Antequam noveris, a laudando et vituperando abstine. Tutum silentium praemium.

Arquivo do mês: agosto 2019

Comércio divulga o que abre e fecha durante o feriado em BH

O funcionamento será alterado devido à homenagem Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira da capital mineira


Nesta quinta-feira, dia 15 de agosto, comemora-se o dia da Nossa Senhora da Boa Viagem, santa padroeira de BH, feriado de tradição católica conhecido na Igreja como dia da Assunção de Nossa Senhora, que arrasta centenas de belo-horizontinos às igrejas e ruas de Belo Horizonte. Desta forma, as pessoas que vão passar o recesso na cidade, devem ficar atentos ao funcionamento do comércio na capital mineira.

 

De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH),  o comércio poderá funcionar durante o dia 15 de agosto. Porém, segundo a nota publicada, os lojistas podem escolher se vão abrir suas lojas ou não. O comércio atacadista e o varejista de automóveis e acessórios devem permanecer fechados.

Shoppings:

  • BH Shopping: Lojas abertas das 14h às 20h. O Carrefour e a Drogaria Araujo, das 8h às 21h. As Lojas Americanas, Droga Raia e a Drogaria Pacheco das 12h às 20h. O Hot Zone, por sua vez, abre às 13h e fecha às 21h. A praça de alimentação e área de lazer do shopping funcionarão em horário normal.
  • DiamondMall: Lojas abertas das 14h às 20h. A praça de alimentação e o cinema f funcionarão em horário normal. Já o Verdemar das 7h às 21h.
  • Pátio Savassi: Lojas das 14h às 20h. A praça de alimentação e área de lazer, funcionarão em horário normal. O Verdemar vai abrir das 7h às 21h e as Lojas Americanas vão abrir das 12h às 21h.
  • Itau Power Shopping: Terá funcionamento normal, das 10h às 22h. A praça de alimentação, lazer e cinema funcionam das 10h às 23h.
  • Boulevard Shopping: Lojas abertas das 14h às 20h. A praça de alimentação, das 21h às 22h e o cinema segue sua programação.
  • Shopping Cidade: O shopping não vai abrir durante o feriado.

.

 

FONTE: Estado de Minas.


O petista deverá ser levado para a Penitenciária II de Tremembé, no Vale do Paraíba, interior paulista

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 73 anos, será transferido para São Paulo. A decisão é da juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, que acolheu pedidos da Polícia Federal e da defesa de Lula, considerando que há ‘plena pertinência de transferência’ para estabelecimento localizado no Estado. O petista deverá ser levado para a Penitenciária II de Tremembé, no Vale do Paraíba, interior paulista. O ex-presidente está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde 7 de abril de 2018, para cumprimento da pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá.

A Polícia Federal vinha alegando que a permanência de Lula em suas dependências vinha causando ‘transtorno às funções do órgão’. O ex-presidente ocupa uma sala especial, isolado da carceragem.

“Não mais subsiste razão para a manutenção do executado (Lula) neste Estado do Paraná”, decidiu Carolina.

Em abril, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá, mas reduziu na pena imposta ao petista pelo TRF4 de 12 anos e 1 mês de prisão para 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão. Em 1ª instância, o então juiz Sérgio Moro havia condenado o ex-presidente a nove anos e seis meses de reclusão.

A Polícia solicitou que a Justiça considerasse a possibilidade de remoção de Lula para um estabelecimento prisional adequado para o cumprimento da pena, ‘minimizando as demandas apresentadas diariamente à Polícia Federal e demais instituições envolvidas, reduzindo gastos e o uso de recursos humanos, bem como devolvendo à região a tranquilidade e livre circulação para moradores e cidadãos que buscam serviços prestados pela Polícia Federal’.

Carolina Lebbos ponderou que ‘a permanência do apenado na Superintendência da Polícia Federal no Paraná, conforme inicialmente determinado pelo Juízo da condenação, mostrou-se efetivamente prudente e necessária’.

“No contexto apresentado exigia-se a manutenção da custódia em local em que as autoridades pudessem preservar ao máximo as condições de segurança pessoal do detento e, concomitantemente, garantir com plenitude a efetividade no cumprimento da sanção aplicada em decorrência do reconhecimento do cometimento do ilícito e, concomitantemente, garantir com plenitude a efetividade no cumprimento da sanção aplicada em decorrência do reconhecimento do cometimento do ilícito”, anotou Carolina.

Para a juíza, o local inicialmente indicado (sede da PF) ‘se apresentou o mais adequado ao alcance dessas finalidades, considerando ainda a necessidade da permanência do executado no Estado do Paraná, diante da existência de ações penais em curso nesta Subseção Judiciária, com instrução pendente’.

“Não se vislumbrava, neste Estado, outro local de custódia adequado, concorrentemente, ao resguardo da segurança do apenado e do corpo social e à garantia de efetividade da execução penal”, assinalou Carolina Lebbos. “Contudo, ora ponderados tais fatores, não mais se constatam, sob um juízo de proporcionalidade, razões para a manutenção do apenado no atual local de encarceramento, sendo mais adequado que o cumprimento de pena se dê próximo ao seu meio familiar e social.”

A juíza destacou que existem outras ações penais em curso em que o ex-presidente é réu – o caso do sítio de Atibaia, no qual o petista já foi condenado a uma pena de 12 anos e 11 meses de reclusão pela juíza Gabriela Hardt, e do terreno para o Instituto Lula, que está para ser sentenciada.

Ela ressaltou: “Ocorre que ambas contam, atualmente, com instrução processual encerrada. A primeira já foi inclusive sentenciada, encontrando-se em grau recursal. Em relação à segunda, houve indeferimento, no presente ano, do pleito defensivo de novo interrogatório, finalizando-se a instrução. Os autos encontram-se conclusos para sentença.”

.

FONTE: O Tempo.


Daniela Escobar quase perde a mão por levar mordida de gato: entenda!

Professora da Escola de Veterinária da UFMG explica que mordidas de cachorros e de gatos são perigosas

A atriz Daniela Escobar passou por um perrengue nesta semana. Ela foi mordida por seu gato de estimação e, pelas redes sociais, contou que quase teve que amputar a mão. O portal O TEMPO, então, procurou saber: a mordida do felino é tão perigosa assim?

De acordo com Junia Maria Cordeiro Menezes, professora da Escola de Veterinária da UFMG, as mordidas de cachorros e gatos são perigosas. “Os dentes desses animais podem provocar uma ferida profunda. As bactérias que estão na boca desses bichos podem causar infecção”, explica. “Por isso tem que procurar o médico imediatamente”, afirma.

A professora Junia Menezes chama atenção para uma coisa: mesmo que os animais pareçam saudáveis e sejam vacinados, a mordida deles pode provocar infecções graves, e a pessoa pode ter paralisia no membro ferido, correndo o risco de ter que amputá-lo.

O que fazer caso seja mordido?
– Lave bem o local da mordida com água e sabão;
– Procure atendimento médico imediatamente;
– Procure saber se o animal é saudável e olhe se ele tem alguma ferida no corpo. Informe ao médico esses detalhes.

View this post on Instagram

Meu amor pelos meus gatos é incondicional, mas passei por uma situação que nunca pensei. Imagina o médico te dizer que é possível você perder sua mão em apenas alguns dias?? Uma mordidinha de gato pode causar isso. Meu gato que já tem 5 anos e é a mais dócil das criaturas, dormia profundamente embaixo da mesa quando inventei de fazer um carinho na cabecinha dele. Num susto e reflexo muito rápido mordeu minha mão. Pra ser objetiva, na saliva de 90% dos gatos, mesmo os saudáveis e vacinados como os meus, existe uma bactéria, que em poucas horas vai paralisando seus dedos ate ficarem roxos, gangrena, e pode ser necessário amputar os dedos ou até a mão se não medicar com antibióticos imediatamente. Os médicos me explicaram que é a defesa natural deles. Que é muito comum e o perigo é se não medicar imediatamente. Minha mão doía de chorar, em 24hs meus dedos estavam duros e não mexiam, foram quatro dias de injeções, hospital, e muita meditação porque nem fechar o botão das calças eu conseguia sozinha porque foi justo na mão direita… Eu vomitava o antibiótico porque não estou acostumada a toma-los. Então precisava ser injeção. As fotos acima foram das primeiras horas após… Depois não consegui mais nem pegar o telefone… Ainda estou sob a medição que precisa ser por 10 dias…😬 Os movimentos já estão quase restaurados mas a mão ainda dói… Acidente infeliz. Coisas da vida pra nos fazer ficar longe do telefone, foi minha conclusão… As vezes a vida nos força a focar no que é mais importante para o nosso momento. As vezes só entendemos quando dói mais na carne do que na alma… 😉

A post shared by DanielaEscobar (@danielaescobar) on

.

FONTE: O Tempo.



%d blogueiros gostam disto: