros de Contagem,  Nova Lima, Raposos, Sabará, e Santa Luzia, também serão afetados. Informações podem ser obtidas pelos consumidores por meio do telefone 155  ou no site da Copasa.

Veja a lista de bairros

Belo Horizonte: Aarão Reis, Acaiaca, Alípio De Melo, Alto Barroca, Alto Caiçaras, Anchieta, Aparecida, Aparecida Sétima Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Beija Flor, Beira Linha, Belmonte, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Caiçaras, Campus Da UFMG, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castelo, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Celso Machado, Conjunto Itacolomi, Conjunto Santa Maria, Conjunto Taquaril, Coqueiros, Coração De Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Engenho Nogueira, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fernão Dias, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Goiânia, Gorduras, Gorduras De Cima, Grajaú, Granja De Freitas, Gutierrez, Havaí, Horto, Horto Florestal, Inconfidência, Ipanema, Ipê, Ipiranga, Itaipu, Jaraguá, Jardim Alvorada, Jardim América, Jardim São Jose, Jardim Vitoria, Lajedo, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Marajó, Maria Goretti, Maria Teresa, Maria Virginia, Monsenhor Messias, Monte Azul, Montes Claros, Morro Das Pedras, Morro Do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora Da Gloria, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Gloria, Novo São Lucas, Novo Tupi, Ouro Minas, Ouro Preto, Palmares, Paquetá, Paraíso, Paulo Vi, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Penha, Pindorama, Pirajá, Pompeia, Prado, Primavera, Primeiro De Maio, Providencia, Renascença, Ribeiro De Abreu, Sagrada Família, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lucia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Saudade, Savassi, Serra, Serrano, Sion, Sumaré, Suzana, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Cafezal, Vila Paris, Vista Do Sol e Vitoria.

Contagem: Jardim Perola e Parque Novo Progresso.

Nova Lima: Acaba Mundo, Alto Do Gaia, Alvorada, Barra Do Céu, Bela Fama, Bela Vista, Boa Vista, Bonfim, Bosque Residencial Jambreiro, Campo Do Pires, Canto Da Mata I, Canto Da Mata II, Cariocas, Cascalho, Centro, Chácara Bom Retiro, Chácara Dos Cristais, Chácara Silveira Ramos, Cristais, Cruzeiro, Fazenda Do Benito, Galo Novo, Galo Velho, Honório Bicalho, Ipê, Ipê Da Serra, Jardim Das Américas, Jardim Serrano, José De Almeida, Le Cottage, Matadouro, Matozinhos, Mina D’ Água, Mingu, Mirante Da Mata, Nossa Senhora De Fátima, Oswaldo Barbosa Pena II, Ouro Velho Mansíes, Parque Aurilândia, Parque Santo Antônio, Pau Pombo, Quintas, Quintas Do Sol, Resende, Residencial Sul, Retiro, Rosário, Santa Rita, São Bento, Vale Da Esperança, Vila Do Ouro, Vila Industrial I, Vila Lacerda, Vila Madeira, Vila Maria Do Carmo, Vila Marize, Vila Monte Castelo, Vila Nova Betânia, Vila Nova Suíça, Vila Operaria, Vila Padre Valeriano, Vila Passos, Vila São Jose Terceira Seção, Vila São Luiz e Valle De Montagne.

Raposos: Barracão Amarelo, Bela Vista, Boa Vista, Matadouro, Morro Das Bicas, Quintas Da Mata, Recanto Feliz, São Domingos, São Judas Tadeu, Tocantins, Varella, Várzea Do Sitio e Vila Vitoria.

Sabará: Adelmolândia, Adelmolândia II, Águas Férreas, Alto Bela Vista, Alto Do Cabral, Alto Do Fidalgo, Alto Vila São José, Alvorada, Amélia Moreira, Ana Lucia, Arraial Velho, Borba Gato, Borges, Cabral, Caieira, Campinas, Centro, Condomínio Eugenie Scharle, Condomínio Jardim Dos Borges, Conjunto Habitacional Morada Da Serra, Córrego Da Ilha, Distrito Industrial Simão Da Cunha, Esplanada, Fogo Apagou, Gaia, Galego, Granjas De Freitas, Ipê Amarelo, Itacolomi, Jardim Castanheira, Mangabeiras, Marzagão, Morro Da Cruz, Morro São Francisco, Mundo Velho, Nações Unidas, Nossa Senhora Conceição, Nossa Senhora Da Conceição, Nossa Senhora De Fatima, Nossa Senhora Do O, Nova Vista, Novo Alvorada, Novo Alvorada Barraginha, Novo Horizonte, Novo Santa Inês, Paciência, Padre Chiquinho, Praia Dos Bandeirantes, Rio Negro, Rosário, Rosário II, Rosário III, Rosário/Vila Dos Coqueiros, Santana, Santo Antônio, Santo Antônio De Roças Grandes, Siderúrgica, Sobradinho, Terra Santa, Valparaiso I, Valparaiso II, Várzea Do Moinho, Vila Bom Retiro, Vila Do Triangulo, Vila Dos Coqueiros, Vila Esperança, Vila Eugênio Rossi, Vila Francisco De Moura, Vila Mangueiras, Vila Michel, Vila Real, Vila Rica, Vila Santa Cruz, Vila Santa Rita, Vila Santo Antônio De Pádua, Vila São José e Vila São Sebastião.

Santa Luzia: Adeodato, Barreiro Do Amaral, Bela Vista, Bicas, Bom Destino, Bom Jesus, Bonanza, Camelos, Capitão Eduardo, Centro, Colorado, Condomínio Estâncias Dos Lagos, Condomínio Recanto Da Mata, Condomínio Recanto Do Luar, Córrego Frio, Dona Rosarinha, Esplanada, Fecho, Gameleira, Gameleira II, Idulipe, Imperial, Industrial Americano, Kennedy, Maria Adélia, Mata Dos Ipês, Moreira, Padre Miguel, Parque Boa Esperança, Parque Nova Esperança, Petrópolis, Quarenta E Dois, Retiro Do Recreio I, Santa Matilde, Santa Monica, São Geraldo, Vale Das Acácias, Vale Dos Coqueiros, Vila Iris, Vila Olga, Vila Parnaso, Vila Santa Rita De Cássia e Vila São Mateus.

.

FONTE: Estado de Minas.


Mais de 200 bairros da capital e Grande BH terão abastecimento de água interrompido no domingo

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Interrupção será feita para manutenção em rede de abastecimento do Rio das Velhas

Uma manutenção na rede de água do sistema produtor do Rio das Velhas vai interromper o abastecimento em mais de 200 bairros de Belo Horizonte e outras cidades da Região Metropolitana neste domingo (16). Além da capital, Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia terão o abastecimento suspenso entre em 6h e 18h.

De acordo com a Copasa, a situação deve se normalizar de forma gradativa até a madrugada de segunda-feira (17).

Confira os locais onde o abastecimento será interrompido:

Belo Horizonte:
Aarão Reis, Aeroporto, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Alípio de Melo, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim,  Borges, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, ETE/Arrudas, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto  Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim  Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardim das Rosas, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto ,Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa  Efigênia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São João Batista, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, Universitário, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho e Vista do Sol, Vila Silveira.

Nova Lima: 
Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.

Raposos: 
Todo o município.

Sabará: 
Todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Santa Luzia: 
Todo o município, exceto a região do São Benedito e do Frimisa.


‘Ursinho’ ajuda PM a prender quatro suspeitos de roubo a padaria em Sabará

Graças a um ursinho de pelúcia, a Polícia Militar conseguiu prender quatro homens suspeitos de roubar uma padaria, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O crime foi nessa terça-feira (27), no bairro Rosário III.

De acordo com a Polícia Militar, os quatro entraram na padaria como se fossem fazer compras e começaram a pegar cervejas. Ao se aproximarem do caixa, porém, um dos criminosos levantou a blusa e mostrou a arma, exigindo o dinheiro. Os suspeitos fugiram, levando as cervejas e R$50.

A PM foi acionada e testemunhas descreveram o carro dos bandidos: um Gol vermelho com um ursinho de pelúcia amarrado no teto.

Com essas características, não foi difícil localizar o veículo, estacionado em uma rua do bairro General Carneiro, ainda em Sabará. Os suspeitos foram encontrados sentados no passeio, tomando a cerveja roubada e acabaram confessando o crime.

Além de parte da cerveja, a PM apreendeu o ursinho e um revólver calibre 22 com cinco cartuchos. O quarteto foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Sabará.

O carro foi localizado junto com o grupo, que estava tomando a cerveja roubada

O carro foi localizado junto com o grupo, que estava tomando a cerveja roubada

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Cerca de 200 bairros de Belo Horizonte ficarão sem água neste domingo

Interrupção no abastecimento também afetará Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia.

Cerca de 200 bairros de Belo Horizonte vão ficar sem água neste domingo (25). A interrupção no abastecimento também afetará Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia, na Região Metropolitana.

De acordo com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), o corte ocorrerá a partir das 6h para manutenção preventiva no Sistema Produtor de Água Rio das Velhas, em Nova Lima. No domingo, também será realizada manutenção no sistema elétrico da elevatória de água tratada São Lucas, na capital.

A previsão da Copasa é que os serviços sejam concluídos até as 16h e que o abastecimento de água será normalizado, gradativamente, até a madrugada de segunda-feira (26). Veja a lista de locais afetados.

Belo Horizonte

Aarão Reis, Aeroporto, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Alípio de Melo, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, ETE/Arrudas, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja, Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardim das Rosas, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto ,Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha, São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Efigênia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São José, São João Batista, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, Universitário, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vista do Sol e Vila Silveira

Nova Lima

Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos

Raposos

Todo o município

Sabará

Todo município, exceto distrito de Ravena

Santa Luzia

Todo município, exceto a região do São Benedito

.

FONTE: G1.


BH e quatro cidades da região metropolitana ficam sem água domingo

O corte ocorre para uma manutenção no Rio das Velhas e o fornecimento deve ser restaurado na madrugada da segunda-feira (28)

Quatro cidades da região metropolitana e Belo Horizonte vão ficar sem água no próximo domingo (27). Cerca de 2 milhões de consumidores devem ser afetados. O corte ocorre para uma manutenção no Rio das Velhas e o fornecimento deve ser restaurado na madrugada da segunda-feira (28). Além da capital, ficarão sem água as cidades de Nova Lima, Raposos, Santa Luzia e Sabará.

sem água

Veja os bairros que ficarão sem água:

Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Bandeirantes, Barroca, Barro Preto, Betânia, Bom Jesus, Bonfim, Baleia, Belmonte, Boa Vista, Borges, Caetano Furquim, Cafezal, Capitão Eduardo, Casa Branca, Castanheira, Chácaras Montevidéu, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Cachoeirinha, Caiçara, Calafate, Campus da UFMG, Caparaó, Carlos Prates, Carmo, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estrela Dalva, Estoril, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Grajaú, Granja Werneck, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim das Rosas, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardinópolis, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Granada, Nova Suíssa, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompeia, Pousada Santo Antônio, Prado, Prado Lopes, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São Marcos, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion; Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Silveira e Vista do Sol.

Nova Lima: sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.
Raposos: todo o município.

Sabará: todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Santa Luzia: todo o município, exceto a região do São Benedito.

.

FONTE: O Tempo.


BH e cidades da Região Metropolitana ficarão sem água neste domingo

Na capital, mais de 200 bairros serão afetados.
Motivo é um trabalho de manutenção no sistema Rio das Velhas.

 falta de água

Belo Horizonte e cidades da Região Metropolitana vão enfrentar interrupção no fornecimento de água neste domingo (3). Duzentos e vinte bairros da capital vão ser afetados, segundo a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia também vão ficar sem água a partir das 6h. A Copasa informou que o motivo é um trabalho de manutenção no sistema Rio das Velhas.

A previsão é que o fornecimento retorne ao poucos, ainda no domingo, depois de 16h. A companhia não informou quantas pessoas serão afetadas. Veja abaixo a lista de locais afetados.

Belo Horizonte
Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Aparecida 7ª Seção, Aparecida,  Barroca, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Bonfim, Borges, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Camargos, Campus da PUC, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Betânia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Indústrias, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Estrela Dalva, ETE Arrudas, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, F rei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras de Cima, Gorduras, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim das Rosas, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jardinópolis, João Pinheiro, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Madre Gertrudes, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Barroca, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Suíssa, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado Lopes, Prado, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Lúcia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro,  São Salvador, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaiá, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu,  Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Maura, Vila Oeste, Vila Paris, Vila Santa Maria; Vila Santo Agostinho, Vila Silveira, Vista Alegre e Vista do Sol

Nova Lima
Sede do município, exceto a região de Macacos, Jardim Canadá e Seis Pistas

Raposos
Todo município

Sabará
Todo município, exceto o Distrito de Ravena

Santa Luzia
Todo o município, exceto a região do São Benedito

.

FONTE: G1.


TCE-MG determina que vereador de Sabará devolva cerca de R$ 40 mil

Ele ordenou pagamento a uma pessoa que não foi identificada, diz tribunal.
Vereador era presidente da Câmara; decisão cita fraude de funcionárias.

 Vereador Maurílio

O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) determinou que o vereador Maurílio Barbosa da Silva (PDT), da Câmara Municipal de Sabará, devolva R$ 39.194,91 ao município por fazer pagamentos a uma pessoa que não foi identificada. À época dos depósitos, segundo o tribunal, o vereador era presidente da Casa. A decisão da 2ª Câmara é desta quinta-feira (2) e dela cabe recurso.

O G1 entrou em contato com a Câmara Municipal de Sabará e aguarda retorno. A reportagem tentou também informações com o gabinete do vereador Maurílio Barbosa da Silva, mas ninguém atendeu às ligações na manhã desta sexta-feira (3).

A decisão cita ainda irregularidades de duas servidoras do Legislativo municipal. De acordo com o TCE-MG, duas funcionárias terão que devolver ao município mais de R$ 550 mil. Conforme a decisão, elas desviaram dinheiro “valendo-se das facilidades que os cargos que ocupavam lhes ofereciam, promoviam adulteração dos nomes dos destinatários de pagamentos, para se tornarem beneficiárias dos valores desembolsados pelo órgão legislativo”.

Para o relator do processo, conselheiro Gilberto Diniz, o ato representa fraude, pois o recurso público não foi utilizado para o fim de direito. As irregularidades constatadas referem-se ao período de janeiro de 2001 a abril de 2009, segundo o tribunal. Cada servidora recebeu também uma multa no valor de R$ 35 mil.

Ainda de acordo com o TCE-MG, em sua defesa, uma das funcionárias alegou que os valores depositados em sua conta se referiam aos salários no período de 2001 a 2009, e que desconhecia os demais depósitos. A outra servidora não apresentou defesa.

Os desfalques foram apurados pelo Tribunal de Contas após relatório técnico de processo administrativo enviado pela Controladoria Interna da Câmara Municipal de Sabará, que apontavam “desvio de dinheiro e valores” e “dano ao erário decorrente de ato ilegal, ilegítimo ou antieconômico combinado com omissão no dever de prestar contas”.

A reportagem não conseguiu localizar as funcionárias citadas na decisão.

.

FONTE: G1.


Bairros de BH e região metropolitana ficarão sem água neste domingo
Abastecimento será interrompido para obras de ampliação e melhorias no sistema Rio das Velhas
Torneira
O fornecimento de água em parte de Belo Horizonte e outras quatro cidades da região metropolitana será interrompido neste domingo (6), para obras de ampliação e melhorias do sistema Rio das Velhas. De acordo com a Copasa, a interrupção está programada para começar às 6h. A situação deve ser normalizada no decorrer da tarde de domingo, após as 14h, quando está previsto o término dos trabalhos.

Para amenizar os efeitos da parada nos imóveis das regiões afetadas, a companhia vai intensificar a produção do Sistema Paraopeba, composto pelos reservatórios Rio Manso, Serra Azul e Vargem das Flores, e aumentar a transferência de água da área de abrangência do Sistema Paraopeba para a área de abrangência do Sistema Rio das Velhas.

Veja a lista dos locais que serão afetados:

Raposos

Todo o município;

Nova Lima

Sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos;

Sabará

Todo o município, exceto Distrito de Ravena;

Santa Luzia

Todo o município, exceto a região do São Benedito;

Belo Horizonte

Aarão Reis, Alto Vera Cruz, Alvorada, Baleia, Belmonte, Boa Vista, Borges, Chácaras Montevidéu, Caetano Furquim, Castanheira, Capitão Eduardo, Casa Branca, Conjunto Felicidade, Conjunto Ribeiro de Abreu, Dom Joaquim, Dom Silvério, Esplanada, ETE/Arrudas, Fernão Dias, Flamengo, Granja Werneck, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Guarani, Heliópolis, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, Jonas Veiga, Maria Goretti, Mariano de Abreu, Minaslândia, Monte Azul, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nova Vista, Novo Alvorada, Paulo VI, Pousada Santo Antônio, Primeiro de Maio, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Santa Inês, São Bernardo, São Gabriel, São Geraldo, São Marcos, Saudade, Taquaril, Tupi, União, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Mauá, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santo Agostinho e Vista do Sol; Alípio de Melo, Alto Colégio Batista, Álvaro Camargo, Aparecida, Barroca, Bom Jesus, Bonfim, Cachoeirinha, Caiçara, Calafate, Caparaó, Carlos Prates, Carmo, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Cidade Jardim, Cidade Nova, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Itacolomi, Conjunto Santos Dumont, Cruzeiro, Da Graça, Dom Bosco, Ermelinda, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Gutierrez, Inconfidência, Ipanema, Lagoinha, Lourdes, Minas Brasil, Monsenhor Messias, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Ouro Preto, Paraíso, Pedro II, Pindorama, Prado Lopes, Prado, Primavera, Progresso, Renascença, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Cristóvão, São José, São Lucas, São Pedro, São Salvador, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Sumaré e Vila Silveira; Aeroporto, Aparecida 7ª Seção, Aparecida, Bandeirantes, Barro Preto, Cachoeirinha, Calafate, Campus da UFMG, Centro, Cidade Nova, Cidade Universitária, Conjunto Novo Aarão Reis, Dom Silvério, Dona Clara, Esplanada, Eymard, Floresta, Horto, Humaitá, Indaiá, Ipiranga, Jardim das Rosas, Jaraguá, Liberdade, Maria Goretti, Maria Virgínia, Minaslândia, Modelo, Nova Floresta, Novo Aarão Reis, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Parque Riachuelo, Pirajá, Pompéia, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Sagrada Família, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Gonçalo, São João Batista, São Luiz, São Marcos, São Paulo, Saudade, Silveira, Suzana, Tabelião Ferraz, Universitário, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Maura e Vila Santa Maria; Serra/Aglomerado da Serra: Anchieta, Cafezal, Carmo, Cruzeiro, Das Mansões, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Nossa Senhora de Fátima, Santa Lúcia, Santo Antônio, São Lucas, São Pedro, Serra e Sion; Alto Barroca, Alto dos Pinheiros, Álvaro Camargos , Barroca, Betânia, Bonfim, Cabana, Calafate, Camargos, Califórnia, Campus da PUC, Carlos Prates, Cidade Jardim, Cinqüentenário, Conjunto Santa Maria, Conjunto Califórnia, Conjunto Betânia, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Das Indústrias, Dom Bosco, Dom Cabral, Estoril, Estrela Dalva, Gameleira, Grajaú, Gutierrez, Havaí, Jardim América, Jardinópolis, João Pinheiro, Luxemburgo, madre Gertrudes, Minas Brasil, Morro das Pedras, Morro do Papagaio, Nova Barroca, Nova Cintra, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Suíssa, Padre Eustáquio, Patrocínio, Pedreira Prado Lopes, Prado, Salgado Filho, Santa Lúcia, Santo Agostinho, Santo André, São Bento, São Cristóvão, Vila Oeste, Vila Paris e Vista Alegre.

.

FONTE: O Tempo.


Festival da jabuticaba e artesanato de Sabará começa nessa sexta

Licor, geleia, sorvete, vinho e molho de pimenta estarão à venda, além da própria fruta fresca. Trabalhos de artesãos locais e shows completam a programação, que termina domingo

Produção de jabuticaba deste ano ficou abaixo do esperado em Sabará, mas não faltará fruta para o festival (Sidney Lopes/EM)

Produção de jabuticaba deste ano ficou abaixo do esperado em Sabará, mas não faltará fruta para o festival

.

Sabará promove esta semana a 29ª edição de seu Festival da Jabuticaba (associado a 13ª Feira do Artesanato), com venda da fruta fresca, seus derivados e artesanato em quase 60 estandes, de sexta a domingo. Barracas de comidas variadas, além de shows (Aline Calixto cantará sábado à noite), completam a programação do evento, promovido pela Secretaria Municipal de Turismo da cidade. Ao todo, são esperadas 60 mil pessoas.
.
“Com o atraso da chuva, não haverá aquela produção maciça de jabuticaba como esperávamos, mas não faltará a fruta in natura. Será o suficiente para o evento. Em outros municípios mineiros, soube que faltou fruta e até cancelaram festas”, afirma Júlio César Rocha, secretário de turismo de Sabará. Os produtores particioantes fazem parte da Associação dos Produtores de Derivados de Jabuticaba de Sabará (Asprodejas).
.
Licor, geleia, sorvete, vinho e molho de pimenta estão entre os derivados de jabuticaba à venda durante o evento – os preços variam entre R$ 4 e R$ 20. Só de venda de fruta fresca, serão 15 estandes. Os interessados em alugar pés de jabuticaba podem entrar em contato com a organização do evento, que tem contatos de cerca de 15 moradores da cidade cujos quintais têm pés carregados de frutas.
.

Antes realizado na Praça dos Esportes, o festival foi transferido para a Avenida Central (conhecida reta da Lagoa), no bairro Campo Santo Antônio, que fica próximo ao centro. O espaço, que conta com área coberta e mesas, tem capacidade para receber até 80 mil pessoas e, pela primeira vez, uma empresa cuidará de toda a organização dos estandes e da praça de alimentação.
.
Os estandes de artesanato terão trabalhos feitos por moradores da cidade, incluindo palma barroca, renda turca de bicos, imagens, quadros sacros e oratórios, entre outros. Os horários do festival são os seguintes: sexta, das 17h à 1h; sábado, das 10h à 1h; e domingo, das 9h às 20, sempre com entrada franca. Informações: (31) 3674-3021.

.

FONTE: Estado de Minas.


Fornecimento de água será suspenso no domingo em BH e região

Interrupção será das 5h às 18h para obras no sistema do Rio das Velhas.
Normalização do abastecimento será na noite de domingo e na segunda.

falta de água

O fornecimento de água será interrompido em Belo Horizonte e na Região Metropolitana neste domingo (18). De acordo com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), a interrupção será das 5h às 18h para que a companhia faça obras de melhoria e manutenção preventiva no sistema produtor de água do Rio das Velhas, localizado em Bela Fama, em Nova Lima, na Grande BH.

A normalização do abastecimento ocorrerá, gradativamente, no decorrer da noite de domingo e durante a madrugada de segunda−feira (19). Outras informações pelo telefone 115.

Bairros que terão o abastecimento interrompido
Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Aglomerado da Serra, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Ana Lúcia, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Braúnas, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campo Alegre, Campus da PUC, Campus da UFMG, Canaã, Candelária, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celestino, Celso Machado, Cenáculo, Centro, Céu Azul, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Helena Antipoff, Conjunto Itacolomi, Conjunto Marilene, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Copacabana, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, ETE/Arrudas, Etelvina Carneiro, Europa, Eymard, Fazendinha, Fernão Dias, Flamengo, Floramar, Floresta, Frei Eustáquio, Frei Leopoldo, Funcionários, Gameleira, Garças, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Indians, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Itapoã, Jaqueline, Jaraguá, Jardim América, Jardim Atlântico, Jardim das Nações, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Europa, Jardim Guanabara, Jardim Leblon, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, João Pinheiro, Jonas Veiga, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Letícia, Liberdade, Lourdes, Luar da Pampulha, Luxemburgo, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Goretti, Maria Helena, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Marize, Minas Brasil, Minas Caixa, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova América, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Pampulha, Nova Suíça, Nova Vista, Nova Yorque, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraibuna, Paraíso, Paraúna, Parque Arizona, Jardim Leblon, Parque Riachuelo,  Parque São Pedro, Parque São Sebastião, Patrocínio, Paulo VI, Pedra Branca, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Piratininga, Planalto, Pompeia, Pousada Santo Antônio, Prado,  Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês,  Santa Isabel, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, São Tomás, Satélite, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Serra Verde, Silveira, Sinimbu, Sion,  Solimões, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Trevo, Tupi, União, Universitário, Venda Nova, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Clóris, Vila Indaiá, Vila Ipê, Vila Luiz de Abreu,  Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Monte Castelo, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Santa Maria, Vila Oeste, Vila Palmas, Vila Paris, Vila Santa Branca, Vila Santo Agostinho, Vila Santo Antônio, Vila Satélite, Vila Silveira, Vista Alegre, Vista do Sol e  Zilah Spósito.

Nova Lima: sede do município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.

Santa Luzia: todo o município.

São José da Lapa: Jardim Encantado, Nova Cachoeira e Vila Ical.

Sabará: todo o município, exceto Distrito de Ravena.

Raposos: todo o município.

Ribeirão das Neves: Adriana, Atalaia, Belo Vale, Botafogo, Canoas, Cerejeiras, Céu Anil, Cristais, Cruzeiro, Delma, Elisabeth, Esperança, Evereste, Fazenda Misongue, Felixlândia, Flamengo, Girassol, Havaí, Itapoã, Jardim de Alá, Jardim Primavera, Kátia, Labanca, Lagoa, Laredo, Lídici, Maracanã, Maria Helena, Menezes, Nossa Senhora da Piedade, Núcleo Tradicional, Paraíso das Piabas, Penha, Santa Fé, São Januário, São José, São Miguel Arcanjo, Sônia, Toni, Tropical, Urca, Vera Lúcia, Viena, Vila Braúna e Vila Papine.

Vespasiano: Alto do Célvia, Angicos, Bela Vista, Bernardo de Souza, Boa Vista, Bom Sucesso, Condomínio Mangueiras, Condomínio São José, Gávea I, Gávea II, Jardim da Glória, Jardim Daliana, Jardim Encantado, Jardim Imperial, Jardim Jequitibá, Lar de Minas, Maria José, Morro Alto, Morro do Cruzeiro, Nova Pampulha, Nova York, Novo Horizonte, Parque Norte, Pouso Alegre, Residencial Mônaco, Santa Clara, Santa Cruz, Santa Maria, São Damião, Serra Azul, Serra Dourada e Vila Esportiva.

.

FONTE: G1.


Obras interrompem fornecimento de água em BH e mais nove cidades no domingo

Copasa vai realizar obras para ampliação do Sistema Rio Manso. Esta é a segunda grande interrupção realizada na Grande BH neste mês

água

No próximo domingo, 20 de setembro, Belo Horizonte e outras nove cidades da região metropolitana terão o abastecimento de água interrompido para obras da Copasa. A previsão é de que o serviço seja normalizado na madrugada de segunda-feira.

.
O motivo, segundo a companhia, é a parada dos sistemas produtores de água da Bacia Paraopeba para a execução de obras de ampliação do Sistema Rio Manso. O procedimento será realizado das 4h às 20h de domingo.
.
Esta é a segunda grande interrupção realizada na Grande BH neste mês. A última aconteceu em 2 de setembro, atingindo 117 bairros da capital e 11 municípios da região. Na ocasião, a Copasa informou que a paralisação serviria para executar substituições de registros e derivações das adutoras e elevatórias de água tratada e água bruta.
.
Veja a lista dos bairros que terão o abastecimento interrompido no domingo:
.
Belo Horizonte: Araguaia,  Bairro das Indústrias,  Barreiro de Baixo,  Barreiro de Cima,  Betânia,  Bonsucesso,  Brasil Industrial,  Braúnas,  Buritis, Cabana, Caiçara, Caiçara Adelaide, Califórnia,  Camargos,  Cardoso,  Castelo,  Céu Azul,  Cinqüentenário,  Conjunto Ademar Maldonado,  Conjunto Betânia,  Conjunto Bonsucesso,  Conjunto Califórnia,  Conjunto Getúlio Vargas,  Conjunto Habitacional Átila de Paiva,  Conjunto João Paulo II,  Conjunto Túnel de Ibirité,  Coqueiros,  Cristo Redentor,  Diamante,  Durval de Barros,  Engenho Nogueira,  Enseada das Garças,  Esplendor,  Estoril,  Estrela Dalva,  Estrela do Oriente,  Filadélfia,  Flávio Marques Lisboa,  Gameleira,  Garças,  Glória,  Havaí,  Ipiranga,  Itaipu,  Jardim América,  Jardim dos Comerciários,  Jardim Leblon,  Jardim Montanhês,  Jardinópolis,  Jatobá,  Lindéia,  Madre Gertrudes,  Mansões,  Mantiqueira,  Marajó,  Marilândia,  Maringá,  Milionários,  Miramar, Monsenhor Messias,  Morro das Pedras,  Nosso Lar,  Nova Barroca,  Nova Cintra,  Nova Gameleira,  Nova Pampulha,  Nova York,  Novo das Indústrias,  Olaria,  Padre Eustáquio,  Palmeiras, Parque São José, Patrocínio,  Pedro II,  Pindorama,  Pongelupe, Regina,  Resplendor, Salgado Filho,  Santa Cecília,  Santa Cruz, Santa Helena,  Santa Lúcia,  Santa Terezinha,  São Bento,  São Joaquim,  São José, São Salvador,  Serra do José Vieira,  Serrano,  Sical,  Solar, Teixeira Dias,  Tirol,  Trevo,  Urucuia,  Vila Cemig,  Vila Conquista,  Vila Leonina,  Vila Magnesita, Vila Patrocínio,  Vila Pinho, Vila Presidente Vargas,  Vila Vânia,  Vila Ventosa,  Vista Alegre e  Xangrilá.
.
Betim: Alvorada, Amarante, Amazonas, Angola,  Betim Industrial, Campos Elíseos,Capelinha, Centro, Conjunto Habitacional José Gomes de Castro, Conjunto Olímpia Bueno Franco, Cruzeiro, Distrito Industrial Paulo Camilo, Dom Bosco, Dona Izabel, Espirito Santo, Estâncias do Sereno, Filadélfia, Granja Verde, Granjas das Candeias, Granjas Pouso Alto, Guanabara, Guarujá, Imbiruçú, Jardim Brasília, Jardim da Cidade, Jardim Das Alterosas I Seção,  Jardim Nazareno, Jardim Perla, Laranjeiras, Niterói, Nova Baden,  Parque das Acácias, Parque das Indústrias, Parque Jardim Teresópolis, Paulo Camilo, Paulo Camilo III, Petrovale, Presidente Kennedy, Recreio dos Caiçaras, Renascer, Riacho de Areia, Santa Cruz, Santo Antônio, São Caetano, São Cristóvão, São João, São Miguel,  Sítios Guarani, Vila Bandeirante, Vila Boa Esperança, Vila Cristina, Vila Filadélfia, Vila Inconfidência e Vila Recreio.
.
Contagem:
Água Branca, Amazonas, Arpoador, Arvoredo, Bairro dos Funcionários, Balneário da Ressaca, Bandeirantes, Beatriz, Bela Vista, Bernardo Monteiro, Bom Jesus, Cabral, Caiapós, Campina Verde, Cândida Ferreira, Ceasa, Chácara Boa Vista, Chácara Novo Horizonte, Chácaras Campestre, Chácaras Campo do Meio, Chácaras Cotia, Chácaras Planalto, Chácaras Reunidas Santa Terezinha, Cidade Industrial, Cincão, Cinco, Colorado, Condomínio Nosso Rancho, Conjunto Habitacional Água Branca, Conjunto Habitacional Carajás, Conjunto Habitacional Confisco, Conjunto Habitacional Costa e Silva, Conjunto Habitacional Jardim Califórnia, Conjunto Habitacional Monte Castelo, Conjunto Habitacional Riacho III, Darci Vargas, Distrito Industrial Doutor Hélio P. Guimaraes, Distrito Industrial Riacho das Pedras, Do Comércio, Durval de Barros, Eldoradinho, Eldorado, Estancia Silveira, Estrela Dalva, Feijão Miúdo, Flamengo, Gloria, Guanabara, Inconfidentes, Industrial Itaú, Industrial, Jardim Alvorada, Jardim Balneário, Jardim das Oliveiras, Jardim do Lago, Jardim dos Bandeirantes, Jardim Industrial, Jardim Laguna, Jardim Marrocos, Jardim Pérola, Jardim Riacho das Pedras, JK, Kennedy, Lua Nova da Pampulha, Lúcio de Abreu, Milanês, Morada Nova, Nacional, Novo Boa Vista, Novo Eldorado, Novo Progresso, Novo Recanto, Novo Riacho, Oitis, Parque Airton Sena, Parque dos Turistas, Parque Recreio, Parque São João, Pedra Azul, Pôr do Sol, Portal do Sol, Recanto da Pampulha, Riacho das Pedras, Santa Cruz Industrial, Santa Maria, São Gotardo, São Joaquim, São Sebastiao, Senhora da Conceição, Tijuca, Vale das Amendoeiras, Vale das Perobas, Vera Cruz, Vila Boa Vista, Vila Dom Bosco, Vila Francisco Mariano, Vila Itaú, Vila Paris, Vila Pernambucana, Vila Santa Luzia, Vila Santo Antônio, Vila São Mateus, Vila São Paulo, Vila Tijolinho e Xangrilá.
.
Ibirité: 
Bela Vista, Boa Vista, Cascata, Colorado, Distrito Industrial de Ibirité, Jardim das Rosas, José do Prado, Montreal, Ouro Negro, Palmares, Parque Durval de Barros, Petralina, Petrolina, Piratininga, Recanto da Lagoa, Serra Dourada, Sol Nascente, Vila Ideal e Washington Pires.
.
Igarapé:
Todo o município.
 .
Matozinhos:
Distrito de Mocambeiro.
.
Pedro Leopoldo: Todo o município, exceto os Bairros Fidalgo e Sumidouro.
.
Ribeirão das Neves: Alicante,  Areias de Baixo, Barcelona, Bela Vista, Bom Sossego, Campos Silveira, Centro de Areias, Centro, Céu Anil,  Chácaras Bom Retiro, Chácaras do Baú, Condomínio Vale do Ouro, Conjunto Habitacional Henrique Sapori, Distrito Industrial João de Almeida, Dona Clarice, Dos Pereiras, Eliane, Fazenda Castro, Fazenda Severina, Fazendas Lages, Florença, Fortaleza, Franciscadriângela, Granjas Primavera, Havaí, Iolanda, Jardim Alvorada, Jardim Colonial, Jardim Florença, Jardim Verona, José Maria da Costa, Kátia, Landi I, Landi II, Liberdade, Luana, Luar da Pampulha, Mangueiras, Maria Helena II, Monte Verde, Napoli, Neviana, Nossa Senhora das Neves, Nova União, Pedra Branca, Pedreira, Porto Seguro, Quintas do Lago, Quintas Vera Cruz, Rosana, Rosaneves, Rosimeire, San Genaro, San Marino, San Remo, Santa Isabel, Santa Margarida, Santa Marta, Santa Martinha, Santa Matilde, Santa Paula, Santana I, Santana II, Santinho, Santo Antônio, São Francisco de Assis, São Geraldo, São Judas Tadeu, São Luiz, São Pedro, Savassi, Sevilha, Soares, Status, Tancredo Neves, Tânia, Tocantins, Vale da Prata, Vale das Acácias, Vale Verde, Várzea Alegre, Veneza, Vereda. Verônica, Vila Aparecida, Vila Bispo de Maura, Vila Cacique, Vila Eduarda, Vila Esplanada, Vila Henrique Sapori, Vila Hortinha, Vila Mariana e Vila Real.
.
São Joaquim de Bicas: Todo o município.
.
Vespasiano: Vida Nova, Nova Yorque, Suely.

.

FONTE: Estado de Minas.


Mais de 300 bairros da Grande BH vão ficar sem abastecimento de água neste domingo

Previsão é de que a interrupção dure seis horas para a impermeabilização dos reservatórios, interligação e adequação da subestação elétrica

Copasa/Divulgação

Está programada para o próximo domingo uma parada operacional do sistema produtor do Rio das Velhas, em Nova Lima, que é o responsável pelo abastecimento de água em Belo Horizonte e de parte da Região Metropolitana. De acordo com a Copasa, serão feitas obras de ampliação e manutenção preventiva da unidade.
.
A previsão é de que a interrupção dure seis horas para a hipermeabilização dos reservatórios, interligação e adequação da subestação elétrica, substituição de registros de descargas e montagem de conjuntos motobombas no sistema de cloro da Estação de Tratamento de Água (ETA Rio das Velhas).
.
A expectativa da Copasa é de que o abastecimento retorne a sua normalidade na tarde de domingo e madrugada de segunda-feira.
.
Veja os bairros afetados:
.
Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Ana Lúcia, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Braúnas, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campo Alegre, Campus da PUC, Campus da UFMG, Canaã, Candelária, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celestino, Celso Machado, Cenáculo, Centro, Céu Azul, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinqüentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Helena Antipoff, Conjunto Itacolomi, Conjunto Marilene, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Copacabana, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, Etelvina Carneiro, Europa, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floramar, Floresta, Frei Eustáquio, Frei Leopoldo, Funcionários, Gameleira, Garças, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Indian’s, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Itapoã, Jaqueline, Jaraguá, Jardim América, Jardim Atlântico, Jardim das Nações, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Europa, Jardim Guanabara, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, João Pinheiro, Jonas Veiga, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Leblon, Letícia, Liberdade, Lourdes, Luar da Pampulha, Luxemburgo, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Goretti, Maria Helena, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Marize, Minas Brasil, Minas Caixa, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova América, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Pampulha, Nova Suíça, Nova Vista, Nova York, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraibuna, Paraíso, Paraúna, Parque Arizona, Parque Jardim Leblon, Parque Riachuelo, Parque São Sebastião, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Piratininga, Planalto, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Isabel, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, São Tomás, Satélite, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra Verde, Serra, Silveira, Sinimbu, Sion, Solimões, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Trevo, Tupi, União, Universitário, Venda Nova, Vera Cruz, Vila Brasília,Vila Canadá, Vila Clóris, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz Abreu, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Monte Castelo, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Oeste, Vila Palmas, Vila Paris, Vila Santa Branca, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Santo Antônio, Vila Satélite,Vila Silveira, Vista Alegre, Vista do Sol e Zilah Spósito
.
Nova Lima: Todo o município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.
.
Raposos: Todo município
.
Sabará: Todo município, exceto Distrito de Ravena.
.
Santa Luzia: – Todo município.
.
São José da Lapa: Bairros Jardim Encantado, Nova Cahoeira e Vila Ical.
.
Ribeirão das Neves: Região de Justinópolis.
.
Vespasiano: Alto do Célvia, Angicos, Angicos, Bela Vista, Bernardo de Souza, Boa Vista, Bom Sucesso, Condomínio Mangueiras, Condomínio São José, Gávea I, Gávea II, Jardim da Glória, Jardim Daliana, Jardim Encantado, Jardim Imperial, Jardim Jequitibá, Lar de Minas, Maria José, Morro Alto, Morro do Cruzeiro, Nova Pampulha, Nova York, Novo Horizonte, Parque Norte, Pouso Alegre, Residencial Mônaco, Santa Clara, Santa Cruz, Santa Maria, São Damião, Serra Azul, Serra Dourada e Vila Esportiva.

.

FONTE: Estado de Minas.


Bairros de BH, Sabará e Santa Luzia vão ficar sem abastecimento de água nesta terça e quarta-feira

Serviço será afetado devido a interligação de redes. Previsão é de que o trabalho seja finalizado durante a noite do mesmo dia

 água
Bairros da Região Centro-Sul de Belo Horizonte vão ficar sem abastecimento de água nesta terça-feira. De acordo com a Copasa, o fornecimento será interrompido para a interligação de redes. Ainda conforme a empresa, o serviço deverá ser normalizado, gradativamente, no decorrer da tarde e noite do mesmo dia.
.
Veja os bairros afetados:
.
Anchieta, Carmo, Cruzeiro, Funcionários, Santo Antônio, São Lucas, São Pedro, Serra, Sion e Savassi.

.

Bairros de BH, Sabará e Santa Luzia ficarão sem água nesta terça e quarta-feira

Problema em tubulação da Copasa deixa Lagoa Santa sem água pelo terceiro dia
Bairros de Belo Horizonte, Sabará e Santa Luzia ficarão sem água nesta terça-feira (2) e quarta-feira. O motivo, segundo a Copasa, será a interligação de redes de abastecimento. Conforme a empresa, o serviço será normalizado, gradativamente, entre os dois dias. Durante o período, a Copasa pede a cooperação e economia da população.
 .
Na terça-feira, os bairros de BH que serão afetados são: Anchieta, Carmo, Cruzeiro, Funcionários, Santo Antônio, São Lucas, São Pedro, Serra, Sion e Savassi.
.
Já na quarta, em BH, o abastecimento será interrompido nos bairros Capitão Eduardo, Gorduras, Gorduras de Cima, Paulo VI, Ribeiro de Abreu e São Gabriel. Já em Sabará a interrupção será no Amélia Moreira, Borba Gato, Borges, Condomínio Jardim dos Borges, Distrito Industrial Simão da Cunha. Em Santa Luzia, a comunidade afetada será a do Bom Destino.

.

FONTE: Estado de Minas e Hoje Em Dia.


VIROU ROTINA…

BH e mais seis cidades ficam sem água no sábado; confira os bairros atingidos

 

falta de água - torneira
Abastecimento será interrompido em diversos bairros da Grande BH

.

Centenas de bairros de Belo Horizonte e Região Metropolitana terão o fornecimento de água suspenso no próximo sábado (21). De acordo com a Copasa, além da capital mineira, o desabastecimento afetará Raposos, Nova Lima, Sabará, Santa Luzia, Vespasiano e Ribeirão das Neves.
 .
A interrupação, conforme a companhia, será necessária para manutenção preventiva no Sistema Produtor de Água Rio das Velhas (SRV). A previsão é que o fornecimento seja normalizado, de forma gradativa, entre a noite de sábado e madrugada de domingo (22).
 .
Bairros afetados: 
 .
Belo Horizonte: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Ana Lúcia, Anchieta, Aparecida 7ª Seção, Aparecida, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Braúnas, Cabana, Cachoeirinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campo Alegre, Campus da PUC, Campus da UFMG, Canaã, Candelária, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celestino, Celso Machado, Cenáculo, Centro, Céu Azul, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinqüentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conj. Califórnia, Conj. Felicidade, Conj. Helena Antipoff, Conj. Itacolomi, Conj. Marilene, Conj. Novo Aarão Reis, Conj. Ribeiro de Abreu, Conj. Santa Maria, Conj. Santos Dumont, Copacabana, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Das Mansões, Dom Bosco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, ETE/Arrudas, Etelvina Carneiro, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floramar, Floresta, Frei Eustáquio, Frei Leopoldo, Funcionários, Gameleira, Garças, Glória, Goiânia, Gorduras de Cima, Gorduras, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Ind. Rodrigues da Cunha, Indaiá, Indian’s, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Itapoã, Jaqueline, Jaraguá, Jd. América, Jd. Atlântico, Jd. das Nações, Jd. das Rosas, Jd. dos Comerciários, Jd. Europa, Jd. Guanabara, Jd. Pirineus, Jd. Taquaril, Jd. Vitória, João Pinheiro, Jonas Veiga, Juliana, Lagoa, Lagoinha, Laranjeira, Leblon, Letícia, Liberdade, Lourdes, Luar da Pampulha, Luxemburgo, Mangueiras, Mantiqueira, Maria Goretti, Maria Helena, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Marize, Minas Brasil, Minas Caixa, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova América, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Pampulha, Nova Suíça, Nova Vista, Nova Yorque, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraibuna, Paraíso, Paraúna, Parque Arizona, Parque Jd. Leblon, Parque Riachuelo, Parque São Sebastião, Patrocínio, Paulo VI, Pedra Branca, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Piratininga, Planalto, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado Lopes, Prado, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rio Branco, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Cruz, Santa Efigênia, Santa Inês, Santa Isabel, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, São Tomás, Satélite, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra Verde, Serra, Silveira, Sinimbu, Sion, Solimões, Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Trevo, Tupi, União, Universitário, Venda Nova, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Clóris, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Monte Castelo, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Oeste, Vila Palmas, Vila Paris, Vila Santa Branca, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Santo Antônio, Vila Satélite, Vila Silveira; Vista Alegre, Vista do Sol e Zilah Spósito.
 .
Nova Lima:  todo o município, exceto a região do Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.
 .
Raposos: todo o município.
 .
Ribeirão das Neves: região de Justinópolis.
 .
Sabará: todo o município, exceto Distrito de Ravena.
 .
Santa Luzia: todo o município.
 .
Vespasiano: Bernardo de Souza, Gávea I, Gávea II, Jardim Daliana, Maria José, Pouso Alegre, Santa Clara e Serra Dourada.

.

FONTE: Hoje Em Dia.


Moradores de Sabará estão sem água desde sábado por causa de rompimento de adutora

Ainda não há previsão para que o abastecimento volte ao normal. Funcionários da Copasa estão no local para resolver o problema

falta de água

Moradores do Bairro Nossa Senhora de Fátima, localizado em Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte, estão sem água desde o último sábado, por causa do rompimento de uma adutora. A informação foi confirmada na tarde desta segunda-feira pela Copasa, que afirmou que foram feitas manobras operacionais para tentar minimizar o problema durante o fim de semana. 

Conforme a empresa, uma equipe técnica está no local tentando solucionar o ocorrido. Ainda não há previsão para a normalização do serviço. Hoje há dois caminhões-pipa abastecendo o reservatório que fornece água para o bairro e um abastecendo escolas, creches e postos de saúde da mesma região. A Copasa pede que os moradores do Bairro Nossa Senhora de Fátima para evitar desperdícios até que a situação esteja regularizada.

FONTE: Estado de Minas.


Aterro sanitário aumenta infestação de ratos em Sabará
 
Moradores das proximidades reclamam que a população de ratos explodiu com instalação do aterro sanitário em Sabará.
 
Prefeito diz que cidade não pode ser depósito da Grande BH

Lixão

 

A dona de casa Simone Malaquias dos Santos, de 35 anos, de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, exibe uma caixa de madeira em que caberia um gato. “Ratoeira aqui tem que ser deste tamanho para aguentar”, diz. Não fosse o terreno acidentado, a moradora do Bairro Nossa Senhora de Fátima poderia a ver, a cerca de 500 metros de sua casa, caminhões despejando o lixo de aproximadamente 30 cidades no município em que vive. O destino dos detritos é o aterro sanitário que fica do outro lado do Rio das Velhas, em uma área de 265 hectares. Somente de Belo Horizonte, o volume diário despejado é de 3 mil toneladas de resíduos, o equivalente a 2.700 carros populares.

Simone mora com dois filhos no Nossa Senhora de Fátima há 18 anos. O aterro vizinho, chamado Macaúbas, começou a ser implantando em 2003. Antes, diz a moradora, não havia problemas com ratos, considerados excelentes nadadores, principalmente os de maior porte. A vizinha Maria Cândida, uma costureira de 42 anos, faz a mesma reclamação. “Minha casa chegou a ser infestada pelos ratos. Conversei com um médico, que me mandou queimar tudo com que eles tiveram contato na casa. Perdi quilos de tecido”, afirma. Na Escola Municipal Vereador José Lopes, a única do bairro, a direção também reclama da presença de ratos na região.

A Vital Engenharia, que também é dona do aterro de Sabará, fornece cestas básicas para a população do Nossa Senhora de Fátima. O atual prefeito da cidade, Diógenes Fantini (PMDB), afirma que a empresa, com a prática, “faz um agrado às lideranças comunitárias e à população do bairro”. “Em uma cidade pobre, fazem esse tipo de atenuação do impacto da atividade deles”, afirma. Diógenes critica o contrato, com duração de 30 anos, fechado com a Vital pela prefeitura. O termo foi assinado durante a administração de seu rival na política local, Wander Borges (PSB).

A contrapartida acordada com o município foi a mesma que a empresa assinou com Santana do Paraíso: o direito de processar o lixo da própria cidade no aterro, sem custos. De Belo Horizonte, que responde por dois terços de todo o volume diário enviado a Sabará, a empresa cobra R$ 33 por tonelada. Segundo Diógenes Fantini, o valor, para cidades com entregas menores, oscila entre R$ 85 e R$ 115 a tonelada. Entre os municípios que também operam com o Aterro Macaúbas estão Pedro Leopoldo, Lagoa Santa, Itaguara, Ibirité e Matozinhos.

No aterro, a movimentação de caminhões é constante. “Temos muitos problemas no município com o trânsito dos veículos que transportam o lixo de outras cidades para cá. O chorume (líquido que se forma pela decomposição do material orgânico) escorre pelas ruas. Na semana passada, um motoqueiro morreu ao derrapar na pista molhada pelos caminhões de lixo”, afima Fantini.

Para o prefeito, a obrigação de cuidar dos seus resíduos deveria ser de cada cidade. “O Bairro Capitão Eduardo, em Belo Horizonte, não quis o aterro; Itaúna (Centro-Oeste de Minas) e Esmeraldas (Grande BH) também recusaram. O empreendimento acabou vindo para Sabará. Mas não queremos que nossa cidade se transforme no depósito de lixo da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Já somos o destino do esgoto de toda a região”, afirma o prefeito, se referindo ao Rio das Velhas, que corta a cidade e recebe águas do Ribeirão Arrudas, destino da maior parte do esgoto da capital.

O ex-prefeito de Sabará Wander Borges (PSB) afirma que a negociação para a implantação do aterro foi vantajosa para a cidade. “Ganhamos um terreno de 120 mil metros quadrados às margens da BR-381 para construção de um Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet)”, diz. Wander afirma ainda que o Imposto Sobre Serviços (ISS) cobrado na operação do aterro gera recursos para a prefeitura. “A questão é econômico-finaneira. Com mais dinheiro em caixa, é possível trabalhar mais para a população”, diz. A Vital Engenharia não se manifestou sobre as perguntas enviadas pela reportagem do Estado de Minas sobre o funcionamento e impactos ambientais e sociais do aterro de Sabará, nem sobre o localizado em Santana do Paraíso.

FONTE: Estado de Minas.


Nova pista do Rodoanel muda paisagens da Grande BH
Rodoanel passará por áreas de fazendas e bairros afastados da Grande BH. Moradores se dividem entre o receio e a esperança por melhorias no transporte e na situação econômica

Rodo Anel

O produtor Argenor Siqueira, de Ravena. 'Alguns parentes e vizinhos que são amigos vão ter de ir embora'  ( Euler Junior/EM/D.A Press)
O produtor Argenor Siqueira, de Ravena. “Alguns parentes e vizinhos que são amigos vão ter de ir embora”

Os 12 mil pés de bananas que dobram o morro da fazenda do produtor rural Argenor Siqueira, de 63 anos, são herança das primeiras formas de produção da região de Casa de Pedra, em Ravena, distrito de Caeté, na Grande BH. Foi o tataravô dele, João Pinduca, um português que chegou ali trazendo mão de obra escrava, quem começou as atividades. Daquela época em diante, a família foi crescendo e dividindo as terras até formar o povoado que leva nome da casa grande que não existe mais. A vida vida simples, típica da roça, vai mudar com a chegada do Rodoanel Metropolitano Norte, que se encontrará com a BR-381 poucos quilômetros depois das terras do senhor Argenor. “A gente já sente um aperto no coração de saber que alguns parentes e vizinhos que são nossos amigos vão ter de ir embora, porque a casa deles está no caminho da rodovia”, conta o fazendeiro. A abertura da via que promete desviar o tráfego do Anel Rodoviário de BH, poupando muitas vítimas de acidentes e trazendo desenvolvimento, divide opiniões de quem mora ao longo do futuro trajeto.

As estacas fincadas na comunidade de Casa de Pedra já vão tirar um sobrinho e um dentista de BH que são vizinhos imediatos do fazendeiro. “As estacas estão lá, bem perto da estradinha de terra, no rumo da casa do meu vizinho, que é dentista”, diz Argenor. Apesar do susto inicial, há a expectativa de uma melhoria nas condições financeiras. “A gente não sabe em qual parte do terreno vai ser aberta a estrada, mas ficamos preocupados com barulho, movimento demais e com crimes”, afirma o produtor. “Mas tem muita gente por aqui pensando em abrir um bar, um restaurante ou uma venda perto do Rodoanel para melhorar um pouco as condições”, acrescenta.
O uso cada vez mais intenso da Lagoa Várzea das Flores como balneário tem mudado as características de “roça pacata” entre Betim e Contagem, onde cresceu o lavrador Geraldo Elias da Costa, de 50. “Vem gente demais para cá. Carros e cavalos ficam estacionados na beira do lago, a gente escuta som alto demais que atravessa até os morros e entra dentro da casa das pessoas que vivem aqui”, conta. Ao saber que parte da mata ciliar que envolve a Várzea das Flores será retirada e que o Rodoanel trará um fluxo estimado em 70 mil veículos, o lavrador se lamenta. “A gente vai desconhecendo o lugar. Vai deixando de ser o que a gente conhecia”, opina. Naquelas terras, onde hoje o trabalhador rural “bate pastos” (capina) e faz pequenas manutenções numa fazenda, Geraldo aprendeu a pescar com os amigos, montava cavalos para ir a vendas e visitar vizinhos. “A gente tem muitas lembranças que vão indo embora, mas que não têm mais volta”, diz.

Transformações Para a auxiliar administrativa Lucinda Maria de Souza, de 48 anos, que vive em Contagem e costuma visitar a irmã no Bairro Colonial, no outro lado da cidade, a construção do Rodoanel pode facilitar seu transporte. “A gente ganha uma forma mais direta de chegar onde precisa, sem ter de passar dentro das ruas dos bairros, principalmente se tiver ônibus”, afirma. Mas, ao olhar adiante, na Avenida das Palmeiras, que segundo o projeto se tornará parte da rodovia, a mulher avistou a sobrinha, Ana Tomás, de 11, empinando uma pipa enquanto corria pelas ruas sem se preocupar com o tráfego quase insignificante. “O que pode acontecer é mudar muito para as crianças. Não vai dar mais para deixar criança pequena solta em beira de rodovia”, prevê.
Para o consultor Paulo Eduardo Borges, doutorando em análise ambiental pela UFMG, o Rodoanel trará benefícios imediatos para a produção econômica, industrial e se tornará uma forma de escoamento produtivo e acesso para cidades como Betim – onde estão instaladas grandes empresas, como Fiat e Petrobras. Mas ele alerta para a necessidade de ações no transporte público.

 

FONTE: Estado de Minas.


Prefeitura de Sabará demite em massa servidores da saúde, educação e serviço social
A prefeitura do município atendeu aos pedidos do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e dispensou todos os trabalhadores que foram contratados sem terem feitos concursos públicos

Os moradores de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, estão apreensivos com a demissão em massa de servidores da saúde, educação e serviço social. A prefeitura do município atendeu aos pedidos do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e dispensou todos os trabalhadores que foram contratados sem terem feitos concursos públicos, o que é considerado irregular pelo órgão. Nesta terça-feira, algumas escolas ficaram fechadas e outras tiveram que usar a criatividade para não liberar os estudantes. 


A queda de braço entre a Prefeitura e o MP acontece desde 2005. A promotora de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Sabará, Marise Alves da Silva, entrou com uma ação civil pública contra a administração municipal depois de verificar a irregularidade com a contratação dos servidores. “Essa ação transitou em julgado em setembro do ano passado. A Justiça determinou que os 2,1 mil trabalhadores contratados sem concurso público fossem demitidos”, explicou. Caso o acordo fosse descumprido, seria cobrado uma multa diária de mil reais. 
Mesmo sem a liminar que determina o cumprimento da ação, a prefeitura decidiu se adiantar. Os servidores começaram a ser comunicados sobre a dispensa nessa segunda-feira. Hoje, algumas escolas chegaram a ficar fechadas e outras improvisaram juntando alunos de professores demitidos em outras salas. Ainda não há informações se os serviços de  saúde e serviço social foram prejudicados. 

Para a promotora, o prefeito da cidade tinha que ter se programado. “Se demitiu algumas pessoas que trabalhavam em escolas, com certeza vai contratar novas pessoas, pois tem muita gente que passou no concurso para ser contratada. Ele teve tempo de sobra para fazer a contratação. Se ele preferiu demitir todos de uma vez só pode criar um novo problema”, afirma Marise Silva. 

Nesta manhã, aproximadamente 50 servidores foram até a sede do MP e procuraram a promotora. “Respondi todas as perguntas, pois o prefeito afirmou que a responsabilidade das demissões é minha. Mas, nós só estamos fazendo com que a lei seja cumprida”, informou. 

Briga antiga

Essa não foi a primeira ação do MP contra a prefeitura por causa da mesma situação. Em 2012, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) chegou a ser cumprido pela administração municipal, porém as irregularidades continuaram. “Na época, o município chegou a demitir alguns servidores. O concurso foi feito e algumas pessoas que passaram na prova foram contratadas. Além deles, mais servidores que não fizeram o exame também foram efetivados. Por causa da irregularidade, entramos com uma ação de improbidade administrativa contra o prefeito”, comenta a promotora. 

Também é avaliado pela Justiça um pedido da promotoria para que seja feito concurso público para a Câmara Municipal da cidade. Conforme a promotora, nenhum servidor que trabalha no órgão fez o exame, por isso trabalham irregularmente. Marise Silva aponta que há a prática de nepotismo no município. “Entramos com uma ação de contratação irregular por nepotismo. A esposa do vice-prefeito foi contratada para o cargo de secretária de assistência social. 

O em.com.br entrou em contato com a prefeitura de Sabará que vai se manifestar por meio de nota ainda nesta terça-feira. O número de servidores dispensados ainda está sendo apurado.

FONTE: Estado de Minas.


BR-381 será interditada para instalação de equipamento em Sabará

BR-381, em Sabará, poderá ficar congestionada nesta terça (15) e quarta (16)
BR-381, em Sabará, poderá ficar congestionada nesta terça (15) e quarta (16)
A BR-381, na altura do km 443, em Sabará, região Metropolitana de Belo Horizonte, será interditada parcialmente, a partir desta terça-feira (15). Serão instalados contadores de tráfego no local pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A operação tem previsão para durar 48 horas, terminando, assim, na quarta-feira (16).
De acordo com o Dnit, os contadores de tráfego são sensores usados para reconhecer o tipo e fazer a pesagem dos veículos em movimento. Com a implantação dos equipamentos, os veículos não vão mais, então, precisar parar para fazer a pesagem. Durante a colocação dos equipamentos, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) irá fazer a operação “pare e siga” nos dois sentidos da via.
A ação faz parte do Plano Nacional de Contagem de Tráfego (PNCT) que já acontece em várias rodovias brasileiras, conforme informações do Dnit. Os aparelhos ficaram instalados por três anos e contribuem para traçar um perfil dos veículos que usam a malha rodoviária brasileira. Segundo o Dnit, a partir das informações colhidas pelos sensores, será possível planejar ações para serem colocadas em prática futuramente.

FONTE: Hoje Em Dia.


Preço salgado
Árvores produzindo jabuticaba são vendidas por até R$ 9 mil em Sabará
Planta vai para pomares e projetos paisagísticos

 

 

Luana Amorim colocou à venda o pé da fruta que plantou há 15 anos (Cristina Horta / EM / D.A Press)
Luana Amorim colocou à venda o pé da fruta que plantou há 15 anos


Os clássicos são eternos. Que o digam pessoas como o advogado Bruno Cunha e o paisagista Felipe Fontes. O primeiro está negociando um pé de jabuticaba junto à 1001 Flores, em Sabará. O segundo acaba de adquirir duas jabuticabeiras para um projeto de paisagismo. Cada uma custou R$ 750. Mas os preços de um pé de jabuticaba vão muito além disso. Chegam a R$ 9 mil em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Pela internet, também são altos. No Mercado Livre, um pé pequeno da fruta é anunciado por R$ 4 mil. 

A demanda pelas jabuticabeiras ocorre o ano inteiro, mas se itensifica a partir de setembro, quando começa a estação das jabuticabas, e prossegue com o início das chuvas. Mas nem mesmo o período seco impede a procura pela planta. Kléber Antônio Franco, proprietário da 1001 Flores, produz mudas e pés de jabuticaba num sítio em Caeté, na RMBH, e as comercializa em Sabará. Em sua loja, na cidade da jabuticaba, ele oferece jabuticabeiras do tipo híbrida e sabará, cujos preços variam entre R$ 500, para árvores jovens, e R$ 9 mil, no caso de uma jabuticabeira de cinco metros de altura que já é balzaquiana. Somente no sítio, que funciona como um viveiro das frutas, o empresário cultiva cerca de 600 mudas das mais variadas idades.

“Todas as semanas vendemos no mínimo três pés de jabuticaba. A árvore fica plantada no chão e ao ser vendida é transplantada. Tenho mudas que estão com 12 anos de idade, todas produzindo”, explica. De acordo com ele, os compradores são pessoas que têm sítio, que vivem em condomínios ou que moram em casa com quintal e coberturas que podem abrigar a planta, sem contar os grandes edifícios construídos na capital mineira. O advogado Bruno Cunha nasceu em Sabará e possui um sítio com pomar onde estão plantadas árvores frutíferas como laranjeiras, limoeiros, entre outras. Para completar a felicidade, ele agora deseja um pé de jabuticaba. 

“Quero uma árvore que tenha no mínimo 10 anos, tenho mudas novas no sítio, mas uma jabuticabeira demora muito a produzir”, justitifica. Ele só não esperava que os preços de uma árvore adulta fosse tão altos. “Pensei que seria no máximo R$ 250, mas uma árvore entre 10 e 12 anos está custando R$ 650”, disse. O desejo pelo pé de jabuticaba tem origens na infância, já que a avó mora em Sabará e tem uma casa com quintal e quatro jabuticabeiras. “Eles (os pés de jabuticaba) estão lá no fundo, mas ela não deixa arrancar de jeito nenhum”, afirma.

DIVERSIDADE Cleci Patrocínio é gerente da floricultura Forte Grama, localizada em BH. Ao todo, o estabelecimento conta com 30 jabuticabeiras com idade entre cinco e 15 anos. Todas estão à venda. São frutíferas da espécie híbrida, que dá jabuticabas grandes várias vezes ao ano, ou sabará, que floresce duas vezes ao ano. Conforme o tipo e a idade, os preços variam de R$ 250 (híbrida) a R$ 1,9 mil (sabará). “Já tivemos produção em fazenda, mas agora compramos de outros produtores”, explica.

O paisagista Felipe Fontes comprou dois pés de jabuticaba sabará na semana passada e pagou 
R$ 750 em cada um. “Eles serão plantados num vaso que vai ser instalado na cobertura de um apartamento no Bairro Belvedere”, explica. Fontes sugeriu ao seu cliente as jabuticabeiras porque elas são plantas consideradas completas. “Meus clientes queriam um ar de quintal na cobertura e uma jabuticabeira combinava com o desejo deles”, completa. 

Luana Amorim pôs um pé de jabuticaba à venda na internet por R$ 4 mil. Ela resolveu vender a jabuticabeira porque há algum tempo aluga um espaço de sua casa para eventos, e a demanda pelo aluguel para festas está grande. Pelo bem do negócio, resolveu se desfazer do pé de jabuticaba que plantou há cerca de 15 anos, além de duas palmeiras imperiais e da piscina. Para calcular o preço que pediria pela sua jabuticabeira, fez pesquisa na internet, onde encontrou árvores da fruta que custavam até R$ 20 mil. “Tenho pena de vender, porque a gente cultivou, mas o aluguel do espaço está dando muito retorno, por isso preciso ampliá-lo. Nunca pensei que fosse fazer isso na vida”, confessa.

FONTE: Estado de Minas.

Encontros de luz

Pela primeira vez, um veículo de comunicação acompanha o trabalho da entidade espiritual Doutor Fritz em Sabará

 

Manifestado na médium Eliane, Doutor Fritz atende mais de mil pessoas por fim de semana

 

Há 14 anos se manifestando em Sabará, o Doutor Fritz jamais permitiu que qualquer veículo de comunicação fizesse uma reportagem ali. Nunca deixou que ninguém fotografasse ou filmasse qualquer procedimento

olhos

O caminho não é tão fácil. Apesar das placas, a estrada sinuosa aumenta a tensão de quem deixou de depositar suas esperanças somente na medicina tradicional. É madrugada e a escuridão da via, cercada de mato por todos os lados, deixa dúvidas se o destino é mesmo certo. Ao longe, logo se veem as luzes. Homens, mulheres e crianças vestidas de branco se reúnem na porta da Fraternidade Olhos da Luz, em Sabará, na Grande Belo Horizonte. Estão à espera e em prece. No mesmo lugar, pacientes já aguardam o Doutor Adolph Fritz e carregam consigo dores físicas e da alma. Esperam pela cura que os médicos terrestres ainda não trouxeram. É mais uma madrugada de sábado de uma rotina que se repete há 14 anos em Sabará, sempre nos fins de semana. Mas, desta vez, há algo novo.

São 4h. Sem nos identificar, entramos no 24º lugar da fila, que, muitas vezes, pode chegar a mais de mil pessoas em um único dia. A médium Eliane, que incorpora o espírito do Doutor Fritz, não chega no horário previsto. Algo inédito para quem a conhece. Um paciente fiel da casa questiona: “Há algo estranho acontecendo. Nunca ela atrasou tanto”. Todos concordam. Três horas depois, em meio a um clima de expectativa, chega a notícia de que Eliane, de 48 anos, passou mal na noite anterior, perdeu um pouco dos movimentos das pernas e, muito debilitada, talvez não atenderia naquele sábado.

O primeiro da fila fecha os olhos e reza, em silêncio. Outros fazem o mesmo, como se, em uma conversa bem íntima, pedissem a Deus por aquele encontro. Às 7h30, voluntários começam a distribuir senhas para cada paciente e os 50 primeiros entram no salão principal. O coordenador da reunião espírita kardecista, Márcio Antônio de Miranda, lê uma carta de Eliane, em que ela pedia a todos que não deixassem o local, pois sabia da dor de cada um. Ela dizia ainda que o Doutor Fritz não se importava em fazer as cirurgias espirituais com o corpo dela em uma cadeira de rodas e, por isso, iria atender.

Uma hora depois, a médium chega no banco de trás do carro de uma voluntária da fraternidade. Muito frágil e abatida, é retirada do veículo com a ajuda de mais três pessoas e colocada na cadeira de rodas. Segue direto para a sala de cirurgia. No salão principal, a reunião prossegue com a leitura de obras espíritas. A casa está lotada. Lá fora são mais de 400 pessoas na fila. Começa o atendimento e à medida que se é chamado, por ordem de chegada, entra-se em uma sala de passe, onde voluntários fazem orações e passam boas energias. É possível já ouvir o sotaque alemão alto e forte do Doutor Fritz, que pede pressa.

“Quando abrir a porta, segure na mão do enfermeiro e entre rápido”, avisa uma das mulheres, e completa: “Há duas entidades espirituais atendendo: Doutor Hélio e Doutor Fritz. Mentalize qual você quer”. Em respeito à fé e às entidades, o Estado de Minas somente poderia fazer esta reportagem com autorização de quem orienta tudo ali: Doutor Fritz, manifestado na médium Eliane. Dentro da sala de cirurgia, um lugar escuro e com 23 voluntários, todos de jaleco, touca, luvas e máscaras, há seis macas. Fui colocada na primeira delas. Tentei achar o Doutor Fritz em meio a tanta gente. Olhava para os lados em busca da cadeira de rodas. Não achei.


Segui os conselhos e mentalizei quem gostaria que me atendesse. Veio o Doutor Fritz, em pé e com um semblante bem diferente de Eliane. A cabeça baixa, os passos firmes e a voz grossa não demonstravam a fragilidade da médium. “O que te aflige?”, perguntou, com um forte sotaque alemão. “Sou repórter, vim fazer uma reportagem sobre seu trabalho. Gostaria de sua autorização.” Com os olhos inquietos e a testa enrugada, ele aceitou meu pedido, mas disse que as “curas e alegrias são obras de Deus”, retirando desse trabalho todo o seu mérito.

PERMISSÃO
Há 14 anos se manifestando em Sabará, o Doutor Fritz jamais permitiu que qualquer veículo de comunicação fizesse uma reportagem ali. Nunca deixou que ninguém fotografasse ou filmasse qualquer procedimento. Ele abriu as portas para nós e não só permitiu que fizéssemos nosso trabalho do lado de fora da fraternidade, mas, também, dentro da sala de cirurgia, acompanhando de perto seus procedimentos espirituais. Permitiu vídeos e fotografias. Essa autorização ao EM chamou a atenção de todos, pacientes, frequentadores e voluntários, que contaram que ele teria dito que somente quando seu trabalho na Terra estivesse no fim permitiria a divulgação. É com essa missão, respeitando o espiritismo e pedindo licença a todas as religiões, que mostramos essa busca pela cura física e espiritual de milhares de pessoas, que dizem ver nesse trabalho algo divino, real e transformador.

 

Veja depoimento de pacientes e colaboradores do Doutor Fritz

Pessoas que fizeram tratamento de tumor, nódulo, depressão, câncer, problema no nervo ciático, entre outros, contam a experiência espiritual. A repórter Luciane Evans também dá o depoimento sobre os momentos que passou junto com Doutor Fritz e a equipe dele

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Tenho câncer no pâncreas. Doutor Fritz me orientou a procurar a medicina dos homens. Quando estamos com a saúde debilitada, temos o costume de culpar Deus. Mas com esse tratamento espiritual, há uma abertura de pensamento. Há um sentimento de paz enorme, há um carinho muito especial do Doutor Fritz, há luz e serenidade. É isso que nos faz chorar. Sábado não estava feliz e ele me falou: ‘Viva um dia de cada vez’. Colocou agulhas em meu corpo, que são pontos de energia. Hoje, minhas dores diminuíram e me sinto mais leve e feliz.”
Rubens Caetano de Alburquerque

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Em outubro, descobri um tumor no maxilar. Exames informaram ser benigno, mas médicos desconfiaram, pois ele só crescia, chegando ao tamanho de uma laranja. Foram mais de cinco biópsias, até que conheci Doutor Fritz e as coisas começaram a acontecer. Fiz uma cirurgia tradicional e minha recuperação foi rápida, o que surpreendeu até os médicos. O Doutor Fritz disse que me acompanhou em tudo e que só fui curado pelos méritos de Deus e meus. Hoje, continuo o tratamento espiritual. O tumor é benigno – um caso raro, que a medicina tradicional não explicou.”
Bruno André da Silva

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Era católica e um amigo me trouxe aqui. Estava com um nódulo grande na mama direita. Fiz a cirurgia espiritual e o Doutor Fritz orientou que procurasse um médico da Terra para fazer meus exames. Até que conseguisse a marcação, demorou algumas semanas. Quando cheguei na médica, o nódulo tinha desaparecido. Nem ela entendeu aquilo. Ele já me curou dos sintomas da menopausa. Outra cura foi quando sofri, em janeiro deste ano, um acidente de carro e fraturei a coluna. Fiz a cirurgia com o Doutor Fritz. Os médicos disseram que era para ter uma fratura mais grave nos ossos e não havia. Ficaram impressionados.”
Célia Borges Bonatti

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Meu filho único desencarnou há um ano e sete meses, durante uma cirurgia simples de amígdalas. Quando ele estava no CTI, minha cunhada trouxe a foto dele para o Doutor Fritz e ele respondeu a ela que ela saberia quando voltasse à fraternidade. Ela voltou um mês depois. Lucas já tinha desencarnado. Fritz disse que estava tudo bem e que ele estava sendo tratado no plano espiritual, e, em 20 dias, acordaria. Depois disso, vim aqui pela primeira vez sem minha cunhada. Mostrei a foto e ele disse que Lucas já tinha acordado e tinha sido tratado e curado. Pediu que eu viesse à reunião durante a semana. A médium Eliane apareceu na sala de reunião e disse que vinha a pedido de um menino, deu as características de Lucas. Informou que ele está bem e seu esôfago estava curado. Meu filho nasceu com um problema no esôfago, e na cirurgia de amígdalas o órgão foi perfurado. Ela não sabia disso. Em janeiro, ela psicografou uma carta com expressões dele e disse coisas que só eu e ele sabíamos. Ele pediu que não guardássemos seus brinquedos e os compartilhássemos com outras crianças. Criamos, então, o abrigo Casa Lucas, onde acolhemos, hoje, seis crianças. A casa só existe graças ao apoio que recebi aqui. Venho todos os sábados.”
Marcelo Karam

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Vim aqui há nove anos por indicação de um amigo. Sofria de muita depressão, angústia, estava passando por uma fase muito difícil na minha vida. Ele me curou. Primeiro, agradeço a Deus pela cura. Com o tratamento, tive força para ajudar minha família. Quando fiz uma cirurgia na coluna com a medicina tradicional, Doutor Fritz me disse ter estado presente em cada ponto dado, falou sem eu perguntar nada. Por se tratar de uma cirurgia tão complexa, em um mês estava caminhando. Esse trabalho é de uma grandeza sem tamanho.”
Iza Maria Ramos

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Cheguei aqui há 14 anos, com um problema no nervo ciático, e não conseguia andar. O Doutor Fritz, com a ajuda do médico Bezerra de Menezes, fez uma cirurgia em mim, que durou 15 minutos. Sentia ele mexer na minha coluna, mas não sentia dor. Voltei a andar , ele me deu como trabalho a coordenação da Campanha do Quilo, e depois a coordenação das reuniões. Vieram outras curas também.”
Márcio Antônio de Miranda,de 52 anos, dirigente das reuniões espíritas aos sábados na fraternidade

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Há três anos, minha filha apareceu com um câncer devastador e raro, altamente metastático. Passamos por uma temporada grande em um hospital de Belo Horizonte. Os médicos já estavam desacreditados. O Doutor Fritz, por meio da médium Eliane, foi ao hospital. Quando ele passava, os pacientes que estavam no mesmo corredor da minha filha recebiam alta. Era algo impressionante. Ele foi ao CTI, com a permissão do hospital, e fez a cirurgia. Ficou por duas horas com a mão na barriga dela. Três horas depois, ela foi para o quarto. Agradeço a Deus, à medicina dos homens, ao hospital, ao Doutor Fritz. Hoje, ela está ótima, voltou a estudar e a trabalhar. Meus cinco filhos são voluntários aqui. “
Sônia Cardoso, de 45, tarefeira na fraternidade, trabalha na sala de cirurgia com Doutor Fritz

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“No dia 25 de abril fez um ano que trabalho aqui. Sou de Conselheiro Lafaiete e conheci o Doutor Fritz quando ele foi atender em um centro espírita, em Belo Vale. Ele me convidou para ajudá-lo. Venho todos os sábados. Minha garganta inflamava muito, e hoje não tenho mais isso.
É tudo muito legal.”
Júlia Fernandes Melo, de 11, tarefeira na fraternidade

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press.)

“Eu e minhas filhas nos dedicamos a esse trabalho. Ana Luiza tem 7 anos e também é voluntária. Fernanda, tem 15, e trabalha auxiliando dentro da sala de cirurgia. Aqui, aprendemos a trabalhar valores, como respeito e tolerância. Nesta casa, descobri meus valores. Quando você acha que já sabe tudo, ele mostra que temos muito a aprender.”
Rodrigo de Oliveira Reis, de 38, tarefeiro na fraternidade

Depoimento da repórter
“Estar cara a cara com o Doutor Fritz não é algo simples. Confesso que tive medo e meu coração parecia sair pela boca, quando, deitada na maca, ele me perguntou o que me afligia. A primeira coisa que me chamou a atenção era o olho diferente da médium incorporada. A sala era escura, mas quando ele chegou perto de mim minha impressão é de que havia muita luz. Depois de dizer a ele que era repórter e gostaria de divulgar seu trabalho, ele retirou do bolso uma grande pinça médica, colocou-a em minhas mãos e disse que sempre lembraria desse encontro. Chorei muito, sem controle. Ele pôs uma agulha no meu peito, disse palavras que não entendi. Não houve sangue, nem dor. No outro dia, quando tirei a gaze, não havia nenhuma marca.”
Luciane Evans

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: Estado de Minas.


MINERAÇÃO

Três indiciados por mortes

Polícia Civil autuou um engenheiro e dois operadores por duplo homicídio culposo e lesão corporal após queda de elevador na Mina Cuiabá, em Sabará

Elevador despencou de 500 metros na noite de quinta-feira em mina da AngloGold e polícia abriu investigação (Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Elevador despencou de 500 metros na noite de quinta-feira em mina da AngloGold e polícia abriu investigação

Um engenheiro e dois operadores do elevador que despencou num túnel da Mina Cuiabá, da AngloGold Ashanti, em Sabará, na Grande BH, foram autuados em flagrante por duplo homicídio culposo – quando não há intenção de matar – e lesões corporais em duas pessoas. O acidente ocorreu na tarde da quinta-feira e matou dois operários e feriu outros dois, depois que o elevador despencou pelo duto com cerca de 500 metros de profundidade. Os indiciados, que são funcionários da Shaft Engenharia, empresa terceirizada pela Anglo, prestaram depoimento e foram liberados depois de pagarem fiança de R$ 1 mil cada.

Para o delegado Guilherme Guimarães Catão, da 3ª Delegacia de Sabará, que está investigando o caso, há indícios de crimes, embora os envolvidos sugerem ser uma fatalidade. “Não se trata de presumir culpa. Elevador cair não é comum. Faremos uma investigação técnica para entender o que ocorreu. Já se sabe que antes de operar o equipamento é preciso realizar um check-list, que deveria apontar qualquer problema com o equipamento.”

De acordo com o policial, o funcionário que operava o elevador, chamado de gaiola, contou que a roldana em que o cabo de aço é enrolado se desprendeu e, mesmo acionando o freio manual, não conseguiu evitar a queda. “A gaiola tinha três compartimentos. Com peso de 2,5 toneladas, o elevador desceu pelo túnel batendo nas laterais. Com o impacto ao final do percurso, os operários que estavam na parte inferior foram esmagados pela estrutura.”

O presidente do Sindicato dos Mineiros de Nova Lima e Região (Sindmineiros), Marcelino Antônio Edwirges, disse que ontem pela manhã fiscais da Superintendência Regional do Ministério do Trabalho estiveram no local do acidente fazendo levantamentos. “Na segunda-feira vamos reunir com os técnicos do ministério para definir que providências serão tomadas. Já adianto que vamos entrar com ações contra a Anglo e as empreiteiras. Essas empresas terceirizadas, dizendo-se da base da construção civil pesada, têm sonegado informações, burlando a fiscalização do sindicato”, reclamou.

Edwirges contou que os operários da Shaft trabalhavam no revestimento de um túnel de ventilação da mina. “Eles realizavam o trabalho de preparação da estrutura de contenção, instalando cabos nas paredes, antes de iniciar a concretagem.”

CUIDADOS A AngloGold Ashanti, por meio de nota, reforçou ontem que a empresa observa e aplica seus princípios e rígidos valores e não é diferente com seus fornecedores e prestadores de serviços. Dentre os cuidados estão a exigência de profissionais e empresas qualificadas, que tenham seu próprio programa de gerenciamento de risco, independentemente do porte e atividade a ser realizada nas dependências da empresa. A Anglo esclareceu ainda que a perícia foi realizada e é necessário aguardar o resultado dos trabalhos coordenados pela Polícia Civil. “Reafirmamos solidariedade com todos os familiares e amigos dos falecidos e feridos”, disse a nota.

A Shaft Engenharia, também por meio de nota, lamentou o acidente. “A empresa se solidariza com a família e está dando toda a assistência necessária neste momento. A Shaft Engenharia, que nunca teve registros de acidentes fatais anteriores, está contribuindo com as autoridades no esclarecimento dos fatos”. No acidente na mina ficaram feridos Adriano José Perrinha e Ivanildo Pereira Gomes, que tiveram fraturas graves nas pernas e escoriações. Eles não correm risco de morrer e permaneciam internados ontem no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O corpo de Luiz Alberto Santos Cerqueira, de 63 anos, será levado para o interior da Bahia, e Thiago Luiz de Oliveira, de 31, será enterrado hoje em Caeté.

FONTE: Estado de Minas.

Bombeiros resgatam trabalhadores após acidente em mina, na Grande BH

Primeiras informações dos militares apontam dois mortos e dois feridos. 
Mineradora AngloGold afirma que irá apurar motivação do acidente.

 
Acidente aconteceu no subsolo da mina. Bombeiros se mobilizaram para socorrer as vítimas.  (Foto: Humberto Trajano/ G1)Acidente aconteceu dentro de uma mina subterrânea. Bombeiros se mobilizaram para socorrer as vítimas.

O Corpo de Bombeiros realizou um resgate após a queda de uma gaiola usada para transportar trabalhadores dentro de uma mina, na tarde desta quinta-feira (20), no Complexo Cuiabá, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, dois mortos e dois feridos foram resgatados até o fim desta tarde. Às 19h, a mineradora AngloGold ainda não havia se pronunciado sobre o número de vítimas.

De acordo com os bombeiros, quatro homens estavam em uma gaiola que funciona como um elevador, com três compartimentos emendados um no outro. Dois funcionários estavam na parte de cima e dois na parte de baixo. A gaiola já tinha descido cerca de 300 metros quando houve problemas mecânicos, fazendo-os cair de uma altura de quase 500 metros. A profundidade total é de 800 metros. Segundo a corporação, os dois homens que estavam na parte de baixo da gaiola foram esmagados pelos que estavam na parte de cima. Os bombeiros informaram que todos usavam equipamentos de segurança.

Por volta das 17h50, os bombeiros informaram que um dos feridos foi encaminhado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O outro funcionário resgatado foi atendido pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital de Caeté.

Polícia indicia engenheiro e operadores pelas mortes!

A AngloGold informou que o acidente ocorreu com funcionários de uma empresa terceirizada Shaft Engenharia, que trabalhava no local e afirmou que todo o suporte está sendo dado aos feridos e aos familiares das vítimas.

No começo da noite a AngloGold informou que trabalhava com a polícia e com o Corpo de Bombeiros para conseguir informações sobre o motivo do acidente. Uma posição oficial ainda será divulgada.

FONTE: G1.


Sabará opta pela democratização do Festival da Jabuticaba

Sabará democratiza o Festival da Jabuticaba

A safra ficou atrasada este ano por causa da estiagem do inverno, mas as chuvas de outubro deixaram todas as jabuticabeiras de Sabará carregadas de frutas. Ótimo sinal para os empreendedores da região, que poderão mostrar seus produtos no 27º Festival da Jabuticaba, realizado entre sexta-feira e o próximo domingo.

O evento, unido à 11ª Feira do Artesanato de Sabará, foi transferido da Praça do Esporte para o Largo do Barão, com entrada franca. Assim, a festa poderá receber cerca de 7 mil visitantes. “A intenção é ter uma abertura democrática, com uma participação mais efetiva da população”, afirma o prefeito de Sabará, Diógenes Fantini.

Quem for ao evento vai encontrar uma programação musical e barraquinhas com dezenas de produtos criados a partir da jabuticaba: vinho, licor, geleia, compota e outros.

Gourmet

Alguns dos produtores estão associados ao programa “Jabuticaba Gourmet”, criado pela Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Sabará (Adess), com o objetivo de capacitar empreendedores, aperfeiçoando a gestão e estudando melhores formas de introduzir os produtos no mercado. O programa vai promover, na quinta-feira, um jantar comandado por grandes chefs mineiros, como Eduardo Maya e Ivo Faria.

Meire Ribeiro é uma das produtoras. Este ano, ela comprou três toneladas de jabuticaba de seus fornecedores para criação de suas receitas. Uma delas é a Geleia Gold, feita com fios de ouro 23 quilates comestível. “Nosso principal trabalho agora é introduzir os nossos produtos nos restaurantes e mercados de Belo Horizonte e outras cidades”, diz a empresária.

Iara Biasi trabalha com derivados da jabuticaba há 25 anos e comercializa 14 tipos de produtos. Boa parte da matéria-prima vem de um pé centenário de seu quintal, que deu 210 litros de frutas este ano. “Durante 21 dias, trabalhei das 8h às 2h da madrugada”.

Cultivo da fruta rende desconto de 25% no IPTU

A Prefeitura de Sabará incentiva seus moradores a cultivarem jabuticabeiras em seus quintais. Quem tem essas árvores pode obter até 25% de desconto no IPTU – e ainda ter um dinherinho extra com a venda das frutas.

Há quem prefira vender o excedente na praça. O casal Geraldo Ribeiro e Lucimar Ferreira percorrem casas da região colhendo jabuticabas para vendê-las na Praça Melo Viana. Compram o litro por R$ 1,50 e vendem por R$ 3. “Difícil é subir nas árvores para catar as jabuticabas”, diz Lucimar.

O taxista Joel Teixeira Soares tem 43 jabuticabeiras em sua casa, em Nova União. Há 12 anos, depois do período de safra, ele segue para Sabará, para vender sua produção. “Por ano, consigo em torno de 80 caixas e vendo o litro por R$ 3. É um bom dinheiro”, afirma. Cada caixa tem cerca de 30 litros.

FONTE: Hoje Em dia.


Apartamentos do Minha Casa, Minha Vida são desocupados em BH

Reintegração de posse foi pacífica e acompanhada pela Polícia Federal.
Famílias afirmam que são donas do terreno onde os prédios foram erguidos.

A ordem de reintegração de posse de um condomínio no bairro Jardim Vitória, na Região Nordeste de Belo Horizonte, foi cumprida nesta terça-feira (29). As famílias retiradas afirmam que são donas do terreno onde foram construídos apartamentos do programa Minha Casa, Minha Vida.

Os moradores acamparam em frente do residencial. Objetos, como sofá, armário e colchão, foram colocados embaixo de lonas. Os apartamentos do condomínio Esplêndido já haviam sido desocupados quando o oficial de Justiça chegou para cumprir o mandado de reintegração de posse de 92 unidades habitacionais. A saída pacífica dos moradores foi acompanhada pela Polícia Federal. Representantes da Caixa Econômica fizeram vistoria nos imóveis, e as fechaduras das portas foram trocadas.

As famílias estavam morando no local desde o início de julho. Elas afirmam que teriam feito um acordo com a prefeitura, cedendo a área em troca dos apartamentos. “Nós cedemos esse terreno de boa fé. Então, nós estamos sendo enganados pelo município, e o município tem que falar alguma coisa com a gente. Porque esse daqui é o nosso terreno. Nós não temos um outro”, diz a moradora Ednéia Aparecida de Souza.

Por meio de nota, a Caixa Econômica Federal informou que outras famílias que teriam sido contempladas pelo programa Minha Casa, Minha Vida ainda não puderam se mudar porque os apartamentos estavam ocupados. Diva Guilherme da Silva, que teve que sair do imóvel, mostrou comprovantes de pagamento. “Foi eu e meu marido que pagamos para eles. Agora na hora de entregar, eles não entregam para gente o bem”, reclama.

A Prefeitura de Belo Horizonte foi procurada e não quis se posicionar. Em julho, quando o MGTV exibiu reportagem sobre a invasão do condomínio, a administração municipal informou que desconhecia o acordo citado pelas famílias que ocuparam os apartamentos. VEJA AQUI!

VEJA AQUI: ACAMPADOS FAZEM PROTESTO!

FONTE: G1.


Ministério Público

EDITAL N.º 01/2013 – 3ª PJ Sabará

VERSÃO PARA IMPRESSÃO: Edital – Sabará

EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA CONCESSÃO DE BOLSA-AUXÍLIO PARA ACADÊMICOS DE DIREITO

 

 

            A Promotora de Justiça titular da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sabará, no uso de suas atribuições legais, torna público que se acham abertas, no período de 09 a 23/09/2013, as inscrições para a seleção pública destinada à concessão de estágio com bolsa-auxílio a acadêmicos de Direito, nos termos da Lei Federal nº 11.788/2008, da Resolução PGJ nº 38/2010 e deste Edital.

  1. 1.    Das vagas

1.1              01 (uma) vaga, de preenchimento imediato, para estagiário da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sabará/MG, com atribuições na área criminal, Infância e Juventude infracional, Juizado Especial Criminal e controle externo da atividade policial.

1.2     Os candidatos aprovados figurarão na lista de classificação e poderão ser chamados caso surjam novas vagas na 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sabará, durante o prazo de validade do concurso, item 7.2.

 

2. Das condições necessárias à inscrição

2.1 Ser estudante do curso de Direito e estar regularmente matriculado e frequente a partir do 5º período ou 3º ano para escolas de regime anual.

2.2 Disponibilidade de horário para cumprimento da jornada diária de 04 (quatro) horas, de segunda a sexta-feira, no período da tarde.

2.3 Ter conduta compatível com o exercício das atribuições de estagiário.

2.4 Estar em dia com as obrigações militares e eleitorais.

2.5 Não ter mais de uma dependência de aprovação em qualquer disciplina cursada no período ou ano anterior.

3. Das inscrições e do valor da bolsa

3.1 As inscrições serão realizadas do dia 09 a 23 de setembro de 2013, obedecidas a legislação vigente, as resoluções e as normas constantes neste edital.

3.2. O candidato, para requerer sua inscrição, deverá se dirigir à sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Sabará, situada na Rua Dom Pedro II, n.º 166, Centro, em Sabará, no período compreendido entre 13 horas e 17 horas, onde preencherá um Formulário contendo seus dados pessoais e declaração de que preenche as condições necessárias à inscrição e os requisitos para o exercício do estágio.

3.3. O candidato poderá, também, requerer sua inscrição por fax, remetendo o Formulário de Inscrição, constante do Anexo II, devidamente preenchido, para a sede das Promotorias de Justiça, através do número (31) 3671.4251, confirmando o recebimento junto à atendente, através daquele número telefônico.

3.4. O candidato poderá, ainda, requerer sua inscrição por meio eletrônico, enviando o Formulário de Inscrição, constante do Anexo II, devidamente preenchido, para a 3ª Promotoria de Justiça, através do endereço eletrônico pj3sabara@mpmg.mp.br, confirmando o recebimento através do telefone (31) 3671.4251.

3.5. Optando pela opção descrita no item 3.4, o candidato só estará autorizado a realizar a prova depois de validar sua inscrição, assinando o Formulário, em que declara preencher as condições necessárias à inscrição e os requisitos para o exercício do estágio.

3.6. Para a solução de qualquer problema ou dúvida sobre a inscrição, o candidato deverá entrar em contato com a 3ª Promotoria de Justiça pelo telefone (31) 3671.4251.

3.7. As vagas regidas pela Procuradoria-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais terão bolsa-auxílio correspondente a R$545,00 (quinhentos e quarenta e cinco reais) juntamente com R$107,80 (cento e sete reais e oitenta centavos) de vale-transporte, totalizando o valor de R$ 652,80 (seiscentos e cinquenta e dois reais e oitenta centavos).

4. Das disposições finais relativas às inscrições

4.1. Este Edital, contendo o programa, ficará à disposição para consulta na sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Sabará, no endereço referido no item 3.2 deste Edital, bem como no sítio institucional do Ministério Público, http://www.mpmg.mp.br, no link “concursos”.

4.2. As informações constantes do Formulário de Inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, não se responsabilizando o Ministério Público do Estado de Minas Gerais por quaisquer atos ou fatos decorrentes de informações inexatas ou incompletas.

4.3. A inscrição implicará o conhecimento e a aceitação das normas regedoras do certame ora estabelecido.

4.4. A constatação, em qualquer época, de irregularidade, inexatidão de dados ou falsidade de qualquer declaração, na inscrição, implicará a eliminação do candidato, cancelando-se sua inscrição e anulando-se todos os atos dela decorrentes, sem prejuízo das sanções civis e penais cabíveis.

 

5. Das atribuições dos estagiários

5.1. Pesquisar conteúdo doutrinário ou jurisprudencial e estatísticas, necessários ou convenientes ao correspondente exercício funcional.

5.2. Acompanhar diligências de investigação quando solicitado, exceto as de polícia judiciária e aquelas para apuração de infrações penais.

5.3. Estudar matérias que lhe sejam confiadas, propondo a adoção dos procedimentos consequentes.

5.4. Prestar atendimento ao público, nos limites da orientação que venha a receber.

5.5. Controlar a movimentação dos processos judiciais, acompanhando a realização dos correspondentes atos e termos.

5.6. Executar serviços de digitação, correspondência, registro e arquivo.

5.7. Colaborar nos serviços administrativos da Promotoria de Justiça, afetos aos processos.

5.8. Participar das sessões públicas, auxiliando, quando solicitados.

5.9. Desempenhar outras atividades que lhe forem delegadas, compatíveis com sua condição acadêmica.

6. Das provas

6.1 Modalidade de prova

O concurso compreenderá 01 (uma) prova, composta por 10 (dez) questões de múltipla escolha, com valor de 05 (cinco) pontos cada, e 02 (duas) questões discursivas, com valor de 25 pontos cada, totalizando 100 (cem) pontos, versando sobre as matérias contidas no Anexo I do presente Edital.

6.2 Da realização das provas

6.2.1. A prova será realizada no dia 02 de outubro de 2013, às 09:00 horas, na sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Sabará, localizada na Rua Dom Pedro II, n.º 166, Centro, em Sabará/MG.

6.2.2. Excepcionalmente, havendo grande número de inscritos, a prova será realizada em outra localidade, dentro da área central do Município, mediante prévio aviso a todos os candidatos inscritos, afixação de comunicado na sede do Ministério Público na Comarca, e divulgação no sítio institucional do Ministério Público, www.mpmg.mp.br, no link “concursos”.

6.2.3 Para a realização da prova, o candidato deverá comparecer ao local previsto com, no mínimo, 30 (trinta) minutos de antecedência, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, lápis e borracha.

6.2.4. Não se admitirá a entrada, no recinto das provas, do candidato:

  1. que não estiver munido do documento de identidade (contendo no mínimo foto recente, filiação e assinatura) informado no ato da inscrição;
    1. que se apresentar após o horário indicado para início das provas.

6.2.5 Durante a realização das provas, será adotado o procedimento de identificação civil dos candidatos, mediante verificação do documento de identidade e da coleta da assinatura. O candidato que se negar a ser identificado terá a sua prova anulada e com isto será automaticamente eliminado da seleção pública.

6.2.6 Será excluído do exame:

  1. o candidato que se retirar do recinto durante a realização das provas sem autorização;
  2. o candidato colhido em flagrante comunicação com outro candidato ou pessoa estranha, verbalmente, por escrito ou qualquer outra forma, ou que utilizar notas, livros, impressos ou qualquer meio de consulta não autorizada;
  3. o candidato que estiver portando ou fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação (pagers, celulares, beeps etc.);

6.2.7. Será também excluído do exame, por ato da Coordenação do Exame de Seleção, o candidato considerado culpado de incorreção ou desrespeito para com os aplicadores de prova, seus auxiliares ou qualquer outra autoridade presente.

6.2.8. O candidato terá o prazo máximo de 03 (três) horas para concluir a prova a que se refere o item 6.1.

6.3 Da avaliação das provas e da classificação dos candidatos

6.3.1. A prova valerá 100 pontos totais.

6.3.2. Ficará automaticamente eliminado o candidato que não obtiver, no mínimo, 60% (sessenta por cento) dos pontos da prova.

6.3.3. A nota final do candidato corresponderá à soma das notas obtidas em cada questão da prova, sendo indicados para ocuparem as vagas disponibilizadas os candidatos que obtiverem a maior nota, por ordem de classificação, observados os seguintes critérios de desempate:

a- maior nota na prova discursiva;

b- período mais avançado do curso de Direito à época da inscrição para o exame de seleção;

c- maior idade.

6.4 Do resultado

6.4.1. A classificação e o resultado provisório das provas serão divulgados no dia 08 de outubro de 2013 na sede das Promotorias de Justiça de Sabará e no sítio institucional do Ministério Público, endereço: http://www.mpmg.mp.br, no link “concursos”.

6.4.2. A classificação final e o resultado definitivo, após a correção de eventuais recursos, serão divulgados no dia 15 de outubro de 2013 na sede das Promotorias de Justiça de Sabará e no sítio institucional do Ministério Público, http://www.mpmg.mp.br, no link “concursos”.

6.5 Dos recursos

6.5.1. Os recursos contra o gabarito oficial deverão ser apresentados, fundamentadamente, no dia 09 de outubro de 2013 (primeiro dia útil após a divulgação do resultado provisório), no gabinete da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sabará, entre 13 horas e 17 horas, endereçados à Coordenadoria do Exame de Seleção Pública para concessão de estágio com bolsa-auxílio aos acadêmicos do curso de Direito.

7. Das disposições gerais

7.1. Todas as instruções, convocações e avisos relativos ao exame regido por este Edital serão fixados na sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Sabará e no sítio institucional do Ministério Público, http://www.mpmg.mp.br, no link “concursos”.

7.2. O Exame de Seleção Pública vigorará por 01 (um) ano, podendo ser renovado por igual período, contado da data da divulgação do resultado final da seleção.

7.3. A duração máxima do estágio é de 02 (dois) anos, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência, conforme estabelecido no caput do art. 11 da Lei Federal nº 11.788/2008, de 25 de setembro de 2008.

7.4. A aprovação no Exame de Seleção Pública não assegura ao candidato o direito à nomeação, mas essa, quando ocorrer, dar-se-á na estrita ordem de classificação, observada a disponibilidade de vagas, nos termos do artigo 8º da Lei Estadual nº 14.323, de 20/06/02.

7.5. As nomeações serão feitas pelo Diretor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do Ministério Público até o dia 21 de cada mês ou primeiro dia útil subsequente (art. 28 da Resolução 73/2008).

7.6. Em caso de desistência, desligamento voluntário ou não, será convocado para a vaga o candidato seguinte, observada a ordem de classificação.

7.7. O candidato aprovado, convocado por telefone, correio, ou mensagem eletrônica com confirmação de leitura, deverá, nos termos da Resolução PGJ nº 03/2011, apresentar-se no prazo de 05 (cinco) dias úteis da divulgação do resultado definitivo na 3ª Promotoria de Justiça de Sabará, munido dos documentos abaixo relacionados:

  1. fotocópia de carteira de identidade;
  2. fotocópia do CPF;
  3. 02 (duas) fotos 3×4, com identificação do candidato no verso;
  4. comprovante de residência;
  5. histórico escolar atualizado;
  6. declaração atualizada de regularidade escolar, com indicação do ano ou período do curso de bacharelado em Direito que está cursando e as disciplinas ministradas;
  7. número de agência e de conta corrente no Banco do Brasil, podendo ser conta universitária;
  8. exame médico que comprove aptidão para a realização do estágio;
  9. declaração pessoal, de disponibilidade de horário e de inexistência de antecedentes criminais, de acordo com modelo disponível no gabinete da 3ª Promotoria de Justiça de Sabará;
  10. Termo de Compromisso (modelo disponibilizado pela Procuradoria-Geral de Justiça) assinado pelas partes envolvidas.

7.8. A 3ª Promotoria de Justiça de Sabará deverá proceder ao encaminhamento de toda a documentação do item 7.7 para a Diretoria de Estágios e Convênios Acadêmicos do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do Ministério Público – CEAF, nos moldes da Resolução PGJ nº 59/2009.

7.9. A falta de qualquer um dos documentos acima citados no item 7.7 implicará a não nomeação do candidato aprovado e a renúncia tácita à bolsa, ocasião em que será chamado o candidato excedente, obedecida a ordem de classificação.

7.10. A inscrição implicará o reconhecimento e a aceitação, por parte do candidato, do que determinam as legislações de estágio vigente, as Resoluções da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais e este Edital e, ainda, a declaração tácita de que, na data de sua realização, ele atende aos requisitos exigidos ao preenchimento da vaga.

7.11. A realização do estágio reger-se-á nos moldes da legislação pertinente e da Resolução PGJ nº 03, publicada em 20/01/2011.

7.12. Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenadoria do Exame de Seleção Pública para estagiário, composta pela Promotora titular da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sabará, que subscreve o presente Edital.

Sabará, 05 de setembro de 2013.

Cynthia Duarte Vilela

Promotora de Justiça

3ª Promotoria de Justiça de Sabará

Anexo I

Programa da prova a que se referem os itens 6.1

 

DIREITO CONSTITUCIONAL

– Princípios

– Direitos e garantias fundamentais

DIREITO PENAL

– Princípios

DIREITO PROCESSUAL PENAL E LEGISLAÇÃO ESPECIAL

– Princípios

– Leis n.°: 9.099/95 – 11.340/06 – 11.343/06 – 7.210/84

– Decreto Lei n.° 3.688/41

PRINCÍPIOS INSTITUCIONAIS DO MINISTÉRIO PÚBLICO

– Conceito e Natureza Jurídica do Ministério Público

– Atribuições

– Princípios Constitucionais

– Vedações e Prerrogativas Constitucionais

– Lei Complementar Estadual nº 34/94

– Lei Federal nº 8.625/93

– Constituição Federal: artigos 127 a 130

ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

– Lei nº 8.069/90

Anexo II

 

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

Nome do Candidato: _____________________________________________________________________________________

Sexo: (   )F (   ) M   –    Data de nascimento: ___/___/_____  –  Naturalidade: ____________________

RG: ______________________   Órgão Expedidor: ___________  CPF: ________________________                                     

Nacionalidade: _____________________

Filiação: _____________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________

Endereço: ____________________________________________________, n.°: _____, compl.: ______

Bairro: _________________________ Cidade: _______________________________ Estado: ______

Telefones: ________________________________ E-mail: ____________________________________

 

Faculdade: __________________________________________________________________________

Período/Ano: _______________________                    Cidade: ________________________________

Dependências ou pendências na instituição de ensino: ______________________________________

____________________________________________________________________________________

 

Data da inscrição: _____/_____/_____

 

Declaro, para os devidos fins, serem verdadeiras as informações prestadas acima e, nos termos do item 3.2 do Edital n.º 01/2013 – 3ª PJ Sabará, do qual este faz parte, preencher as condições necessárias à inscrição e os requisitos para o exercício do estágio.

 

Assinatura: ________________________________________________________

 


CO 152/2013 – Paralisação do Sistema Produtor Rio das Velhas – DIA 1º/09

A Copasa programou para o próximo domingo, 1º de setembro, a paralisação do Sistema Rio das Velhas, localizado em Nova Lima – o maior complexo produtor de água tratada da empresa. A medida tem por objetivo a execução dos serviços complementares da obra de ampliação da unidade. A previsão é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da noite de domingo e na madrugada da segunda-feira, 2/9.

O Sistema Rio das Velhas é responsável pelo atendimento com água tratada para cerca de 60% de Belo Horizonte e 40% da Região Metropolitana. A paralisação do sistema no próximo domingo atingirá bairros de Belo Horizonte, Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Luzia, englobando uma população de 2,2 milhões de pessoas.

Modernização e ampliação do Sistema Rio das Velhas
Devido à importância estratégica, a Copasa está realizando um grande investimento para garantir a segurança operacional do Sistema Rio das Velhas e para ampliar sua capacidade produtiva, que hoje alcança em média 520 milhões de litros de água tratada por dia. Nessa etapa do empreendimento, estão sendo investidos cerca de R$ 72 milhões. Dentre as mudanças previstas estão ainda a automação do sistema e consequente aumento da eficiência.

Os investimentos são necessários para que a capacidade de abastecimento acompanhe o crescimento acelerado da Região Metropolitana, garantindo a qualidade dos serviços prestados.

Para melhor aproveitar a paralisação do abastecimento, os trabalhos de manutenção no domingo alcançarão outros setores operacionais da Copasa, que também executarão variados serviços preventivos e corretivos em outras redes produtoras e distribuidoras de água tratada.

Regiões onde haverá suspensão do fornecimento de água

BELO HORIZONTE: Aarão Reis, Aeroporto, Alípio de Melo, Alto Barroca, Alto Colégio Batista, Alto dos Pinheiros, Alto Vera Cruz, Álvaro Camargo, Alvorada, Anchieta, Aparecida, Aparecida 7ª Seção, Baleia, Bandeirantes, Barro Preto, Barroca, Belmonte, Betânia, Boa Vista, Bom Jesus, Bonfim, Borges, Cabana, Cachoerinha, Caetano Furquim, Cafezal, Caiçara, Calafate, Califórnia, Campus da PUC, Campus da UFMG, Caparaó, Capitão Eduardo, Carlos Prates, Carmo, Casa Branca, Castanheira, Celeste Império, Celso Machado, Centro, Chácaras Montevidéu, Cidade Jardim, Cidade Nova, Cidade Universitária, Cinquentenário, Colégio Batista, Concórdia, Conjunto Califórnia, Conjunto Felicidade, Conjunto Itacolomi, Conjunto Novo Aarão Reis, Conjunto Ribeiro de Abreu, Conjunto Santa Maria, Conjunto Santos Dumont, Coração de Jesus, Coração Eucarístico, Cruzeiro, Da Graça, Dom Bôsco, Dom Cabral, Dom Joaquim, Dom Silvério, Dona Clara, Ermelinda, Esplanada, Estoril, ETE/Arrudas, Eymard, Fazendinha (Aglomerado da Serra), Fernão Dias, Flamengo, Floresta, Frei Eustáquio, Funcionários, Gameleira, Glória, Goiânia, Gorduras, Gorduras de Cima, Grajaú, Granja Werneck, Guarani, Gutierrez, Havaí, Heliópolis, Horto, Humaitá, Inconfidência, Indaiá, Industrial Rodrigues da Cunha, Instituto Agronômico, Ipanema, Ipiranga, Jaraguá, Jardim América, Jardim das Rosas, Jardim Pirineus, Jardim Taquaril, Jardim Vitória, João Pinheiro, Jonas Veiga, Lagoinha, Liberdade, Lourdes, Luxemburgo, Maria Goretti, Maria Virgínia, Mariano de Abreu, Minas Brasil, Minaslândia, Modelo, Monsenhor Messias, Monte Azul, Morro das Pedras, Nazaré, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora de Fátima, Nova Cachoeirinha, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Floresta, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Suíça, Nova Vista, Novo Aarão Reis, Novo Alvorada, Novo São Lucas, Ouro Preto, Padre Eustáquio, Palmares, Pampulha/São José, Paraíso, Parque Riachuelo, Patrocínio, Paulo VI, Pedreira Prado Lopes, Pedro II, Pindorama, Pirajá, Pompéia, Pousada Santo Antônio, Prado Lopes, Prado, Primavera, Primeiro de Maio, Primeiro de Novembro, Progresso, Providência, Recreio, Renascença, Ribeiro de Abreu, Rodrigues Cunha, Sagrada Família, Salgado Filho, Santa  Efigênia, Santa Amélia, Santa Cruz, Santa Inês, Santa Rosa, Santa Tereza, Santa Terezinha, Santo Agostinho, Santo André, Santo Antônio, São Bento, São Bernardo, São Cristóvão, São Francisco, São Gabriel, São Geraldo, São Gonçalo, São João Batista, São José, São Lucas, São Luiz, São Marcos, São Paulo, São Pedro, São Salvador, Saudade, Savassi, Senhora dos Passos, Serra, Silveira, Sion; Sumaré, Suzana, Tabelião Ferraz, Taquaril, Tupi, União, Universitário, Vera Cruz, Vila Brasília, Vila Canadá, Vila Indaia, Vila Ipê, Vila Luiz de Abreu, Vila Maria Aparecida, Vila Maria Virgínia, Vila Mauá, Vila Maura, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Oeste, Vila Paris, Vila Santa Maria, Vila Santo Agostinho, Vila Silveira, Vista Alegre e Vista do Sol.

NOVA LIMA: Sede do município, exceto a região das Seis Pistas, Jardim Canadá e Macacos.

RAPOSOS – Todo o município.

SABARÁ:
  Sede do município, exceto Distrito de Ravena.

SANTA LUZIA: Todo o município, exceto a região do São Benedito.

FONTE: Copasa.


Famílias de BH doam terreno, mas ficam sem moradia
Centenas de apartamentos foram construídos no bairro Jardim Vitória

Duzentos e oitenta e uma famílias que se uniram em uma cooperativa, há 14 anos, para comprar um terreno e realizar o sonho da casa própria podem ficar sem o imóvel.

Elas foram excluídas do cadastro do programa “Minha Casa, Minha Vida”, em Belo Horizonte, por não se encaixarem nos pré-requisitos do programa.

Porém, a área de 50 mil m2 onde os apartamentos foram construídos, no bairro Jardim Vitória, região Nordeste de BH, foi comprada pelas próprias famílias. No fim da década de 90, elas se uniram em uma cooperativa e pagaram, cada uma, R$ 6 mil.

A Cooperativa Habitacional Metropolitana LTDA (Cohabita), que representa os moradores, doou o terreno à Prefeitura de Belo Horizonte e à construtora Emccamp para a construção de três residenciais. Como contrapartida, receberiam os apartamentos.

Ao todo, 2 mil unidades foram erguidas no habitacional Jardim Vitória II. Desse total, 681 foram destinadas ao pessoal da cooperativa e o restante, a outros inscritos do município no Minha Casa, Minha Vida.

Outras 400 famílias integrantes da cooperativa estão regularizadas e aguardam o recebimento das chaves no mês que vem. Quanto às 281 que ficaram de fora, a Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel) alega incompatibilidade com as regras do Minha Casa, Minha Vida e do sistema habitacional do município. Para ser beneficiado com a casa própria, é preciso comprovar residência fixa em Belo Horizonte por dois anos.
Revolta

Com esta exigência, 86 sócios da Cohabita que vivem em outros municípios ficaram de fora. A doméstica Aurinete Alves de Souza, de 34 anos, não teve seu nome aprovado por morar em Sabará. Ela tem quatro filhos e vive em um imóvel alugado.

“No acordo firmado com a prefeitura e a construtora, não havia exigência de comprovação de endereço”, diz Edneia Aparecida de Souza, uma das diretoras da Cohabita. Segundo ela, a Urbel não aprovou no cadastro os sócios da Coahabita que moram sozinhos, alegando que uma pessoa não constitui uma família. “Vamos acionar o Ministério Público antes de entrar na Justiça”, disse.

A Urbel não explicou o motivo da exclusão de famílias membro da cooperativa residentes em Belo Horizonte.

 

VEJA AQUI:  ACAMPAMENTO EM FRENTE AO CONDOMÍNIO FAZ ANIVERSÁRIO COM PROTESTO!

 FONTE: Hoje Em Dia.


Prevista para ser concluída há quatro décadas. A União não consegue sequer comprador para terreno de 50 hectares na RMBH

Ícone das obras abandonadas, a Ferrovia do Aço fincou as raízes do desperdício no trecho entre Nova Lima, Belo Horizonte e Sabará, com túneis e pilares de viadutos construídos na década de 1970 e que nunca foram utilizados. Como a promessa era de que a linha seria concluída em menos de três anos, ela foi apelidada de Ferrovia dos Mil Dias. Ninguém quis ficar com a herança do governo militar. Em dois leilões para vender parte do terreno com as obras inacabadas nenhum comprador fez oferta. O Estado de Minas publica desde ontem reportagens sobre pontes, viadutos e estradas abandonadas que prejudicam os moradores de seu entorno e ilustram o desdém com que o dinheiro público é tratado.

Ferrovia

O trecho do que deveria ser a Ferrovia do Aço à venda é um terreno de quase 50 hectares, considerado não operacional pela extinta Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA), na antiga Fazenda Marzagão, que pertence à Secretaria de Patrimônio da União (SPU), negociado pela Caixa Econômica Federal (CEF). Já foram abertas duas concorrências públicas: a primeira em maio de 2011 e a segunda em junho do ano passado. Nenhuma proposta foi apresentada e o imóvel ficou disponível na modalidade venda direta, sem concorrência pública. Nesse caso, também não houve interessado. A CEF reavaliou a área e o preço atual é R$ 21,9 milhões. Em breve, será lançada uma nova concorrência pública. Para tentar se livrar da “herança maldita”, o governo federal possibilita o parcelamento em até 60 vezes, com taxa de juros de 10% ao ano.

ferrovia2

A Ferrovia do Aço foi uma das obras faraônicas que o governo militar empreendeu na década de 1970. Além dela, o regime construiu outras obras suntuosas, como a Ponte Rio-Niterói, a Rodovia Transamazônica e a usina hidrelétrica de Itaipu. O obra serviria para escoar o minério de Minas para Rio de Janeiro e São Paulo. No entanto, apenas o trecho entre Itabirito e Volta Redonda (RJ) foi construído. O percurso entre Minas e São Paulo não foi iniciado. Entre Itabirito e a capital mineira ficaram os trechos abandonados. Quando a ferrovia foi planejada, o país vivia o período que ficou conhecido como milagre econômico, com a economia crescendo a taxas superiores a 10% ao ano.

O valor de toda a ferrovia é estimado em US$ 1,8 bilhão (R$ 3,5 bilhões). Os pilares dos viadutos inacabados podem ser vistos por quem vai de Belo Horizonte a Sabará seguindo pela Avenida dos Andradas, na Região Leste, antes de chegar ao Bairro General Carneiro.

Anel Leste

Enquanto o governo federal tenta vender parte das obras abandonadas, está com a Prefeitura de Belo Horizonte um projeto para usar os túneis e estruturas na construção de um anel ferroviário, que ligaria a Região Sul de Belo Horizonte à Região Leste, conectando a saída para o Rio de Janeiro da BR-040 com a saída para Vitória na BR-262. O deputado estadual Paulo Lamac (PT), que coordena a Frente Parlamentar de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo, já levou seus colegas deputados para visitar os locais e garante que o projeto está com o poder municipal. O autor do texto é o arquiteto e urbanista Radamés Teixeira.

“O projeto inclui uma grande estação ao lado dos motéis na saída para o Rio. Ali teríamos um grande estacionamento, incentivando aqueles que têm carros a usarem um transporte coletivo rápido e eficiente. Um ramal iria até a Região Leste de BH, utilizando o espólio da Ferrovia do Aço e parte da malha ferroviária abandonada que vai até a região da Mina de Águas Claras. Outro ramal poderia, inclusive, chegar até o Barreiro, já que há toda uma estrutura de trilhos também”, explicou o deputado Paulo Lamac.

Ele não acredita que a venda do terreno possa impedir os planos da construção do Anel Leste, como é chamado o projeto. “Poderia ser interessante para conseguir um parceiro e fazer uma parceria público-privada (PPP)”, explica. O deputado reforça que tão importante quanto os túneis e esqueletos dos viadutos é a preparação do terreno, que está concluída há décadas. Por enquanto, o Anel está só no papel.

Economês/português

Milagre Econômico

O regime militar brasileiro conseguiu sobrevida graças às condições econômicas da época. Entre 1968 e 1973, o Produto Interno Bruto (PIB) crescia cerca de 10% ao ano. Setores como a construção civil e a indústria atingiam índices ainda mais elevados. O milagre começou a ruir em 1974, com a crise mundial do petróleo. Como os militares que comandavam o país abusaram dos empréstimos internacionais para financiar as obras faraônicas, a dívida externa explodiu. Seguiu-se então um período de inflação elevadíssima, que só foi terminar em 1994, no fim do governo Itamar Franco, quando foi instituído o Plano Real. Apesar do crescimento da economia, não houve justiça social, o que aumentou ainda mais a desigualdade da sociedade brasileira.

FONTE: Estado de Minas.


%d blogueiros gostam disto: