.
Táxi
Atenção, belo-horizontinos que têm o hábito de usar táxi para se locomoverem pela cidade. A partir de meia-noite desta quinta-feira (8), as corridas irão ficar mais caras.
.
De acordo com a BHTrans, empresa que administra o trânsito na capital mineira, os aumentos serão publicados no Diário Oficial do Município (DOM) desta quarta-feira (7).
.
Segundo o órgão, a bandeirada passa de R$ 4,10 para R$ 4,20, o quilômetro rodado na bandeira 1 de R$ 2,40 para R$ 2,58 e na bandeira 2 de R$ 2,88 para R$ 3,10. A combinação da corrida média de 5 km muda de R$ 16,10 para 17,10, um reajuste de 6,21%. Já a hora parada aumenta de R$ 23,40 para R$ 24,85, o volume transportado com dimensões acima de 60 cm de R$ 1,20 para R$ 1,30 e o transporte de carrinho de supermercado de R$1,70 para R$ 1,80.
.
Os preços do serviço de Táxi Lotação para o Mineirão e o Mineirinho também terão seus valores modificados. A viagem com origem no Centro com valor de R$ 7,50 vai para R$ 8. Já a viagem de Contagem, na Grande BH, para o Mineirão/Mineirinho, de R$ 10,50, vai custar R$ 11,10. A de Contagem (Cidade Industrial) também para os estádios será alterada de R$ 8,50 para R$ 9,00. Já para o Aeroporto de Confins permanece a cobrança pelo taxímetro, sem taxa de retorno. Isso vale para os municípios que formam a “Praça Integrada”, como Belo Horizonte, Contagem, Ibirité, Ribeirão das Neves e Sabará.
.
Ainda conforme a BHTrans, para cobrar os novos valores, os taxistas devem procurar as tabelas de correção da tarifa, que serão distribuídas pelo Sindicato dos Taxistas (SINCAVIR). Sendo válido lembrar que, até que o taxímetro do profissional seja aferido pelo Inmetro, ele é obrigado a andar com a tabela. Assim como, o mesmo documento, mas em forma de adesivo, tem que ser afixado no vidro traseiro esquerdo dos veículos, com os valores das tarifas no lado de dentro, mesmo após a aferição dos taxímetros.
.
A última vez as tarifas dos serviços de táxis de Belo Horizonte foram reajustadas foi em 23 de março do ano passado.
.
FONTE: Hoje Em Dia.